1

1

Google+ Followers

segunda-feira, 27 de junho de 2016

Os sites brasileiros de compras que você deve evitar, segundo o Procon

Os sites brasileiros de compras que você deve evitar, segundo o Procon

Desde 2012, o Procon-SP elabora uma lista com os sites de e-commerce que você deve evitar. Ela foi crescendo e agora conta com 513 empresas, que vendem produtos de tecnologia, itens por compra coletiva e outros. Repasse aos seus amigos!

Os sites da lista receberam muitas reclamações de clientes, foram notificados pelo Procon e não responderam à notificação. Assim, o órgão define que foi impossível “qualquer tentativa de intermediação entre as partes” e classifica o site como não-recomendado.

A lista completa do Procon-SP está disponível aqui. Vale notar que uma loja é descrita como “no ar” se estava funcionando quando foi incluída pelo órgão; ela pode já ter saído do ar. Por isso, visitamos todos os sites da lista para descobrir quais ainda estão na ativa – são 34 no total.

Abaixo, os sites marcados com *asterisco foram marcados pelo Procon como “fora do ar” mas estão na ativa. Eles podem ter mudado de dono, ou realmente voltado dos mortos para aplicar mais golpes.

Eis as lojas denunciadas pelo Procon-SP que ainda estão no ar:

amkg.com.br
anabolizantesmaromba.com
atletika.com.br
bbarato.com
bestinformatica.com.br
*centerglobal.com.br
*centernote.com.br
*clubedeimportados.com.br
comprarcurtidas.com.br
cosse.com.br
*descontomoveis.com.br
eleshop.com.br
*fikefashion.com.br
*importeletro.com.br
kebarato.com.br
kmisetas.com.br
*magazinebahia.com.br
maisbaratomaisbarato.com
megazinet.com.br
modice.com.br
morangao.com.br
*mundialgames.com.br
outletdahora.com
printline.com.br
promocaocoletiva.com
reidosanabols.com
runi.com.br
solidstore.com.br
sonheicomisso.com.br
*starimports.com.br
ticketsrj.com
*tudoemoferta.com.br
vendaanabolizantes.com.br
vula.com.br

A lista foi atualizada recentemente. Para se proteger nas compras online, recomendamos também que você visite o Reclame Aqui ou Reclamão.com para saber se a loja acumula queixas – especialmente as não-respondidas. E se o preço da loja foi muito menor do que se vê no mercado, é bom desconfiar.

Fonte: Gizmodo (Via Olhar Digital)

14 dicas (quentíssimas!) para sentir mais prazer no sexo.

14 dicas (quentíssimas!) para sentir mais prazer no sexo

1. Trocar de papel
Essa é uma maneira dinâmica e simples de espantar a rotina. Se você faz o gênero passiva, comande. Sente-se sobre ele e dite o ritmo da transa.

2. O segredo do orgasmo feminino é focar na mente
Durante a transa ou preliminares, deixe a imaginação levá-la ao clímax.

3. Experiência multissensorial
Peça para seu parceiro usar a boca e as mãos simultaneamente em locais diferentes de seu corpo. Também vale um brinquedinho.

4. Um bom desempenho sexual requer autoconhecimento
Mãos à obra! É importante conhecer bem seu corpo para poder mostrar a ele o caminho da felicidade.

5. Peça para ele lhe dar uma mãozinha antes da penetração
Quando ele usa primeiro as mãos, a mulher chega mais rápido ao orgasmo.

6. Esprema o pênis dele com as paredes da vagina
É infalível para intensificar o prazer dos dois.

7. Arranhões, mordidas e gemidos são essenciais
Pequenas e delicadas mordidas, inclusive no pênis, podem levá-lo à loucura! Com moderação.

8. A posição que faz mais sucesso com as mulheres é de quatro
O prazer aumenta quando ele determina o ritmo, fala ao seu ouvido e segura seus cabelos.

9. O sexo oral precisa de técnica para ser executado
Segure o pênis de modo firme. Depois morda delicadamente as laterais. Beije, dê lambidas, faça movimentos de sobe e desce e simule que o engole. Esses são os segredos da perfeição. Realize os movimentos devagar e observe as reações dele.

10. Sexo com amor e intimidade é melhor...
Mas as relações movidas apenas pelo desejo também são deliciosas. A regra para aproveitá-las é não confundir os propósitos e não esperar de um encontro casual mais do que ele pode oferecer.

11. Alguns truques podem deixar as transas mais frequentes
Entre eles, irem para a cama juntos e dormir de conchinha. Tocá-lo com carinho e preservar a privacidade no quarto do casal também ajuda.

12. É uma boa assistir a filmes pornográficos com ele
Em um estudo, 58% dos homens e mulheres que recorriam regularmente ao universo pornô se sentiam mais confortáveis com sua sexualidade e atentos às necessidades do parceiro.

13. Deite-se em cima dele quando estiverem nus
O contato de pele sobre pele inunda o corpo com oxitocina, hormônio que faz com que se sintam ainda mais próximos.

14. Criem o hábito de transar em lugares diferentes
A cama é a opção segura. Mas que tal o sofá? E a cozinha? Essa gincana sexual ajuda a espantar a rotina. Sim, a brincadeira vai acabar um dia. Mas daí já pode ser hora de procurar um apê novo...

Fonte: M de Mulher

Veículos brasileiros terão placa do Mercosul, define Contran

Veículos brasileiros terão placa do Mercosul, define Contran

Resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) publicada nesta sexta-feira (27), no Diário Oficial da União, determina que até o fim de 2020 todos os veículos em circulação no Brasil deverão ter placas de identificação no padrão do Mercosul.

O anúncio se dá após alguns adiamentos da decisão, que se arrastou por alguns meses, já que a mudança estava prevista para acontecer em janeiro.

Como é a nova placa?
A nova placa tem fundo branco com a margem superior azul, contendo ao lado esquerdo o logotipo do Mercosul, ao lado direito a bandeira do Brasil e, ao centro, o nome do país. O desenho é muito parecido com a placa que se vê na União Europeia. As três letras e quatro números invertem de proporção: serão quatro letras e três números, em qualquer ordem -- desde que o último caractere seja numérico. Segundo cálculos matemáticos, o modelo atual tem 175 milhões de combinações possíveis; no novo, serão mais de 450 milhões.

Apesar de manter os sete caracteres alfanuméricos, como as chapas de hoje, fornecidos pelo Denatran, as novas precisarão ter a inscrição das palavras "Mercosur Brasil Mercosul". Será o fim da possibilidade de personalização.

Quando muda?
Resolução 590 do Contran também estabelece um cronograma de transição das placas atuais para as novas: a partir de 1º de janeiro de 2017, as mudanças começam a acontecer em veículos zero km a serem licenciados, em processo de transferência de município ou de propriedade (venda particular) ou se houver necessidade de substituição; todos os veículos em circulação deverão possuir as novas placas até 31 de dezembro de 2020.

Fonte: UOL

Não diga para seu filho que verdura faz bem para a saúde

Não diga para seu filho que verdura faz bem para a saúde

Pesquisadores da Universidade de Chicago pesquisaram crianças do pré escolar, entre três e cinco anos e descobriram que elas são menos propensas a comer alimentos se forem informadas que eles as tornariam mais inteligente ou mais fortes, isso porque elas passam a acreditar que o gosto poderia ser ruim.

