1

1

Google+ Followers

sábado, 14 de janeiro de 2017

CONCURSO 4285 DATA 14/01/2017 -- Quina

Quina 4285

O sorteio da Quina 4285 ocorrerá no dia 14 de janeiro de 2017, sábado, prêmio estimado de R$ 7.000.000,00 (sete milhões de reais). A Quina 4285 será realizada em Belém, Pará, e o resultado da Quina 4285 será divulgado a partir das 20:00 horas. Acesse o sorteio da Quina 4285 para mais informações sobre este concurso.
A Quina foi lançada em 13 de março de 1994 pela Caixa Econômica Federal e é a mais tradicional das loterias. Com 80 números disponíveis no volante de apostas, de 01 a 80, você pode marcar de 5 a 15 números e ganha se acertar 2 (Duque), 3 (Terno), 4 (Quadra) ou 5 (Quina) números. O custo de uma aposta com 5 números é de R$ 1,50 e a probabilidade de acertar todos os 5 números é de 1 em 24.040.016.
No painel de resultados do GIGA-SENA abaixo, você confere hoje o resultado da Quina no último sorteio. Os resultados dos sorteios anteriores você confere nas páginas dos respectivos números dos concursos no menu a esquerda ou utilizando o campo de busca para concursos mais antigos.
CONCURSO 4285 DATA 14/01/2017
01
22
64
72
76
 
QUINAQUADRATERNODUQUE
prêmio
0,009.866,18148,172,93
ganhadores
x 0x 55x 5.507x 152.690
ACUMULOU!
Próximo Sorteio: 16/01/2017Prêmio Estimado: R$ 8.000.000,00
[AVISO] A QUINA AGORA PAGA 2 ACERTOS!

CONCURSO 981 DATA 14/01/2017 -- Timemania

Timemania 981

O sorteio da Timemania 981 ocorrerá no dia 14 de janeiro de 2017, sábado, prêmio estimado de R$ 14.000.000,00 (quatorze milhões de reais). A Timemania 981 será realizada em Belém, Pará, e o resultado da Timemania 981 será divulgado a partir das 20:00 horas. Acesse o sorteio da Timemania 981 para mais informações sobre este concurso.
A Timemania foi lançada em 01 de março de 2008 pela Caixa Econômica Federal. Com 80 números disponíveis no volante de apostas, de 01 a 80, você deve marcar 10 números e um time de futebol dentre os 80 clubes disponíveis. Ganha se acertar 7, 6, 5, 4 ou 3 números ou o Time do Coração. O custo de uma aposta é de R$ 2,00 e a probabilidade de acertar todos os 7 números é de 1 em 26.472.637.
No painel de resultados do GIGA-SENA abaixo, você confere hoje o resultado da Timemania no último sorteio. Os resultados dos sorteios anteriores você confere nas páginas dos respectivos números dos concursos no menu a esquerda ou utilizando o campo de busca para concursos mais antigos.
CONCURSO 981 DATA 14/01/2017
05
15
16
23
39
49
54
Time do Coração
BARUERI/SP
 
7 acertos6 acertos5 acertos4 acertos3 acertosTime
prêmio
0,0021.382,84801,946,002,005,00
ganhadores
x 0x 11x 419x 8.497x 80.946x 16.735
ACUMULOU!
Próximo Sorteio: 17/01/2017Prêmio Estimado: R$ 15.000.000,00

CONCURSO 1595 DATA 14/01/2017 -- Dupla Sena 1595

Dupla Sena 1595

O sorteio da Dupla Sena 1595 ocorrerá no dia 14 de janeiro de 2017, sábado, prêmio estimado de R$ 3.500.000,00 (três milhões e quinhentos mil reais). A Dupla Sena 1595 será realizada em Belém, Pará, e o resultado da Dupla Sena 1595 será divulgado a partir das 20:00 horas. Acesse o sorteio da Dupla Sena 1595 para mais informações sobre este concurso.
A Dupla Sena foi lançada em 06 de novembro de 2001 pela Caixa Econômica Federal e é uma versão da Mega Sena com mais chances de acertar. Com 50 números disponíveis no volante de apostas, de 01 a 50, você pode marcar de 6 a 15 números e ganha se acertar 3 (Terno), 4 (Quadra), 5 (Quina) ou 6 (Sena) números. O custo de uma aposta com 6 números é de R$ 2,00 e sua aposta participa de 2 sorteios no mesmo concurso. A probabilidade de acertar todos os 6 números é de 1 em 15.890.700.
No painel de resultados do GIGA-SENA abaixo, você confere hoje o resultado da Dupla Sena no último sorteio. Os resultados dos sorteios anteriores você confere nas páginas dos respectivos números dos concursos no menu a esquerda ou utilizando o campo de busca para concursos mais antigos.
CONCURSO 1595 DATA 14/01/2017
1º Sorteio
11
18
20
28
33
46
 
SENAQUINAQUADRATERNO
prêmio
0,004.105,7887,342,10
ganhadores
x 0x 18x 967x 20.037
ACUMULOU!
2º Sorteio
02
06
07
26
36
45
SENAQUINAQUADRATERNO
0,003.912,5680,901,98
x 0x 17x 1.044x 21.244
ACUMULOU!

