1

1

Google+ Followers

terça-feira, 22 de março de 2016

Resultado da Timemania 856, terça, 22/03/2016

Resultado da Timemania 856, terça, 22/03/2016

O resultado da Timemania 856 será divulgado em tempo real no GIGA-SENA dia 22/03/2016, terça-feira, a partir das 20:20 horas.

A Timemania 856 ocorrerá no dia 22 de março de 2016 e o prêmio principal está estimado em R$ 3.100.000,00 para quem acertar o resultado da Timemania 856. Quem acertar 6, 5, 4 ou 3 números, ou o Time do Coração, também ganha prêmio de menor valor. Se não houver nenhum ganhador com 7 números no resultado da Timemania concurso 856 o prêmio principal acumula para o próximo concurso da Timemania.
Os valores de cada prêmio da Timemania 856 serão informados no painel de resultado do GIGA-SENA após o rateio.
CONCURSO 856 DATA 22/03/2016
10
24
29
30
55
67
68
Time do Coração
IPATINGA/MG
 
7 acertos6 acertos5 acertos4 acertos3 acertosTime
prêmio
3.122.440,6729.630,65933,736,002,005,00
ganhadores
x 1x 3x 136x 2.740x 27.520x 7.607
Próximo Sorteio: 24/03/2016Prêmio Estimado: R$ 100.000,00

Resultado da Quina 4040, terça, 22/03/2016

Resultado da Quina 4040, terça, 22/03/2016

O resultado da Quina 4040 será divulgado em tempo real no GIGA-SENA dia 22/03/2016, terça-feira, a partir das 20:30 horas.

A Quina 4040 ocorrerá no dia 22 de março de 2016 e o prêmio principal está estimado em R$ 5.000.000,00 para quem acertar o resultado da Quina 4040. Quem acertar a QUADRA com 4 números ou o TERNO com 3 números também ganha prêmio de menor valor. Se não houver nenhum ganhador com 5 números no resultado da Quina concurso 4040 o prêmio principal acumula para o próximo concurso da Quina.
Os valores de cada prêmio da Quina 4040 serão informados no painel de resultado do GIGA-SENA após o rateio.
CONCURSO 4040 DATA 22/03/2016
25
28
37
61
80
 
QUINAQUADRATERNO
prêmio
5.143.962,2914.453,81241,34
ganhadores
x 1x 45x 3.850
Próximo Sorteio: 23/03/2016Prêmio Estimado: R$ 500.000,00

Resultado da Dupla Sena 1474, terça, 22/03/2016

Resultado da Dupla Sena 1474, terça, 22/03/2016

O resultado da Dupla Sena 1474 será divulgado em tempo real no GIGA-SENA dia 22/03/2016, terça-feira, a partir das 20:00 horas.

A Dupla Sena 1474 ocorrerá no dia 22 de março de 2016 e o prêmio principal está estimado em R$ 2.000.000,00 para quem acertar o resultado da Dupla Sena 1474 no primeiro sorteio. Quem acertar a QUINA com 5 números ou a QUADRA com 4 números em qualquer um dos dois sorteios também ganha prêmio de menor valor. Se não houver ganhador com 6 números no resultado da Dupla Sena concurso 1474 em qualquer um dos dois sorteios o prêmio acumula para o primeiro sorteio do próximo concurso da Dupla Sena.
Os valores de cada prêmio da Dupla Sena 1474 serão informados no painel de resultado do GIGA-SENA após o rateio.
CONCURSO 1474 DATA 22/03/2016
1º Sorteio
03
09
22
28
38
47
 
SENAQUINAQUADRA
prêmio
0,004.157,96101,24
ganhadores
x 0x 35x 1.369
ACUMULOU!
2º Sorteio
12
22
24
36
39
48
SENAQUINAQUADRA
0,005.389,9471,51
x 0x 27x 1.938
ACUMULOU!
Próximo Sorteio: 24/03/2016Prêmio Estimado: R$ 2.600.000,00

Grampos, Lula, Dilma e Moro: entenda o novo caos político


O Brasil chegou nesta quarta-feira, 16 de março, ao que parece ser o ponto mais sensível da crise política que se arrasta desde as eleições de outubro de 2014. No dia em que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi anunciado como novo ministro-chefe da Casa Civil, uma série de áudios coletados pela força-tarefa da Operação Lava Jato incendiou o ambiente político e ensejou novas manifestações contra o governo da presidenta Dilma Rousseff, algumas das quais registraram episódios de violência.


O que são os grampos envolvendo Lula e Dilma?
Os áudios são uma série de gravações feitas pela Polícia Federal, tornadas públicas na noite desta quarta-feira 16 pelo juiz Sergio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, responsável pelos inquéritos da Lava Jato em primeira instância.


Quando as gravações foram feitas?
As gravações foram feitas entre 17 de fevereiro e 16 de março.


Essas gravações são legais?
Sim e não. As gravações foram autorizadas por Moro uma vez que Lula é investigado na Operação Lava Jato, mas o grampo que tem causado mais celeuma, que captou diálogo entre Lula e Dilma, foi feito às 13h32 desta quarta-feira 16, depois de o próprio Sergio Moro ter determinado o fim das escutas contra o ex-presidente, como mostraram reportagens do jornal Folha de S.Paulo e do portal UOL.


O que há nas gravações entre Dilma e Lula?
Há pelo menos dois áudios entre Lula e Dilma. Em um deles, com cerca de seis minutos, feito logo após a condução coercitiva de Lula, em 4 de março, o ex-presidente se queixa com a sucessora a respeito da "República de Curitiba", uma referência a Moro, e diz que o Supremo Tribunal Federal, o Superior Tribunal de Justiça e o Congresso estão "acovardados". "Nós temos um presidente da Câmara fodido, um presidente do Senado fodido, não sei quantos parlamentares ameaçados. E fica todo mundo no compasso de que vai acontecer um milagre e vai todo mundo se salvar."


Um segundo áudio, feita na tarde desta quarta-feira 16, mostra diálogo entre Dilma e Lula a respeito do "termo de posse", documento que confirma sua nomeação para a Casa Civil. A um Lula monossilábico, Dilma afirma: "Seguinte, eu tô mandando o 'Bessias' junto com o papel pra gente ter ele, e só usa em caso de necessidade, que é o termo de posse, tá?!"


