1

1

Google+ Followers

sábado, 27 de agosto de 2016

Sua saúde: Usar o notebook no colo afeta fertilidade de espermatozoides, diz estudo...

Homens que ficam muito tempo com notebook no colo conectados na internet via Wi-Fi podem ter problemas de fertilidade. É o que aponta estudo publicado na revista acadêmica Fertility e Sterility.


Foram coletadas amostras de sêmen de 29 homens saudáveis e parte delas foi armazenada embaixo de um notebook conectado via Wi-Fi - o objetivo era simular os efeitos do aparelho no colo de um homem. Já outra parte foi armazenada na mesma temperatura, mas longe do computador.


Depois de quatro horas, os espermatozoides das amostras apresentaram menor motilidade (capacidade de se movimentar) em relação aos das amostras guardadas longe do notebook. Além disso, 9% dos espermas que ficaram expostos ao aparelho mostraram danos no DNA, o que representa que esses pacientes têm três vezes mais riscos de ter algum problema de fertilidade.


De acordo com os pesquisadores do estudo, o uso do aparelho próximo ao órgão reprodutor masculino diminuiu a qualidade dos espermatozoides. Mas eles reconhecem que não há comprovação ainda se isso ocorre devido ao notebook estar conectado via Wi-Fi ou por outra condição.


Outros cientistas, no entanto, não consideram a pesquisa válida. Allan Pacey, especialista em fertilidade da Universidade de Sheffield, afirmou à BBC que os espermatozoides já ejaculados são mais sensíveis a outros fatores do que os que estão no corpo e contam com a proteção de células, tecidos e fluídos.


"É preciso um estudo epidemiológico para descobrir se de fato um espermatozoide que está dentro do corpo pode se tornar menos fértil pelo contato com o notebook conectado via Wi-Fi", completa Pacey.


Fonte: UOL

Plantão Infotech: Como identificar e desmascarar mentirosos online

Identificar um mentiroso pessoalmente já não é a coisa mais simples do mundo.

Descobrir quando estão mentindo pela internet, então, pode parecer impossível.

Mas existem algumas técnicas que podem ajudar.

Os professores de Comunicação da Universidade de Wisconsin-Madison e da Universidade Cornell fizeram um estudo para entender melhor a linguagem de 80 mentirosos na internet e chegaram a quatro características que podem denunciar um mentiroso online.

O estudo foi feito com base em perfis de sites de namoro, que estão sendo se tornando cada vez mais populares pelo mundo (não está fácil pra ninguém). Mas o resultado pode ajudar a identificar mentiras nos perfis de redes sociais como o Facebook também. Os pesquisadores entrevistaram pessoalmente 80 usuários desses sites, que classificaram a exatidão das autodescrições que eles fizeram em seu perfil. Também foi feita uma comparação da descrição que eles fizeram de seus atributos físicos (altura, peso etc.) com as medições reais colhidas em laboratório. Por fim, também foi analisado o quanto as fotos que eles haviam escolhido para colocar no site correspondiam à aparência verdadeira da pessoa.

Juntando todos esses dados, os pesquisadores usaram um programa de computador para comparar as palavras usadas nas descrições dos participantes e as informações reais e chegar a algo como o índice de mentira de cada pessoa. Assim, eles conseguiram chegar a quatro aspectos que podem ajudar caso queiramos descobrir quão sincera é uma pessoa na internet:

1. Mentirosos falam pouco.
Quanto menos falarem sobre si mesmos, menos chances eles têm de serem flagrados. Preste atenção na quantidade de informações que a pessoa dá sobre si. Um perfil rico em descrições tem mais chances de ser verdadeiro, já que mostra que o seu dono não tem grandes temores de ser desmascarado. Além disso, os mentirosos tendem a evitar os temas sobre os quais mentiram em seus perfis. Se não falaram a verdade sobre seu peso, provavelmente vão evitar conversas relacionadas a alimentos. Se usaram fotos enganosas, eles vão escrever mais sobre o trabalho e outras realizações para desviar a atenção de sua aparência.

2. Veja se o que a pessoa diz é consistente.
Não se contente em dar uma lida rápida no que ela escreveu sobre si mesma. Procure evidências do que ela afirmou em outras partes do seu perfil para ver se as coisas se encaixam direitinho. Se estiver realmente interessado na pessoa, vale até dar um Google no seu nome.

3. Mentirosos evitam expressar emoções negativas.
Quem mente procura passar uma imagem 100% positiva. Assim, eles evitam ao máximo falar sobre coisas que evidenciem defeitos ou emoções negativas. Por isso, desconfie. Se a coisa parece ser boa demais para ser verdade, é provavelmente isso mesmo: ela não é real.

4. Mentirosos usam muito o pronome “nós”.
Esse é um truque que o mentiroso usa para envolver a outra pessoa e fazer com que ela se sinta emocionalmente mais próxima dele. Ele deixa de usar o pronome “eu” e usa sempre “nós” para criar a ilusão de uma parceria precoce. Os dois mal se conhecem, mas já viraram amigos, virtualmente,


Fonte: Superinteressante

Sueca abre primeira escola internacional de sexo do mundo...


Uma sueca abriu a primeira escola internacional de sexo do mundo, em Viena, na Áustria. O objetivo do curso é ensinar os estudantes a serem bons amantes.

Segundo Ylva-Maria Thompson, qualquer pessoa acima de 16 anos pode se matricular em sua escola. Os estudantes que se matricularem vão viver em dormitórios mistos onde, espera-se, praticarão a lição de casa até a exaustão.

“Nossa educação não é teórica, mas muito prática. Ensinamos posições sexuais, técnicas de carícias e conhecimentos anatômicos”, explicou Ylva-Maria.

A sueca já sonhava com um empreendimento desse tipo há muito tempo. No entanto, ela já sofre com as controvérsias que sua escola vem causando na Áustria. Propagandas do negócio, por exemplo, foram banidas da televisão austríaca.