Resultado da Mega Sena 1894, sábado, 14/01/2017

Resultado da Mega Sena 1894, sábado, 14/01/2017

O resultado da Mega Sena 1894 será divulgado no GIGA-SENA dia 14/01/2017, sábado, a partir das 20:00 horas direto do Caminhão da Sorte.

A Mega Sena 1894 ocorrerá no dia 14 de janeiro de 2017 e o prêmio principal está estimado em R$ 11.000.000,00 para quem acertar o resultado da Mega Sena 1894. Quem acertar a QUINA com 5 números ou a QUADRA com 4 números também ganha prêmio de menor valor. Se não houver nenhum ganhador com 6 números no resultado da Mega Sena concurso 1894 o prêmio principal acumula para o próximo concurso da Mega Sena.
Os valores de cada prêmio da Mega Sena 1894 serão informados no painel de resultado do GIGA-SENA após o rateio.
CONCURSO 1894 DATA 14/01/2017
21
31
35
53
54
57
 
SENAQUINAQUADRA
prêmio
0,0056.148,151.074,91
ganhadores
x 0x 37x 2.761
ACUMULOU!
Próximo Sorteio: 18/01/2017Prêmio Estimado: R$ 25.000.000,00

‘Idade média para aposentadoria é muito baixa’, diz novo Ministro do Planejamento

Entre os principais problemas que devem ser enfrentados para levar adiante a reforma da Previdência Social, o novo ministro do Planejamento, Valdir Simão, citou a idade média para aposentadoria, considerada por ele muito baixa:


— Este é o ponto. Precisamos ter um modelo que garanta a postergação. Quando a pessoa se aposenta muito jovem, ela continua no mercado. Isso precisa ser repensado. A soma da idade com tempo de contribuição (85/95), chegando a 90/100 é interessante, mas a gente pode progredir para uma soma mais ajustada na medida em que a expectativa de vida aumenta.


Ele salientou que existe uma proposta de fixar uma idade mínima, mas não há um consenso.


— Ainda não tenho esse dado, mas é impossível a pessoa contribuir por 35 anos e ficar metade desse tempo recebendo o benefício. Nenhum sistema consegue ser sustentável com uma conta dessa. Temos que garantir que essa pessoa fique um tempo justo e necessário e que as contribuições pagas por ela e o empregador sejam suficientes — destacou.


Para o ministro, existem outros pontos que a reforma da Previdência pode incluir, como os benefícios por incapacidade — aposentadoria por invalidez e auxílio-doença — com valores médios que ele considera altos. Outro ponto ressaltado por Valdir Simão é que uma reforma considerando apenas os que estão entrando na Previdência, não resolverá o problema:


— Precisamos de um modelo diferente para quem ainda não entrou no regime. Talvez seja mais fácil de aprovar. Para aqueles que já entraram, temos que discutir as regras de transição.


Fonte: O Globo

Sete hábitos que ajudam a conviver melhor com gastrite

"Aquela dor no estômago que não passa, que comendo ou não aparece e acaba com o dia." Esta descrição é bastante comum para quem sofre de gastrite - que é uma inflamação, infecção ou erosão do revestimento do estômago. A comida, a bebida, os temperos, o trabalho e até os pensamentos podem piorar ou melhorar os sintomas da gastrite. Confira sete dicas para passar pelas crises de gastrite e evitá-las:


Pratique exercícios para aliviar o estresse
O estresse é um importante fator desencadeante da gastrite. Contudo, 30 minutos de exercícios três vezes por semana já são suficientes para verificar os benefícios na redução do estresse. "Segundo estudo realizado por pesquisadores da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de Maryland, o exercício moderado ajuda as pessoas a lidar com a ansiedade e estresse por um longo período de tempo pós-treino, ajudando a amortecer os efeitos da exposição emocional. Ou seja, se você se exercita, não irá somente reduzir a ansiedade, mas terá mais condições de controlá-la quando confrontado com eventos que causam estresse", explica o psiquiatra Pérsio Gomes de Deus. De acordo com o especialista, os exercícios aeróbicos são os melhores para se espantar a tensão, mas é muito importante ter uma avaliação médica das condições cardiopulmonares e osteomusculares antes de começar as atividades.


Faça refeições balanceadas
Cuidar da alimentação sempre é muito importante, mas para quem tem gastrite é essencial, uma vez que os alimentos e a dieta balanceada são importantes para evitar complicações graves. "A gastrite pode piorar para uma forma erosiva, ulcerada, causando sangramento do estômago - com vômitos sanguinolentos - e até perfuração do estômago", diz André Ibrahim David, coordenador do Núcleo de Gastroenterologia do Hospital Samaritano de São Paulo. Logo, a dieta balanceada funciona para que não se sobrecarregue o estômago de nenhuma maneira.


