1

1

Google+ Followers

sábado, 22 de outubro de 2016

Resultado da Quina 4215, sábado, 22/10/2016

Resultado da Quina 4215, sábado, 22/10/2016

O resultado da Quina 4215 será divulgado no GIGA-SENA dia 22/10/2016, sábado, a partir das 20:00 horas.

A Quina 4215 ocorrerá no dia 22 de outubro de 2016 e o prêmio principal está estimado em R$ 1.200.000,00 para quem acertar o resultado da Quina 4215. Quem acertar a QUADRA com 4 números, o TERNO com 3 números ou o DUQUE com 2 números também ganha prêmio de menor valor. Se não houver nenhum ganhador com 5 números no resultado da Quina concurso 4215 o prêmio principal acumula para o próximo concurso da Quina.
Os valores de cada prêmio da Quina 4215 serão informados no painel de resultado do GIGA-SENA após o rateio.
CONCURSO 4215 DATA 22/10/2016
23
36
37
53
56
 
QUINAQUADRATERNODUQUE
prêmio
0,003.549,1990,052,29
ganhadores
x 0x 103x 6.104x 131.528
ACUMULOU!
Próximo Sorteio: 24/10/2016Prêmio Estimado: R$ 2.000.000,00
[AVISO] A QUINA AGORA PAGA 2 ACERTOS!

Resultado da Mega Sena 1869, sábado, 22/10/2016

Resultado da Mega Sena 1869, sábado, 22/10/2016

O resultado da Mega Sena 1869 será divulgado no GIGA-SENA dia 22/10/2016, sábado, a partir das 20:00 horas direto do Caminhão da Sorte.

A Mega Sena 1869 ocorrerá no dia 22 de outubro de 2016 e o prêmio principal está estimado em R$ 42.000.000,00 para quem acertar o resultado da Mega Sena 1869. Quem acertar a QUINA com 5 números ou a QUADRA com 4 números também ganha prêmio de menor valor. Se não houver nenhum ganhador com 6 números no resultado da Mega Sena concurso 1869 o prêmio principal acumula para opróximo concurso da Mega Sena.
Os valores de cada prêmio da Mega Sena 1869 serão informados no painel de resultado do GIGA-SENA após o rateio.
CONCURSO 1869 DATA 22/10/2016
11
23
24
26
40
52
 
SENAQUINAQUADRA
prêmio
0,0049.705,43970,89
ganhadores
x 0x 66x 4.827
ACUMULOU!
Próximo Sorteio: 26/10/2016Prêmio Estimado: R$ 64.000.000,00

Resultado da Dupla Sena 1560, sábado, 22/10/2016

Resultado da Dupla Sena 1560, sábado, 22/10/2016

O resultado da Dupla Sena 1560 será divulgado no GIGA-SENA dia 22/10/2016, sábado, a partir das 20:00 horas.

A Dupla Sena 1560 ocorrerá no dia 22 de outubro de 2016 e o prêmio principal está estimado em R$ 1.500.000,00 para quem acertar o resultado da Dupla Sena 1560 no primeiro sorteio. Quem acertar a QUINA com 5 números, a QUADRA com 4 números ou o TERNO com 3 números em qualquer um dos dois sorteios também ganha prêmio de menor valor. Se não houver ganhador com 6 números no resultado da Dupla Sena concurso 1560 em qualquer um dos dois sorteios o prêmio acumula para o primeiro sorteio do próximo concurso da Dupla Sena.
Os valores de cada prêmio da Dupla Sena 1560 serão informados no painel de resultado do GIGA-SENA após o rateio.
CONCURSO 1560 DATA 22/10/2016
1º Sorteio
10
14
24
29
31
43
 
SENAQUINAQUADRATERNO
prêmio
0,004.364,2097,792,47
ganhadores
x 0x 11x 561x 11.093
ACUMULOU!
2º Sorteio
03
09
15
18
34
43
SENAQUINAQUADRATERNO
0,002.160,2753,211,76
x 0x 20x 1.031x 15.540
ACUMULOU!
Próximo Sorteio: 25/10/2016Prêmio Estimado: R$ 750.000,00
[AVISO] A DUPLA-SENA AGORA PAGA 3 ACERTOS!

Resultado da Timemania 946, sábado, 22/10/2016

Resultado da Timemania 946, sábado, 22/10/2016

O resultado da Timemania 946 será divulgado no GIGA-SENA dia 22/10/2016, sábado, a partir das 20:00 horas.

A Timemania 946 ocorrerá no dia 22 de outubro de 2016 e o prêmio principal está estimado em R$ 1.000.000,00 para quem acertar o resultado da Timemania 946. Quem acertar 6, 5, 4 ou 3 números, ou o Time do Coração, também ganha prêmio de menor valor. Se não houver nenhum ganhador com 7 números no resultado da Timemania concurso 946 o prêmio principal acumula para o próximo concurso da Timemania.
Os valores de cada prêmio da Timemania 946 serão informados no painel de resultado do GIGA-SENA após o rateio.
CONCURSO 946 DATA 22/10/2016
05
12
33
37
64
66
69
Time do Coração
PAULISTA/SP
 
7 acertos6 acertos5 acertos4 acertos3 acertosTime
prêmio
0,0034.073,07685,576,002,005,00
ganhadores
x 0x 2x 142x 2.670x 23.865x 2.835
ACUMULOU!
Próximo Sorteio: 25/10/2016Prêmio Estimado: R$ 1.200.000,00

Câncer de Próstata, um Toque pela Vida. Previna-se!

Novembro Azul (Movember) é uma campanha de conscientização realizada por diversas entidades no mês de novembro dirigida à sociedade e aos homens sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de próstata. 


Em vários países, o Movember é mais do que uma simples campanha de conscientização. Há reuniões entre os homens com o cultivo de bigodes (ao estilo Mario Bros), símbolo da campanha, onde são debatidos, além do câncer de próstata, outras doenças como o câncer de testículos, depressão masculina, cultivo da saúde do homem, entre outros.