*Com informações do Daily Mail

Sua saúde: Comer peixe toda semana ajuda a evitar o Alzheimer


Pessoas que comem peixe cozido ou grelhado semanalmente apresentam redução nos riscos de desenvolvimento do transtorno cognitivo leve (TCL) ou mesmo o Alzheimer. As conclusões são de um estudo apresentado nesta quarta-feira durante o encontro anual da Sociedade Americana de Radiologia.

“Esse é o primeiro estudo a estabelecer uma relação direta entre o consumo de peixe, a estrutura cerebral e os riscos de Alzheimer”, diz Cyrus Raji, da Universidade de Pittsburgh. “Os resultados mostraram que pessoas que consomem peixe cozido ou grelhado ao menos uma vez na semana tinham uma melhor preservação da matéria cinzenta do cérebro. Isso foi visto em exames de ressonância magnética em áreas consideradas de risco para o Alzheimer.”

O Alzheimer é uma doença cerebral incurável e progressiva, que lentamente destrói a memória e as habilidades cognitivas. Em pessoas com transtorno cognitivo leve, a perda de memória também está presente, mas em uma menor extensão. Pacientes com a doença, frequentemente desenvolvem Alzheimer, sendo o TCL considerado um estágio intermediário entre o envelhecimento normal e a demência.

Dados
Para o estudo, foram selecionados 260 indivíduos cognitivamente normais. Informações sobre o consumo de peixe foram coletadas usando o Questionário Sobre Frequência Alimentar, do Instituto Nacional de Câncer dos Estados Unidos. Do total, 163 pacientes consumiam peixe semanalmente, a maioria apenas uma ou duas vezes por semana. Todos fizeram ressonância magnética no cérebro para que os pesquisadores pudessem avaliar o volume da massa cinzenta com o consumo de peixe semanal em 10 anos.

Os resultados foram então analisados para determinar se a preservação da massa cinzenta associada com o consumo de peixe reduzia os riscos para o Alzheimer. Foram controlados idade, gênero, escolaridade, raça, obesidade, atividade física e a presença ou não de apolipoproteína E4 (ApoE4) – gene que aumenta os riscos de desenvolvimento da doença.

O volume da massa cinzenta é crucial para a saúde do cérebro. Quando seu nível permanece elevado é um sinal de que a saúde do órgão está sendo mantida. Mas a redução de volume indica que as células cerebrais estão se encolhendo.

Os resultados mostraram que o consumo de peixe cozido ou grelhado toda semana estava positivamente associado com os maiores volumes de massa cinzenta em diversas áreas do cérebro. Os riscos para o desenvolvimento de TCL e Alzheimer em cinco anos foram reduzidos em quase cinco vezes. “O peixe cozido ou grelhado faz os neurônios mais fortes, tornando-os maiores e mais saudáveis”, diz Raji.

Fonte: Veja

Homens pensam em sexo 19 vezes por dia...


É pouco mais do que a gente pensa em comida (18 vezes) e em dormir (11 vezes), mas praticamente duas vezes mais do que as mulheres, que pensam em sexo 10 vezes por dia.


Mesmo assim, a diferença não é tão grande quanto costumamos ouvir por aí — já ouviu falar naquela história de que o homem pensa em sexo a cada 7 segundos? Furada.


Quem dá os dados é uma equipe da Universidade Estadual de Ohio (EUA), que recrutou 160 mulheres e 120 homens, que tinham entre 18 e 25 anos, e deu a eles a tarefa de anotar cada vez que pensassem em algo relacionado a sexo, comida ou sono ao longo do dia.




Fonte: Superinteressante

Curiosidade: Por que os padres não podem se casar?


A princípio, padres não se casavam por opção, para dedicar 100% do tempo e das energias à oração e à pregação - da mesma forma que Jesus Cristo. Em 1139, ao final do Concílio de Latrão, contudo, o matrimônio foi proibido oficialmente a membros da Igreja. Embora a decisão tenha se apoiado em passagens bíblicas - como "É bom para o homem abster-se da mulher" (presente na primeira carta aos Coríntios) -, uma das razões mais fortes para a transformação do celibato (como é conhecida a proibição do casamento) em regra foi o que, já naquela época, ditava as regras da humanidade. Fé? Nada disso. Grana! 


Na Idade Média (do século 5 ao 15), a Igreja Católica alcançou o auge do seu poder, acumulando muitas riquezas, principalmente em terras. Para não correr o risco de perder bens para os herdeiros dos membros do clero, o melhor mesmo era impedir que esses herdeiros existissem. Isso não fez muita diferença para os monges, que, por opção, já viviam isolados em mosteiros, mas em algumas paróquias a proibição gerou discórdia. A maior delas ocorreu no começo do século 16 e foi uma das razões pelas quais o cristianismo passou pelo seu maior racha: Martinho Lutero rompeu com o papa e criou a Igreja Luterana, que permitia o casamento dos seus pastores - e permite até hoje. 


Depois da Reforma Protestante, a Igreja Católica reafirmou o celibato, definindo no Concílio de Trento, em 1563, que quem o rompesse seria expulso do clero. A regra se manteve até 1965, quando o papa Paulo VI permitiu que padres se casassem e continuassem freqüentando a Igreja (sem a função de padres, claro). Para conseguir essa liberação, o padre noivo precisa enviar um pedido ao Vaticano e esperar a autorização, que pode demorar até dez anos. "João Paulo II tornou o processo mais demorado, mas Bento XVI está limpando a mesa", diz o teólogo Afonso Soares, professor da PUC-SP. Além de promover a tal limpeza, o novo papa surpreendeu, em agosto do ano passado, ao aceitar que o ex-pastor anglicano David Gliwitzki, casado e pai de duas filhas, e tornasse padre.