Abuse de alimentos que ajudam na digestão
Os alimentos que são mais facilmente digeridos pelo estômago ajudam indiretamente no tratamento da gastrite, "uma vez que eles aumentam o PH do estômago, diminuem a acidez gástrica e não forçam o estômago a trabalhar muito", explica o gastroenterologista David. Dentre os alimentos que ajudam na digestão estão as frutas não ácidas, como a laranja lima, banana, maçã, mamão e pera, uma salada leve e sem muito tempero, couve, iogurte desnatado com probióticos, biomassa de banana verde, carnes magras, como as de peixe e frango e, no caso da carne vermelha, que esteja sem a capa de gordura e com poucas enervações. Outra dica é "tomar chá de alecrim ou hortelã 30 minutos antes de dormir, pois eles diminuem a acidez e a azia, ajudando na digestão; e o suco de aloe vera, que tem alto poder cicatrizante, ou seja, se a pessoa tem uma ferida ou úlcera estomacal ele ajuda a cicatrizar", diz Marcela Voris, médica nutróloga da Associação Brasileira de Nutrologia (ABRAN). Lembre-se que é preciso comer a cada três horas para não ocasionar a piora dos sintomas.


Selecionar bem os temperos
O excesso de sal está relacionado a diversos problemas de saúde, como a hipertensão e a retenção hídrica que, na "questão da digestão, aumenta o estimulo do esfíncter esofagiano, fazendo com que se tenha mais azia e queimação, o que podem piorar os sintomas da gastrite", explica Marcela. A especialista recomenda fazer um tempero verde, uma mistura de salsinha e cebolinha com sal light - que tem uma quantidade reduzida de sódio. Também pode usar o sal iodado e o sal rosa, que em menores quantidades salgam mais o alimento, em comparação com o sal convencional. Já os temperos apimentados devem ser evitados uma vez que eles, sendo termogênicos, estimulam a mucosa gástrica, o que pode causar irritabilidade.


Atenção para a preparação das carnes
As carnes normalmente demoram para serem digeridas, fazendo com que o esvaziamento gástrico fique mais lento, o que pode acabar piorando os sintomas da gastrite. Por isso, vale a dica dos especialistas de escolher sempre carnes magras, com poucas gorduras, e prepará-las grelhadas, cozidas ou assadas - jamais fritas. Também prefira as versões sem molhos ou óleos para ajudar na digestão. Além disso, "mastigar bem a carne, comer devagar, é essencial para facilitar o trabalho do estômago e ajudar no esvaziamento gástrico", diz o gastroenterologista David.


Cuidado com o leite
O leite, principalmente a versão integral, é uma verdadeira armadilha para quem tem gastrite. "Ele dá uma sensação de melhora no momento que você toma, mas como o leite é muito rico em cálcio, acaba estimulando a produção de ácido do estômago e com isso o paciente tem uma piora depois de ter melhorado um pouco", afirma David. Os sintomas podem aparecer com qualquer quantidade de leite porque, dependendo do grau da gastrite, mesmo uma pequena porção pode desencadear os sintomas.


Medicamentos x Automedicação
A medicação para gastrite deve ser indicada após o diagnóstico do problema, que é feito pela história e quadro clínico, exame físico e confirmado por endoscopia. "O tratamento dura de dois a três meses, dependendo do grau da gastrite, e o remédio pode ser administrado de uma a duas vezes por dia. Depois deste período, o médico poderá solicitar uma nova endoscopia e recomendar que o paciente utilize uma dose menor da medicação, para manutenção", afirma David. Além disso, durante a endoscopia será investigada a presença de uma bactéria, a Helicobacter pylori, pois ela está relacionada à formação de úlceras estomacais e precisa ser tratada com antibióticos. "É importante lembrar que a gastrite é uma lesão prévia e eventual que se persistir pode virar uma úlcera", alerta o gastroenterologista. E justamente por isso a automedicação é tão perigosa, por mascarar os sintomas de um paciente que pode ter uma úlcera. "Por vezes é necessário fazer uma biópsia nesta úlcera, pois ela pode ser um tumor, que precisa de tratamento cirúrgico e, se não tratado, pode ter complicações como a metástase", completa.


Fonte: Minha Vida

Ministério da Saúde desmente relação entre microcefalia e vacina contra rubéola...

Há alguns dias está sendo disseminando nas redes sociais a história de que os casos de microcefalia no Nordeste não estão relacionados ao Zika vírus e sim a um lote vencido de vacinas para rubéola. O Ministério da Saúde, no entanto, divulgou que essa afirmação não passa de um boato sem fundamento.


Em seu pronunciamento oficial eles alegam que "todas as vacinas ofertadas pelo Programa Nacional de Imunização (PNI) são seguras e não há nenhuma evidência na literatura nacional e internacional de que possam causar microcefalia". O órgão também destaca que não há relatos da relação entre a doença que tem afetado os bebês durante a gravidez e a vacinação.