O que mais há nos áudios?
Há gravações entre Lula e figuras importantes do primeiro escalão do governo. Em uma das que chama atenção, feita também logo após a condução coercitiva de Lula, o ex-presidente conversa com o então ministro-chefe da Casa Civil, Jaques Wagner, e diz que gostaria de "antecipar" uma ação que estava no STF sob os cuidados da ministra Rosa Weber. "Eu queria que você visse agora, falar com ela [Dilma, aparentemente] já que ela está aí, falar com ela o negócio da Rosa Weber. Está na mão dela para decidir. Se homem não tem saco, quem sabe uma mulher corajosa possa fazer o que os homens não fizeram"


Trata-se, provavelmente, do pedido feito pela defesa de Lula para esclarecer quem deveria investigá-lo – o Ministério Público de São Paulo ou o Ministério Público Federal do Paraná, responsável pela Lava Jato. Rosa Weber decidiu que as duas investigações deveriam correr em paralelo, mas nesta semana a Justiça estadual paulista remeteu o caso envolvendo Lula a Sergio Moro.


O que o MPF diz sobre os áudios?
Sem fazer referências a áudios específicos, os procuradores do MPF-PR afirmam que os áudios mostram "conversas que denotam estratégias para turbar as investigações envolvendo Luiz Inácio". Os procuradores citam a delação premiada do senador Delcídio do Amaral e dizem existir "diálogos que envolvem ministros de Estado, e em que os interlocutores aduzem ser possível a interferência na presente investigação".


O que diz Sergio Moro sobre os áudios?
No despacho em que retira o sigilo das gravações, Moro afirma que, aparentemente, há gravações em que se fala "em tentar influenciar ou obter auxílio de autoridades do Ministério Público ou da Magistratura em favor do ex-presidente". Moro ressalta, no entanto, que não há nenhum indício nas conversas, ou fora delas, de que as pessoas citadas teriam, de fato, agido "de forma inapropriada". "Em alguns casos, sequer há informação se a intenção em influenciar ou obter intervenção chegou a ser efetivada", observa o juiz.


Ainda de acordo com Moro, “pelo teor dos diálogos degravados, constata-se que o ex-presidente já sabia ou pelo menos desconfiava de que estaria sendo interceptado pela Polícia Federal, comprometendo a espontaneidade e a credibilidade de diversos dos diálogos”.


O Palácio do Planalto se manifestou?
Sim. Em nota oficial, o Planalto afirma que o termo de posse foi encaminhado a Lula pois o novo ministro "não sabia ainda se compareceria à cerimônia de posse" e diz que o documento "só seria utilizado caso confirmada a ausência do ministro. O Planalto afirma que a conversa tem "teor republicano" e "repudia com veemência sua divulgação que afronta direitos e garantias da Presidência da República".


Ainda segundo a nota, Sergio Moro violou leis e a Constituição de forma flagrante e será alvo de "todas as medidas judiciais e administrativas cabíveis".


O que diz a defesa de Lula?
O advogado do ex-presidente Lula, Cristiano Zanin, classificou de "arbitrária" a divulgação dos grampos, disse que, com a decisão, o juiz Sérgio Moro não tinha mais competência sobre o caso e buscou estimular uma "convulsão social". “Este grampo envolvendo a presidenta da República ser divulgado hoje, quando já não existe competência da Vara de Curitiba, revela uma finalidade que não é processual, revela uma finalidade que busca causar uma convulsão social, que eu repito, que não é o papel do Poder Judiciário”, disse o advogado.


Qual foi a reação da oposição?
Panelaços e buzinaços ocorrem à noite em várias cidades brasileiras contra a nomeação de Lula. A divulgação dos áudios acirrou ainda mais os ânimos e estimulou protestos contra os petistas.


Em Brasília, de acordo com a Polícia Militar, eram cerca de 5 mil pessoas em frente ao Palácio do Planalto. Elas foram motivados por parlamentares oposicionistas e convocações nas redes sociais. Um homem, até aqui não identificado, jogou uma bomba caseira na rampa do Planalto e foi preso.


A PM reforçou a segurança na rua que dá acesso ao Palácio da Alvorada, residência oficial de Dilma, e usou bombas de efeito moral, gás lacrimogênio e spray de pimenta para dispersar os manifestantes da frente do Congresso Nacional.


Fonte: Carta Capital

Onze superalimentos que você deveria consumir mais

Eles não agradam tanto quanto o morango, nem deixam inimigos por aí, como o jiló. Por isso, na hora da montagem do prato ou da compra do mês, ficam esquecidos entre as prateleiras de frutas e legumes do supermercado. Rabanete? Nabo? Inhame? Os próprios nutricionistas, muitas vezes, esquecem que eles existem. Mas fique sabendo que alguns alimentos que ficam de fora do seu cardápio trivial, trazem muitos benefícios para a saúde e ajudam a compor uma dieta equilibrada. Quem perde com a ausência dessa turma e de seus nutrientes é a nossa saúde. Para tirá-los do esquecimento e para te ajudar a montar uma dieta rica em nutrientes e cores, o Minha Vida foi à feira selecionar 11 superalimentos que fazem muito bem para o seu organismo e para a dieta. Confira:


Lentilhas
A lentilha é muito requisitada nas festas do final de ano. Mas, depois, passa o resto do ano esquecida. Uma injustiça, já que é um alimento ideal para a dieta a para a saúde, pois é rica em proteína vegetal, que ajuda na formação e no fortalecimento da massa muscular e na cicatrização de ferimentos. "A lentilha tem também alto teor de fibras, vitaminas e ferro e pouca gordura, sendo ótima substituta para o feijão do dia a dia, por exemplo", a nutricionista Roberta de Lucena Ferreti, da Unifesp.