Mulher do padre
Veja como outras religiões tratam a vida amorosa de seus sacerdotes

Judaísmo
Rabinos podem ter relacionamentos e se casar. A única recomendação é que a esposa seja judia

Budismo
Não reconhece nenhum ser superior capaz de dar ordens de conduta, mas monges e monjas vêem a abstinência sexual como algo que eles devem se esforçar a aprender

Cristianismo protestante
Pastores (batistas, metodistas, da Assembléia de Deus ou de qualquer outra corrente) podem se casar. Entre os luteranos, há grupos de monges que, por opção, adotam o celibato

Cristianismo Ortodoxo
Homens casados podem virar padres, mas dificilmente serão promovidos a bispos. A regra é a mesma em correntes católicas orientais, como a maronita e a ucraniana

Islamismo
Qualquer homem (no islamismo, não há sacerdotes como no catolicismo) não só pode como deve ter quatro esposas, se puder sustentá-las, é claro. As mulheres, por outro lado, só podem ter um marido


Fonte: Mundo Estranho

Plantão Infotech: Chrome é o browser mais usado no Brasil...

Plantão Infotech: Chrome é o browser mais usado no Brasil

O navegador Chrome, do Google, ultrapassou todos os concorrentes e alcançou, em novembro, 39,81% de participação no mercado brasileiro. O Internet Explorer, da Microsoft, ocupa agora a segunda posição, com 34,43% de participação. Em terceiro lugar está o Firefox, da Fundação Mozilla, com 23,81%. A medição foi realizada pelo StatCounter, site que mede dados de audiência da web.

Lançado em 2008, o browser do Google conquistou em outubro a primeira posição na América Latina. É a primeira região continental em que o Chrome ultrapassou todos os concorrentes.

O Internet Explorer ainda está na primeira posição do mundo, com 40,63%. O Chrome acaba de chegar ao segundo lugar, com 25,69% e o Firefox está na terceira posição, com 25,23%.

Fonte: Veja

Curiosidade: Como surgiu a Aids?

Ela surgiu a partir de um vírus chamado SIV, encontrado no sistema imunológico dos chimpanzés e do macaco-verde africano. Apesar de não deixar esses animais doentes, o SIV é um vírus altamente mutante, que teria dado origem ao HIV, o vírus da aids. O SIV presente no macaco-verde teria criado o HIV2, uma versão menos agressiva, que demora mais tempo para provocar a aids.


Já os chimpanzés deram origem ao HIV1, a forma mais mortal do vírus. "É provável que a transmissão para o ser humano, tanto do HIV1 como do HIV2, aconteceu em tribos da África central que caçavam ou domesticavam chimpanzés e macacos-verdes", diz o infectologista Jacyr Pasternak, do Hospital Beneficência Portuguesa, em São Paulo.


Não há consenso sobre a data das primeiras transmissões. O mais provável, porém, é que tenham acontecido por volta de 1930. Nas décadas seguintes, a doença teria permanecido restrita a pequenos grupos e tribos da África central, na região ao sul do deserto do Saara.


Nas décadas de 60 e 70, durante as guerras de independência, a entrada de mercenários no continente começou a espalhar a aids pelo mundo. Haitianos levados para trabalhar no antigo Congo Belga (hoje República Democrática do Congo) também ajudaram a levar a doença para outros países. "Entre 1960 e 1980 surgiram diversos casos de doenças que ninguém sabia explicar, com os pacientes geralmente apresentando sarcoma de Kaposi, um tipo de câncer, e pneumonia", diz a epidemiologista Cássia Buchalla, da Universidade de São Paulo (USP). A aids só foi finalmente identificada em 1981. Hoje, calcula-se que existam mais de 40 milhões de pessoas infectadas no mundo.


Décadas de mistério
Doença, que pode ter aparecido nos anos 30, só foi identificada em 1981


1930
Um dos principais estudos sobre a aids aponta que nesse ano ocorreu a primeira transmissão dos macacos para o ser humano. Mas não existe consenso entre os cientistas. Alguns até acreditam que o primeiro contato do homem com o vírus aconteceu séculos antes


1957
Há alguns anos, uma teoria popular dizia que a transmissão do HIV para os humanos só teria ocorrido em 1957. Uma vacina contra a pólio estaria contaminada com restos orgânicos de macacos portadores do vírus. Testes recentes, porém, derrubaram essa teoria


1959
O primeiro caso comprovado de morte provocada pela aids é de um homem que morava em Kinshasa, no antigo Congo Belga (hoje Congo). Isso, porém, só foi descoberto décadas depois, com um teste feito no sangue dele, que estava guardado congelado


1981
A aids é reconhecida como doença. Surgem vários relatos de sintomas em homossexuais nos Estados Unidos. Também em 1981 morre o chamado "paciente zero" naquele país: um comissário de bordo que espalhou a doença em suas viagens


1983
Pesquisadores isolam o vírus da aids pela primeira vez. Dois anos depois, aparece o teste que identifica a presença de anticorpos no sangue. O nome HIV, porém, só surge em 1986. A primeira droga para ajudar no tratamento da doença, o AZT, só é criada em 1987


Fonte: Mundo Estranho

Amizades na infância afetam o desenvolvimento emocional...


A qualidade da amizade que as crianças fazem durante o jardim de infância é fundamental para o seu desenvolvimento social – principalmente para os meninos. De acordo com um estudo publicado no periódico Infant and Child Development, essas amizades podem significar menos problemas de comportamento e melhores habilidades sociais, vistas na primeira e na terceira séries do primário.

No geral, os professores relatam que as meninas na primeira e na terceira séries têm boas habilidades sociais, independentemente da qualidade de suas amizades durante o jardim de infância. Os garotos, pelo contrário, se beneficiam claramente do bom começo que uma amizade com alta qualidade representa. “Garotos que não tinham amigos no jardim da infância tiveram mais problemas comportamentais, mas esses problemas começam a ser vistos apenas na primeira ou na terceira série”, diz Nancy McElwain, professora da Universidade de Illinois e coautora do estudo.

Pesquisa
Foram analisados dados de 567 crianças. As mães tiveram de relatar se a criança ainda no jardim de infância tinha ao menos um amigo - e a qualidade dessa amizade. Os pesquisadores compararam então o progresso de crianças que não tinha amigos, que tinham uma amizade frágil, uma amizade mediana e uma amizade forte. Os professores forneceram informações sobre problemas comportamentais no jardim de infância e na primeira e terceira séries.