O aumento repentino do número de casos de microcefalia, uma condição neurológica rara identificada em geral na fase da gestação, vem alertando as autoridades médicas brasileiras. Segundo o Ministério da Saúde, enquanto que entre 2010 e 2014 foram registrados um total de 781 casos em todo país, durante o ano de 2015 já foram registrados 1.761 casos de microcefalia em 422 municípios do Brasil, segundo boletim epidemiológico divulgado no dia 08 de dezembro.


Microcefalia é uma condição neurológica rara em que a cabeça da pessoa é significativamente menor que a de outros da mesma idade ou sexo. Esta crescimento anormal do cérebro pode ocorrer no útero ou durante a infância. Saiba mais sobre a microcefalia e sua relação com o Zika vírus aqui.


É importante também ressaltar que a rubéola é uma doença perigosa na gestação, sendo uma das maiores causadoras de cegueira infantil. Além disso, o Ministério da Saúde já reconheceu oficialmente a relação entre os novos casos de microcefalia com o Zika vírus.


Veja a seguir o pronunciamento oficial do Ministério da Saúde sobre a relação entre os casos de microcefalia e a vacinação contra rubéola:


"O Ministério da Saúde esclarece que todas as vacinas ofertadas pelo Programa Nacional de Imunização (PNI) são seguras e não há nenhuma evidência na literatura nacional e internacional de que possam causar microcefalia. O PNI é responsável pelo repasse, aos estados, dos imunobiológicos que fazem parte dos calendários de vacinação. Uma das ferramentas essenciais para o sucesso dos programas de imunização é a avaliação da qualidade dos imunobiológicos. O controle de qualidade das vacinas é realizado pelo laboratório produtor obedecendo a critérios padronizados pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Após aprovação em testes de controle do laboratório produtor, cada lote de vacina é submetido à análise no Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde (INCQS) do Ministério da Saúde. Desde 1983, os lotes por amostragem de imunobiológicos adquiridos pelos programas oficiais de imunização vêm sendo analisados, garantindo sua segurança, potência e estabilidade, antes de serem utilizados na população.


É importante lembrar que, independente de todas essas precauções, assim como os medicamentos, nenhuma vacina está livre totalmente de provocar eventos adversos, porém os riscos de complicações graves causadas pelas vacinas são muito menores do que os das doenças contra as quais elas protegem. No Brasil, eventos adversos associados à vacinação são acompanhados através do Sistema de Vigilância de Eventos Adversos Pós-Vacinação/SIAPV que tem como objetivo avaliar de forma continuada a relação de risco-benefício quanto ao uso dos imunobiológicos, bem como, permitir o acompanhamento da situação das notificações/investigações, em tempo real, nas três esferas de governo. Destaca-se que não há relatado nesse sistema de notificação sobre microcefalia relacionada à vacinação, bem como, não existe até o momento na literatura médica nacional e internacional evidências sobre a associação do uso de vacinas com a microcefalia."


Fonte: Minha Vida

10 coisas que pessoas gratas fazem diferente

Mais gratidão = vida melhor.


Ralph Waldo Emerson disse certa vez que, para alcançar a felicidade, é necessário “cultivar o hábito de ser grato por tudo de bom que acontece com você e de agradecer continuamente”.


No fim das contas, Emerson – que em seu trabalho explorou o significado de uma boa vida – estava muito próximo da verdade no que diz respeito à gratidão. As pesquisas mostram que expressar gratidão leva a uma vida mais feliz, mais saudável e menos estressante.


“A vida é uma série de problemas que têm de ser resolvidos – e muitas vezes esses problemas causam estresse”, disse ao The Huffington Post Robert Emmons, professor da Universidade da Califórnia em Davis e estudioso do tema da gratidão. “Dizer obrigado é uma forma de combater o estresse.”


As festas de fim de ano sempre envolvem a retórica do agradecimento – mas o que acontece depois que os restos da ceia estiverem na geladeira e a família for embora? Como podemos ser gratos por tudo o que contribui para nossas vidas, como aconselhou Emerson?


Veja a seguir 10 hábitos para cultivar a gratidão em sua vida.


1. Diário
Pesquisas indicam que há inúmeros benefícios em escrever num diário tudo pelo que você é grato.


Esse diário de gratidão pode reforçar pensamentos positivos – algo particularmente importante, pois o cérebro tende a naturalmente se concentrar no que deu errado.


A caneta e o papel também podem te ajudar a progredir em relação aos seus objetivos pessoais.


Para obter todos os benefícios de um diário, Emmons recomenda escrever durante 5 a 10 minutos, dia sim, dia não. “É preciso se comprometer. Se você começar a fazê-lo, logo fica automático”, diz Emmons.


“É como praticar exercícios – você não acorda um belo dia e sai para correr. É preciso ter um plano, seja escrever ao acordar ou antes de dormir – não existe uma fórmula que funcione para todo mundo.”


2. Não evite a negatividade
Expressar gratidão pode gerar mais otimismo, mas as pessoas gratas não evitam a negatividade.


Emmons diz que, apesar de pensarmos em gratidão em termos de focar no bom e evitar o ruim, a chave para uma vida de gratidão é aceitar os obstáculos como parte da jornada.