Batata doce
Muitas vezes elas são vistas com olhares tortos e cara feia. Alguns acham estranho o fato de ser doce e outros, ainda, acham que ela tem grande quantidade de calorias e por isso precisam ficar longe do prato. Mas, mesmo sendo cerca de duas vezes mais calórica do que a batata normal e que tenha também mais carboidratos, a batata doce é uma ótima fonte de vitamina C, fibras e potássio, diferente da batata convencional. Além de muito versátil - pode ser usada em pratos doces e salgados -, ela é amiga do verão, pois é fonte de betacaroteno, o componente que potencializa o bronzeado.


Inhame
Ele é uma importante fonte de proteínas, potássio e fósforo, podendo ser usado para prevenir doenças como osteoporose, artrite e cálculos renais. Fonte de carboidratos e fibras, pode ser uma opção para pães, massas, cereais e todos os tipos de tubérculos e raízes. Além disso, o consumo desses minerais ajuda a manter a memória funcionando mesmo depois da velhice. O melhor jeito de consumi-lo é cozido. Mas é importante que ele não fique muito tempo no fogo, para que não haja uma perda de nutrientes e vitaminas.


Rabanete
Rosa por fora e branquinho por dentro, o rabanete é um legume benéfico graças às suas propriedades medicinais. Ele estimula as funções digestivas, limpa as vias respiratórias e ainda dá uma força ao sistema imunológico. De acordo com a nutricionista Roberta de Lucena, isso acontece graças à grande quantidade de vitaminas e minerais, como cálcio, potássio, magnésio e fósforo.


Nêspera
Popularmente chamada de ameixa-amarela, esta fruta é rica em vitamina C e sais minerais, como o cálcio e o fósforo. Outra propriedade da nêspera é controlar os níveis de gordura no sangue e diminuir a resistência à insulina, atuando assim na prevenção contra diabetes. "Estudos ainda indicam que a nêspera apresenta triterpenos, substâncias que modulam a formação de óxido nítrico, que age nas vias respiratórias e tem efeito que pode ser benéfico no controle de bronquite, além de auxiliar no tratamento de doenças alérgicas inflamatórias como asma, rinite e sinusite", explica Bárbara.


Acelga
Também conhecida como couve-chinesa, essa hortaliça é extremamente versátil, pois dela aproveita-se tanto talos quanto as folhas. Além disso, ela fica ótima crua e também refogada com azeite e alho. "Além de proteger o fígado, a acelga auxilia no controle do diabetes, pois apresenta fibras e possui substâncias que causam regeneração das células do pâncreas, que é o local onde há a produção de insulina", explica a nutricionista Bárbara Rescalli Sanches, da Clínica Damasceno.


Além disso, a acelga também é fonte de vitamina A e C. Quem tem tendência a desenvolver cálculos renais, precisa maneirar na quantidade consumida desse alimento. "Há grande quantidade de oxalato na acelga, substância que pode se ligar ao cálcio e formar pedra no rim", explica nutricionista.


Beterraba
Ela também está entre os rejeitados. Mas o que poucos sabem é que ela é uma grande aliada no combate ao cansaço. Pesquisadores da Universidade de Exeter (Grã-Bretanha) descobriram que o nitrato encontrado nela ajuda a reduzir o consumo de oxigênio e, portanto, desacelera o ritmo do processo que leva ao cansaço. Por isso, eles recomendam um copo de suco de beterraba antes de praticar atividades.


Nabo
Este vegetal carrega doses de vitamina C, cálcio e potássio. "Estudos mostram que possui uma substância que pode prevenir certos tipos de câncer", explica a nutricionista Daniela Cyrulin. As folhas do nabo constituem um excelente alimento com alto teor de vitamina A, vitaminas do complexo B e de vitamina C. Além disso, suas fibras contribuem para regularizar o funcionamento intestinal, o que ajuda a digestão.

Chicória
Ela é rica em oligossacarídeos, substâncias que não são totalmente digeridas pelo organismo e servem de alimento para as bactérias benéficas intestinais, são os chamados prebióticos. "Esta substância auxilia no bom funcionamento intestinal, tratando casos de intestino preso, diminui os níveis de toxina no intestino, auxiliando na prevenção de cânceres", explica Bárbara Rescalli Sanches.

Também melhora a absorção de minerais e controla os níveis de triglicérides no sangue. Outra vantagem é a sua capacidade de desintoxicação, ou seja, auxilia na eliminação de toxinas no organismo. Além disso, constitui uma importante fonte de vitaminas A, B, C e D e de sais minerais. É de baixo valor calórico, sendo excelente para utilizar nas dietas de emagrecimentos. O melhor modo para ela ser consumida é crua, para melhor aproveitar o seu valor nutritivo.


Pitanga
Essa pequena fruta vermelha se destaca pela quantidade de cálcio que carrega, fósforo e ferro, além de vitaminas A e C, indicando seu elevado poder antioxidante o que faz dela uma poderosa aliada para os ossos, ajudando a prevenir doenças como osteoporose. Segundo Bárbara Rescalli, ela também é rica em licopeno, importante na prevenção de uma série de cânceres, como o câncer de próstata, pulmão e estômago. Para consumir essa fruta, é preciso tomar cuidado com os fungos, que se reproduzem na casca da fruta. Observe se a casca não está com uma textura áspera ou com uma cor diferente.


Cará
Esse tubérculo é o primo menos famoso da batata. Por ter o gosto muito parecido com o de um alimento tão popular, o cará foi deixado de lado, e poucas pessoas o colocam no prato. De acordo com Bárbara Rescalli, o cará é uma fonte de carboidratos que pode ser utilizado para a recuperação muscular após uma atividade física. Também traz benefícios para o sistema imunológico e inibe a ação maléfica de radicais livres.


Fonte: Minha Vida

Mais da metade dos Estados não paga o piso aos professores

Mais da metade dos estados brasileiros não cumpre o salário estipulado na lei do piso dos professores, de acordo com levantamento divulgado pela CNTE (Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação). São 14 os Estados que pagam aos professores menos do que os R$ 2.135,64 por mês.


"Isso é ruim, no ano passado, na mesma época, mais estados cumpriam a lei", diz a secretária-geral da confederação, Marta Vanelli. "Está em lei federal, mas é preciso muita luta no estado para que seja pago. O governo anuncia o reajuste e depois há embate nos estados e municípios. Todo ano é assim".