“Como esperado, amizades de alta qualidade no jardim de infância que tinham como destaque cooperação e partilha, revezamento, baixos níveis de hostilidade e conflitos pouco destrutivos, deram às crianças, especialmente aos garotos, prática em interação positiva, demonstrada na primeira e terceira séries”, diz Jennifer Engle, autora principal da pesquisa.

Interação
De acordo com Nancy, os pares se tornam importantes para a criança já no jardim de infância. Os pais podem ainda ajudar a criança se tornar um bom amigo. Para isso, afirma Nancy, eles devem fazer um esforço para ajudar a criança, principalmente os garotos, a fazer amizade nessa idade por meio de encontros e outras atividades sociais.

As crianças também vão se relacionar com os amigos em maneiras mais positivas se elas tiveram experiências na família que modelem expectativas positivas, carinho e respeito. “Quando a criança aprende a esperar que as outras pessoas respondam positivamente, elas serão amigáveis e sensíveis aos demais”, diz.

Segundo a especialista, essas crianças serão também capazes de lidar melhor com suas emoções quando enfrentarem problemas. “Um conflito não é necessariamente bom ou ruim, é uma questão de como as crianças abordam seus desentendimentos com os amigos ou os pais”, diz Nancy.


Fonte: Veja

Coisas que meu pai me dizia... e ele estava certo

Coisas que meu pai me dizia... e ele estava certo

"Coisas ruins vão acontecer para você e seus amigos"
Boa parte de viver e crescer está em experimentar problemas inesperados na vida. Pessoas perdem seus empregos, sofrem acidentes de carro, ficam doentes, são assaltadas, etc. Quando você é jovem e as coisas estão indo muito bem, essa dura realidade pode ser difícil de visualizar. O mais inteligente, e mais difícil, muitas vezes, é pensar que tragédias raramente são tão ruins quanto parecem, e mesmo quando elas são, nos dão uma oportunidade para crescer mais forte.

"Quando tiver 30, 40 ou 50, não vai se sentir com 30, 40 ou 50"
Adultos são crianças mais velhas. Quando você ficar mais velho, você não vai se sentir tão velho como imagina, só um pouco mais sábio e mais confiante. Você teve tempo para estabelecer o seu lugar no mundo e descobrir o que é importante para você. Não tenha medo de crescer. Olhe para a frente. É incrível.

"Todos podem fazer uma enorme diferença"
Com um sorriso a pessoa pode mudar o mundo. Talvez não o mundo todo, mas o seu mundo. Então, comece a sorrir. E comece agora.

"Grandes resultados vêm quando você mantém seu foco"
Concentre seus esforços em áreas cada vez menores. Quando seus esforços são difundidos por uma vasta área, não terá muito impacto. Então, se concentre em áreas menores e seus esforços serão sentidos mais plenamente. Ela pode levar tempo para que a mudança aconteça, mas mantenha esse foco.

"Ame a si mesmo. Torne-se a sua prioridade"
Esforce-se para ser o 'você' que você quer ser. Nutrir o corpo e a mente. Educar-se todos os dias..

"Às vezes você apenas tem que ir além"
Coloque a sua incerteza e medos de lado por um segundo e pergunte-se o seguinte:. "Se eu tento e não entendi direito a primeira vez, o que eu perdi e o que eu tenho a ganhar? A resposta é: Você terá perdido nada, talvez só um pouco de seu tempo, enquanto ganha uma lição importante que irá ajudá-lo a acertar a segunda ou terceira vez. As pessoas raramente acertam na primeira vez.

"A fim de obter, você tem que dar"
Apoiar, orientar e fazer contribuições para outras pessoas é uma das maiores recompensas da vida. Tudo que você faz, volta ao redor.

"Não tente impressionar a todos"
Seja você com as pessoas à sua volta. Conecte-se com menos pessoas em um nível mais profundo.

"Divirta-se"
Arranje tempo para se divertir.

"Mantenha-se simples"
Existe um mundo de magnificência escondida na simplicidade. Escolha as cinco coisas mais importantes em sua vida agora e se concentre nessas coisas.

"Menos conselhos, muitas vezes é o melhor conselho"
As pessoas não precisam de muitos conselhos. Todos nós precisamos de tempo para pensar, ser e respirar, e continuar a explorar as viagens sem direção, que acabará por nos ajudar a encontrar nosso caminho.

"Gerir o seu tempo"
A sua situação e ambiente está sempre mudando, então tome cuidado para não confundir as coisas que são urgentes com as que são importantes.

"Gerir o seu dinheiro"
Não compre coisas que você não precisa. Não gaste mais do que você ganha. Não deixe seu dinheiro controlá-lo.

"O que você aprende na escola não importa"
Com o tempo você irá desenvolver habilidades para resolver problemas que são universalmente aplicáveis. Nenhuma lição em sala de aula pode ensinar isso.

"Sonhos permanecem sonhos para sempre se você não agir"
Não sonhe mais sobre isso. Começe a fazer. Em 40 anos a partir de agora o que é que você vai se arrepender de não ter conseguido, apreciado ou tentado? Faça AGORA

http://www.blogcariri.com.br/2011/12/coisas-que-meu-pai-me-dizia-e-ele.html

Você quer estudar de graça?

Você quer estudar de graça?

Se você quer estudar, mas não tem condições financeiras, se liga nessa dica: 

Diversas instituições como:Fundação Getúlio Vargas, SEBRAE, Fundação Bradesco, Intel, entre outras, oferecem cursos online totalmente gratuitos.

Uma das instituições de ensino mais renomadas no país, disponibilizou uma série de cursos online em diversas áreas. Ao término do curso, após um teste, você tem a oportunidade de imprimir um certificado de participação.

Uma das principais referências em fomento de novos negócios, micro e pequenas empresas e uma das entidades mais sérias do país, o SEBRAE oferece uma série de cursos virtuais para novos empreendedores e a população em geral. Certificados!

Cursos para formação profissional em diversas áreas. Acesse a área Escola Virtual para ter uma relação de todos os cursos disponíveis.

Alguns cursos gratuitos e outros de valores simbólicos. O Sest/Senat é uma das empresas do chamado “Grupo S”, neste caso para valorizar os trabalhadores do setor de transporte.