O movimento surgiu na Austrália, em 2003, aproveitando as comemorações do Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata, realizado a 17 de novembro.

Confira abaixo o Folheto Novembro Azul da Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) e o Instituto Lado a Lado com o objetivo de orientar a população masculina sobre a importância do exame de toque retal e PSA para diagnóstico precoce do câncer de próstata.








Tags:

http://saltitandocomaspalavras.blogspot.com.br/2014/11/cancer-de-prostata-um-toque-pela-vida.html

Pera: Emagrece, Rejuvenesce e Beneficia a Saúde!

Uma pera doce, suculenta é um deleite a qualquer hora do dia e o simples fato de ingerirmos uma pera diariamente, significa que estamos fazendo algo de bom para nossa saúde. Peras são uma fonte impressionante de fibra e também contêm uma riqueza de vitaminas e minerais que ajudam a nos manter saudáveis, portanto, é uma adição inteligente em qualquer plano de alimentação saudável.


Com textura macia, aroma doce a pera é um fruto saudável, nutritivo de sabor adocicado que possui uma casca fina de cor amarela, verde ou vermelha e é exatamente perto da casca que está concentrada a maioria dos nutrientes, como vitaminas e sais minerais. O consumo regular dessa fruta oferece uma grande quantidade de benefícios não apenas para a saúde, como também para a pele, cabelos e até mesmo na culinária. 


A pera é o fruto comestível da pereira, uma árvore do género Pyrus L., família Rosaceae, e uma das mais importantes frutas de regiões temperadas. É uma fruta parente da maçã, com mais de 3.000 variedades conhecidas o que diversifica as épocas de colheita e as disponibiliza em várias cores e tamanhos.


As variedades mais conhecidas no Brasil são: pera willians, pera-d'água, pera de pé curto e pera red (casca vermelha), apresentando também uma diversificação na polpa que pode ser macia, dura ou granulosa. Por requererem um clima quente para produzir frutos, já que as pereiras não são tão resistentes ao frio como as macieiras, o melhor mês para comprá-las, a um preço mais acessível, é sempre no começo do ano, porém é possível encontrá-las (importadas) até setembro.


Essa fruta funciona como uma fonte rápida de energia, devido sua composição ter uma grande quantidade de carboidratos como glicose e frutose. Além de outros benefícios é recomendada como um alimento menos suscetível a produzir reações alérgicas e apresenta ainda vitaminas A e C, dois poderosos antioxidantes que melhoram o sistema imunológico.


Uma pera pesando 166 gramas contém 2,3 gramas brutas de fibras e 4 gramas de fibras alimentares. As fibras não contêm calorias e são um elemento necessário para uma dieta saudável pois ajudam a sustentar os níveis de açúcar no sangue. Um dieta rica em fibras também ajuda a diminuir o risco de câncer de cólon e reduzir o colesterol.


A pera também possui doses consideráveis dos sais minerais o potássio que dá energia; o fósforo que fortalece os batimentos do coração; o ferro que ajuda a evitar a anemia; o magnésio que atua contra a hipertensão; o enxofre que atua contra as bactérias; o cálcio que participa na formação de dentes e ossos; o sódio; vitamins C; provitamina A e, em baixos teores, vitaminas do complexo B.


Não tem colesterol, sódio ou gordura saturada e, além disso, a pera tem mais levulose, o mais doce açúcar natural, do que qualquer outra fruta. Contribui ainda para manter o equilíbrio interno e o vigor do sistema nervoso e também é indicada para diabéticos, prisão de ventre, inflamação do intestino, bexiga, aparelho urinário, indigestão, complicações pulmonares, tratamento da próstata, febre, enjoo e má circulação.


Confira alguns dos benefícios provindos das peras, após o qual, você não encontrará uma razão para não incluir esta suculenta fruta em seu hábito alimentar.


☼ Melhora o sistema imunológico:
O sistema imunológico é impulsionado pela atividade de antioxidantes e da própria vitamina C . As Peras ajudam a impulsionar o sistema imunológico, porque contêm antioxidantes, como a vitamina C que é conhecida pelos benefícios que oferece ao sistema imunológico, já que estimula a produção e a atividade de células brancas do sangue.


☼ Ajuda na prevenção da osteoporose:
Muitos médicos estão recomendando que as pessoas tentem manter um pH equilibrado e uma alta ingestão de cálcio a partir de fontes dietéticas. Frutas e vegetais ajudam a manter um nível de pH saudável e peras são uma boa fonte de boro, que pode ajudar o corpo a reter cálcio.


☼ Aumenta os níveis de energia:
A pera é uma fonte natural e rápida de energia, devido à grande quantidade de glicose e frutose da sua composição, além de ter mais levulose (açúcar natural) do que qualquer outra fruta.


Ao comer uma pera, seu corpo absorve a glicose, que é convertido em energia. Comer uma pera pode ser uma ótima opção, se você se sentir fraco durante a tarde.


☼ Auxilia na saúde digestiva:
A corpulência e aspecto fibroso da pera desempenha um papel muito importante na digestão humana. Uma pera de tamanho médio contém cerca de 20 à 25% da ingestão diária de fibras. Uma boa porcentagem da fibra em peras é insolúvel, o que pode ajudar a reduzir a ocorrência de pólipos do cólon. Apenas umapera pode proporcionar 18% do teor recomendado diariamente de fibra.


A fibra atua como um agente de carga nos intestinos, tornando o transporte de alimentos mais fácil. Além disso, estimula a secreção de sucos gástricos e digestivos para que a comida se mova de maneira mais suave, em um estado mais digerido.


Outro benefício da pera no processo de digestão é regular os movimentos intestinais e reduzir as possibilidades de prisão de ventre, bem como a diarreia.


☼ Ajuda na prevenção do câncer:
Uma maneira de prevenir o câncer é através da ingestão de frutas frescas e legumes que são ricos em antioxidantes. Peras contêm vitamina C, um poderoso antioxidante que é uma parte importante do arsenal contra o câncer do seu corpo.