O piso salarial dos docentes é reajustado anualmente, seguindo a Lei 11.738/2008, a Lei do Piso, que vincula o aumento à variação ocorrida no valor anual mínimo por aluno definido no Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação). O piso é pago a profissionais em início de carreira, com formação de nível médio e carga horária de 40 horas semanais.


Lista
A tabela divulgada esta semana pela CNTE mostra que Alagoas, Goiás, Maranhão, Paraíba, Paraná, São Paulo, Tocantins e Rio Grande do Sul não cumprem o valor do piso apenas para os professores com formação de nível médio. Aqueles com formação superior recebem o valor atualizado.


Bahia, Ceará, Rio de Janeiro, Rondônia e Pernambuco não pagam o valor no vencimento, como estipula a lei, mas cumprem o valor na remuneração, ou seja, acrescentando gratificações e complementações. Espírito Santo não cumpre o valor estipulado para 2016 nem mesmo na remuneração.


Crise econômica
Devido às dificuldades econômicas pelas quais o país passa, estados e municípios chegaram a pedir ao MEC (Ministério da Educação) que adiasse o reajuste do piso salarial dos professores para agosto. O MEC manteve o anúncio em janeiro e alegou que cumpre o que está estabelecido em lei. Em 2016, o salário teve um reajuste de 11,36%, passando de R$ 1.917,78, em 2015, para os atuais R$ 2.135,64.


"Este ano é complexo do ponto de vista financeiro, temos dados de projeção de queda da arrecadação e temos que cumprir a lei de responsabilidades fiscal. Ainda que o sejamos favoráveis à Lei do Piso, é importante que estabeleçamos um pacto para que possamos dar consistência ao aumento, dentro das condições da receita, senão é difícil avançar", diz o presidente do Conselho Nacional de Secretários de Educação, Eduardo Deschamps, "Precisamos de compreensão para que possamos evitar paralisações que vão prejudicar os estudantes", acrescenta.


Respostas dos Estados
A Agência Brasil entrou em contato com as secretarias estaduais de Educação por telefone ou email. Bahia, Rio Grande do Sul e Pernambuco, alegam que a lei é cumprida e que os professores recebem o valor estipulado nela. O Rio de Janeiro alega que o valor pago é superior ao estabelecido na lei.


Entre aqueles que, segundo a CNTE não pagam o piso para os docentes com formação de nível médio, as secretarias alegam que atualmente eles são poucos em relação ao total de professores no quadro, que tem maioria de docentes com licenciatura.


No Paraná, 1,8 mil professores tem formação de nível médio, no Ceará, são 62. Maranhão diz também que a maioria dos docentes tem licenciatura e que os cargos da carreira em nível médio "são considerados extintos a vagar".


Tocantins diz que são apenas 87 professores, "mas com o devido complemento em gratificação para se atingir o piso nacional". São Paulo diz que não há profissionais com formação de nível médio e que o salário inferior ao piso não é, portanto, praticado na rede.


Alagoas diz que o processo para reajuste do piso para o nível médio já está em andamento na Secretaria de Planejamento e Gestão e, como em todos os anos, deverá ser cumprindo com retroativo. A Agência Brasil não recebeu retorno das secretarias de Educação do Espírito Santo, de Goiás, de Rondônia e da Paraíba até o fechamento da reportagem.


Acordo
O procurador da República Sérgio Luiz Pinel que é coordenador do projeto MPEduc (Ministério Público pela Educação) diz que não há uma oficialmente um levantamento de dados que mostre com exatidão quanto os professores ganham tanto nos estados quanto nos municípios. "Hoje não existe nenhuma ferramenta unificada que faça esse controle se os municípios e estados estão cumprindo o piso. Alguns tribunais de conta fazem esse acompanhamento, mas são minoria".


Pinel explica que o Ministério Público Federal assinou um acordo com o FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação) para disponiblizar um sistema em que Estados e municípios possam informar o salário de cada professor. O cronograma para a implementação desse sistema vai até agosto de 2017.


A Lei do Piso é discutida no Fórum Permanente para Acompanhamento da Atualização Progressiva do Valor do Piso Salarial Nacional que busca uma forma sustentável de promover os reajustes. O Fórum é composto por representantes do MEC, dos estados, dos municípios e dos trabalhadores.


Fonte: UOL (Via Agência Brasil)

O que é o impeachment — e como fica o Brasil se ele rolar?

1 – O que é o impeachment?
Basicamente, o impeachment se refere ao processo de retirada do mandato de um chefe do Poder Executivo — seja ele do âmbito municipal, estadual ou nacional — julgado pelo Poder Legislativo. No caso do pedido atual, o trâmite se refere à potencial cassação do mandato de Dilma Rousseff à Presidência da República.


2 – Quando ele acontece?
O impeachment pode ser executado quando se comprovam transgressões como crimes comuns, violação da Constituição Federal, abuso de poder, desrespeito às leis orçamentárias e de segurança nacional, falta de integridade, mau uso do dinheiro público etc. — ou seja, tendo em vista as acusações que pairam sobre o governo de Dilma, as coisas estão bem complicadas para a nossa Presidente e seus aliados.


3 – Quem pode sofrer impeachment?
Qualquer pessoa que exerça atividades públicas e tenha cometido alguma violação de responsabilidade política. Sendo assim, além de presidente, governadores e prefeitos, os ministros também podem sofrer impeachment, e, se algum vice estiver envolvido no processo, ele pode perder o cargo junto.


4 – O que acontece com quem sofre o impeachment?
No caso de Dilma, além da perda do cargo, após o processo de impeachment, ela também ficaria inabilitada de exercer qualquer função pública durante cinco anos e ficaria impedida de se candidatar a qualquer cargo por oito anos a partir da data em que seu mandato for encerrado — e ela ainda pode ser julgada pela Justiça ordinária no caso de crimes comuns.

5 – Como é iniciado o processo?
Vamos supor que estamos querendo nos livrar da presidente da República. Qualquer pessoa física pode protocolar o pedido de impeachment junto à Procuradoria da Câmara Legislativa, com exceção de prefeitos, governadores, ministros etc., que não podem entrar com o processo. Aliás, desde 2010, mais de dez pedidos foram protocolados!