Eles sugerem que os pais e os fabricantes de alimentos devem simplesmente dizer que a comida é boa, sem qualquer mensagem sobre o que elas fazem ao organismo.

- Nós propomos que as crianças deduzissem, a partir das mensagens que, se um determinado alimento é bom para um objetivo, ele pode não ser bom para alcançar outro objetivo - comentou o Dr. Michal Maimaran, um dos responsáveis pelo estudo.

Ele acreditava que se o alimento for apresentado como algo que as torna fortes, ou como instrumento para alcançar um objetivo, as crianças presumiram que a comida não era tão saborosa, e, portanto, consumiriam menos do que quando o alimento fosse apresentado apenas como saboroso ou sem nenhuma outra mensagem.

Para testar sua hipótese, o Dr. Maimaran contou com a ajuda do Dr. Ayelet Fishbach, juntos eles realizaram vários testes de degustação com alunos na pré escola da McGaw YMCA, em Evanston, Illinois.

Em cada ocasião, um educador leu uma história infantil sobre uma menina chamada Tara, que comeu biscoitos creme crackers. Havia duas variações do conto, uma voltada para os benefícios de saúde do biscoito e outro com nenhuma mensagem.

Na " condição saudável" , a história apresentou os biscoitos como instrumento para ser forte, saudável e cheio de energia, com o educador apontando para seus próprios músculos do braço enquanto lia . Para atestar se as crianças tinham entendido a mensagem da história, o educador perguntava no final: "Você sabia que creme crackers são bons para sua saúde ?

Dr. Maimaran e Dr. Ayelet descobriram que a sua previsão era uma realidade, as crianças comeram menos biscoitos quando foram servidos com uma mensagem de saúde.

Fonte: O Globo

Fumantes tem 20 vezes mais chances de desenvolver câncer de pulmão

Fumantes tem 20 vezes mais chances de desenvolver câncer de pulmão

O hábito de fumar é o fator de risco mais conhecido para o câncer de pulmão. Ele aumenta em até 20 vezes a chance de desenvolver a doença quando comparado aos não fumantes. De acordo com o Artur Ferreira, oncologista do Centro de Oncologia do Hospital 9 de Julho, esse é o tipo de câncer que mais causa óbito no mundo. "Por isso, as medidas de prevenção desse tumor são extremamente importantes e ações como a cessação do tabagismo são capazes de reduzir muito sua incidência", afirma.

Segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA), em 90% dos casos diagnosticados, o câncer de pulmão está associado ao consumo de derivados de tabaco. Isso acontece porque a fumaça do cigarro contém diversas substâncias cancerígenas. "Por essa razão, a cessação do tabagismo é a medida mais importante de prevenção", destaca o médico. Ainda de acordo com a instituição, estão previstos para 2016, mais de 28 mil casos da doença no Brasil.

São considerados grupos de alto risco para o câncer de pulmão pessoas entre 55 e 74 anos com histórico de tabagismo intenso (um maço por dia por 30 anos seguidos), que ainda sejam fumantes ou que tenham interrompido o hábito de fumar há menos de 15 anos; e pacientes com 50 anos ou mais com histórico de tabagismo (um maço por dia por 20 anos seguidos) e mais um fator de risco associado, como histórico de câncer prévio ou de câncer de pulmão na família, presença de doença pulmonar associada, entre outros.

Nesses casos é indicada a realização de exames anuais para rastreamento da doença. "Nós usamos a chamada Tomografia de Baixa Dose (TBD), que é feita sem o uso de contraste e com exposição a baixas doses de radiação", explica Ferreira.

O especialista lembra também que, além do câncer de pulmão, o tabagismo é fator de risco para outros tipos de câncer, como os tumores localizados nas regiões da cabeça, pescoço e bexiga.

Fonte: UOL (Com Estadão Conteúdo)

Vai viajar? 16 tipos de comportamento para evitar no avião

Vai viajar? 16 tipos de comportamento para evitar no avião

Incrível como as regras para um bom convívio social parecem voar longe quando entramos no avião.

Por conta disso, a companhia aéreaJetblue publicou em seu canal do Youtube uma série divertida com 16 regras básicas de etiqueta para incentivar passageiros a serem mais cordiais. Se liga!

1. Encoste sua cabecinha no meu ombro e… Tá maluco?!
É comum passageiros dormirem no avião, principalmente em viagens longas. Mas devemos tomar cuidado para não incomodar a pessoa do lado. Uma dica para evitar cochilos em ombros desconhecidos é usar um travesseiro de pescoço, ou comprar o assento da janela.

2. Banheiro com obstáculos
Você seguiu a dica anterior, mas agora precisa ir no banheiro. E agora?! Se não houver espaço, não seja indelicado, o ideal é tocar levemente o ombro da pessoa do lado e pedir licença. Dica: beber água apenas de hora em hora, e evite encher a cara.

3. Senta que lá vem história
Bebeu demais, né? Não precisa contar os detalhes da sua vida, tome sua dose de Semancol. Se quiser conversar, procure assuntos casuais, evite temas polêmicos como opiniões políticas e use o bom senso, certifique-se de que a pessoa do lado tem interesse manter um dialogo durante o voo.

4. Cheirinho de chulé
A gente entende o fato de você não querer pagar um preço exorbitante para um sanduíche de presunto. Pode levar seu lanche, mas cuidado com aqueles salgadinhos fedorentos capazes de incensar todo o avião, deixe para comer aquela gororoba de aparência e gosto duvidoso em casa. Vai que a pessoa do lado tem estômago fraco.

Vamos além…
A gente sabe os perrengues que você passa no avião, pra não ficar só nisso, resolvemos trazer outraS “regrinhas” de etiqueta. Vale ressaltar que servem tanto para aeroportos, quanto rodoviárias.

5. O polêmico apoio de braço
Território de guerra. Pense nele como o divisor de assento ao invés de apoio. Coloque nele apenas o seu cotovelo, logo, seu vizinho terá espaço para o cotovelo dele e a guerra sai empatada. Lembre-se também: quem senta no meio não tem muita regalia, faça uma gentileza e ceda o apoio.

6. O susto da cadeira reclinável 
Antes de deitar os 0,52cm da cadeira, certifique-se que o serviço de refeição do amiguinho de trás já foi concluído, além de observar se a pessoa não está usando a bandeja para laptop ou livro de colorir para crianças. Avise para a pessoa de trás, de maneira sutil, que irá reclinar.

7. “Bons Drink” podem te deixar na pior
Tomar um drink é uma delícia, ajuda a relaxar, mas cuidado pra não exagerar e estragar a viagem de todo mundo. De acordo com o médico aeroespacial, Dr. Luiz Demenato, o metabolismo do nosso corpo no avião é mais lento, devido a pouca quantidade de oxigênio. Logo, uma quantidade de bebida consumida em um voo produzirá um efeito maior do que a mesma quantidade no solo. Beba com moderação.

8. O poderoso “Flatopumgasoso”
Se nem você aguenta o cheiro das suas flatulências, não obrigue quem tá perto. Fique de olho nos alimentos que você vai ingerir antes do voo para não ter que ficar fazendo cara de paisagem a viagem inteira. Evite: pão de queijo, brócolis, feijão, batata doce e ovo cozido.