Uma quantidade excessiva de ácidos biliares no intestino pode aumentar o risco de câncer colorretal, bem como problemas intestinais. A fibra das peras tende a se alojar no ácido biliar, o que ajuda a prevenir o risco de câncer de cólon.


Além disso, os fitonutrientes presentes nas peras ajudam a reduzir o risco de câncer gástrico. Um estudo realizado com quase 500 mil pessoas pelo Instituto Nacional de Saúde e a Associação Americana de Aposentados revelou que, ao consumirem peras, reduziram o risco de câncer de esôfago.


☼ Ajuda a suprir a carência do ácido fólico na gestação:
A pera contém ácido fólico que deve ser consumido durante a gestação, já que a mulher tem que possuir quantidades de ácido fólico suficientes para ela e para o feto, que precisa de altos níveis, devido à sua intensa formação de novas células.


☼ Recomendado para quem sofre de Alergias:
Considerada um alimento hipoalergênico é frequentemente recomendado para pessoas que sofrem de alergias alimentares. Entretanto, convém lembrar que as peras não são completamente hipoalergênicos, já que algumas pessoas têm reações alérgicas aperas, principalmente aquelas que são alérgicas ao pólen de bétula ou Alder.


☼ Ajuda no Desmame:
A maioria dos médicos recomendam peras para os bebês quando eles estão no desmame. Isso ocorre porque a pera é uma fruta com baixa acidez que não é susceptível de causar problemas de digestão ou alergias no bebê.


☼ Regula o sistema nervoso:
Possui quantidades razoáveis de vitaminas B1, B2 e Niacina ou B3, todas do Complexo B, que regulam o sistema nervoso e o aparelho digestivo, fortificando o músculo cardíaco essenciais ao crescimento.


☼ Reduz a pressão arterial:
Além disso, aumenta o fluxo de sangue para todas as partes do corpo, oxigenando os órgãos e promovendo sua efetividade. A redução da pressão arterial também está conectada a uma menor probabilidade de doenças cardiovasculares, como arteriosclerose, ataques cardíacos e acidentes cerebrovasculares.


☼ Protege o coração:
A pera é uma excelente fonte de fibra dietética e da fibra boa para o coração. Estudos demonstraram que a fibra pode reduzir os níveis de colesterol mau, mediante sua união a sais biliares, o que ajuda a expulsar substâncias prejudiciais do organismo.


E, por ser uma excelente fonte de potássio, a pera pode ainda ter um efeito significativo na saúde do coração, porque o potássio é um vasodilatador. A fruta também pode reduzir o risco de AVC em até 50%.


☼ Facilita a absorção dos minerais no sistema:
A pera é rica em sais minerais como, por exemplo, sódio, potássio, ferro, magnésio e cálcio e facilita e melhora a absorção dos minerais no sistema e o aumento dos níveis de ferro. O ferro é uma parte importante da hemoglobina e a anemia está relacionada à deficiência deste mineral.


É possível prevenir a fadiga, o mau funcionamento cognitivo, a debilidade muscular e o mau funcionamento do sistema de órgãos mediante o consumo de alimentos ricos em ferro e cobre, o que encontramos em quantidades significativas nas peras.


☼ Ajuda a perder peso:
Considerada uma das frutas com menores quantidades de calorias — aproximadamente 100 calorias por pera — o equivalente a 5% da quantidade diária de calorias de uma dieta saudável.


A fibra desta fruta ajuda na sensação de saciedade depois de consumir a fruta e faz com que nos sintamos cheios e, ao mesmo tempo, tem um baixo impacto em situações de ganho de peso ou obesidade.


☼ Reduz Inflamações:
Os componentes antioxidantes e flavonoides da pera também podem induzir efeitos anti-inflamatórios no corpo e reduzir a dor associada a doenças inflamatórias. Isto inclui a redução dos sintomas da artrite, doença reumáticas, gota e condições similares.


☼ Controla o Diabetes:
As peras podem ser uma adição saudável à dieta para diabéticos, por possuírem alto teor de fibras e serem consideradas alimentos de baixo índice glicêmico, que são frequentemente recomendados para manterem o açúcar estável no sangue em pacientes diabéticos.


O açúcar nesses alimentos quebra lentamente e gradualmente entra na corrente sanguínea. Isso garante que o açúcar no sangue não aumente rapidamente. Além disso, peras vermelhas são uma boa fonte de antocianinas, antioxidantes que podem aumentar a sensibilidade à insulina (ou seja, que as células do corpo podem tornar-se mais receptivas às ações da insulina), que podem ajudar a reduzir o risco de diabetes. De fato, estudos realizados na Universidade de Harvard sugerem que uma dieta rica em peras poderia manter o diabetes tipo 2 na baía.


☼ Ajuda a manter os ossos mais fortes:
O alto teor de minerais das peras (magnésio, manganês, fósforo, cálcio e cobre) significa que elas reduzem a perda de mineral ósseo e condições debilitantes, como a osteoporose e a fraqueza do corpo em geral, que é causada pela falta de apoio dos ossos.


☼ Atua positivamente sobre a pele, os cabelos e os olhos:
Uma das vitaminas mais versáteis no corpo humano é a vitamina A. As peras são ricas em vitamina A e componentes como a luteína e zeaxantina, que atuam como antioxidantes, reduzindo os efeitos do envelhecimento da pele, como rugas e manchas da idade e ainda auxilia na manutenção da boa visão.


Esta poderosa fruta também pode reduzir a perda de cabelo, a degeneração macular, a catarata e várias outras condições associadas ao processo de envelhecimento. Assim, com tantos benefícios para a saúde esta fruta certamente pode ser uma grande adição para qualquer dieta e pode ser consumida à vontade.