Mas a coisa toda não é tão simples como parece, pois primeiro é necessário que as denúncias sejam apuradas através de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (a famosa CPI), e o relatório da análise das acusações seja divulgado. Bem, isso tudo se o pedido de impeachment for encaminhado para votação.


6 – E o que acontece depois?
A questão sobre a abertura — ou não — de um inquérito com base nas apurações presentes no relatório da CPI deve ser votada pela Câmara, e, se ela for aprovada por pelo menos dois terços do plenário, então se cria uma Comissão Especial para julgar a presidente.


No dia 17 de março, a Câmara dos Deputados elegeu quem serão os 65 integrantes da comissão especial que deverá analisar o pedido de impeachment da presidente Dilma. A eleição aconteceu através de votação aberta e teve 433 votos a favor e apenas 1 contra — do deputado federal José Airton Cirilo (do PT-CE).


Essa Comissão tem dez dias para apresentar um novo relatório confirmando ou não as acusações e, se as denúncias forem confirmadas, ocorre uma nova votação na Câmara. Aqui também é necessário que pelo menos dois terços dos parlamentares — ou seja, 342 deputados — sejam favoráveis ao pedido de impeachment, e, se ele for aprovado, o processo é encaminhado ao Senado, onde deve ser julgado em um prazo de até 180 dias.


Durante esse período, o acusado — no caso, a presidente Dilma — fica afastado do cargo, e o Senado é transformado em uma espécie de tribunal presidido pelo Presidente do Supremo Tribunal Federal. Então, os senadores atuam como jurados e ocorre uma nova votação, e o pedido deve receber pelo menos 54 votos para seguir adiante. Se for decidido que Dilma é culpada, ela simplesmente será vetada de retornar ao cargo.


7 – Quem assume o comando da presidência?
O vice, Michel Temer, até o final do mandato.


8 – E se ele também estiver envolvido nas denúncias?
Caso o vice também seja afastado antes de a primeira metade do mandato ser concluída, é necessário convocar uma nova eleição. Contudo, se o afastamento acontecer depois da conclusão da primeira metade do mandato, então a eleição será restrita apenas aos membros do Congresso.


E enquanto tudo isso acontece, quem fica no comando do país é o presidente da Câmara, Eduardo Cunha. Se ele também for afastado — e existem fortes indícios de que isso pode acontecer —, quem assume é o presidente do Senado, Renan Calheiros (que também anda meio enrolado com a Justiça) e, depois dele, o presidente do Supremo Tribunal Federal, Ricardo Lewandowski.


9 – O povo tem algum poder na hora de exigir um impeachment?
Tem o poder de se manifestar — muito! — e fazer pressão para que seus direitos prevaleçam.


10 – E qual foi a história com o Collor, o que aconteceu com ele?
Em 1992, depois de uma série de denúncias de corrupção divulgadas pela imprensa, o Congresso criou uma CPI para investigar as acusações. Durante esse processo, vieram à tona diversos esquemas e escândalos — como empréstimos ilegais para financiar campanhas, existência de contas-fantasma, compras superfaturadas etc. —, e Fernando Collor de Mello acabou renunciando ao cargo de presidente da República.


A renúncia ocorreu como uma tentativa de Collor de preservar seus direitos políticos, mas, durante o julgamento, os senadores consideraram o presidente culpado — e Collor teve que esperar oito anos para poder voltar à vida política. Atualmente, como você sabe, ele atua como senador de Alagoas.


Fonte: Mega CuriosO

5 casos bizarros em que professores mataram alunos

5. Tiroteio na escola
Os alunos do Highschool de Masthokoze, África do Sul, ficaram revoltados ao descobrirem que um passeio do grupo havia custado menos do que a escola tinha cobrado. Quando a instituição não devolveu o valor, eles resolveram depredar o carro do diretor.


Temendo pela segurança, os professores se trancaram em uma biblioteca, onde também foram alvos da revolta. Foi quando o diretor e um professor resolveram abrir fogo, matando um aluno e ferindo outros dois. Os responsáveis pelo tiroteio foram presos, mas acabaram soltos depois de pagar uma fiança de 160 dólares.


4. Esfaqueou a aluna e ligou para os pais
Yu Hagino, professor de um cursinho no Japão, telefonou para o pai de uma de suas alunas para informá-lo de que ela estava morta. A vítima era Sayano Horimoto, aluna da sexta série, que morreu após ser esfaqueada no pescoço e no rosto. À polícia, Yu Hagino confessou que não se dava bem com a menina, perdeu a paciência e acabou cometendo o crime.


No dia 2 de dezembro de 2005, Hagino havia comprado duas facas de cozinha e um martelo, o que, para os policiais, sugeriu que o assassinato foi premeditado. No dia fatídico, 13 alunos estavam no local, mas ele pediu para que Sayano fosse para uma sala separada, onde, supostamente, ele iria realizar um questionário de japonês com a jovem.


Hagino trancou a porta e esfaqueou a aluna. Ao ouvirem os gritos, várias pessoas tentaram abrir a porta, em vão. Em determinado momento, o professor saiu segurando o celular com as mãos cobertas de sangue.


A escola informou que Hagino não estava escalado para trabalhar naquele dia e que os pais da jovem já haviam pedido para que ele não desse mais aulas para Sayano.


3. Sequestro e morte
Liu Hong Wen, de 28 anos, foi convidado a trabalhar em uma escola na província central de Hunan, na China. Após um ano no local, no dia 30 de setembro de 2004, ele entrou em sala de aula com uma faca de açougueiro e matou quatro crianças.


Em seguida, se dirigiu a outra sala e fez 64 pessoas de reféns, entre professores e alunos. Enquanto a polícia negociava a liberdade das vítimas, Liu atacou mais quatro professores e se rendeu. No total, quatro crianças morreram, e nove estudantes e três professores ficaram feridos. Liu foi diagnosticado com esquizofrenia e foi enviado para um hospital psiquiátrico.