Emmons sugere lembrar de alguma época difícil da vida – é provável que você comece a se sentir grato pelos dias de hoje.


3. Fique próximo das pessoas queridas...
Quem é grato sabe que não chegou sozinho ao lugar em que está – e as pessoas gratas tentam passar o maior tempo possível com quem importa em sua vida.


“A gratidão nos ajuda a nos conectar com os outros”, diz Emmons. “Ela fortelece relacionamentos, e os relacionamentos são os elementos mais importantes quando se fala em felicidade e em lidar com o estresse.”


4. ... e declare seu amor por elas.
Expressar sua apreciação pelas pessoas queridas também permite que elas entendam como você as enxerga.


“Mais que qualquer outra emoção, a gratidão é a emoção da amizade”, disse ao The New York Times Michael E. McCullough, pesquisador da Universidade de Miami.


“É parte de um sistema psicológico que leva as pessoas a entender que os outros dão a elas.”


Vale a pena demonstrar o quanto você aprecia as pessoas queridas. Um estudo recente publicado na revista Personal Relationships indica que casais que expressam gratidão em seus relacionamentos têm casamentos mais felizes.


Altos índices de gratidão no relacionamento também parece reduzir a probabilidade de divórcios.


5. Seja consciente no uso das redes sociais
Em nossa cultura 100% plugada, é impossível fugir completamente das redes sociais. Mas, diz Emmons, as pessoas gratas tiram proveito dessas redes.


“Elas usam as deixas do dia a dia para disparar pensamentos de gratidão”, diz ele.


Pesquisas indicam que pensamentos positivos compartilhados nas redes sociais se espalham mais rápido que os negativos – algo que torna o processo de gratidão muito mais fácil quando se pensa na internet.


Emmons sugere fazer um arquivo de posts no Instagram e no Facebook para os momentos em que você precisa se lembrar de ser grato.


Esse método ajuda a “invocar” lembranças felizes por meio de páginas que você visita diariamente. “A tecnologia e os aparelhos digitais são criticados porque você fica menos conectado, mas, se usados da maneira certa, acho que o acontece o contrário”, diz Emmons.


6. Saiba o valor das pequenas coisas...
Momentos pequenos e ordinários têm muita força, como conseguir entrar no metrô logo antes do fechamento das portas ou ver seu cachorro fazendo festa quando você chega em casa.


7. ...E ajude os outros a apreciá-las.
Pequenos atos de bondade fazem muita diferença quando se trata de cultivar a gratidão.


Pessoas gratas têm o hábito de reconhecer e retribuir qualquer pequena gentileza recebida, seja um elogio ou a ajuda do dia-a-dia.


Pesquisas mostram que isso aumenta a sua felicidade e a do outro, também.


8. Faça trabalho voluntário
Todo mundo precisa de ajuda de vez em quando – e as pessoas gratas sabem que a melhor maneira de reconhecer este fato é fazer algo a respeito.


Em seu livro Thanks! (obrigado, em tradução livre), Emmons observa que as pessoas que fazem trabalho voluntário se sentem gratas pela experiência de ajudar.


“Servir os outros as ajuda a encontrar a espiritualidade interna, e elas se sentem gratas pela oportunidade de servir”, escreve ele.


Uma pesquisa publicada an BMC Public Health aponta que o trabalho voluntário pode resultar em menos depressão e mais sentimentos de bem-estar.


Emmos sugere examinar seus talentos e usá-los para ajudar os outros, pois as pessoas sentem mais gratidão em dar do que em receber.


9. Mexa-se
Gratidão e forma física podem andar juntas. Segundo um estudo de 2003 realizado por Emmons, as pessoas mais gratas também praticam mais exercícios.


Os participantes do estudo também tinham menos restrições na dieta e tinham menos propensão a fumar ou abusar do álcool.


Já se provou que o exercício limpa a cabeça e reduz o estresse. Pessoas gratas que estão sempre em movimento têm cabeças e corpos mais saudáveis.


A gratidão, portanto, é um dos melhores remédios, diz Emmons.


10. Ame a si mesmo
As pessoas gratas sabem que a gratidão pode aumentar a autocompaixão.


Um estudo publicado na revista Personality and Individual Differences indica que níveis mais altos de gratidão são associados a uma melhor autoestima.


Não é à toa: quando seu bem-estar é a prioridade, não há como não se sentir bem.


Fonte: HuffPost Brasil

Eric Carmen - Hungry Eyes...

Eric Carmen - Hungry Eyes


http://www.blogcariri.com.br/2015/12/eric-carmen-hungry-eyes.html

Uma escassez mundial de café é inevitável


No mundo do café, tem havido alguns rumores sobre uma possível escassez. Ainda que não tenhamos chegado a esse ponto e das ameaças, continuam as notícias de que há grande possibilidade para que isso ocorra.


Um novo relatório sobre a produção mundial de café feito pelo Foreign Agricultural Service traz algumas notícias confusas: o Brasil, o maior produtor de café do mundo, perdeu quase 5 milhões de sacas em função da seca que atinge partes do país. Ao mesmo tempo, a produção mundial de café está um pouco maior que a safra passada. O que está acontecendo?