Pera: Emagrece, Rejuvenesce e Beneficia a Saúde!
Pesquisa:Popsugar Fitness, Food Facts, Viva Mais, USA Pears
Blog Saltitando com as Palavras

Faça do Alimento o seu Medicamento

Que comer frutas, legumes e verduras faz bem à saúde nem é preciso mais dizer. Todo mundo já sabe. Mas o que, talvez, poucos saibam é que, neste grupo de alimentos, há alguns ainda mais benéficos, capazes de combater doenças e melhorar a saúde como um todo. É o grupo de alimentos conhecido como “funcionais”, que fornecem ao organismo substâncias bioativas capazes de prevenir e controlar diversas doenças como: obesidade, diabetes, câncer, doenças cardiovasculares, dentre outras.

Hipócrates, há cerca de 2500 anos, já dizia: “faça do alimento o seu medicamento”, lembra a nutricionista Tatiane Soares Café, da Cabesp, entretanto, ela explica que é sensato entender que os alimentos funcionais não são milagrosos, capazes de curar todas as doenças.

“É importante ressaltar que, para atingir os benefícios desejados, é necessário o consumo regular desses alimentos, além da associação de uma dieta equilibrada e hábitos de vida saudáveis”.


Segundo Tatiane a portaria número 398, de 30/04/99, da Secretaria de Vigilância Sanitária do Ministério da Saúde no Brasil, descreve que alimento funcional é “todo aquele alimento ou ingrediente que, além das funções nutricionais básicas, quando consumido como parte da dieta usual, produz efeitos metabólicos e/ou fisiológicos e/ou efeitos benéficos à saúde, devendo ser seguro para consumo sem supervisão médica”.

O Jornal da Ciência, da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência, aponta trechos do livro Alimentos Funcionais: a Nova Revolução, de Afrânio e Alexandre Craveiro, obra editada com apoio, entre outros, da Secretaria da Ciência e Tecnologia do Ceará, que aborda os aspectos gerais dos alimentos funcionais, com enfoque nas vitaminas, fibras, óleos e gorduras, fitoquímicos, alho, carotenoides, soja e outros produtos como os probióticos.


• Óleos e Ácidos Graxos
Entre as principais substâncias citadas pelos autores estão os óleos e outros componentes bioativos de origem marinha ricos em ácidos graxos poliinsaturados, conhecidos pela denominação genérica ômega 3. Essas substâncias, encontradas em alguns tipos de peixes, são essenciais à manutenção da saúde, porém não são produzidas pelo nosso organismo e só podem ser obtidas por meio da alimentação.


A lista de benefícios atribuídos aos ácidos do tipo ômega 3 não para de crescer: diminuem os riscos de doenças cardíacas (pois reduzem os triglicérides e a pressão arterial, além de auxiliar na elasticidade das artérias, impedindo sua obstrução), são agentes antiinflamatórios (previnem problemas como asma, artrite e dores de cabeça), mantêm a visão saudável, entre outros.



Acompamhe abaixo a tabela com alguns alimentos considerados funcionais, suas respectivas substâncias bioativas, seus benefícios ao organismo e algumas dicas para consumo. 





Fontes:
• Tatiane Soares Café – Nutricionista da Cabesp;
• Magnoni D, Stefanuto A, Kovacs C; Nutrição Ambulatorial em Cardiologia. Em Alimentos funcionais em Cardiologia; Sarvier; 2007. P01-21;
• Galisa, M.S.; Esperança, L.M.B.; Sá, N.G. Nutrição: conceitos e aplicações. São Paulo: Metha,2008;
• Alimentos Funcionais: a Nova Revolução, de Afrânio e Alexandre Craveiro;
www.sbpcnet.org.br/ (Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência).

Emagrecimento: Mitos e Verdades

Ficar magro, sentir-se bem com o próprio corpo e ainda ter a possibilidade de comer o que quiser, é o maior desejo de quem está acima do peso. Emagrecer e permanecer magra é encher o coração de qualquer pessoa que faça dieta, principalmente para aquelas que já passaram pelas mais variadas experiências desde a Dieta da sopa à Dieta das 8 Horas e do Dr. Atkins ao Dr Dukan. 


Emagrecer envolve todo um processo que vai mais além de soluções mágicas propostas por dietas da moda ou remédios, afinal, emagrecer e permanecer magro com saúde não é fácil, já que exige disciplina, paciência, perseverança, comprometimento e determinação para modificar hábitos de vida, o que faz com que uma grande parte das pessoas fuja dessa mudança por rejeitar novos hábitos alimentares e, também, por declinar a prática de uma atividade física.


O fato é que deparamos diariamente com novas dietas que nos conquistam e nos fazem acreditar que finalmente encontramos o Santo Milagroso, que num passe de mágica, eliminará aqueles quilinhos a mais, mesmo sabendo que é preciso maneirar o que ingerimos, sejam alimentos sólidos ou líquidos.


Cabe ressaltar que muitas desses milagres são criados por nós mesmos e outros que são considerados verdades absolutas não passam de simples mitos. Assim, tentando elucidar o que pode ser aproveitado ou não, pesquisamos e abaixo relacionamos alguns dos muitos Mitos e Verdades do Emagrecimento. Confira!


;) Caldo antes das refeições ajuda a saciar e comer menos?
Verdade. Um estudo da Penn State University demonstrou que alimentos ricos em água ajudam a dar saciedade, mas ingerir apenas água não tem o mesmo efeito.


Uma sopa tipo caldo — nada de cremes — ajuda a não exagerar na refeição. Troque o suco e o refrigerante por água, economize calorias e elimine toxinas.


;) Calorias são todas iguais?
Mito. As calorias não são iguais e só viram gordura quando consumidas em excesso.


As calorias dos carboidratos brancos são rapidamente digeridas e absorvidas, se tornando em açúcar e, em excesso, são transformadas em gordura. Prefira frutas, vegetais e grãos integrais.


;) Comer após as 20h atrapalha a perda de peso?
Mito. O que importa é o quanto e o que você come. O problema é que muita gente tende a exagerar durante a noite, principalmente quando pula refeições durante o dia. Evite comer na frente da TV e evite petiscos


;) Comer salada de nabo japonês cru, temperada com limão e sal ou com pasta de soja, nas principais refeições faz perder alguns quilos?
Mito. Não existe nenhuma comprovação científica neste sentido.