9. Lei do silêncio
Se você estiver jogando, assistindo um filme ou ouvindo música, tente lembrar que o avião inteiro não precisa compartilhar os barulhos do seu aparelho, use fones de ouvido. Mesmo assim, fones de ouvido podem se tornar alto-falantes em miniatura se estiverem com o som muito alto. Faça o teste de afastar os fones um pouco do ouvido pra ver se continua escutando.

10. MMA fora de hora
Brigas e discussões em público são extremamente constrangedoras, e pior de tudo para quem assiste é que não existe possibilidade de fuga. Seja paciente, deixe pra discutir sua relação em casa. Se chateou com algum comissário de bordo? Você pode pedir para falar com o gerente da cabine ou, ainda melhor, escrever um e-mail para a empresa quando chegar em casa. Pega leve, beleza?

11. Sugestão aos responsáveis por crianças
Se você for pai/mãe ou responsável, o importante é sempre ter controle sobre a criança. Leve livros, jogos ou brinquedos para entretê-lo. Mantenha sempre a calma, não entre na onda do mini-terrorista e lembre-se, mesmo que esteja muito cansado, ela é sua responsabilidade.

12. Sugestão aos passageiros não responsáveis por crianças
E para os outros passageiros que precisam aguentar a tortura, lembre-se que corrigir comportamento de filho alheio não é indicado em hipótese alguma, você pode arrumar briga com a única pessoa que pode controlar o pequeno. Se a criança estiver incomodando, fale educadamente com o responsável, e se não surtir efeito peça para mudar de poltrona.

13. O futuro jogador de futebol
Apenas para reforçar. Se houver uma criança fofa atrás de você chutando a cadeira incessantemente, o jeito é virar-se com um sorriso agradável e muito educadamente conversar com o responsável. Se não houver jeito, peça para trocar de lugar.

14. Bebê chorão
“Até cerca de seis anos de idade, as crianças apresentam mais dificuldade para equalizar a pressão externa com a pressão no interior do ouvido médio”, explica Shirley Pignatari, chefe de otorrinolaringologia pediátrica da Unifesp ao UOL.

Também sugeriu Claudio Reingenheim, médico pediatra do Hospital Albert Einstein e do Hospital das Clínicas, “uma saída para minimizar o desconforto é tentar fazer algo que movimente a mandíbula da criança: faça-a engolir, dê de mamar, dê água ou uma chupeta. Isso ajuda a equilibrar a pressão do ouvido”.

Aos passageiros, o melhor a se fazer é entender ao invés de reclamar, ou use tampões de ouvido para se livrar do barulho.

15. Banheiro, não casa da Mãe Joana
Não demore muito no banheiro e nem faça bagunça. Você também não quer ficar horas em um ambiente imundo. E use sempre camisinha.

16. O mala e a mala de mão
Use o bom senso na hora de carregar sua bagagem de mão, não tome todo o espaço dos bagageiros internos. Se você está com duas malas, deixe uma a frente dos pés.

Acima de qualquer coisa, o importante é SEMPRE respeitar o próximo.

Fonte: SOS Solteiros

Sete hábitos simples para acabar com a insônia

Sete hábitos simples para acabar com a insônia

Passou a noite virando de um lado para o outro e sem conseguir pregar o olho? Se o corpo sofre com a sonolência e lentidão durante o resto do dia, pior fica a mente, que está sempre cansada e cheia de horas de sono atrasada.

"Se ela é mais simples, ou seja, dura menos de 20 dias, pode ser tratada com pequenas mudanças de hábitos. Caso seja crônica, com mais de 20 dias de duração, é melhor procurar tratamento médico adequado", explica o neurologista Shigueo Yonekura, do Instituto de Medicina e Sono.

Shigueo explica que não há um padrão rígido para determinar a quantidade de horas de sono necessárias para uma vida saudável, porém, adotou-se usar como parâmetro algo entre 6 a 8 horas por noite para adultos, 9 a 10 horas para crianças e 6 horas para pessoas acima de 60 anos. "Tem gente que dorme 6 horas por noite e se sente bem, outras precisam de 10 horas. O importante é se sentir bem disposto ao longo do dia", explica o neurologista. A seguir, o especialista dá dicas de hábitos que ajudam a driblar a insônia.

Livro chato
Boa para o corpo e para a mente, a leitura ajuda a melhorar a insônia, porém, devem-se tomar alguns cuidados na hora de escolher o livro de cabeceira: "Na maioria dos casos, a leitura ajuda a pegar no sono, mas recomendamos livros e revistas menos complexos. Prefira ler assuntos que não despertem tanto sua curiosidade e exijam muito do pensamento, senão, o efeito será contrário", explica o neurologista.

Trilha sonora
Escutar uma música antes de dormir pode ajudar a embalar o seu no sono, porém, músicas muito agitadas podem causar o efeito contrário e fazer com que você perca o sono e sinta vontade de sair dançando. "É melhor ouvir algo mais calmo, que te faça relaxar. Um ritmo mais acelerado vai te deixar agitado", diz Shigueo. "Outro ponto que atrapalha é interromper o sono para trocar o CD ou mudar de estação, isso faz com que você prejudique seu sono e poderá se sentir cansado depois", continua o neurologista.

Chá tem que ser morninho
Os chás, que não são à base de cafeína, em geral, ajudam a relaxar e por isso são bons indutores do sono, mas o alerta fica para a temperatura da bebida: "Um chá de camomila ou erva-doce, por exemplo, faz bem porque relaxa, só que as altas temperaturas elevam a temperatura corporal e isso também pode causar insônia.Por isso, prefira chás gelados ou em temperatura ambiente e evite bebidas muito quentes antes de dormir", diz o neurologista.

Massagem
"A massagem ajuda a dormir porque relaxa os músculos e a mente. Uma das maiores causas da insônia, hoje em dia, é o estresse e as tensões acumuladas. A massagem é benéfica porque alivia estes sintomas", explica Shigueo.

Hora do leitinho
Shigueo Yonekura explica que o leite é rico em triptofano, um aminoácido que essencial para a síntese de serotonina, o hormônio do bem-estar. Por isso, consumir o alimento relaxa e garante uma noite tranquila.

Hora da malhação
Praticar exercícios físicos sem dúvida ajuda a amenizar a insônia, porém, Shigueo explica que existem restrições ao estilo e ao horário do treino: "É muito saudável e eficaz praticar exercícios físicos, só que os treinos devem ocorrer pelo menos duas horas antes do horário de ir dormir e não podem ser competitivos, senão, despertaram seu corpo e sua mente", explica o neurologista. "O ideal é praticar esportes mais leves, caso seja difícil praticá-los duas horas antes de dormir", continua.

Meditação
"Assim como a massagem, a meditação também acalma a mente e traz uma ótima sensação de bem-estar, por isso, a noite de sono fica ainda mais tranqüila", diz Shigueo. A meditação permite equilibrar seus estados físicos, mental e emocional. Com ela, é possível livrar a mente das preocupações que invadem o pensamento durante à noite e roubam o sono.

Fonte: Minha Vida

7 passos para arruinar uma entrevista de emprego

7 passos para arruinar uma entrevista de emprego

Nem um currículo impecável, nem recomendações de peso: nada pode compensar os efeitos de uma entrevista de emprego catastrófica.

Uma receita infalível para o fracasso é combinar ignorância com prepotência, na visão de Rafael Souto, CEO da consultoria Produtive.

