1

1

Google+ Followers

segunda-feira, 10 de abril de 2017



INGREDIENTES

01 pacote de bolacha maria de sua preferência
01 lata de leite condensado
02 colheres de chocolate em pó
01 kg de chocolate fracionado para banhar
Palitos de sorvete
Saquinhos de celofane e fitas decorativas.

Primeiramente, separe as bolachas maria, de 02 em duas.

Com o leite condensado e o chocolate em pó, faça um brigadeiro em fogo baixo. Não precisa ficar em ponto de brigadeiro, um pouco mais mole é o ideal.

Após esfriar o brigadeiro, recheie cada bolacha, coloque o palito no meio e coloque a outra bolacha, apertando para nivelar os lados.

Nessa parte é importante preencher do lado da bolacha, para que não fique nenhum buraquinhos sem o recheio.

Depois de todas as bolachas recheadas, arrume elas num tabuleiro.

https://vamosaprender.wordpress.com/2013/02/23/culinaria-de-pascoa-pirulito-palha-italiana/

Músicas de Páscoa










https://vamosaprender.wordpress.com/2013/03/09/musicas-de-pascoa/

Máscara – Coelho









Ilusão de ótica

Ilusões de ótica ocorrem por diversos motivos, por exemplo: Você já olhou para roda de um carro e pensou ter visto ela rodando ao contrário? Isso ocorre porque o olho humano “guarda” uma imagem em sua retina por cerca de 1/10 de segundo. Quando a roda gira numa certa velocidade a imagem seguinte parece estar “atrás” da imagem anterior e isso nos dá impressão que a roda gira ao contrário. Isto também ocorre com ventiladores.

Outro caso ocorre nos cinemas, também devido a esta “memória” da retina, ao vermos várias imagens sobrepostas passando com uma certa velocidade temos a noção de movimento. 
As ilusões de ótica estão relacionadas com os fenômenos ópticos, como refração, reflexão, difração, interferência etc… Elas, portanto, não surgiram num determinado momento, na verdade sempre existiram, mas só foram explicadas com o desenvolvimento do conhecimento humano da física óptica, certo?



fonte: glimboo

A enfermidade é um conflito entre a personalidade e a alma.


O resfriado escorre quando o corpo não chora.
A dor de garganta entope quando não é possível comunicar as aflições.
O estômago arde quando as raivas não conseguem sair.
O diabetes invade quando a solidão dói.
O corpo engorda quando a insatisfação aperta.
A dor de cabeça deprime quando as duvidas aumentam.
O coração desiste quando o sentido da vida parece terminar.
A alergia aparece quando o perfeccionismo fica intolerável.
As unhas quebram quando as defesas ficam ameaçadas.
O peito aperta quando o orgulho escraviza.
A pressão sobe quando o medo aprisiona.
As neuroses paralisam quando a “criança interna” tiraniza.
A febre esquenta quando as defesas detonam as fronteiras da imunidade.
Os joelhos doem quando o orgulho não se dobra.
O câncer mata quando não se perdoa e/ou cansa de viver.
E as dores caladas? Como falam em nosso corpo?
A enfermidade não é má, ela avisa quando erramos a direção.
O caminho para a felicidade não é reto, existem curvas chamadas Equívocos, existem semáforos chamados Amigos, luzes de precaução chamadas Família, e ajudará muito ter no caminho uma peça de reposição chamada Decisão, um potente motor chamado Amor, um bom seguro chamado FÉ, abundante combustível chamado Paciência.
Mas principalmente um maravilhoso Condutor chamado DEUS.

Autor desconhecido
https://vamosaprender.wordpress.com/2013/03/17/a-enfermidade-e-um-conflito-entre-a-personalidade-e-a-alma/

A enfermidade é um conflito entre a personalidade e a alma.