;) Consumir uma colher de sopa feijão branco desidratado e triturado todos os dias auxilia na perda de peso?
Mito. A informação não tem fundamento, pois o feijão é um tipo de carboidrato e não possui essa função.


;) Deixar de comer carboidratos depois das 18 horas realmente emagrece?
Mito. O funcionamento do metabolismo diminui depois das 18 horas, assim é recomendado reduzir a quantidade geral da ingestão de alimentos. Não é proibido o consumo de carboidratos à noite, mas deve-se ter um equilíbrio total na dieta. Não adianta deixar de comer esse alimento depois das 18 horas e exagerar no café da manhã e no almoço.


;) É necessário comer de três em três horas para conseguir emagrecer?
Verdade. Mas, o principal problema é o jejum prolongado. Ficar muito tempo sem comer — mais de quatro horas — faz com que o organismo diminua o gasto de energia e desacelere o metabolismo, tornando mais difícil a perda de peso.


Isso também pode gerar um descontrole na próxima refeição, em função da fome aumentada. Além disso, estudos indicam que ficar mais de quatro horas sem se alimentar pode gerar o aumento de nível do cortisol, o hormônio do estresse, e aumentar a ansiedade e, consequentemente, elevar a quantidade de alimentos consumidos por pessoas que comem por compulsão e stress.


;) Evitar carne vermelha emagrece?
Mito. Em moderação, ela pode ser consumida na dieta, por ser fonte de proteínas e ferro. Prefira cortes magros e porções pequenas. A porção deve ter, aproximadamente, o tamanho e a grossura da palma da sua mão. 


;) Fazer as refeições e, ao mesmo tempo, consumir líquidos faz engordar mais?
Verdade. O líquido ingerido junto com a refeição pode causar a falsa sensação de plenitude e dilatar o estômago. Além disso, esse hábito também pode dificultar bastante a digestão, dependendo do tipo de líquido que se consome.


;) Ingerir uma xícara de café de suco de limão puro todos os dias faz emagrecer?
Mito. Não há comprovação científica em relação à eficácia do uso do limão para o emagrecimento.


;) Limão em jejum ajuda a perder peso?
Verdade. Beber um copo de água com limão, sem açúcar e morno, em jejum, auxilia no emagrecimento. O limão tem propriedades ricas, uma delas é o chamado d-limoneno, que protege contra os radicais livres (evitando, assim, a oxidação das células). Ou seja, é um antioxidante natural capaz de equilibrar o pH do nosso corpo e ainda tem função diurética — aumenta o fluxo urinário, eliminando, assim, a concentração de água e sódio (sal) no organismo.


;) O consumo da quitosana - um tipo de fibra animal - realmente emagrece?
Verdade. A quitosana ajuda a aumentar um pouco o conteúdo do estômago, oferecendo a sensação de saciedade mais rápido, diminuindo a vontade de comer e, assim, contribuindo na perda de peso.


;) O corpo tem um peso pré-determinado e não é possível mudá-lo?
Mito. A herança genética influencia nossa composição corporal, mas podemos controlar isso com exercícios e dieta.


;) Produtos naturais e herbais são mais saudáveis?
Mito. Nem todos os produtos naturais fazem bem se consumidos sem prescrição. Ao contrário. Sem orientação, há riscos de intoxicação.


;) Quem está muito acima do peso, só vai emagrecer se tomar Remédios?
Mito. Não adianta tomar medicamentos para perder peso se a pessoa não se comprometer com uma reeducação alimentar e evitar exercícios. A perda de peso é geralmente uma equação simples: É preciso gastar mais calorias do que se consome.


Além de efeitos colaterais, como irritação, insônia, taquicardia, quando você para de tomar o remédio o apetite aumenta. Outro risco são os remédios irresponsavelmente prescritos que podem causar disfunções na tireoide, glândula que regula o metabolismo, alertam os especialistas.


;) Quem tem metabolismo lento, não emagrece?
Verdade, em termos. Há uma série de doenças — ovários policísticos, síndrome metabólica, transtornos da tireóide e até depressão, entre outros — e medicamentos que afetam o funcionamento do metabolismo.


Por isso, se você está controlando a dieta e se exercitando, mas a balança não mexe, o ideal é consultar um especialista no assunto. 


;) Se não suar, não está malhando o suficiente?
Mito. Transpiração não faz perder gordura, apenas água. Além disso, as pessoas suam de maneira diferente. Malhar de maneira correta e sem forçar o próprio ritmo evita lesões e ajuda a gastar calorias


;) Tem que esperar ter fome para comer?
Mito. Quem pula refeições come de maneira errada e exagera na refeição seguinte. Além disso, evitar comer ou ingerir poucas calorias desacelera o metabolismo.


Comer pequenas porções a cada quatro horas ajuda a evitar exageros e manter o metabolismo em funcionamento, queimando até mais calorias.


;) Todas as gramas têm o mesmo peso?
Mito. É como um quilo de tijolos e um quilo de plumas pesarem a mesma coisa, mas têm tamanhos distintos e a pilha de penas é maior que a de tijolos.


A analogia serve para entender que 1g de proteína tem quatro calorias; 1g de carboidratos também tem quatro calorias, mas 1g de gordura tem nove calorias.


;) Tomar chá verde de cinco a dez minutos antes das principais refeições ajuda a eliminar alguns quilos?
Verdade. Para que o chá verde exerça seu efeito termogênico — de aumento de gasto de energia — é necessário tomar pelo menos de cinco a seis xícaras, por dia, do chá forte, preparado com a erva. O horário de consumo pode ser aleatório, mas a ingestão do líquido deve ser feita com moderação por pessoas hipertensas. 


;) Tomar ração humana, batida com leite desnatado e frutas, todas as noites, pode emagrecer, mas tem que interromper a ingestão por um tempo? 
Mito. Se forem usados os ingredientes adequados e de qualidade, a ração humana funciona como um complexo de fibras e farelos nutritivos. O consumo pode ser diário e não há necessidade de interromper a ingestão, excepto quando existe alguma advertência médica que restringe o consumo de fibras ou de algum componente da mistura.