Para quem busca mais conhecimentos na área de TI, o site educacional da Intel é de extrema importância, com uma abordagem muito interessante.

Para servidores públicos e população em geral, um ótimo portal com conteúdo bem elaborado e opção de formação diferenciada. Cursos com e sem tutoria.

http://www.blogcariri.com.br

Perguntas que os evangélicos não querem (ou não sabem) responder)


Por favor, alguém pode me explicar por que palavras como “paixão”, “fogo”, “glória”, “poder” e “unção” vendem muito mais CDs do que “graça”, “misericórdia” e “perdão”?

Por que aqueles que mais falam sobre “prosperidade” evitam sistematicamente textos como Tiago 2:5, I Timóteo 6:8 e Habacuque 3:17-18?

Por que se fala tanto em dízimo, defendendo-o com unhas e dentes, mas quase nada se fala sobre ter tudo em comum e outras coisas como “ajudar os domésticos na fé” e “não amar somente de palavra e de língua mas de fato e de verdade”? Em qual proporção a Bíblia fala de uma coisa e de outra?

Por que em Atos 4, quando os apóstolos foram presos, a igreja orou de forma tão diferente do que se ora hoje? Por que não aproveitaram a ocasião pra “amarrar o espírito de perseguição”, pra “repreender a potestade de Roma”, ou coisa semelhante?

Por que Atos 2:4 é muito mais citado como modelo do que era a igreja primitiva do que Atos 2:42?

Por que todo mundo sabe João 3:16 de cor, mas tão pouca gente sabe I João 3:16?

Por que 90% ou mais dos cânticos congregacionais modernos são na primeira pessoa do singular (EU), quando a proporção nos salmos é muito menor?

Por que todo mundo aceita que Jesus curou e colheu espigas no sábado, aceita também que Deus ordenou que seu povo matasse vários povos rivais, mas se escandaliza absurdamente quando alguém diz que Raabe fez certo ao mentir para preservar duas vidas? O que vale mais, em situação de conflito, que um soldado pagão saiba a verdade ou a vida de dois homens? Será que se Raabe tivesse dito a verdade, teria sido elogiada em Hebreus 11?

Por que quase tudo que se vende numa livraria cristã foi produzido nos últimos 50 anos, se nosso legado é de 2.000 anos de História do Cristianismo? O que aconteceu com os outros 19 séculos e meio?

Por que os cristãos creem que o homem foi nomeado por Deus como o responsável pela criação, e que tudo que Deus criou é bom, mas são os esotéricos os que mais lutam pela defesa do meio-ambiente?

Por que todos os ritmos de origem na raça negra até hoje são considerados por alguns como diabólicos?

Por que se canta tanto sobre coisas tão etéreas como “rios de unção” e “chuvas de avivamento”, ao passo que Jesus usava sempre figuras do cotidiano para ensinar, como sementes, pássaros e lírios?

Por que se amarra, todos os anos, tudo quanto é “espírito ruim” das cidades, fazendo marcha e tudo, mas as cidades continuam do mesmo jeito? Aliás, se os “espíritos ruins” já foram “amarrados” uma vez, por que todo ano eles precisam ser “amarrados” de novo?

Por que se canta todos os dias “Hoje o meu milagre vai chegar”? Afinal, ele não chega nunca? Que dia está sendo chamado de “hoje”?

Por que Jó não cantou “restitui, eu quero de volta o que é meu”, nem declarou ou amarrou nada, muito menos participou de “campanha de libertação” quando perdeu tudo?

Por que nós nunca vamos ao médico e pedimos, “doutor, dá pra queimar essa enfermidade pra mim por favor”? Por que então se ora pedindo isso pra Deus? Seria correto orar assim pra Deus curar alguém enfermo por causa de queimadura?

Por que não se faz um mega-evento evangélico, desses que reúnem um milhão de pessoas ou mais, pra fazer um mutirão para distribuir alimentos aos pobres ou ainda para recolher o lixo da cidade? Aliás, por que se emporcalha tanto as cidades com óleo e outras coisas nos tais “atos proféticos”? Não seria um melhor testemunho limpá-la ao invés de sujá-la?

Por que as rádios evangélicas tocam tanta coisa produzida por gravadoras ricas e nada produzido por artistas independentes?

Por que se faz apelo ao fim de uma “pregação” que não fez qualquer menção ao sangue, à cruz, ao arrependimento, ou sequer ao pecado?

Por que Deuteronômio 28:13 (“o Senhor te porá por cabeça, e não por cauda”) é tão citado, ao passo que I Coríntios 4:11-13 (“somos considerados como o lixo do mundo”) ninguém gosta de citar?

Fonte: Também Falho

Porquinho nasce com dois focinhos e três olhos na China


O bichinho foi o quinto a nascer em uma ninhada, na propriedade do chinês Xiao Jintu, em Changtai, na província de Fujian.

“Quando ele saiu de dentro da mãe, fiquei assustado com sua aparência”, contou Jintu.

No entanto, o porquinho virou celebridade. Todos os vizinhos querem conhecer o estranho animalzinho. Jintu ficou com tanta dó do porquinho que decidiu cria-lo como um animalzinho de estimação.

O porquinho de Jintu não é o primeiro a nascer com dois focinhos neste ano na China. Outro bichinho assim apareceu na provincial de Jilin. Eu, hein? Será que tem alguma coisa na água chinesa para acontecer algo assim?

*Com informações do Metro

Quantas palavras seu cão entende?

Os donos de cães adoram falar sobre a inteligência canina. Por isso, para eles não é uma surpresa que pesquisas confirmem que os cães têm uma grande capacidade mental.

Com certeza, a maioria dos cães compreende: “pegue”, “sente” e “fique”, mas, se você tiver motivação e paciência, provavelmente poderá ensinar ao seu cão até mesmo mais do que 100 palavras. Stanley Coren, um psicólogo que fez uma quantidade significativa de pesquisas sobre a inteligência canina sugere que o cão treinado conhece cerca de 160 palavras. Alguns cães até possuem um vocabulário tão vasto quanto o dos bebês humanos. 