2. O primeiro assassinato em massa em uma escola
Você certamente conhece algum caso de ataque a escolas protagonizado por alunos, mas sabia que o primeiro grande atentado foi obra de um professor? No dia 20 de junho de 1913, o professor Heinz Schmidt, de 29 anos, invadiu a escola Marienschule, na Alemanha, e atirou em todos que cruzaram o seu caminho.


A professora Maria Pohl acabava de levar duas fileiras de estudantes pelo pátio quando Heinz entrou e matou três garotas. Ouvindo a confusão, um zelador se jogou em cima do professor, conseguindo retardar a ação. Mesmo assim, cinco pessoas morreram e 21 ficaram feridas.


1. Professor serial killer
Em 1986, a polícia da Cidade do Cabo, na África do Sul, estava com um grande caso em suas mãos: 22 corpos de jovens com menos de 15 anos foram encontrados enterrados em covas rasas. Todas as crianças tinham sido sodomizadas e estranguladas.


O perfil traçado pelos oficiais era de um homem com cerca de 28 anos, que poderia trabalhar como professor, policial ou padre e que, provavelmente, tinha sido vítima de abuso sexual quando jovem.


A última vítima encontrada foi Elroy van Rooyen, de 9 anos. Ele tinha sido visto pela última vez na estação de trem em Mitchells Plain. Devido ao relato de algumas testemunhas, a polícia conseguiu chegar a Norman Simons, de 27 anos, que atuava como professor naquele bairro.


Norman confessou a morte de Elroy, seu ex-aluno, e foi condenado a 35 anos de prisão.


Fonte: Mega Curioso

Conheças as diferenças entre zika, dengue e chikungunya

Dengue, zika e chikungunya são três infecções transmitidas pelos mesmos vetores, os mosquitos Aedes aegypiti e o Aedes albopictus. Elas possuem sintomas parecidos, mas algumas caraterísticas podem ajudar a diferenciá-las.


Não existe tratamento específico para as infecções por estes vírus. A orientação do Ministério da Saúde é que na presença de qualquer sintoma, o paciente procure a unidade de saúde mais próxima. Além disso, deve fazer repouso e ingerir de bastante líquido durante os dias de manifestação de sintomas. Alguns medicamentos como ácido acetilsalicílico e outros anti-inflamatórios, podem aumentar complicações hemorrágicas, principalmente em caso de dengue. Por isso, ao apresentar os sintomas a pessoa não deve se automedicar.


Confira o quadro e descubra as principais diferenças entre a dengue, zika e chikungunya:


Fonte: Blog da Saúde

FATOS DO DIA -- 22 de março

 FATOS DO DIA  -- 

1895 - Os irmãos Lumière realizam a primeira exibição de cinema.
1911 - É fundada a Universidade do Porto em Portugal.
1935 - É transmitido o primeiro programa regular de televisão do mundo através da antena da Torre de Rádio de Berlim.


Nasceram neste dia…
1868 - Robert Andrews Millikan, físico norte-americano (m. 1953).
1923 - Marcel Marceau, mímico francês (m. 2007).
1948 - Andrew Lloyd Webber (foto), compositor britânico.


Morreram neste dia…
1418 - Nicolas Flamel, alquimista francês (n. 1330).
1832 - Johann Wolfgang von Goethe, escritor alemão (n. 1749).
1945 - Tadamichi Kuribayashi, militar japonês (n. 1891).


Fonte: Wikipédia

Comissão do impeachment tem maioria "novata" e fiel ao governo em votações

A maioria dos deputados que compõem a comissão especial que analisa o pedido de abertura de impeachment na Câmara está na primeira ou na segunda legislatura e votou a favor do governo em mais de 80% das medidas provisórias enviadas pelo executivo nessa legislatura.

Segundo levantamento feito pelo UOL, dos 65 deputados titulares, 17 estão em sua primeira legislatura e já encaram o desafio de integrar o grupo que vai ajudar a decidir o futuro da presidente Dilma Rousseff. Já outros 16 estão em seu segundo mandato --totalizando 33 dos 65 nomes com menos de seis anos na casa.

A escolha por deputados inexperientes foi primordialmente feita por partidos com menor representação na Câmara. Exemplo disso são Rede, PV, PPS, PTN, PHS e PEN, que indicaram seus únicos integrantes a que tiveram direito um deputado de primeira viagem.


Entre os maiores partidos, a tendência foi indicar parlamentares com maior experiência. Um exemplo é o PT, que indicou quatro dos oito deputados para a comissão a partir da quarta legislatura. 
Votando com o governo
O economista e doutorando em direito Bruno Carazza dos Santos fez um levantamento sobre os votos dos deputados nas votações de medidas provisórias do governo federal. Ao todo, 33 votaram a favor em mais de 80% das vezes das 81 MPs analisadas na atual legislatura. Seis desses integrantes votaram com o governo em 100% dos casos.


Já o grupo mais opositor é formado por 23 parlamentares, que têm índices de alinhamento com governo nas votações inferior a 50%. Nove deputados votaram com o governo entre 50% e 80% dos casos.


"Embora o governo leve vantagem segundo esse critério, é preciso dizer que a votação de impeachment tem um peso diferente de votações de medidas provisórias. Pela sua repercussão sobre a situação política atual do país, e os seus reflexos nos planos econômico e social, é necessário analisar a questão sob outros prismas", analisa o economista, em seu blog.


O levantamento do economista também mostra que 36 exerceram cargos de liderança ou vice-liderança de bancadas partidárias.
Sobre a inexperiência, o economista analisa que isso pode demonstrar controle do voto dos caciques do Congresso.


"Partindo do pressuposto de quanto mais sênior maior a independência do parlamentar, arrisco a dizer que essa combinação de pouca experiência parlamentar com baixa ascensão sobre os quadros do partido indica que os membros da Comissão terão pouca liberdade para conduzir os trabalhos e votar o relatório sem o consentimento dos comandantes de seu partido", disse.