;) Tomar, em jejum, água com berinjela e limão é bom para emagrecer e controlar o colesterol?
Mito. O consumo apenas da berinjela, em qualquer horário do dia, atua na absorção de glicose do organismo, auxiliando no controle do colesterol. Mas, é preciso que exista um equilíbrio na dieta para emagrecer e que o foco não seja apenas um alimento ou uma mistura para conseguir perder peso.


;) Tomar suco natural ajuda no regime?
Mito. Não ajuda e pode atrapalhar. O problema dos líquidos que não sejam água ( refrigerantes, suco, cerveja, etc) é que suas calorias não são devidamente computadas pelo seu corpo. Nosso organismo não tem a mesma capacidade de identificação de saciedade com líquidos e sólidos.


;) Tomar uma colher de sopa de vinagre de maçã antes das principais refeições ajuda a eliminar gorduras localizadas?
Mito. Não existe nenhuma comprovação científica sobre isso e gordura localizada perde-se apenas com uma dieta balanceada aliada à atividade física.


;) Vegetais verde-escuros tem ação detox?
Verdade. Os vegetais verdes, com tonalidades mais escuras, têm propriedades importantes. Alguns componentes, inclusive, ajudam a desintoxicar e drenar melhor o corpo, bem como a acelerar o metabolismo, o que facilita no emagrecimento.


Especialistas explicam que a ingestão desses alimentos deve ser diária para ter efeito. Esclarecem ainda que, como no caso da água com limão, os benefícios são percebidos justamente porque as pessoas que adotam esse suco na dieta mal consumiam tais alimentos antes.


Então, não se pode dizer que é o "poder do suco" especificamente, mas o fato da pessoa colocar mais nutrientes de qualidade no corpo, provocará alterações positivas e significativas no organismo como um todo.


Entretanto, é preciso maneirar no consumo desses sucos — ingerir, no máximo, 300ml —, já que encher um copo com uma variedade de vegetais e frutas aumenta também a quantidade de calorias ingeridas.




A verdade é que não existem milagres na hora de emagrecer, mas sim o compromisso de comer moderadamente usando o bom senso e aprender a carregar consigo essa nova aprendizagem para o resto da vida, isto é, se quiser manter o resultado. Para os especialistas, dietas milagrosas que não respeitam as necessidades do nosso organismo, devem ser abolidas de nosso dia a dia, já que uma dieta saudável deve basear-se em uma alimentação adequada para perda e manutenção do peso que só será possível com exercícios físicos e reeducação alimentar, ou seja, aprender o que, como e quanto comer.


Emagrecimento: Mitos e Verdades
Pesquisa: www.saude.terra.com.br; www.emagrecer.com.br; www.eagora.com.br; super.abril.com.br; www.msn.com/pt-br. 
Blog Saltitando com as Palavras

Só Desfruta a Alegria quem Conhece a Tristeza!

Hoje, a tristeza me visitou. Tocou a campainha, subiu as escadas, bateu à porta e entrou. Não ofereci resistência. Houve um tempo em que eu fazia o impossível para evitá-la adentrar os meus domínios. E quando isso acontecia, discutíamos demoradamente. Era uma experiência desgastante. 
Aprendi que o melhor a fazer é deixá-la seguir seu curso. Agora, sequer dialogamos. Ela entra, senta-se na sala de estar, sirvo-lhe uma bebida qualquer, apresento-lhe a televisão e a esqueço!

Quando me dou por conta, o recinto está vazio. Ela partiu, sem arroubos e sem deixar rastros. Cumpriu sua missão sem afetar minha vida.


Hoje, a doença também me visitou. Mas esta tem outros métodos. E outros propósitos. Chegou sem pedir licença, invadindo o ambiente. Instalou-se em minha garganta e foi ter com minhas amígdalas. A prescrição é sempre a mesma: amoxicilina e paracetamol.

Faço uso destes medicamentos e sinto-me absolutamente prostrado! Acho que é por isso que os chamam de antibióticos. Porque são contra a vida. Não apenas a vida de bactérias e vírus, mas toda e qualquer vida...

Hoje, problemas do passado também me visitaram. Não vieram pelo telefone porque palavras pronunciadas ativam as emoções apenas no momento e, depois, perdem-se difusas, levadas pela brisa. Vieram pelo correio, impressos em papel e letras de baixa qualidade, anunciando sua perenidade, sua condição de fantasmas eternos até que sejam exorcizados.


Diante deste quadro, não há como deixar de sentir-se apequenado nestes momentos. O mundo ao redor parece conspirar contra o bem, a estabilidade e o equilíbrio que tanto se persegue. O desânimo comparece estampado em ombros arqueados e olhos sem brilho, que pedem para derramar lágrimas de alívio.


Então, choro. E o faço porque Maurice Druon ensinou-me, através de seu inocente Tistu, que se você não chora, as lágrimas endurecem no peito e o coração fica duro.

Limão e limonada

As ciências humanas estão sempre tomando emprestado das exatas, termos e conceitos. A última novidade vem da física e atende pelo nome de resiliência que significa resistência ao choque ou a propriedade pela qual a energia potencial armazenada em um corpo deformado é devolvida quando cessa a tensão incidente sobre o mesmo.



Em humanas, a resiliência passou a designar a capacidade de se resistir flexivelmente à adversidade, utilizando-a para o desenvolvimento pessoal, profissional e social. Traduzindo isso através de um dito popular: é fazer de cada limão, ou seja, de cada contrariedade que a vida nos apresenta, uma limonada saborosa, refrescante e agradável.



Aprendi que pouco adianta brigar com problemas. É preciso enfrentá-los para não ser destruído por eles, resolvendo-os. E com rapidez, de maneira certa ou errada. Problemas são como bebês, só crescem se alimentados. Muitos se resolvem por si mesmos. Mas quando você os soluciona de forma inadequada, eles voltam, dão-lhe uma rasteira e, aí sim, você os anula com correção.