Pelo menos desde os anos 70, quando os pesquisadores treinaram com sucesso chimpanzés para usar e ler palavras em uma linguagem de sinais, nós sabemos que a linguagem, em um sentido amplo do termo, não é exclusividade dos humanos. Os animais têm potencial cerebral para compreender a linguagem humana e usar suas próprias linguagens de formas surpreendentemente profundas. Sabemos que os papagaios podem ser treinados para falar palavras humanas. E cães reagem à palavra “passear” abanando o rabo.

Após ter sido apresentado em um programa de televisão por sua capacidade de compreender 200 palavras, um border collie chamado Rico intrigou alguns pesquisadores no instituto Max Planck. Esses pesquisadores questionavam se poderiam levar Rico a executar alguns experimentos a fim de descobrir até onde poderiam estender sua habilidade com as linguagens. A resposta: surpreendentemente longe.

Em um primeiro momento, os pesquisadores quiseram verificar se Rico, em um ambiente controlado, realmente conhecia 200 palavras. Para isso, eles usaram 10 objetos que Rico conhecia. Ao comando verbal de seu dono, eles pediram para ele pegar um item específico de uma sala separada. Rico se saiu muito bem nessa tarefa, mas os pesquisadores queriam desafiá-lo ainda mais. Em seguida, eles escolheram um novo item, um que Rico nunca havia visto em sua vida, e o colocaram na sala entre os itens familiares. O dono pediu o novo item pelo nome, e eis que Rico trouxe o novo item.

Os pesquisadores executaram esse teste diversas vezes, sempre pedindo um novo item, e viram que Rico, em 70% das vezes, levava o item correto. Isso demonstrou que o cão não apenas tinha um grande vocabulário, mas também sabia como usar o processo de eliminação.

Impressionados, os pesquisadores fizeram com Rico um teste ainda mais difícil. Eles queriam descobrir se o cão poderia lembrar dos itens que aprendeu no experimento depois de apenas uma exposição, um processo chamado de mapeamento rápido, que as crianças são capazes de fazer facilmente. Um mês depois de Rico ter provado suas capacidades de linguagem no laboratório, os pesquisadores o trouxeram de volta. 


Dessa vez, eles colocaram um dos novos itens (que Rico pegou corretamente no mês anterior) em uma sala com quatro itens familiares e outros quatro não-familiares. Quando o seu dono pediu, Rico conseguiu pegar corretamente o item em 50% das vezes. Embora possa não parecer nada notável, para os pesquisadores foi muito, pois essa taxa de sucesso é comparável à de uma criança de 3 anos.

O “Efeito Hans Esperto” 
No início do século 20, o alemão Wilhelm von Osten disse que seu cavalo, Hans Esperto, possuía habilidades fantásticas: ele não apenas entendia palavras, mas também podia fazer aritmética. Supostamente, Hans Esperto batia com seu casco o número correto de vezes para responder às questões matemáticas. 


As pessoas iam testar as notáveis declarações de von Osten apenas para ver se, de fato, o cavalo respondia precisamente. Como isso era possível? O psicólogo Oskar Pfungst investigou o assunto para descobrir que quando Hans Esperto respondia às perguntas, ele na verdade apenas respondia às sutis pistas inconscientes das pessoas. Apesar de não poder realmente fazer a aritmética, a habilidade de Hans Esperto certamente era impressionante.

Então, como sabemos se o efeito Hans Esperto não está funcionando com Rico? Rico conseguiu encontrar o objeto solicitado em uma sala afastada (com seu dono fora de vista), e isso convenceu os pesquisadores de que o cão não podia estar apenas adivinhando pistas físicas de seu dono.

10 coisas estúpidas que os homens fazem para impressionar as mulheres

Homens fazem coisas inacreditáveis para impressionar uma mulher. Talvez o excesso de testosterona juntamente com o padrão cultural que dita que mulheres devem se fazer de difíceis sejam os grandes responsáveis por motivar alguns desses atos estranhos. 

Eles exageram muito em seus dotes, compram o que não podem e se comportam de forma duvidosa. 

Pensando nisso, montamos uma lista de coisas bobas que os homens costumam fazer para que você se certifique que não anda pagando esses micos e, consequentemente, afastando as mulheres:

1. Malhar os membros superiores em excesso 
Além de cometer o erro de achar que as mulheres gostam de homens extremamente fortes, muitos deles acham que só precisam malhar a parte de cima. Ao melhor estilo Johnny Bravo, levantam quilos e mais quilos no braço e no peito e deixam as pernas de lado. Resultado - parecem pêras invertidas. Talvez seja por isso que as mulheres ficam tão fascinadas com as pernas dos jogadores de futebol.

2. Vestir camiseta regata para mostrar os músculos 
Camiseta regata não deve ser uma peça do seu guarda-roupa, a não ser que você esteja na praia ou em casa sozinho. Regatas demonstram que você não sabe mais o que fazer para mostrar os músculos. Vale mais instigar a imaginação das mulheres com uma camiseta de manga ou uma camisa, que dão uma ideia do que há por baixo. Camiseta regata é que nem decote exagerado - brega e mostra mais do que deve.

3. Aprender a tocar violão 
Mulheres gostam sim de homens que sabem tocar violão. Reforço: que SABEM tocar violão. Tem homem que, no desespero de atrair atenção da mulherada, compra revistinha de partitura ou se matricula na aula de violão, mesmo não tendo talento algum pra coisa. E aí chegam com o violão debaixo do braço, organizam a rodinha e exibem seu vasto repertório de Legião Urbana + Paralamas + O Rappa pra sempre. Entre desafinadas e erros de notas, eles lançam aquele olhar 43 que não costuma funcionar. Melhor dedicar o seu tempo fazendo algo no qual tem talento do que tentar forçar a barra.

4. Pular de alturas enormes pra mostrar que é corajoso 
Homem tem sempre mania de fazer coisas inconsequentes pra mostrar que é corajoso, como pular de pedras assustadoramente altas. Talvez parte da culpa seja porque os amigos não têm piedade na dose de bullying contra aqueles que demonstram o medo natural que tal prática desperta. De qualquer forma, esse tipo de coragem não costuma impressionar, principalmente se ela não se estende para outras áreas da vida.