“Não há nada pior para um recrutador do que um candidato que quer ‘dar pitaco’ sobre o que claramente não entende”, diz ele.

Na verdade, existem formas quase infinitas de garantir o "não" na fase presencial de um processo seletivo. Mas alguns erros são mais comuns do que outros.

Com a ajuda de especialistas, EXAME.com compilou as 7 posturas mais frequentes de candidatos barrados em entrevistas. É o que você verá a seguir:

1. Chegue atrasado e não peça desculpas
Para começar com o pé esquerdo, nada melhor do que desrespeitar o horário marcado com o recrutador - e, de quebra, não demonstrar a menor preocupação com isso.

Segundo Ricardo Ribas, gerente-executivo da Page Personnel, pequenos atrasos são relativamente aceitáveis em cidades grandes, mas se tornam imperdoáveis se o candidato não pede desculpas e nem justifica a ocorrência.

2. Comece a conversa falando mal do emprego anterior
Nenhuma atitude é tão comprometedora quanto criticar e desqualificar chefes e colegas do passado, diz Rafael Souto, CEO da consultoria Produtive.

“A mensagem que fica para a empresa contratante é que o candidato pode fazer isso com qualquer empregador, inclusive com ela própria”, afirma.

3. Mostre desconhecimento sobre a sua própria trajetória
Segundo Ribas, ter um discurso impreciso e contradizer informações apresentadas no seu currículo são sinais claros de despreparo para qualquer recrutador.

Se o candidato é vago ou incoerente durante a entrevista, duas hipóteses são consideradas: ou ele não domina a sua própria história profissional, ou está mentindo.

4. Descreva-se como um super-herói
Souto diz que muitas pessoas tentam vender uma ideia de que todos os seus resultados foram maravilhosos - e tudo graças a elas.

Além de soar arrogante, essa atitude mostra que o candidato desconhece ou subestima a importância do trabalho em equipe. “É justamente o que as empresas não querem mais atualmente”, afirma ele.

5. Apresente uma pretensão salarial totalmente aleatória
Nem todos os recrutadores perguntam qual é a remuneração pretendida pelo candidato. Mas, se esse for o caso, lançar um valor qualquer à mesa é uma péssima ideia.

Isso porque candidato precisa mostrar o raciocínio que o levou a pedir um determinado salário, diz Souto. Se não é assim, soa como uma aposta.

6. Ao final, não pergunte nada (ou pergunte algo desnecessário)
Para Ribas, profissionais que não questionam nada na entrevista transmitem falta de curiosidade pela empresa e até desinteresse pela vaga.

Também é problemático encher o entrevistador de perguntas sobre assuntos irrelevantes. “Não é o momento para querer saber sobre a marca do carro a que a equipe comercial terá acesso, por exemplo”, diz ele.

7. Nos dias seguintes, pressione o recrutador por um retorno
A má impressão causada por um candidato pode continuar mesmo semanas depois da entrevista. Basta ligar e mandar e-mails insistentemente para o recrutador cobrando por uma resposta, diz Ribas.

Além de transmitir ansiedade e insegurança, a postura por si só é irritante. “É melhor perguntar ao recrutador qual é o prazo para a conclusão do processo seletivo e esperar pacientemente até a data”, aconselha o especialista.

Fonte: Exame.com

Conheça os verdadeiros males do refrigerante

Conheça os verdadeiros males do refrigerante

Que o refrigerante não é saudável não é novidade, mas quais são realmente os males que esta bebida causa? De acordo com o Huffington Post, tomar refrigerante pode aumentar o risco de ataques cardíacos e osteoporose. Além disso, por ser rico em açúcar, o consumo de refrigerante provoca o aumento de peso. Veja a seguir outros malefícios da bebida, listados pelo Huffington Post.

Ataques cardíacos
Pesquisadores da Harvard descobriram que ingerir uma bebida açucarada por dia aumenta 20% o risco de um homem ter um infarto durante um período de 22 anos. O risco se intensificou com o aumento das bebidas doces consumidas.

Síndrome metabólica e doença hepática gordurosa
Mesmo que a pessoa não ganhe peso, o refrigerante açucarado pode ser prejudicial para a saúde cardiovascular - especialmente para as mulheres. As mulheres que ingerem bebidas adoçadas com açúcar são mais propensas a desenvolver níveis elevados de triglicérides - gordura no sangue. Pesquisadores descobriram que as mulheres que consumiam pelo menos duas porções de refrigerante por semana, eram quatro vezes mais suscetíveis a ter altos níveis de triglicérides. Esta gordura passa a envolver os órgãos. como o fígado, o que pode contribuir para risco elevado de doença coronariana cardíaca, diabetes tipo 2 e acidente vascular cerebral.

Ganho de peso
Naturalmente, ao consumir calorias extras ocorre o aumento de peso. Mesmo refrigerante diet podem levar a problemas. Dados recentes demonstraram uma associação entre a bebida sem açúcar e o aumento da cintura.

Osteoporose
Um ingrediente na cola pode prejudicar o cálcio dos ossos. Um estudo de pesquisadores da Tufts University descobriu que mulheres que relataram beber apenas três colas por semana tinham uma perda óssea média de 4% em locais como os quadris do que as mulheres que consumiam outra bebida. Os refrigerantes de cola contêm ácido fosfórico aromatizante. Segundo o autor principal do estudo, Kathleen Tucker, a substância causa maior acidez no sangue, o corpo então usa o cálcio dos ossos para neutralizar o ácido no organismo.

Diabetes tipo 2
Diabetes anda de mãos dadas com a obesidade e o consumo elevado de açúcar. Um estudo com 90 mil mulheres mostrou que as que ingeriam uma ou mais bebidas açucaradas (como refrigerante ou suco) foram duas vezes mais propensas a desenvolver diabetes tipo 2. As bebidas doces aumentam o nível de glicemia de jejum e resistência à insulina.

Fonte: Terra

5 motivos pelos quais você ainda está solteira

5 motivos pelos quais você ainda está solteira

1 - Encontrar um amor não é prioridade
Você pensa sobre namoro aqui e ali, mas não está saindo com ninguém. Gasta seu tempo pensando em trabalho, atividades físicas e se diz muito ocupada para os relacionamentos. Isso quer dizer que não está priorizando sua vida afetiva. Se conheceu um cara incrível e passaria horas e dias ao lado dele, que tal colocar as demais atividades em segundo plano?

2 - Acha não ser merecedora 
Você pensa que as únicas pessoas que merecem um grande amor já o encontraram. “Ela é tão bonita e agradável que merece um bom homem”, mas acontece que você também, só precisa acreditar e saber o que tem para oferecer. Aprenda a mostrar suas qualidades.

3 - Esta à procura de qualidades em um homem e não em um relacionamento 
Pare de fazer uma lista interminável de características necessárias para encontrar o homem perfeito. O importante é o relacionamento.

4 - Expectativas erradas 
Você criou uma imagem em sua mente de como o namoro deve ser. Talvez sejam metas pessoais, mas isso limita as experiências que pode viver. Não se prepare para decepções antes mesmo de viver um grande amor.

5 - Não sabe o que procura 
Se você busca um homem atlético, vá para a academia, se gosta de intelectuais, faça parte do clube de livros. Saber o que está procurando é fundamental para encontrar.