Fonte: UOL

Questões econômicas da adoção

Questões econômicas da adoção

Fábio Henrique Prado de Toledo


Um princípio básico do Estatuto da Criança e do Adolescente, que deve orientar as decisões nesse campo, é preponderância dos interesses da criança ou do adolescente. Mas ao se analisar cada situação, tem alguma relevância o fator econômico? Concretamente, ao se decidir a quem se atribuirá a guarda ou a adoção, é relevante aferir se num determinado lar a criança poderá cursar um colégio particular, ter os equipamentos eletrônicos da moda e fazer uma viagem à Disney por ano?

O Estatuto da Criança e do Adolescente dispõe que a falta ou a carência de recursos materiais não constitui motivo suficiente para a perda ou a suspensão do pátrio poder (artigo 24). Apesar disso, na sociedade de consumo em que vivemos, em que tudo ou quase tudo se pode comprar, não se corre o risco de que as condições econômicas venham a ser um fator preponderante?

Penso que muitas das nossas dúvidas se dissipariam se redescobríssemos o que é, na essência, a maternidade e a paternidade, tanto a natural , como a adotiva. Quando tomamos um bebê no colo, já nos seus primeiros instantes de vida, não assumimos perante ela ou ele um compromisso do tipo: “EU, ..., TE RECEBO ..., COMO MEU (MINHA) FILHO(A) E TE PROMETO (...) POR TODOS OS DIAS DA MINHA VIDA”.

E não o fazemos porque a relação entre pais e filhos, ainda que também fortemente marcada pela afetividade, é substancialmente diferente da relação conjugal. Nessa há um compromisso de amor que dá ensejo a uma comunhão plena de vida, no dizer do artigo 1.511 do nosso Código Civil. Em relação aos filhos, porém, não os teremos para sempre conosco.

Os filhos não devem jamais ser algo que se busca para uma satisfação pessoal. Como se a Ceia de Natal devesse ter castanha, peru e ... crianças. São seres humanos chamados a uma felicidade eterna e que vêm ao mundo com um direito inalienável e intransferível de que os pais lhes mostrem o caminho para ela.

Nesse contexto, ao se analisar em que lar e em que contexto familiar a criança ou o adolescente estarão mais bem cuidados, há de se aferir em qual deles o ambiente é mais propício para lhes proporcionar a formação necessária. Os meios econômicos são, nesse propósito, como o próprio nome revela, meios, nunca fins em si mesmos.

Toda criança ou adolescente tem direito a ser criado e educado no seio da sua família e, excepcionalmente, em família substituta, assegurada a convivência familiar e comunitária, em ambiente livre da presença de pessoas dependentes de substâncias entorpecentes, dispõe muito sabiamente o artigo 19 do Estatuto da Criança e do Adolescente. Em princípio, o melhor lugar para que os filhos estejam é com os pais biológicos.

No entanto, sabemos de inúmeros casos de pais e mães que traem as obrigações que têm para com os filhos. E então será mesmo necessário buscar esses casais abnegados e generosos, que não medem esforços para proporcionar a essas crianças a dignidade que a condição humana se lhes assegura. Mas ao exercerem assim a maternidade e a paternidade adotiva, deverão fazê-lo com o afã de formar homens e mulheres fortes e felizes, aptos a seguirem a sua missão nesse mundo.

Aproxima-se o Natal. Nossos olhos se voltam para o Presépio. Já estamos acostumados com o cenário. Porém, se meditarmos mais sobre ele, notaremos que o Menino nasceu num curral! E teve como berço uma manjedoura, ou seja, um local destinado a alimentar animais! Talvez um acontecimento desses em nosso tempo justificasse uma denúncia e uma intervenção do Conselho Tutelar...

No entanto, teria o Menino em toda a terra um colo mais terno e acolhedor que o daquela Mãe? Haveria um pai – adotivo, aliás – que cuidasse dele e da Mãe com maior amor? Quanto empenho não teria José colocado para que aquele ambiente hostil assumisse cor e sabor de lar... Que brilhe para nós esse Casal como exemplo do que é, na essência, a paternidade e a maternidade.

Que nos ensinem que a principal missão dos pais é encaminhar os filhos para a vida, para o amor, para uma felicidade que, de tão intensa, não cabe nos estreitos limites dessa fugaz existência, mas se projeta para toda a eternidade. 




Fábio Henrique Prado de Toledo é Juiz de Direito em Campinas e Especialista em Matrimônio e Educação Familiar pelaUniversitat Internacional de Catalunya – UIC.



A PÁSCOA E SEUS SÍMBOLOS


A PÁSCOA E SEUS SÍMBOLOS 

O nome páscoa surgiu a partir da palavra hebraica "pessach" ("passagem"), que para os hebreus significava o fim da escravidão e o início da libertação do povo judeu (marcado pela travessia do Mar Vermelho, que se tinha aberto para "abrir passagem" aos filhos de Israel que Moisés ia conduzir para a Terra Prometida).

Ainda hoje a família judaica se reúne para o "Seder", um jantar especial que é feito em família e dura oito dias. Além do jantar há leituras nas sinagogas.



Para os cristãos, a Páscoa é a passagem de Jesus Cristo da morte para a vida: a Ressurreição. A passagem de Deus entre nós e a nossa passagem para Deus. É considerada a festa das festas, a solenidade das solenidades, e não se celebra dignamente senão na alegria [2] .

Em tempos antigos, no hemisfério norte, a celebração da páscoa era marcada com o fim do inverno e o início da primavera. Tempo em que animais e plantas aparecem novamente. Os pastores e camponeses presenteavam-se uns aos outros com ovos.


OVOS DE PÁSCOA


De todos os símbolos, o ovo de páscoa é o mais esperado pelas crianças.

Nas culturas pagãs, o ovo trazia a idéia de começo de vida. Os povos costumavam presentear os amigos com ovos, desejando-lhes boa sorte. Os chineses já costumavam distribuir ovos coloridos entre amigos, na primavera, como referência à renovação da vida.

Existem muitas lendas sobre os ovos. A mais conhecida é a dos persas: eles acreditavam que a terra havia caído de um ovo gigante e, por este motivo, os ovos tornaram-se sagrados.