5. Fazer performances românticas em público 
Alguém inventou a moda que a melhor forma de pedir alguém em namoro/casamento é fazendo uma super demonstração de amor em público. Pode funcionar se a mulher for extremamente romântica e se ela estiver mesmo muito a fim de você. Caso contrário, você pode pagar o mico da sua vida levando um fora com direito a plateia.

6. Levar a mulher pra uma exposição ou um filme cult sem ter ideia do que se trata 
Não há nada que impressione uma mulher mais do que um homem culto. Certo? Em partes. Mulheres gostam sim de homens inteligentes, mas percebem de longe quando o homem força a barra para parecer que entende muito mais de um assunto do que realmente entende. Invés de levá-la para ver a exposição daquele artista pós-moderno abstracionista do qual você não entende, melhor levá-la para um cineminha ou para um outro programa menos wanna be. Original é sempre melhor.

7. Dirigir tirando finas 
Tem homem que dirige achando que as ruas são pistas de corrida e que os outros carros são seus adversários. Não tem nada mais desagradável do que andar com alguém que corre muito, costura o tempo todo e tira uma fina atrás da outra. Geralmente, homens que dirigem assim acham que são super motoristas, mas na verdade são inconsequentes e querem chamar atenção por onde passam. Minha teoria é que homens que fazem coisas desse tipo para chamar atenção estão na verdade compensando a falta de centímetros no meio das pernas.

8. Fazer dancinhas na balada acompanhadas de gritos esporádicos de "uhll" 
Pra sensualizar na balada sem pagar mico é preciso ter muita certeza do que está fazendo. Não há nada que desperte mais vergonha alheia do que aquele homem que faz dancinhas sincronizadas e que solta gritinhos de "uhl!" quando toca a única música que ele conhece na balada. Enquanto você acha que está sensualizando geral, provavelmente as mulheres ao seu redor estão controlando a vontade de dar risada.

9. Brochar e dizer que "isso nunca aconteceu antes" 
Brochar é sempre uma situação tensa. Mais tenso ainda é ter que ouvir do homem que "isso nunca aconteceu antes". Essa afirmação só aumenta a sensação de que a mulher foi a culpada, de que fez algo de muito errado, o que nem sempre é verdadeiro. Fica mais bonito e menos traumático levar a situação numa boa e compensar com a boca e com os dedos, invés de ficar tentando arrumar argumentos para convencê-la de que você não é um brocha no resto do tempo.

10. Achar legal ser o rei da cachaça 
Alguém um dia inventou que beber demais é super legal e, desde então, homens se apropriam desse conceito para mostrar que são muito machos, que sabem beber de verdade. E aí tomam todas, causam, ficam inconvenientes, se aproximam do cangote da mulher jogando aquela cantada furada acompanhada de um belo bafo de bode. Nos casos ainda mais extremos, choram, caem em cima das pessoas e gorfam. Não sei em qual aspecto isso pode ser atraente para uma mulher. Também serve para aqueles que adoram contar histórias de como ficaram "muito loucos" na festa passada.

Fonte: A Observadorista

Curiosidade: Quais são as injeções que mais doem?



A dor da picada depende de três fatores principais: o calibre da agulha, a profundidade em que a injeção é aplicada e a substância contida na seringa. "Substâncias mais viscosas, por exemplo, são mais difíceis de dispersar pelo tecido, e, portanto, podem doer mais", diz Marta Heloísa Lopes, médica da Faculdade de Medicina da USP. Em relação à profundidade e ao calibre, a regra é clara: quanto mais profunda e mais grossa a agulha, maior a dor. A temida Benzetacil combina todos os fatores: é um medicamento viscoso, aplicado dentro do músculo e com uma agulha de calibre relativamente grosso. Ai!.

Agulhas sob medida

Subcutânea (18 x 0,4 mm)

Intradérmica (10 x 0,45 mm)

Intravenosa (25 x 0,8 mm)

Intramuscular (40 x 0,9 mm)

Intra-articular (30 x 0,7 mm)

Intra-óssea (36 x 2,3 mm)

À flor da pele

Quanto mais profunda a injeção, maior o grito de "ai!" do paciente

INTRADÉRMICA

EXEMPLOS DE LOCAIS DE APLICAÇÃO - Antebraço

EXEMPLO - Testes de alergia ou vacina BCG

AGULHA INDICADA - 10 mm de comprimento por 0,45 mm de calibre

É a mais fácil de aplicar, já que a agulha só precisa chegar às camadas superficiais da pele, a epiderme e a derme. Os medicamentos têm que ser colocados em quantidades mínimas - em geral, 0,1 ml - e são pouco absorvidos pela corrente sanguínea

INTRAVENOSA

EXEMPLOS DE LOCAIS DE APLICAÇÃO - Antebraço e dorso da mão

EXEMPLO - Soro e antibióticos

AGULHA INDICADA - 25 mm de comprimento e 0,8 mm de calibre

É aplicada na veia e tem efeito imediato. Já que vai direto para o sangue, pode ser usada uma grande quantidade de líquido. Os medicamentos - principalmente antibióticos - costumam ser diluídos em soro para não irritar o local

INTRA-ARTICULAR

EXEMPLOS DE LOCAIS DE APLICAÇÃO - Articulações como joelhos, cotovelos e punhos

EXEMPLO - Anestesias, anti-inflamatórios

AGULHA INDICADA - 30 mm de comprimento por 0,7 mm de calibre

Nas injeções deste tipo, as medicações são colocadas diretamente nas articulações. É bastante usada em operações que requerem anestesias locais

SUBCUTÂNEA

EXEMPLOS DE LOCAIS DE APLICAÇÃO - Deltoides, coxa, abdômen e glúteos

EXEMPLO - Insulina (medicamento para diabéticos)

AGULHA INDICADA - 18 mm de comprimento por 0,4 mm de calibre

É aplicada na camada de gordura entre o músculo e a pele. Nessa região, os medicamentos são absorvidos de modo lento e constante. A quantidade absorvida é menor, de 0,5 a 2 ml