O resfriado escorre quando o corpo não chora.
A dor de garganta entope quando não é possível comunicar as aflições.
O estômago arde quando as raivas não conseguem sair.
O diabetes invade quando a solidão dói.
O corpo engorda quando a insatisfação aperta.
A dor de cabeça deprime quando as duvidas aumentam.
O coração desiste quando o sentido da vida parece terminar.
A alergia aparece quando o perfeccionismo fica intolerável.
As unhas quebram quando as defesas ficam ameaçadas.
O peito aperta quando o orgulho escraviza.
A pressão sobe quando o medo aprisiona.
As neuroses paralisam quando a “criança interna” tiraniza.
A febre esquenta quando as defesas detonam as fronteiras da imunidade.
Os joelhos doem quando o orgulho não se dobra.
O câncer mata quando não se perdoa e/ou cansa de viver.
E as dores caladas? Como falam em nosso corpo?
A enfermidade não é má, ela avisa quando erramos a direção.
O caminho para a felicidade não é reto, existem curvas chamadas Equívocos, existem semáforos chamados Amigos, luzes de precaução chamadas Família, e ajudará muito ter no caminho uma peça de reposição chamada Decisão, um potente motor chamado Amor, um bom seguro chamado FÉ, abundante combustível chamado Paciência.
Mas principalmente um maravilhoso Condutor chamado DEUS.

Autor desconhecido
https://vamosaprender.wordpress.com/2013/03/17/a-enfermidade-e-um-conflito-entre-a-personalidade-e-a-alma/

Dobradura – Páscoa








https://vamosaprender.wordpress.com/2013/03/23/dobradura-pascoa/

Páscoa em vários idiomas…











https://vamosaprender.wordpress.com/2013/03/23/pascoa-em-varios-idiomas/

Dia de refletir – RECOMEÇAR, RENOVAR, REINVENTAR

https://vamosaprender.wordpress.com/2013/03/29/dia-de-refletir-recomecar-renovar-reinventar/

Avaliação de Geografia - Floresta Amazônica...



A FLORESTA AMAZÔNICA


A floresta amazônica, ou Amazônia é a maior floresta tropical do mundo e estende-se por nove países: Bolívia, Peru, Equador, Colômbia, Venezuela, Suriname, Guiana, Guiana Francesa e Brasil, onde está a sua maior parte.
A região da floresta é úmida e quente na maior parte do ano. A floresta amazônica é banha da pelo rio Amazonas e seus inúmeros afluentes. Na Amazônia, a quantidade de água existente é muito grande.


TIPOS DE VEGETAÇÃO DA FLORESTA AMAZÔNICA:
Na floresta amazônica apresenta diversos tipos de vegetação que variam de acordo com o relevo, o solo ou a proximidade dos cursos d’água. Os três principais tipos de vegetação dessa região são:


FLORESTA DE IGAPÓ: ficam nas áreas permanentemente alagadas junto aos rios. Nessas regiões existem muitas plantas aquáticas como a vitória-régia, a maior planta aquática do mundo.


FLORESTA DE VÁRZEA: crescem em terrenos planos nas proximidades de algum curso d’água. No período das chuvas, o nível das águas sobe inundando temporariamente o chão dessas florestas. O solo é rico em nutrientes trazidos pelas águas, contrastando com os solos pobres encontrados na maior parte da região amazônica.


FLORESTA DE TERRA FIRME: crescem em terrenos que nunca são alagados, compõem a maior parte da floresta amazônica. A castanheira é um exemplo de árvore dessa região.


PLANTAS AMAZÔNICAS:
Na floresta amazônica há milhares de plantas que vivem em interação entre si e com inúmeros animais, fungos e microrganismos. Existe uma variedade de palmeiras na floresta amazônica, entre elas está o açaizeiro, que produz o açaí.


ANIMAIS DA FLORESTA AMAZÔNICA:
Nessa floresta abrigam-se muitas aves, (araras, tucanos, etc.), vários tipos de mamíferos, (onça-pintada, tamanduá-bandeira, bicho preguiça, lontras, etc.). Nenhum outro bioma no mundo abriga tantos tipos diferentes de macacos como a floresta amazônica. Encontramos também, muitos tipos de serpentes, lagartos, jacarés, rãs, pererecas, sapos, peixes como a piranha, tucunaré, boto, peixe-boi, ariranha e o pirarucu.
Vários desses animais estão ameaçados de extinção principalmente pelo rápido desenvolvimento das áreas urbanas, a construção de represas, a poluição da água devido aos garimpos, a caça e a pesca ilegais. A diversidade de insetos e outros invertebrados são enormes.