Os cristãos primitivos do oriente foram os primeiros a dar ovos coloridos na Páscoa simbolizando a ressurreição, o nascimento para uma nova vida. Nos países da Europa costumava-se escrever mensagens e datas nos ovos e doá-los aos amigos. Em outros, como na Alemanha, o costume era presentear as crianças. Na Armênia decoravam ovos ocos com figuras de Jesus, Nossa Senhora e outras figuras religiosas.



Pintar ovos com cores da primavera, para celebrar a páscoa, foi adotado pelos cristãos, nos século XVIII. A igreja doava aos fiéis os ovos bentos.

A substituição dos ovos cozidos e pintados por ovos de chocolate, pode ser justificada pela proibição do consumo de carne animal, por alguns cristãos, no período da quaresma.

A versão mais aceita é a de que o surgimento da indústria do chocolate, em 1830, na Inglaterra, fez o consumo de ovos de chocolate aumentar.

COELHO



O coelho é um mamífero roedor que passa boa parte do tempo comendo. Ele tem pêlo bem fofinho e se alimenta de cenouras e vegetais. O coelho precisa mastigar bem os alimentos, para evitar que seus dentes cresçam sem parar. 

Por sua grande fecundidade, o coelho tornou-se o símbolo mais popular da Páscoa. É que ele simboliza a Igreja que, pelo poder de cristo, é fecunda em sua missão de propagar a palavra de Deus a todos os povos.

CORDEIRO



O cordeiro é o símbolo mais antigo da Páscoa, é o símbolo da aliança feita entre deus e o povo judeu na páscoa da antiga lei. No Antigo Testamento, a Páscoa era celebrada com os pães ázimos (sem fermento) e com o sacrifício de um cordeiro como recordação do grande feito de Deus em prol de seu povo: a libertação da escravidão do Egito. Assim o povo de Israel celebrava a libertação e a aliança de Deus com seu povo. 

Moisés, escolhido por Deus para libertar o povo judeu da escravidão dos faraós, comemorou a passagem para a liberdade, imolando um cordeiro.

Para os cristãos, o cordeiro é o próprio Jesus, Cordeiro de Deus, que foi sacrificado na cruz pelos nossos pecados, e cujo sangue nos redimiu: "morrendo, destruiu nossa morte, e ressuscitando, restituiu-nos a vida". É a nova Aliança de Deus realizada por Seu Filho, agora não só com um povo, mas com todos os povos.



CÍRIO PASCAL



É uma grande vela que se acende na igreja, no sábado de aleluia. Significa que "Cristo é a luz dos povos".

Nesta vela, estão gravadas as letras do alfabeto grego"alfa" e "ômega", que quer dizer: Deus é princípio e fim. Os algarismos do ano também são gravados no Círio Pascal.

O Círio Pascal simboliza o Cristo que ressurgiu das trevas para iluminar o nosso caminho.

GIRASSOL



O girassol é uma flor de cor amarela, formada por muitas pétalas, de tamanho geralmente grande. Tem esse nome porque está sempre voltado para o sol.

O girassol, como símbolo da páscoa, representa a busca da luz que é Cristo Jesus e, assim como ele segue o astrorei, os cristãos buscam em Cristo o caminho, a verdade e a vida.



PÃO E VINHO


O pão e o vinho, sobretudo na antiguidade, foram a comida e bebida mais comum para muitos povos. Cristo ao instituir a Eucaristia se serviu dos alimentos mais comuns para simbolizar sua presença constante entre e nas pessoas de boa vontade. Assim, o pão e o vinho simbolizam essa aliança eterna do Criador com a sua criatura e sua presença no meio de nós.

Jesus já sabia que seria perseguido, preso e pregado numa cruz. Então, combinou com dois de seus amigos (discípulos), para prepararem a festa da páscoa num lugar seguro.

Quando tudo estava pronto, Jesus e os outros discípulos chegaram para juntos celebrarem a ceia da páscoa. Esta foi a Última Ceia de Jesus.

A instituição da Eucaristia foi feita por Jesus na Última Ceia, quando ofereceu o pão e o vinho aos seus discípulos dizendo: "Tomai e comei, este é o meu corpo... Este é o meu sangue...". O Senhor "instituiu o sacrifício eucarístico do seu Corpo e do seu Sangue para perpetuar assim o Sacrifício da Cruz ao longo dos séculos, até que volte, confiando deste modo à sua amada Esposa, a Igreja, o memorial da sua morte e ressurreição: sacramento de piedade, sinal de unidade, vínculo de caridade, banquete pascal, em que se come Cristo, em que a alma se cumula de graça e nos é dado um penhor da glória futura" [3].

A páscoa judaica lembra a passagem dos judeus pelo mar vermelho, em busca da liberdade.

Hoje, comemoramos a páscoa lembrando a jornada de Jesus: vida, morte e ressurreição.





Colomba Pascal



O bolo em forma de "pomba da paz" significa a vinda do Espírito Santo. Diz a lenda que a tradição surgiu na vila de Pavia (norte da Itália), onde um confeiteiro teria presenteado o rei lombardo Albuíno com a guloseima. O soberano, por sua vez, teria poupado a cidade de uma cruel invasão graças ao agrado.





SINO



Muitas igrejas possuem sinos que ficam suspensos em torres e tocam para anunciar as celebrações.

O sino é um símbolo da páscoa. No domingo de páscoa, tocando festivo, os sinos anunciam com alegria a celebração da ressurreição de cristo.

Quaresma



Os 40 dias que precedem a Semana Santa são dedicados à preparação para a celebração. Na tradição judaica, havia 40 dias de resguardo do corpo em relação aos excessos, para rememorar os 40 anos passados no deserto.



Óleos Santos


Na antiguidade os lutadores e guerreiros se untavam com óleos, pois acreditavam que essas substâncias lhes davam forças. Para nós cristãos, os óleos simbolizam o Espírito Santo, aquele que nos dá força e energia para vivermos o evangelho de Jesus Cristo.











Fontes:

[1] Baseado na Coleção Descobrindo a Páscoa, Edições Chocolate.
[2] A vitória da Páscoa, Georges Chevrot, Editora Quadrante, São Paulo, 2002
[3] Vida Eucarística, José Manuel Iglesias, Editora Quadrante, São Paulo, 2005