A felicidade, pontuou Michael Jansen, não é a ausência de problemas. A ausência de problemas é o tédio. A felicidade são grandes problemas bem administrados.


Aprendi a combater as doenças. As do corpo e as da mente. Percebê-las, identificá-las, respeitá-las e aniquilá-las. Muitas decorrem menos do que nos falta e mais do mau uso que fazemos do que temos. E a velocidade é tudo neste combate. Agir rápido é a palavra de ordem. Melhor do que ser preventivo é ser preditivo.

Aprendi a aceitar a tristeza. Não o ano todo, mas apenas um dia, à luz dos ensinamentos de Victor Hugo. O poeta dizia que “tristeza não tem fim, felicidade, sim”. Porém, discordo. Penso que os dois são finitos. E cíclicos. O segredo é contemplar as pequenas alegrias em vez de aguardar a grande felicidade. Uma alegria destrói cem tristezas.



Modismo ou não, tornei-me resiliente. A palavra em si pode cair no ostracismo, mas terá servido para ilustrar minha atitude cultivada ao longo dos anos diante das dificuldades impostas ou autoimpostas que enfrentei pelo caminho, transformando desânimo em persistência, descrédito em esperança, obstáculos em oportunidades, tristeza em alegria.



Nós apreciamos o calor porque já sentimos o frio. Admiramos a luz porque já estivemos no escuro. Contemplamos a saúde porque já fomos enfermos. Podemos, pois, experimentar a felicidade porque já conhecemos a tristeza.



Olhe para o céu, agora! Se é dia, o sol brilha e aquece. Se é noite, a lua ilumina e abraça. E assim será novamente amanhã. E assim é feita a vida.


Só desfruta a alegria quem conhece a tristeza!
Título original: Resiliente — Limão e Limonada
Texto de Tom Coelho (Consultor, professor universitário, escritor e palestrante)
Blog Saltitando com as Palavras

http://saltitandocomaspalavras.blogspot.com.br/2015/02/so-desfruta-alegria-quem-conhece.html

Água: O Bem Natural mais Valioso do Planeta Terra!

O Dia Mundial da Água é comemorado em 22 de Março cujo objetivo principal é conscientizar a população mundial sobre o significado da água para a vida de todas as espécies no planeta Terra. É uma data proclamada pela ONU, para chamar a atenção sobre a importância do abastecimento de água e saneamento básico em todo o mundo, bem como a defesa e a gestão sustentável dos recursos de água doce.
A primeira proposta para a criação do Dia Mundial da Água foi feita em 1992 durante a Conferência das Nações Unidas sobre ambiente e desenvolvimento (UNCED). Através da Resolução 47/193 de 22 de Dezembro de 1992, a Assembleia Geral das Nações Unidas declarou 22 de Março como o Dia Mundial da Água, iniciando a comemoração em 1993.

Vale lembrar que no ano de 1992, a ONU também divulgou a“Declaração Universal dos Direitos da Água”, cujo texto apresenta uma série de medidas, sugestões e informações que servem para despertar a consciência ecológica da população e dos governantes para a questão da água.


Cada ano, o Dia Mundial da Água destaca um aspecto específico, sendo que para este ano, 2015, o tema é "Água e Desenvolvimento Sustentável”, cuja proposta tem como objetivo fixar metas sobre temas como governança e qualidade da água, gestão de águas residuais e prevenção de desastres naturais.

A conclusão do relatório Mundial das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento de Recursos Hídricos - Água para um mundo sustentável, apresentado em Nova Délhi, na Índia, pela Unesco, é que a população mundial, até 2030, deverá enfrentar um déficit de 40% no abastecimento de água, caso não sejam tomadas medidas drásticas para melhorar a gestão do recurso natural.


É fato conhecido que os povos antigos já tinham conhecimento da importância da água para sobrevivência da espécie e, deste modo, procuravam rios, onde pudessem fazer suas habitações, assim, a sociedade começou a se organizar ao redor das águas, pois sabiam que naquele local teriam terras mais férteis e água potável, tanto que o acesso à água potável foi essencial na formação das primeiras aldeias e, consequentemente, nas primeiras cidades.


O crescimento populacional nos últimos 50 anos e a necessidade de abastecer as pessoas com água, incluindo a agricultura, ajudaram a secar a fonte que tornava a vida possível, transformando a falta d’água num perigo mundial.


O fato é que o consumo mundial de água subiu cerca de seis vezes que associado à má gestão desse recurso, reduziu os estoques aproveitáveis, mas mesmo assim o homem ainda reluta em adotar medidas que garantam a preservação da água, o que faz com que a preocupação individual passasse para cidades, nações e hoje se tornasse um tema global, a tal ponto, que segundo especialistas, dentre todas as moedas, a água é quem vai determinar a paz ou a guerra entre as nações no nosso século.


Segundo relatório Mundial das Nações Unidas, 748 milhões de pessoas em todo o mundo ainda não têm acesso a água potável e, por outro lado, a água nunca foi tão consumida. A agricultura, setor que mais consome água, deverá produzir 60% mais alimentos do que hoje, até 2050. O estudo destaca ainda que a estimativa da demanda mundial de água pela indústria tenha um aumento de 400%, até 2050 . O estudo chama a atenção para o grande volume de água usado para geração de energia (usinas térmicas) e destaca a necessidade de estímulos a fontes renováveis, como subsídios para as fontes eólica e solar.


Segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), há sete bilhões de pessoas para alimentar no planeta. Muito dos alimentos que consumimos exige uma demanda elevada de água para sua produção. Na produção de um quilo de carne, por exemplo, são utilizadas em torno de 15000 litros de água, o que nos leva a dizer que ao aumentar a produção de alimentos, automaticamente, aumenta a exploração dos recursos hídricos e consequentemente a exploração dos ecossistemas.