Fonte: Terra

WhatsApp mudará e terá convite para entrar em grupos

WhatsApp mudará e terá convite para entrar em grupos

Segundo o site alemão Windows United.DE, o WhatsApp deve imitar função do Telegram, seu principal rival em um futuro próximo: o uso de convites para incluir pessoas em grupos de conversa. Ainda de acordo com a publicação, a novidade deve chegar primeiro na versão de testes do app para celulares com Windows Phone e depois em Android e iOs.

Atualmente, para um usuário da ferramenta adicionar uma pessoa em um grupo precisa adicioná-lo em sua agenda e depois depois incluí-la manualmente na conversa.

Com esse recurso, bastaria enviar um link do grupo para o futuro membro e ele poderia entrar por conta própria. O link pode ser compartilhado de qualquer forma, como por e-mail ou atráves do Facebook Messenger. O administrador do grupo poderia ainda revogar a validade do link a qualquer momento.

O Facebook, dono do WhatsApp, não se pronunciou sobre o assunto. Não há nenhuma data para o início do uso do recurso.

Fonte: Diário do Nordeste

5 acontecimentos bizarros e que não têm explicação

5 acontecimentos bizarros e que não têm explicação

Quem não gosta de histórias misteriosas, recheadas com fatos estranhos que nem mesmo os mais céticos conseguem explicar? Foi pensando nisso que reunimos nesta matéria cinco acontecimentos bizarros que, apesar de terem sido avaliados minuciosamente por inúmeros cientistas, jamais foram explicados completamente. Confira a seguir e conte nos comentários qual foi a sua favorita e se você tem alguma justificativa interessante para os casos descritos:

1 – A garota de gelo
Em uma gelada manhã de dezembro de 1980, um homem abriu a porta dos fundos de sua casa em Lengby, Minnesota, e encontrou Jean Hilliard, sua vizinha de 19 anos de idade, congelada na neve no quintal. O corpo da moça havia sido transformado em um bloco de gelo — totalmente sólido — depois de ficar exposto durante toda a noite a temperaturas abaixo dos -20 °C. Jean foi levada imediatamente ao hospital, e seu estado chocou a equipe que a atendeu.

A garota estava tão seriamente congelada que nenhum de seus membros podiam ser movimentados. Além disso, ela se encontrava tão rígida que os médicos não conseguiam sequer injetar qualquer tipo de medicamento em seu corpo. Seu estado grave a ponto de que, se voltasse à consciência, ela provavelmente apresentaria sérios danos neurológicos e teria as duas pernas amputadas devido à gangrena.

Entretanto, depois de passar algumas horas enrolada em cobertores térmicos, Jean começou a sofrer violentas convulsões, voltando a ficar consciente e, para a total perplexidade dos médicos, sem apresentar qualquer dano cerebral ou físico, apenas alguns sinais de confusão mental. A garota de gelo deixou o hospital 49 dias depois, sem perder uma única unha devido ao grave congelamento, mostrando simplesmente algumas pequenas cicatrizes.

2 – O senhor da chuva
Imagine que um de seus amigos vai visitá-lo e, depois de ficar todo esquisitão, como tivesse entrado em transe, de repente começasse a chover dentro da sua casa! Esse é Donnie Decker, um norte-americano da Pensilvânia que provocou sua primeira chuva “entre quatro paredes” em 1983, repetindo a bizarra façanha várias vezes depois disso.

Donnie descobriu que conseguia fazer chover dentro dos ambientes em que se encontrava sempre que quisesse e, apesar de ter demonstrado suas incríveis habilidades diante de inúmeras testemunhas, ninguém jamais conseguiu explicar como é que ele conseguia provocar o fenômeno. Aparentemente, tudo começou depois de Decker perder o avô, levando o rapaz a acreditar que seus poderes eram resultado de uma possessão espiritual.

O rapaz inclusive se submete a diversos exorcismos e cerimônias do tipo e, eventualmente, tão misteriosamente como começaram, as chuvas provocadas por Donnie simplesmente pararam de acontecer.

3 – Procura-se lago desaparecido
Tudo bem que o aquecimento global tenha se tornado um tema constante em nosso cotidiano, masvocê já ouviu falar do desaparecimento de um lago inteiro de uma hora para outra? Esse fenômeno aconteceu na Patagônia em 2007, deixando para trás um enorme leito com 30 metros de profundidade e 8 quilômetros de longitude!

Segundo as informações, a última vez que o lago foi visto foi no mês de março; apenas dois meses depois, geólogos que visitavam a região constataram que ele havia desaparecido sem deixar vestígios. Ninguém consegue entender como é que um lago dessas proporções pode ter sumido assim, tão repentinamente, mas uma das teorias é de que um terremoto possa ter provocado a drenagem da água.

O problema é que nenhum evento desse tipo foi registrado na região durante o intervalo de tempo que o lago supostamente levou para desaparecer. O mistério sobre o sumiço das águas continua sem explicação, servindo apenas para alimentar a imaginação dos ufólogos de plantão, que acreditam que uma nave alienígena tenha vindo à Terra roubar o líquido.

4 – Animais enclausurados em rochas
Imagine que você decide quebrar um pedaço sólido de rocha e, para a sua surpresa, descobre um animal vivo enclausurado em seu interior. Na verdade, existem inúmeros registros de casos desse tipo, de tartarugas, lagartos, sapos e outros bichinhos que foram encontrados no interior de pedras, troncos de árvores e até no meio de peças de concreto.

Trata-se de um dos mistérios geológicos mais enigmáticos do mundo, pois os interiores das rochas são como uma espécie de molde dos corpos dos bichinhos. Além disso, a maioria das pessoas que encontraram esses animais vivos alega não ter descoberto qualquer fissura, orifício ou rachadura que permitisse a entrada de ar. Como é que essas criaturas conseguiram sobreviver sem ar, água e sem se mover, e sabe-se lá por quanto tempo?

Talvez a anedota mais incrível sobre este mistério seja um caso ocorrido na França em 1856. Homens que escavam um túnel para uma linha de trem, depois de cortar um pedaço de calcário da era jurássica, se depararam com uma bizarra criatura. O animal cambaleou para fora da rocha, chacoalhou as asas, soltou um grito e caiu morto. Com uma envergadura de 10 metros de asa, quatro patas e dentes, o bicho foi identificado como sendo um pterossauro!

5 – As Faces de Bélmez
Pessoas costumam identificar animais, pessoas e até o rosto de Jesus nos mais inusitados lugares, e esse fenômeno inclusive tem um nome: pareidolia. No entanto, o caso das Faces de Bélmez foge dessa explicação. Tudo começou na Espanha na década de 70, depois que os moradores de uma casa da cidadezinha de Bélmez identificaram um rosto humano no cimento que fazia parte da lareira da cozinha.

Os proprietários da casa quebraram a lareira e construíram uma nova, descobrindo um novo rosto no chão uma semana depois. Escavações na residência revelaram uma sepultura com ossos humanos logo abaixo da estrutura, e mesmo depois de destruir e reconstruir a lareira inúmeras vezes, as faces estranhas continuavam aparecendo.

Pesquisadores e especialistas — céticos ou não — investigaram o caso do surgimento dos rostos durante 30 anos, e análises minuciosas realizadas nas superfícies onde elas apareciam revelaram que não se tratava de pinturas sobre o concreto. O caso continua sem explicação, levando cientistas a proclamarem que este poderia ser o fenômeno paranormal mais importante do século.