INTRAMUSCULAR

EXEMPLOS DE LOCAIS DE APLICAÇÃO - Glúteos, deltoides e coxa

EXEMPLO - Benzetacil, antibiótico para tratar infecções

AGULHA INDICADA - 40 mm de comprimento por 0,9 mm de calibre

Profunda, a injeção atravessa toda a pele até chegar ao músculo. Por serem ricos em vasos sanguíneos, os músculos absorvem bem os líquidos injetados e suportam doses maiores, de até 5 ml

INTRAÓSSEA

EXEMPLOS DE LOCAIS DE APLICAÇÃO - Na medula óssea (tecido que preenche a cavidade interna de ossos como tíbia e fêmur)

EXEMPLO - Infusão de sangue e medicamentos como morfina e corticosteroides

AGULHA INDICADA - 36 mm de comprimento e 2,3 mm de calibre

Em paradas cardiorrespiratórias e situações que dificultem a injeção na veia, aplica-se o remédio dentro do osso com agulhas mais grossas.


Fonte: Mundo Estranho

Curiosidade: Existem negros com síndrome de Down?

Apesar de os casos serem menos conhecidos, existem, sim. "A distribuição do Down é igual para todos", diz o geneticista Paulo Alberto Otto, da Universidade de São Paulo (USP). A síndrome pode não fazer distinção de cor antes do nascimento, mas há a possibilidade de que faça alguns anos depois. 


Um estudo realizado em 2001 pelo Centro de Controle de Doenças e Prevenção dos Estados Unidos concluiu que, em média, brancos com a síndrome vivem o dobro do tempo que os negros. Entretanto, o próprio órgão americano frisa que este dado estatístico se refere a um único estudo e, como os especialistas ainda não sabem explicar o porquê de tamanha disparidade, o assunto ainda merece mais pesquisas.

Certo, porém, é que o Down é mais comum do que se pensa: de cada 800 crianças, uma nasce com o problema. A causa da síndrome é um cromossomo extra infiltrado no DNA, o material que carrega nossas informações genéticas. Normalmente, as pessoas têm seus genes distribuídos em 46 cromossomos, que vêm em 23 pares. Quem possui Down tem um cromossomo a mais no par número 21, totalizando 47. Essa desordem no DNA é o que causa os sintomas conhecidos, como rosto achatado, músculos flácidos, problemas cardíacos e um retardamento mental que pode ser leve ou agudo. 


As mães não têm como prevenir totalmente o Down, mas há um fator que influi, e muito, na possibilidade de ter um filho com a síndrome: a idade materna. Em mulheres com menos de 35 anos, a incidência é de uma criança com o problema para cada mil partos. Para mães com mais de 40 anos, a proporção chega a um caso para cada quatro dezenas de nascimentos.
Fonte: Mundo Estranho

26 atitudes masculinas que fazem a diferença

Cada vez mais as pessoas percebem que um rostinho bonito e o carro do ano, não bastam para que ele seja considerado um bom partido. Aliás, essas características não são nem o começo. Tem se provado cada dia mais que atitude é uma das características que mais contam na hora da conquista.

Estar presente, saber o que quer, não fazer joguinhos – são alternativas muito mais valiosas do que dotes físicos e carteira recheada. Pensando nisso, montamos uma lista de atitudes masculinas que contam ponto, que dão credibilidade, que fazem a diferença:

1. Perceber que ele não tem vergonha de demonstrar sentimentos, e te abraça, beija e faz carinho mesmo na frente de outras pessoas.

2. Quando ele, em vez de ficar com ciúme daquele vestido que deixa gostosa, tem orgulho da mulher que tem ao seu lado.

3. Quando ele aprova e motiva suas ideias inovadoras que te farão crescer, em vez de te incentivar a ficar sempre no que é mais seguro e garantido.

4. Quando você dorme antes e ele vem com cuidado e te cobre.

5. Saber que ele se esforça tanto quanto você para te dar prazer no sexo.

6. Ele estar sempre presente, mostrando que quando está com você é porque realmente quer estar com você.

7. Ele não ter vergonha de dizer pra quem for que encontrou a mulher da sua vida.

8. Perceber que ele valoriza o dinheiro para ir em busca de experiências em vez de ficar somente colecionando coisas materiais.

9. Saber que ele busca sempre soluções em vez de arrumar desculpas.

10. Ele ser parceiro, com todos os benefícios de ter um amigo de verdade com quem se pode fazer sexo.

11. Ele não pedir telefone se não vai ligar mesmo.

12. Ele ser educado, mas não só com você (essa parte é fácil) – e sim também com o frentista, com a faxineira, com o síndico.

13. Ele ter o poder de te deixar suspirando apenas com um beijinho na testa.

14. Ele reconhecer que você não é a mulher mais gostosa de todas, mas que é a mulher que, de todas, consegue deixar o mundo dele mais gostoso.

15. Quando ele fala: “Relaxa que hoje quem vai fazer o jantar sou eu. Vai uma taça de vinho, aí?”

16. Ele ficar tão ocupado em te fazer feliz, porque valoriza a mulher que tem, que nem sobre tempo para pensar em outras.

17.Ele gostar de bichos, porque tem sensibilidade pra perceber a forma única de amor que eles oferecem.

18. Ele pagar porque quer fazer uma gentileza, e não porque acha que você não tem condições. E aceitar que você seja gentil também, retribuindo numa próxima vez.

19. Ele nunca deixar de tentar demonstrar o quanto você importa para ele, mesmo que já te tenha conquistado.

20. Ele não se importar quando você quer ouvir e cantar a mesma música 37 vezes na sequência numa viagem.

21. Ele se esforçar para fazer a vida valer a pena, em vez de só fazer peso no mundo.

22. Ele te trazer cupcakes no fim do dia.

23. Ele gostar mais de ouvir do que falar de si mesmo.

24. Quando ele diz o que pensa, mesmo se a verdade for te magoar.

25. Ele terminar o relacionamento antes de começar a procurar outra pessoa.

26. Fazer ela rir, mesmo quando ela está com muita raiva ou com TPM.

Fonte: Tincuetchento