OS PERÍGOS QUE AMEAÇAM A FLORESTA AMAZÔNICA:
Muitos recursos naturais amazônicos estão sendo explorados de modo acelerado e sem o devido controle. Nesse ritmo, em pouco tempo as reservas poderão estar comprometidas ou mesmo esgotadas. A matança de animais, a retirada de madeira e o desmatamento empobrecem os ecossistemas amazônicos e comprometem a sobrevivência de todos os seres vivos da floresta.
O desmatamento é um problema grave. Se a cobertura vegetal é removida, as chuvas intensas carregam os nutrientes empobrecendo o solo. O subsolo da região amazônica é rico em minérios. Esse fato tem gerado mais problemas para a região, pois a exploração desses minérios causa grande prejuízo ao solo, aos rios e aos seres vivos.


A MATA ATLÂNTICA - As características da mata atlântica.
A mata atlântica localiza-se próximo ao litoral ou em trechos montanhosos onde chove com freqüência. As montanhas são ricas em nascentes de córregos e rios, alguns dos quais formam lindas cachoeiras. As árvores são altas e crescem próximas umas das outras.


A VIDA NA MATA ATLÂNTICA
Há uma grande biodiversidade na mata atlântica devido à variedade de plantas e animais dessa região.
O jacarandá, o palmiteiro, são exemplos de árvores que se adaptaram a esse bioma. Podemos encontrar também as orquídeas, as bromélias, samambaias, suçuaranas, mono-carvoeiro, antas,caxinguelês , pacas , jacarés e o mico-leão-dourado habitando a mata atlântica.


O QUE RESTOU DA MATA ATLÂNTICA
Quando os portugueses chegaram ao Brasil em 1500, a mata atlântica estendia-se por uma faixa de 200 quilômetros de LARGURA do Rio Grande do Norte até o Rio Grande do Sul. O desmatamento para a construção e para a agricultura foi responsável por grandes mudanças na paisagem original da mata.


Responda:
1- Alguns animais e plantas estão ameaçados de extinção:
a) por causa da falta de abrigo.
b) por causa da falta de água e alimentos.
c) por causa da pesca e da caça ilegais.


2- A maior Floresta Tropical do mundo é:
a) a Floresta da Mata atlântica.
b) a Floresta Amazônica.
c) a Floresta da Mata dos Pinhais.


3- Os três tipos de vegetação que a Floresta Amazônica possui são:
a) Floresta de Igapó, Várzea e de Terra Firme.
b) Floresta Amazônica, Mata Atlântica e de Pernambuco.
c) Floresta de Várzea, de Iguape e do Parque Carlos Botelho.


4- Os animais que encontramos na Floresta Amazônica são:
a) tucanos, araras, elefantes e girafas.
b) lontras, araras, onças-pintadas e piranhas.
c) rinocerontes, girafas e ursos polares.


5- CERTO ( C ) ou ERRADO ( E )?
( ) Muitos recursos naturais amazônicos estão sendo explorados de modo acelerado e sem controle e em pouco tempo, as reservas poderão se esgotar.
( ) A matança de animais, a retirada de madeira e o desmatamento ajudam a manter o solo fértil.
( ) Se a vegetação de uma região for retirada poderá causar a erosão.
( ) O subsolo da região amazônica é rico em minérios.
( ) A Mata Atlântica localiza-se próximo ao litoral ou em trechos montanhosos e chove com freqüência.
( ) O jacarandá, o palmito, as orquídeas, as antas, os jacarés e o mico-leão-dourado são animais em extinção.
( )Quando os portugueses chegaram ao Brasil, a Mata Atlântica não existia.


6- No Brasil, também encontramos outros tipos de BIOMAS como:
a) o cerrado, a caatinga o manguezal, os campos e o pantanal.
b) o norte, o nordeste, o sul e o sudeste.
c) o algodão, a cana-de-açúcar e o milho.


7- O que são BIOMAS?
a) são os animais de uma região.
b) são as plantas de uma região.
c) são as paisagens naturais de uma região.


8- A devastação da Mata Atlântica teve início quando:
a) os portugueses começaram as construções de casas e preparar o solo para a agricultura.
b) os índios começaram as construções de casas e preparar o solo para a agricultura.
c) Nenhuma das alternativas anteriores.


9 – A Floresta Amazônica se estende por mais ______ países da América do Sul e a maior parte está no _______________. Essa floresta também é banhada pelo rio_________________________________________.