Pelos cálculos da ONU, cada pessoa necessita de 5 litros diários de água para sobreviver em um clima moderado, e no mínimo 50 litros por dia para beber, cozinhar, banhar-se e usar em higiene. O consumo doméstico representa 10% do volume da água usada pelo homem. A indústria utiliza o dobro disso, e a agricultura, sete vezes mais, sem contar o desperdício com vazamentos que atinge até 50% da água.


Conscientes dos efeitos negativos do consumo excessivo de água sobre a natureza, alguns países já estabeleceram leis que garantem “fluxos ambientais mínimos”, porém há muitos outros obstáculos a superar.


O Brasil, considerado um dos países com maior disponibilidade de recursos hídricos do mundo, representa cerca de 3% da população mundial, o que aparentemente representaria uma posição privilegiada em comparação a outros países, entretanto, a distribuição é totalmente desigual em todo o território nacional.


A Amazônia, por exemplo, é uma região que detém a maior bacia fluvial do mundo. O volume d'água do rio Amazonas é o maior do globo, sendo considerado um rio essencial para o planeta. Essa é, também, uma das regiões menos habitadas do Brasil.


Em contrapartida, as maiores concentrações populacionais do país encontram-se nas capitais, distantes dos grandes rios brasileiros, como o Amazonas, o São Francisco e o Paraná. E há ainda o Nordeste, onde a falta d'água por longos períodos tem contribuído para o abandono das terras e para a migração aos centros urbanos, como São Paulo e Rio de Janeiro, agravando ainda mais o problema da escassez de água nessas cidades.


Mas, já que existe tanta água no planeta, por que a água potável é um recurso limitado?


A água é composta por dois elementos químicos: Hidrogênio e Oxigênio, representados pela fórmula h2O. Como substância, a água pura é incolor, não tem sabor nem cheiro. Ocupa 70% da superfície da Terra, onde a maior parte, 97% é salgada e, apenas 3% do total é água doce e, desses, 0,01% vai para os rios, ficando disponível para uso. O restante está em geleiras, icebergs e em subsolos muito profundos. Ou seja, o que pode ser potencialmente consumido é uma pequena fração.


Pode-se dizer que a quantidade total de água existente na Terra, nas suas três fases, sólida, líquida e gasosa, tem-se mantido constante, desde o aparecimento do Homem. Acredita-se que a quantidade atual de água seja praticamente a mesma de há 3 bilhões de anos. Isto porque o ciclo da água se sucede infinitamente.


A água desenvolve um ciclo que é o caminho que ela percorre. A chuva, basicamente, é o resultado da água que evapora dos lagos, rios e oceanos, formando as nuvens. Quando as nuvens estão carregadas, soltam a água na terra. Ela penetra o solo e vai alimentar as nascentes dos rios e os reservatórios subterrâneos. Se cai nos oceanos, mistura-se às águas salgadas e volta a evaporar, chove e cai na terra.


A água encontra-se ameçada pela poluição, pela contaminação e pelas alterações climáticas que o ser humano vem provocando. Além do perigo que representa para a saúde e bem-estar do homem, a degradação ambiental é apontada pela Organização Mundial de Saúde como uma importante ameaça ao desenvolvimento econômico.




O que fazer? Como usar a água com mais economia?


Na agricultura, por exemplo, o desperdício de água é muito grande. Apenas 40% da água desviada é efetivamente utilizada na irrigação. Os outros 60 por cento são desperdiçados, porque se aplica água em excesso, se aplica fora do período de necessidade da planta, em horários de maior evaporação do dia, pelo uso de técnicas de irrigação inadequadas ou, ainda, pela falta de manutenção nesses sistemas de irrigação.


Na indústria é possível desenvolver formas mais econômicas de utilização da água através da recirculação ou reuso, que significa usar a água mais do que uma vez. Por exemplo, na refrigeração de equipamentos, na limpeza das instalações etc. Essa água reciclada pode ser usada na produção primária de metal, nos curtumes, nas indústrias têxteis, químicas e de papel.


Nos sistemas de abastecimento de água uma quantidade significativa da água tratada - 15 % ou mais - é perdida devido a vazamentos nas canalizações, assim como dentro de nossas casas.


É fácil observar como a população colabora na conservação da água em cidades que têm problemas de abastecimento ou onde existe pouca água. Ou, ainda, onde a água é cara. Nessas cidades, as pessoas costumam usar a mesma água para diferentes finalidades. Como, por exemplo, a água usada para lavar roupa é depois usada para lavar quintal.


Outras pessoas procuram mudar seus hábitos para usar a água na hora em que ela está disponível; evitam vazamentos; só regam jardins e plantas na parte da manhã ou no final da tarde; não lavam calçadas, apenas varrem; não instalam válvulas de descarga nos vasos sanitários e sim caixas de descarga, que são mais econômicas e produzem o mesmo resultado e conforto e só lavam seus carros eventualmente.


A necessidade crucial de conseguir água já está no centro de importantes conflitos sociais pelo mundo e, segundo estudiosos no assunto, se os governadores não se unirem para encontrar soluções e continuarem a ignorar a crise da água em todo o planeta, ela será realmente um fator preponderante num conflito global, tanto, que é só observar a distribuição de água no planeta para perceber que a disputa pela água tende a seguir os mesmos passos da disputa pelo petróleo do século XX.


Todos nós, sem exceção, sabemos que somos, em parte, responsáveis pela mudança no ciclo de água fresca, que torna possível a vida no planeta Terra, portanto, a conscientização, a educação e uma nova forma de pensar e agir é fundamental diante do crescente agravamento da falta de água no mundo. Racionalizar o uso da água não siginifica ficar sem ela, significa usá-la sem desperdício, significa considerá-la como: Um bem natural, valioso e fundamental em nossa civilização — um direito a ser preservado e partilhado sem discriminações ou exclusões.


Fontes referenciais de pesquisa:
• http://www.unwater.org
• http://www.wereld-water-dag.nl/
• http://aquaforall.org
• http://www.historialivre.com
• http://www.unicef.org
• http://entretenimento.uol.com.br
• http://revistaplaneta.terra.com.br
• http://www.pegadahidrica.org