O Brasil não é apenas o maior fornecedor de café do mundo, como a fonte de um terço de toda produção de grãos do mundo. Mesmo com a seca, o país produz cerca de 50 milhões de sacas — o segundo no ranking (Vietnã) não faz nem metade disso. Tipicamente, com um grande domínio, qualquer baixa no mercado brasileiro significaria um impacto em todo mundo, da mesma forma que um crescimento afetaria toda a produção.


O fato é que algo muito estranho está ocorrendo: se você analisar o mundo, nós ainda não atingimos a escassez. De fato, a produção deste ano está um pouco acima do ano passado.


Como isso aconteceu? Essencialmente, três países estão passando por altas na produção em função de um tempo propício para a plantação de café. Honduras e Indonésia estão batendo recordes neste ano, e o Vietnã (o número dois em produção) conseguiu uma safra extra de 2 milhões de sacas de café.


Estes três países juntos conseguem exceder as perdas do Brasil — pelo menos por um tempo. Mas não espere ver esses resultados excepcionais por muito tempo, pois dificilmente haverá recordes ano a ano de produção dadas as condições climáticas no maior produtor do mundo. Enquanto isso, o consumo global de café tem aumentado. Isso tudo significa que a escassez mundial foi adiada, mas não tem jeito: ela está vindo.


Fonte: Gizmodo

6 razões pela quais você não está dormindo bem

O sono não é apenas a hora de descanso da sua massa cinzenta. Longe disso! É também quando seu cérebro entra em modo de limpeza e descarta resíduos metabólicos que se acumularam durante o dia. Esta descoberta, feita no laboratório de Maiken Nedergaard, da Universidade Rochester Medical Center, explica por que a falta de sono tem um efeito tão profundo em nossos cérebros. Se privar de sono (e dessa faxina cerebral) nos deixa mais esquecidas, dispersas, mal-humoradas e propensas a acidentes – sem falar no risco de desenvolver doenças associadas com a acumulação de produtos residuais no cérebro, como o Alzheimer.


Especialistas recomendam sete a nove horas por noite, mas pode haver algumas coisas surpreendentes te impedindo de fechar os olhos. Felizmente, você pode reverter esse quadro!


1.Você não tem tempo suficiente para você mesma
Sim, você precisa desesperadamente e merece um tempo só para você. Uma agenda lotada, trabalho, preparar o jantar, cuidar dos filhos, conversar com o marido, todas essas atividades podem fazer com que você se esqueça de uma coisinha muito importante… você! Ter um tempo para si mesma é fácil, você só precisa se organizar.


Soluções:
• Minutinhos “eu mesma” programados ao longo dia para você descomprimir dos estresses do dia a dia. Isso vale: ouvir um livro gravado enquanto dirige, fazer 10 minutos de alongamento ao longo do dia, voltar do almoço 15 minutos antes para ficar um pouco sozinha, fazer uma pausa no trabalho para ouvir uma música de que você gosta.


2. Você está “em um relacionamento sério” com seus aparelhos eletrônicos
Tablets, smartphones, laptops... Facebook, Instagram, Twitter, Candy Crush… manter os olhos fixos em uma tela iluminada é estimulante, por isso, às vezes é tão difícil desligar os aparelhos eletrônicos e se desligar. O problema é que todos esses gadgets estão no topo da lista de sabotadores de sono, isso porque a luz azul que eles emitem suprime a melatonina, hormônio indutor do sono. Um estudo recente do Hospial Brigham and Women, em Boston, comparou pessoas que lêem livros impressos e pessoas usam os e-books antes de dormir e descobriu que os que usavam o livro digital demoraram mais tempo para adormecer e mesmo após oito horas de sono, estão mais sonolentos e menos alerta na manhã seguinte.


Soluções:
• Para evitar o efeito da luz azul, desligue todos os aparelhos eletrônicos pelo menos uma hora (idealmente duas horas) antes de dormir - depois de duas horas de exposição de luz azul, a melatonina cai 23%, segundo a pesquisa do Rensselaer Polytechnic Institute.


3. Você não está desligando
Fazer revisão no carro. Chamar o veterinário. Preparar sanduíches para o lanche das crianças. Quando você apaga as luzes, você começa a pensar porque não aproveitou aquela conversa com o seu chefe para pedir um aumento, lembra da conta para pagar no dia seguinte, precisa levar seu filho para cortar o cabelo… uma série de tarefas e pensamentos que parecem infinitos quando repousamos nossas cabeças sobre o travesseiro e essa é a causa número um da insônia em muitas mulheres. E, o mais grave, é que pode tornar-se um ciclo vicioso: quanto mais agitada você está, menos você dorme, quando menos você dorme, mais estressada você se sente, quando mais estressada você se sente, menos você dorme.