10-




u

Salada de frutas divertida



Ingredientes:
2 xícaras (chá) de morangos limpos e picados
1 xícara (chá) de pêssego em calda picados
6 balões (bexiga)

Modo de Preparo:
Derreta o Chocolate conforme as indicações da embalagem. Lave os balões por fora, seque-os e encha-os até que atinjam cerca de 10 centímetros de diâmetro. Amarre bem a boca para não vazar o ar. Mergulhe os balões até a metade no Chocolate derretido e leve-os à geladeira para endurecer, em uma assadeira forrada com papel-de-alumínio ou papel-manteiga. Retire da geladeira e repita a operação. Em seguida, dê o terceiro banho de Chocolate. Assim que o Chocolate secar, fure os balões na parte superior com um alfinete para que murchem ou estourem. Espalhe as frutas dentro das cestas de Chocolate e sirva com o Sorvete de Flocos.

DICA: Se desejar, varie as frutas da salada que você vai servir dentro da cesta de Chocolate.

Como criar um delinquente


https://vamosaprender.wordpress.com/2013/08/24/como-criar-um-delinquente/

Pais que não impõe limites podem prejudicar o desenvolvimento da criança




Outro dia estava visitando uma escola que iniciava seu ano letivo. Havia várias crianças bem pequenas em adaptação. Algumas mães choravam, outras pareciam inquietas, outras irritadas. As crianças ora choravam, ora > mostravam interesse e curiosidade. Uma situação bastante inquietante. Aos poucos, cada um era levado para sua sala, acompanhado pela professora, “a

tia”, e os amiguinhos. Porém, a curiosidade, nem sempre, suplantava a insegurança de deixar para trás o aconchego conhecido para desbravar um novo território.

No olhar de cada mãe e de cada criança havia um quase “pedido de socorro”. As mães pareciam estar fazendo algo imperdoável com seus filhos.

O primeiro dia de escola na vida da criança e da sua família é algo a ser celebrado, assim como o engatinhar, o caminhar e tantas outras conquistas. Entretanto, para algumas mães, é um momento de muita ambivalência, principalmente quando os pequenos são bem pequenos, por volta dos dois anos.

As mães entendem que ir à escola é uma necessidade não só delas, mas dos seus filhos, porém alimentam a idéia da necessidade de controle sobre o desenvolvimento e o crescimento, e nem sempre se adequam com rapidez às mudanças inerentes ao desenvolvimento do seu filho, inclusive, encarando como um grande privilégio o acesso dos seus filhos a outra parte do processo
educativo, agora fora de casa.

“Como dar o melhor aos filhos se você não faz o melhor na relação com o ambiente, com o professor, com a escola e com todos que estão inseridos no dia a dia do processo de educação?”

Voltando à cena anterior, enquanto eu passeava pela escola, observei que duas mães estavam dentro da sala de aula, achei estranho. Enfim, imaginei que para algumas crianças ou, melhor, para algumas mães, a situação havia se complicado mais. Continuei observando. Para minha surpresa, as duas mães, ora “papeavam” entre si, ora uma delas falava ao celular. A professora, muito nova, não sabia o que fazer e as crianças se agitavam. Até que num dado momento, não bastasse o desrespeito de falar ao telefone numa sala de aula, uma das mães começa a interferir nas ações da professora, sugerindo como devia agir com as crianças.

Pensei: como é possível qualquer profissional, principalmente em educação, trabalhar de maneira autônoma nessa situação? Como uma mãe se vê com tanta autoridade? Dessa maneira, nenhuma criança consegue aderir ao processo educacional escolar. A adaptação se tornará mais difícil e demorada!

Para completar, uma das mães reclama da escola e ameaça não voltar. Claro, estou relatando uma exceção, felizmente! De qualquer maneira, isto nos dá a idéia do que assistimos todos os dias: crianças e jovens com uma imensa dificuldade para crescer, assumir as responsabilidades próprias da sua idade, respeitar as hierarquias e seguir numa trajetória em que pai e mãe podem estar ao lado, não a frente, nem atrás. Além disso, fica mais que provado que educação ocorre por meio de atitudes coerentes, “faça o que digo
e faça o que faço”, por parte daqueles que são os responsáveis pela criança e pelo jovem.

A velha e conhecida fórmula: exemplo. Eleanor Roosevelt dizia: “a melhor maneira de dificultar a vida dos filhos, é facilitá-la para eles.” Claro, não estou defendendo a criação de dificuldades desnecessárias, mas por que eliminar aquelas que são parte do
crescimento? E, pior: como dar o melhor se você não faz o melhor na relação com o ambiente, com o professor, com a escola e com todos que estão inseridos no dia-a-dia do processo de educação?