Fonte: Mega Curioso

Por que não é possível ficar "100% invisível" no WhatsApp?

Por que não é possível ficar "100% invisível" no WhatsApp?

Você descobriu como desabilitar aquela terrível dupla azul que avisa quando as mensagens são lidas. Desabilitou a notificação de leitura e pensou estar a salvo das cobranças para sempre. Ainda por cima já deu uma de desconectado para os colegas: "faz tempo que não abro o WhatsApp". Bem, péssima notícia, é fácil saber que você leu, mesmo com a confirmação de leitura desligada.

Participar de um grupo é a maneira óbvia de entregar que a mensagem foi lida. Se todos visualizaram, queira você ou não, as marquinhas azuis vão surgir. Ninguém está imune em um grupo de WhatsApp.

Existe outra maneira de descobrir se a mensagem foi vista. Para saber, pressione uma de suas mensagens. No topo direito, toque nos três pontinhos e, depois, selecione "Dados". Pronto. Você saberá quando a mensagem foi entregue e se ela foi lida.

Se você não conhecia esse truque, continue lendo, talvez existam mais funções do WhatsApp do que imagina.

1. Engane a confirmação de leitura
Para ler as mensagens sem ter a obrigação de responder rapidamente, ative o modo avião de seu smartphone. Abra o WhatsApp e desfrute da privacidade de visualizar tudo sem confirmação de leitura. Ao reativar as funções de seu celular, porém, a confirmação aparecerá.

2. Pop-up e atalhos para pessoas especiais
Contatos que você costuma conversar com frequência ou grupos que são muito importantes podem ganhar um espaço na área de trabalho da home do seu celular. Toque em um grupo ou indivíduo e segure por alguns momentos. Surgirá uma guia com a opção de adicionar atalho de conversa. Para responder diretamente por um pop-up, no perfil do contato ou do grupo, vá em "notificações" e selecione "personalizar". Em "pop-up", você poderá escolher entre quatro opções.

3. Backup no Google Drive
Memória de smartphone é sagrada. Por ser restrito, o espaço interno deve ser preservado para o bom funcionamento do aparelho. A troca de mensagens no WhatsApp tende a ser intensa, com muitos áudios e imagens. Para não perder nenhum vídeo de panda espirrando, faça backup regularmente no Google Drive e desafogue os dados de seu celular. Em "configurações", selecione "conversas" e depois " Backup de conversas". Lá, você encontrará a opção para armazenar seus arquivos.

4. Limpar conversas...
Ao fazer o backup das conversas, não há motivo para manter mensagens antigas, inclusive para a sua segurança e privacidade. Em "Configurações", selecione "Conversas" e, depois, "Histórico de conversas". Assim, você pode escolher excluir todas as conversas.

5. ...recuperar conversas
Mesmo sem backup no Google Drive, o WhatsApp também permite que você salve suas conversas as enviando por e-mail. Ainda assim, se você deletou algo sem querer na semana passada e deseja recuperar a mensagem, desinstale o WhatsApp e reinstale, restaurando o histórico.

6. Ser ou não ser [chato]
Faz tempo que alguém não responde suas mensagens? Será que foi bloqueado? O WhatsApp dá algumas dicas de que outro usuário bloqueou você. Observe se a foto do perfil é atualizada e se, ao menos, as suas mensagens chegam ao contato com dois tiques. Tente montar um grupo com esse contato. Se não puder adicioná-lo, você foi bloqueado.

7. Marque as mensagens como lidas ou não lidas
Na pressa cotidiana, nem sempre conseguimos ler as mensagens com calma. Após serem visualizadas superficialmente, algumas informações caem no limbo do WhatsApp para sempre. Para evitar o esquecimento, podemos marcar a conversa como "não lida" e voltar mais tarde. Você também pode fazer o oposto: para esquecê-las, selecione "Marcar como lido". Outra maneira de não perder uma informação relevante é sinalizando. Toque na mensagem que deseja marcar e segure por alguns segundos. No topo da tela surgirá uma estrela, basta selecioná-la.

8. Localizar grupos em comum
Pode ser que você se lembre de ter trocado alguma mensagem importante ou uma boa piada com um amigo, mas não se recorda em qual grupo isso aconteceu. O perfil de seu contato mostra quais são os grupos que vocês têm em comum. Assim, fica mais fácil de encontrar a mensagem ou convidá-lo para um grupo que ele não está.

9. Quem sabe pode ser útil
No WhatsApp, podemos escrever em negrito, itálico e riscado. Para negrito, coloque asteriscos (*) no início e no fim da palavra. Underline (_) habilita o itálico. E, para riscar o texto, use o til (~). Lembre-se de deixar o sinal encostado na palavra, sem espaçamento.

10. Mensagens públicas em particular
Você precisa mandar a mesma mensagem para muitas pessoas, mas quer que elas pensem que são particulares? No canto superior esquerdo, selecione os três pontinhos e faça uma nova lista de transmissão usando seus contatos como base. O efeito é o mesmo de enviar um e-mail com cópia oculta. Não use essa dica para passar correntes... ou terá 7 anos de azar.

Fonte: UOL

Jovens usam combustível com refrigerante para se embriagar

Jovens usam combustível com refrigerante para se embriagar

Jovens americanos estão bebendo uma mistura de combustível com refrigerante em busca do efeito da embriaguez.  O hábito pode ser fatal. Em janeiro, dois estudantes morreram após ingerir a combinação e outros dois foram hospitalizados com intoxicação.

O caso mais emblemático aconteceu em janeiro, no estado americano do Tennessee. Dois adolescentes, ambos com 16 anos, morreram após ingerir a combinação de refrigerante e metanol (combustível utilizado em corridas de arrancada) durante uma festa. Outros dois jovens foram hospitalizados com sintomas de intoxicação, mas sobreviveram.

Segundo as autoridades locais, a mistura fatal, que recebeu o nome de “Dewshine” (uma alusão ao refrigerante Mountain Dew, utilizado no composto), é comumente consumida pelos jovens da cidade. Os adolescentes em questão teriam comprado um galão (1,9 litros) de combustível de corrida e misturado a dois litros do refrigerante. Os jovens que tiveram intoxicação relataram terem bebido cerca de 60 ml da mistura. Não se sabe a quantidade ingerida pelos adolescentes que faleceram.

Agora, autoridades de saúde do Centro de Controle de Doenças dos Estados Unidos (CDC) estão alertando sobre os perigos dessa mistura. De acordo com o CDC, o combustível de corrida é composto 100% por metanol – um solvente orgânico comumente encontrado em laboratórios, produtos residenciais e em indústrias e a ingestão de uma colher de sopa (15 ml) da substância já seria fatal. Ainda segundo o órgão, a mistura pode causar náusea, vômito, diarreia, visão embaçada, danos na retina, cegueira, convulsão, coma e até morte – dependendo da quantidade ingerida.

“Ao ser ingerido, o metanol é metabolizado em um ácido muito forte. O mecanismo faz com que o PH do sangue fique muito baixo, o que leva a morte. Um dos efeitos imediatos é a cegueira”, explicou Donna Seger, diretora do Centro de Envenenamento do Tennessee, em entrevista a um noticiário local.

A prática parece não ter chegado ao Brasil ainda, embora existam relatos de jovens que foram obrigados a beber álcool combustível (etanol) durante trote de faculdades.