Soluções:
• A meditação ajuda você a sair da esteira de preocupações, mudando no cérebro as ondas beta de vigília para um tipo mais lento, mais repousante, de ondas que nos deixam sonolentas, explica Bruce O'Hara, Ph.D., professor de biologia na Universidade de Kentucky. Qualquer tipo de meditação que se concentra na respiração pode ajudar a adormecer. O melhor é que você não precisa ser uma mestra do yoga, mesmo cinco minutos de meditação pode mudar as ondas do cérebro e deixá-lo mais propício ao sono.

4. Seu nariz pode ser o problema
O ato de deitar-se pode iniciar uma cascata de perturbações do sono em diferentes pacientes: o muco do seu nariz (gotejamento pós-nasal) recua em sua garganta, causando tosse e deixando o nariz entupido, o que torna difícil respirar. Você começa a remexer-se na cama e ronca durante toda a noite e acorda sentindo-se tonta e cansada (e com um parceiro mal-humorado).


Soluções:
• Você pode tentar uma consulta com um alergista para identificar o seu problema. Se você é sensível ao pólen, mantenha a janela do quarto fechada. Mas se os alérgenos que a incomodam são ácaros, pêlos de animais ou mofo, é melhor trocar ou forrar o colchão e os travesseiros


5. Você está com “azia silenciosa”
Embora seja chamada de "silenciosa", o principal sintoma é uma tosse irritante ao se deitar. Ela pode perturbar seu sono, tanto quanto azia "regular", que causa indigestão e uma sensação de queimação na garganta e no peito. Ambos os tipos são o resultado de ácido do estômago e os sintomas noturnos podem ser aliviados com uma série de medidas como perder peso, se necessário, e parar de fumar.


Soluções:
• Jante pelo menos três horas antes de ir para cama, para que o corpo tenha tempo de fazer a digestão. Evite gorduras, alimentos à base de tomate, chocolate, balas, frutas cítricas, refrigerantes, álcool e cafeína.


• Durma com a cabeça elevada, dois travesseiros pode fazer a diferença! A gravidade irá ajudar a manter os ácidos do estômago no lugar.


6. Seu pet é espaçoso
Se você dorme com um cão ou um gato, provavelmente está habituada com eles choramingando, cutucando e até mesmo roncando e horas peculiares da madruga e interferindo no seu descanso. Em uma pesquisa recente, a Clínica Mayo Centro de Medicina do Sono no Arizona observou um grande aumento de pacientes que relataram ser perturbado por seus animais de estimação, enquanto uma pesquisa da Universidade de Kansas Medical Center descobriu que 63% dos donos de animais que dormiam com seu cão ou gato mais de quatro noites por semana, dormiam mal.


Soluções:
• Um cão será mais fácil de treinar do que um gato. Colocar uma cama no chão para o dog vai deixar você mais livre na cama e seu pet continuara pertinho de você.


• Se você tem um gato, provavelmente terá que impedir completamente que ele entre no seu quarto. Tente atraí-lo para outra parte da casa com uma cama especial e brinquedos.


Fonte: M de Mulher

Vance Joy - 'Riptide' Official Video

Vance Joy - 'Riptide' Official Video


http://www.blogcariri.com.br/2015/08/vance-joy-riptide-official-video.html

Sem quais partes do corpo é possível sobreviver?

O corpo humano é formado por inúmeros órgãos responsáveis por garantir nossa sobrevivência. Mas alguns deles não são exatamente essenciais – e são até dispensáveis para a vida.


O número de órgãos considerados "prescindíveis", que não são estritamente necessárias à vida, é até surpreendente.


As amígdalas, por exemplo, ainda que protejam as vias respiratórias de uma invasão bacteriana, perdem sua importância após os três anos de idade.


Além disso, por causa de sua função, elas podem ser infectadas facilmente – e é exatamente por isso que, quando as dores e infecções na garganta se tornam recorrentes, a medida aconselhada pelos médicos é a extração das amígdalas. A ausência delas não afeta a resposta imunológica do organismo.


Outro órgão desnecessário – e que muitas vezes nos causa problemas, como apendicite – é o apêndice. Ele não tem função específica no corpo humano e tudo indica que foi útil a nossos ancestrais para digerir alimentos duros, como cascas de árvores. Mas, atualmente, ele não serve para nada.


Alguns cientistas acreditam que, com a evolução da espécie, o apêndice tende a desaparecer. No entanto, esse órgão é rico em células linfoides que combatem infecções e poderia ter algum papel no sistema imunológico.


Ainda assim, tendo ou não uma função, ele pode ser retirado sem causar dano algum ao corpo humano.


Diferente do apêndice, a vesícula, esse pequeno saco verde em forma de pera que se esconde atrás do fígado, é, sim, útil. Ela se encarrega de armazenar a bile e ajuda a digerir os alimentos.


No entanto, quando começa a causar muitos problemas – principalmente nos casos de pedras na vesícula -, ela pode ser eliminada. Quando isso ocorre, é apenas necessário ter alguns cuidados a mais na alimentação – o consumo de comida picante ou gasosa, por exemplo, pode causar diarreia e inchaço.