Os livros de desenvolvimento infantil e as mais variadas teses originadas pelos mais diversos estudiosos do comportamento de crianças comprovam todos os dias, que o amor, a celebração, a verdadeira capacidade de compreender o outro e as atitudes dos pais no dia-a-dia são os principais ingredientes que nutrem o desenvolvimento biopsicossocial saudável, capacitando os seres humanos, em todas as fases da sua vida, a enfrentar seus desafios. Sem dúvida uma das maneiras de aprender é pela imitação. Pais são modelos, sempre!!!

Talvez por esta e outras razões, as famílias busquem parceiros e orientadores para o processo educacional dos seus filhos. As estantes das livrarias estão cada vez mais abarrotadas de livros sobre educação infantil. Entretanto há algo que não se pode ensinar por meio da teoria: a atitude de respeito para com o mundo que cerca cada família.Os exemplos que trouxe são rápidas ilustrações do que chamo de atitude de respeito por aqueles que são fundamentais na educação das crianças: professores. Quando os adultos que cuidam das crianças não conseguem exercitar o respeito no seu dia-a-dia, dificilmente, poderá se esperar delas atitudes de respeito em relação aos adultos.

Fonte: Professores solidários

Bolo de cenoura com brigadeiro dentro



Ingredientes


1 xícara de farinha de trigo
1 xícara de açúcar
½ colher de sopa de fermento em pó
2 cenouras grandes
½ xícara de óleo
2 ovos
Brigadeiros (já enrolados – quantos você quiser!)
Farinha de trigo suficiente para envolver os brigadeiros

Preparo

1 – Junte todos os ingredientes secos dentro de uma tigela e misture-os.

2 – bata as cenouras junto com os ovos e o óleo dentro do liquidificador.

3 – Despeje o “creme” de cenoura que foi batido, dentro da tigela com os ingredientes secos, mexarapidamente (com delicadeza) até se formar uma massa bem homogênea.

4 – Unte uma assadeira e enfarinhe, despeje a mistura dentro da assadeira

5 – Passe os brigadeiros na farinha de trigo e tire o excesso de farinha de trigo, arrume-os sobre a massa que está na assadeira.

6 – Leve para assar em forno preaquecido (180°C) por cerca de 1h15 minutos, ou até estar levemente dourado (faça o teste do palito).

7 – Desenforme e polvilhe com açúcar de confeiteiro, sirva ainda quente.



crédito: http://dicasetruquesonline.com.br/bolo-de-cenoura-com-brigadeiro-dentro

Artesanato de páscoa com materiais simples e recicláveis

A época da páscoa é uma época que trás muitas idéias e inspirações para quem trabalha com artesanato, e que adora conferir novidades para seu dia a dia.

E com a facilidade da busca de informações na internet, fica cada vez mais fácil compartilhar conteúdos diversos que ajudam artesãs em todo canto do planeta a produzirem seus trabalhos artesanais, e com isso ter uma ótima fonte de renda extra trabalhando em casa.

Por isso nós do portal Artesanato e Reciclagem estamos sempre antenados em lhes trazer dicas bem especiais e úteis, como as dicas que lhes apresentamos logo abaixo, sobre como fazer artesanato de páscoa com o uso de materiais simples e recicláveis, como as garrafas PET, potes de iogurte, copos, tecido, EVA, caixas de leite, dentre outros.

Dicas de artesanato com materiais simples para páscoa

E para lhes ajudar nesta tarefa separamos abaixo um vídeo que mostra como fazer uma linda cestinha artesanal, com o uso de barbante de crochê, cola branca e uma bexiga, e que depois pode ser utilizada para armazenar ovinhos de chocolate para as crianças, ou mesmo para decoração de seu lar.


Confiram as dicas para fazer sua cestinha de páscoa com bexiga neste vídeo da artesã Selma Russo, que ensina o passo a passo deste artesanato tão criativo e bem original:


Modelos de artesanato de páscoa com materiais simples e recicláveis

Separamos também estes modelos de artesanato de páscoa que foram feitos com o uso de materiais simples e recicláveis, e que vão lhes ajudar com idéias bem criativas para seus trabalhos artesanais:










http://www.artesanatoereciclagem.com.br/2952-artesanato-de-pascoa-com-materiais-simples-e-reciclaveis.html