1

1

Google+ Followers

domingo, 29 de maio de 2016

HISTÓRIA DO BRASIL -- A COLONIZAÇÃO.













































FONTE:

DATAS COMEMORATIVAS DE JUNHO DE 2016:

CALENDÁRIO -- 

JUNHO 2016:

01 · Semana Mundial do Meio Ambiente
 01 · Dia de Caxias
 01 · Primeira transmissão de TV no Brasil
 01. Dia da Imprensa
 03 · Dia Mundial do Administrador de Pessoal
 03 · Pentecostes
 05 · Dia da Ecologia
 05 · Dia Mundial do Meio Ambiente
 07 · Dia da Liberdade de Imprensa
 08 · Dia do Citricultor
 09 · Dia do Porteiro
 09 · Dia do Tenista
 09 · Dia da Imunização
 09 · Dia Nacional de Anchieta
 10 · Dia da Artilharia
 10 · Dia da Língua Portuguesa
 10 · Dia da Raça
 11 · Dia da Marinha Brasileira
 11 · Dia do Educador Sanitário
 12 · Dia do Correio Aéreo Nacional
 12 · Dia dos Namorados
 13 · Dia de Santo Antônio
 13 · Dia do Turista
 14 · Dia do Solista
 14 · Dia Universal de Deus
 14 . Dia Mundial do Doador de Sangue
 17 · Dia do Funcionário Público Aposentado
 18 · Dia do Químico
 18 · Imigração Japonesa
 19 · Dia do Cinema Brasileiro
 20 · Dia do Revendedor
 21 · Dia da Mídia
 21 · Dia do Imigrante
 21 · Dia Universal Olímpico
 21 · Início do inverno
 24 · Dia das Empresas Gráficas
 24 · Dia de São João
 24 · Dia Internacional do Leite
 26 . Dia do Metrologista
 27 · Dia Nacional do Progresso
 28 · Dia da Renovação Espiritual
 29 · Dia de São Pedro e São Paulo
 29 · Dia do Papa
 29 · Dia da Telefonista
 29 · Dia do Pescador


EDUCAÇÃO S/A

Sancionada lei que obriga farol baixo na estrada durante o dia



O presidente em exercício Michel Temer sancionou a lei que torna obrigatório rodar em estradas com o farol baixo aceso durante o dia. A mudança no Código Brasileiro de Trânsito (CTB) foi publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira (24) e, segundo o Ministério das Cidades, começa a valer em 45 dias, em 8 de julho, que é o prazo para os cidadãos se adaptarem às novas regras.


Temer vetou o artigo que dizia que a medida entrava em vigor na data da publicação por considerar que "sempre que a norma possua grande repercussão, deverá ter sua vigência iniciada em prazo que permita sua divulgação e conhecimento". O veto será submetido ao Congresso.


Até então, o uso de farol só era exigido para todos os veículos durante a noite e em túneis, independentemente do horário do dia. Para as motos, o uso das luzes já era obrigatório durante o dia e a noite.


De acordo com o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), a medida será válida para qualquer tipo de rodovia, incluindo as que passam por trechos urbanos e também em túneis com iluminação pública.


Multa e 4 pontos na CNH
O descumprimento será considerado infração média, com multa de R$ 85,13 e 4 pontos na carteira de habilitação. O valor subirá em novembro deste ano, assim como o de outras multas.


O projeto de lei foi proposto pelo deputado Rubens Bueno (PPS-PR), e relatado por José Medeiros (PSD-MT) no Senado. O parlamentar considerou que a imposição pode “aumentar” a segurança nas estradas.


“Trata-se da imposição de um procedimento bastante simples e de baixo custo que poderá aumentar a segurança nas estradas e assim contribuir para a redução da ocorrência de acidentes frontais nas rodovias e, consequentemente, salvar inúmeras vidas”, defendeu Medeiros.


Valor das multas subirá
Antes de ser afastada para o julgamento do impeachment, Dilma Rousseff sancionou, em abril, medidas que endurecem as punições para infrações de trânsito. O valor das multas subirá entre 52% e 66% em novembro deste ano.


Além disso, a punição para o motorista que for flagrado falando ou "manuseando" o telefone passará de média para gravíssima.


Veja os novos valores:


Infração leve
- De R$ 53,20 para R$ 88,38 (aumento de 66%)


Infração média
- De R$ 85,13 para R$ 130,16 (aumento de 52%)


Infração grave
- De R$ 127,69 para R$ 195,23 (aumento de 52%)


Infração gravíssima
- De R$ 191,54 para R$ 293,47 (aumento de 53%)


Fonte: Auto Esporte/G1