Outros órgãos que não são estritamente necessários para a nossa sobrevivência são os reprodutores, tanto das mulheres, quanto dos homens: útero, ovários, testículos e próstata. Eles são essenciais para criar novas vidas, mas é possível viver sem eles.


Outro "mistério" que persiste por muito tempo é a existência dos mamilos nos homens. A exemplo do apêndice, os mamilos são partes ou órgãos chamados de "vestigiais", que ao longo da evolução da espécie foram perdendo sua função. Mas no caso dos mamilos, podem causar sérios problemas , pois seus tecido podem formar tumores tão fatais quanto aqueles que acometem mulheres nas mamas.


Danos menores
Com algumas consequências adversas, ainda é possível viver sem mais órgãos. Como as glândulas da tireóide (é possível viver sem elas com a ajuda de tratamentos hormonais), o baço (mas ficamos mais propensos a infecções) e várias veias (temos muito mais do que precisamos).


O próprio cérebro, apesar de ser essencial à vida, pode ter algumas partes retiradas sem grandes danos. Cirurgiões retiraram até metade do cérebro de centenas de pacientes por problemas que não poderiam ser corrigidos de outra forma e, ainda assim, essas pessoas sobreviveram, apesar de carregarem algumas sequelas.


A operação se chama hemisferectomia e não tem efeito na personalidade ou na memória. O que se perde é o uso de um dos olhos e uma das mãos – do lado oposto ao do hemisfério cerebral que foi tirado. Caso o lado ausente seja o esquerdo, também é possível que se tenha mais dificuldade para falar, até que o próprio cérebro se autocorrija.


Há também os casos de órgãos que existem em pares - os pulmões, por exemplo. É possível viver só com um deles, ainda que seja necessário uma preocupação com a respiração, que será mais restrita. Mas é possível ter qualidade de vida com um pulmão só, tudo depende do estado de saúde prévio à cirurgia para a retirada do órgão.


Os rins também existem em pares, mas é possível viver com um só. Sua função principal é "filtrar" os fluidos do corpo e um rim já dá conta de fazer isso, enviando as sobras para a bexiga.


O intestino grosso é outro que pode ter sua função desempenhada pelo intestino delgado após uma adaptação neste órgão. É possível também viver sem o estômago, conectando o esôfago diretamente ao intestino delgado.


Há também um osso da perna, a fíbula ou perônio, que não tem função de sustentação de peso do corpo, então também é de certa forma dispensável. Ela até pode ser utilizada como peça para reparar outros ossos.


Por fim, a última parte das vértebras: o cóccix. Ele é o único vestígio que nos resta de uma cauda. E pode nos causar muitas dores quando caímos e batemos essa parte ao final da coluna. Mas ele pode ser retirado sem maiores sequelas.


Fonte: iG

JoJo - Too Little Too Late

JoJo - Too Little Too Late


http://www.blogcariri.com.br/2015/12/jojo-too-little-too-late.html

Um orgasmo por dia reduz risco de câncer de próstata em 22%, dizem cientistas

Homens que têm orgasmo uma vez por dia podem reduzir significativamente seu risco de desenvolver câncer de próstata, sugere nova pesquisa. Cientistas afirmam que, junto com o prazer sexual proporcionado, há benefícios de saúde adicionais, incluindo um sono melhor, um impulso na imunidade e até proteção contra doenças do coração.


De acordo com o “Mirror”, os médicos explicam que o orgasmo diário não necessariamente precisa ser atingindo durante um intercurso sexual e, mesmo assim, continua sendo benéfico.


O estudo foi realizado por cientistas do Brigham and Women’s Hospital, afiliado à Escola de Medicina de Harvard.


A pesquisa revelou que, se um homem ejacula, pelo menos, uma vez por dia, reduz o risco de desenvolver câncer de próstata diminui por quase 25%. Os dados do estudo mostraram que os participantes que ejacularam mais de 21 vezes por mês tinham um risco 22% menor de contrair a doença. Quanto à forma com que os homens alcançaram a ejaculação, não é requisito ter uma parceira sexual. São benéficos a relação sexual, a ejaculação noturna, ou a masturbação.


De acordo com Jennifer Rider, do Brigham and Women’s Hospital, apesar das novas informações sobre o benefício potencial do orgasmo e da redução do risco de desenvolver câncer de próstata serem as mais convincentes divulgadas até hoje, os dados ainda são apenas observacionais e devem ser tomados com cautela.


Ela disse: “Ao mesmo tempo, dada a falta de fatores de risco modificáveis para câncer de próstata, os resultados deste estudo são particularmente encorajadores”.


O câncer de próstata é o câncer mais comum entre os homens, depois do câncer de pele. Isso o torna responsável por 8% de todos os novos casos de câncer, e por 15% dos cânceres nos homens. Cerca de um em sete homens serão diagnosticados com câncer de próstata durante sua vida e um em 38 morrerão da doença. Cerca de seis em cada dez casos são diagnosticados em homens com idades de 65 anos ou mais, enquanto que a média de idade no momento do diagnóstico é de cerca de 66.


Fonte: O Globo