Fonte: Veja.com

Sete atitudes para tornar a sua dieta mais empolgante...

Sete atitudes para tornar a sua dieta mais empolgante

Fazer uma reeducação alimentar costuma gerar uma sensação de privação para aqueles que seguem a dieta e as orientações do nutricionista à risca. Porém, a mudança de hábitos deve ser gradual, o que implica escolher melhor as refeições e não abdicar dos pequenos prazeres à mesa, só que tudo na quantidade certa. Mas a motivação também é essencial para atingir os resultados da dieta.

Segundo uma pesquisa da Carnegie Mellon University publicada na revista Science, pessoas que se imaginam comendo algum alimento, como o chocolate, acabam ingerindo uma menor quantidade dele na hora de consumi-lo. Esses resultados comprovam que utilizar a imaginação ou a criatividade na hora de comer faz com que a dieta fique mais divertida, e as metas, por sua vez, mais fáceis de serem atingidas.

Além disso, ao tornar o regime mais agradável, o comprometimento com a perda de peso aumenta e o objetivo é alcançado com maior facilidade. Saiba sete maneiras criativas para tornar a sua dieta ainda mais eficaz.

1. Programar um timer
Se você "engole" toda a sua refeição em cinco minutos uma boa solução é contar com a ajuda de um timer (um contador de tempo). Marque 25 minutos no aparelho e se esforce para comer mais devagar, mastigando várias vezes e aproveitando o momento do café da manhã, almoço e jantar para saborear a comida, lembrar o quanto cada alimento é gostoso e, de quebra, favorecer a digestão.

Além do timer, a nutricionista Daniela Cyrulin dá as seguintes dicas: conte as mastigadas, mastigue 20 vezes cada garfada. Procure comer acompanhando as outras pessoas da sua mesa. "Normalmente, quando comemos sozinho, comemos mais rápido para acabar logo", diz ela. Apoie os talheres na mesa após cada garfada. Só prepare a próxima garfada depois que já engoliu a anterior. Na hora da refeição, desligue a televisão e o computador ou qualquer aparelho que possa tirar a sua concentração.

2. Explorar novos sabores
Temperos, frutas exóticas, pratos novos. Experimente de tudo! Isso faz com que a dieta saia da rotina e continue fácil de segui-la. De acordo com a nutricionista chefe do Dieta e Saúde, Roberta Stella, em vez de pensar no que você não poderá comer, você deve pensar no que poderá! Novos sabores, texturas e muitos novos alimentos que não fazem parte da sua rotina alimentar poderão ser provados. A especialista afirma que dessa forma o seu paladar será estimulado, testado e você poderá contar sempre com novos alimentos para variar as suas refeições.

3. Criar recompensas
O sistema de recompensas é como um jogo no qual, quando você atinge o seu objetivo, o seu esforço é valorizado. Com o regime, deve funcionar igual: você estipula várias metas, desde as mais simples e fáceis de alcançar até aquelas mais complicadas que requerem mais esforço e tempo, e ao atingir cada meta você estipula um tipo de recompensa para si mesmo. Um exemplo: quando você perde três quilos, você tem direito a fazer uma massagem corporal ou se dar de presente um jeans novo de tamanho menor. Só lembre-se de escolher presentinhos possíveis e que não vão estourar seu orçamento. "O sistema de recompensas é saudável, mas não recompensas ligadas à comida, senão você corre o risco de colocar tudo a perder", explica a nutricionista Daniela Cyrulin. O ideal é encaixar na dieta um pouco de tudo. Se você é chocólatra, por exemplo, permita-se um pedaço de chocolate ou de uma sobremesa para matar a vontade.

4. Escolher pratos e copos bonitos e reduzir o tamanho deles
Na hora de escolher pratos e copos muita gente acredita que tanto faz o modelo e que o importante é a durabilidade das louças. Entretanto, ao comprar um modelo mais bonito com alguma cor ou estampa da sua preferência, você torna a refeição mais agradável. Além disso, ao utilizar um prato de sobremesa em vez do de tamanho normal ou um copo menor para almoçar ou jantar, você diminui a ingestão de calorias e acaba comendo menos. Ao mesmo tempo, o prato vai aparentar estar cheio e o copo também, isso trará uma grande satisfação e até saciedade, mesmo com uma menor ingestão de alimentos e líquidos.

5. Tirar fotos do antes e depois
Sabia que as fotos podem ser grandes aliadas na perda de peso? Muitas pessoas costumam se motivar a iniciar uma reeducação alimentar ao se verem fora de forma em fotografias. E, a cada 15 dias, tirar uma foto e ver como anda a transformação do seu corpo pode te motivar ainda mais a continuar com a dieta e com os exercícios físicos. Mas, lembre-se: se você ficar tirando foto todos os dias o efeito pode ser negativo, e você vai sentir que não está perdendo peso. O espaço de 15 dias entre cada foto é fundamental para que você possa observar as mudanças no seu corpo a cada período. Uma boa tática que a especialista Daniela Cyrulin recomenda é: se você já pesou menos algum dia, espalhe pela casa, na porta da geladeira, dos armários da despensa, aquela sua foto com o corpo, que você adora.

6. Criar um diário alimentar ou blog
Escrever o que você anda fazendo e comendo no dia a dia diminui a ansiedade e traz resultados muito positivos para a dieta. No programa alimentar do Dieta e Saúde, comandado pela nutricionista Roberta Stella, os assinantes são estimulados a criarem blogs para compartilhar os desafios e sucessos da sua perda de peso. "Isso cria uma rede de relacionamentos de pessoas que estão focadas em um mesmo objetivo: perde peso, mudar os hábitos e tornar-se uma pessoa mais saudável", explica Roberta.

Um comenta no blog do outro, estimulando, alertando e ajudando os seus companheiros de dieta na sua meta, fazendo do emagrecimento um processo mais estimulante. "Além disso, ao escrever sobre o que você consome ou quanto você malha, dá para verificar onde é que você está errando ou exagerando, contribuindo para uma perda de peso mais rápida", diz a nutricionista.

7. Organizar a cozinha de maneira criativa e prática
Arrumar a cozinha pode ser divertido e beneficiar (e muito!) a dieta, pois você pode escolher o que deixar à mão - os alimentos saudáveis - e esconder as tentações. Segundo a nutricionista Daniela Cyrulin, o primeiro passo é não ter em casa aquilo que você sabe que é difícil de resistir. E se tiver filhos ou morar com outras pessoas, peça para que guardem esses alimentos num local mais escondido, longe de seu campo de visão. Organize sua despensa e geladeira e deixe em seu campo de visão, os alimentos mais favoráveis a sua dieta. E o mais importante: tenha sempre ingredientes básicos à mão: nozes, frutas secas, frutas, queijos magros, iogurtes, barrinhas, adoçante, leite desnatado, carnes magras, atum em lata (light), arroz integral, grãos e cereais integrais.

Fonte: Minha Vida

Se o cérebro é um órgão que não dói, por que temos dor de cabeça?

Se o cérebro é um órgão que não dói, por que temos dor de cabeça?

Ela chega de mansinho, começa a incomodar e só passa depois de uma boa dose de analgésico. Quem nunca sofreu com aquela dor de cabeça que teima em não passar? De acordo com a Sociedade Brasileira de Cefaleia, sete em cada 10 mulheres e metade dos homens têm pelo menos um episódio de dor de cabeça ao mês no Brasil.

O curioso é que, diferentemente de outros órgãos, a dor na cabeça não é um indicativo —pelo menos na grande maioria dos casos— de que o cérebro não vai bem. E por um motivo bem simples: nosso cérebro "não sente dor".

O que dói, na verdade, são as lesões em estruturas que ficam bem próximas ao cérebro e que tem sensibilidade a dor, como as membranas que envolvem o órgão (meninges) e os ossos (periósteos), os vasos sanguíneos, o couro cabeludo e a musculatura da cabeça e o pescoço. O cérebro mesmo é tão insensível aos estímulos dolorosos que nem é preciso aplicar anestesia no tecido cerebral durante uma operação, permitindo que muitos pacientes fiquem acordados durante todo o procedimento.

E por que ele não dói?
Em nosso corpo, existem milhares de neurônios sensoriais, chamados de nociceptores, cujo trabalho é informar ao cérebro que algo não está bem. Alguns, detectam substâncias químicas nocivas, outros percebem temperaturas altas ou baixas demais e outros detectam danos a nossa estrutura física, como torções, fraturas e queimaduras.

Os nociceptores também variam pela maneira como entregam essas mensagens ao cérebro. Alguns são responsáveis por avisar sobre a primeira "explosão de dor" que temos quando algo acontece (como bater o dedo na porta). Outros estão relacionados à dor difusa, ou seja, aquela que fica incomodando lentamente.

Quando batemos uma parte de nosso corpo ou acontece alguma lesão nas estruturas internas (no caso da dor de cabeça), esses sensores enviam uma mensagem de dor a medula espinhal que a repassa para o cérebro.

Quando o sinal de dor atinge o cérebro, ele vai para o tálamo que o direciona para diferentes áreas de interpretação e o corpo entende que algo errado aconteceu. É aí que o órgão consulta sua "biblioteca" de emoções e indica a intensidade da dor. O problema é que, embora nosso cérebro seja um supercomputador que traduz a dor, ele não possui nociceptores em sua estrutura, por isso não consegue sentir dor.

O problema pode estar em outro lugar
Além de incidentes nas membranas e vasos sanguíneos, a dor de cabeça pode acontecer por outros fatores. De acordo com um artigo publicado pela Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, o cérebro também pode se equivocar na localização da dor, uma vez que existem diferentes tipos de tecidos e nervos em nossa cabeça (alguns muito pequenos).

É o que acontece, por exemplo, com a sinusite. Embora a doença esteja relacionada a um processo inflamatório dos seios da face, sentimos que a dor está no centro da cabeça. Esse tipo de dor é conhecido como "dor referida". É quando alguém diz sentir dor no braço ao ter um infarto ou dor no peito ao ter um problema no pulmão.

Um outro exemplo dessa "confusão" acontece no processo conhecido como "brain freeze". Quando ingerimos algo muito gelado, como um sorvete, sentimos uma espécie de "pontada" na cabeça. No entanto, o "problema" está em nossa boca.

Ao tomar algo muito gelado, os vasos sanguíneos da boca se ampliam muito repentinamente, ativando os nociceptores da boca. Segundo o artigo, infelizmente, esses nociceptores não são muito precisos em sua descrição de onde a dor está vindo, então eles criam uma sensação de dor no meio da cabeça.

Especialistas consultados: Marcelo Amato, neurocirurgião e cirurgião de coluna, e Mario Fernando Peres, neurologista do Hospital Albert Einstein

Fonte: UOL

Beber café ou chá muito quente pode causar câncer no esôfago, diz OMS

Beber café ou chá muito quente pode causar câncer no esôfago, diz OMS

A agência especializada em pesquisas de câncer da OMS (Organização Mundial da Saúde) informou nesta quarta-feira (15) que beber café, chá ou mate muito quente é um hábito que pode causar câncer de esôfago. A organização também retirou as suspeitas sobre o café e o mate consumidos em temperaturas consideradas normais.

O consumo de bebidas quentes, a 65°C ou mais, provavelmente é cancerígeno em humanos, informou a Agência Internacional para a Pesquisa sobre Câncer (Iarc, na sigla em inglês), em Lyon (França), cujos trabalhos são referências no assunto.

"Estes resultados sugerem que o consumo de bebida muito quente é possivelmente responsável pelo câncer de esôfago e que a temperatura, e não a bebida em si, é o fator envolvido", declarou Christopher Wild, diretor da Iarc, após uma reavaliação do risco cancerígeno do café, da erva-mate e das bebidas quentes consumidas. "O tabagismo e o consumo de álcool são as principais causas de câncer no esôfago, especialmente em muitos países ricos", disse Wild.
No entanto, a maioria dos cânceres de esôfago ocorrem em certas regiões da Ásia, da América do Sul e da África Oriental, onde o consumo de bebidas muito quentes é frequente. Na China, Irã, Turquia e em países da América do Sul, onde o chá ou o mate são bebidos tradicionalmente muito quentes (cerca de 70°C), o risco de câncer de esôfago aumenta com a temperatura em que a bebida é consumida, de acordo com estudos.

"As temperaturas normais de consumo para café e chá em países da Europa e América do Norte são bem abaixo. Café e chá são muitas vezes bebidos abaixo dos 60 graus", indica a Dra. Dana Loomis, epidemiologista da Iarc.

O câncer de esôfago é o oitavo mais comum no mundo e uma das principais causas de morte por câncer, com cerca de 400.000 mortes em 2012 (5% de todas as mortes por câncer). No entanto, não há indicações sobre a proporção de casos de câncer de esôfago ligados ao consumo de bebidas muito quentes, observou a agência do câncer da OMS.

Reavaliação
A pesquisa visa estabelecer um risco de causar câncer, mas não o nível de risco, adverte a agência da OMS. Esse trabalho de reavaliação, cujo resumo foi publicado na revista Lancet Oncology, foi conduzido por um grupo de especialistas internacionais "sem conflitos de interesses", assegura Kurt Straif da Iarc.

A decisão de classificar as bebidas quentes entre as substâncias "provavelmente cancerígenas" é baseada em "dados limitados", caso contrário seriam classificadas junto com os agentes cancerígenos comprovados.

O café, uma das bebidas mais consumidas no mundo, não é mais considerada como "possivelmente cancerígena", após a reavaliação de especialistas com base em "mais de mil estudos em humanos e animais".

Em 1991, o café foi declarado como "possivelmente cancerígeno" pela Iarc. Ele era suspeito de estar envolvido a casos de câncer na bexiga, com base em dados limitados que, sobretudo, não levavam suficientemente em conta o tabagismo, um grande risco para esse tipo de câncer, ou a exposição ocupacional a produtos tóxico.

Desde então, uma série de estudos realizados na Europa, Estados Unidos e Japão, não forneceram evidências de uma associação entre o câncer de próstata e café. Além disso, muitos estudos epidemiológicos têm demonstrado que o consumo de café não tem efeito cancerígeno para os cânceres de pâncreas, mama e próstata, e uma redução do risco foi observada para os cânceres do fígado e do endométrio (revestimento do útero), segundo a Iarc.

Além disso, dados sobre mais de outros 20 tipos de cânceres não são conclusivos. Quanto ao mate (folhas de chá), popular na América Latina, mas também no Oriente Médio, desde que bebido frio ou não muito quente, não é considerado uma substância cancerígena.

Fonte: Folha.com