1

1

Google+ Followers

segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

Músicas natalinas

Músicas natalinas







Sino de Belém
Bate o sino
pequenino
sino de Belém
Já nasceu
o Deus menino
para o nosso bem!
É Natal, é Natal
sininhos de luz!
Replicai, badalai
que nasceu Jesus!
Paz na Terra
pede o sino
alegre a cantar!
Abençoe!
Deus Menino
sempre o nosso lar!



Noite feliz 

Noite feliz!
Noite feliz!
O Senhor, Deus de amor,
pobrezinho nasceu em Belém.
Eis na lapa Jesus, nosso bem.
Dorme em paz, ó Jesus.
Dorme em paz, ó Jesus.
Noite de paz!
Noite de amor!
Tudo dorme em redor,
entre os astros que espargem a luz,
indicando o Menino Jesus.
Brilha a estrela da paz.
Noite de paz!
Noite de amor!
Nas campinas ao pastor,
Lindos anjos mandados por Deus,
Anunciam a nova dos céus;
Nasce o bom Salvador!
Noite de paz!
Noite de amor!
Oh, que belo resplendor
Ilumina a o Menino Jesus!
No presépio, do mundo eis a luz,
Sol de eterno fulgor!
____________________________________________


Brilha, brilha lá no céu
Brilha, brilha, lá no céu,
A estrelinha que nasceu.
Logo outra surge ao lado
Fica o céu iluminado.
Brilha, brilha, lá no céu,
A estrelinha que nasceu.
_______________________________________________________


O menino está dormindo
Nas palhinhas, despidinho,
Os anjos Lhe estão cantando
Por amor tão pobrezinho.
O menino está dormindo
Nos braços da Virgem pura.
Os anjos Lhe estão cantando:
“Hossana lá nas alturas”.
O menino está dormindo
Nos braços de São José,
Os anjos Lhe estão cantando:
“Gloria tibi domine”.
O menino está dormindo (bis)
Um sono de amor profundo
Os anjos Lhe estão cantando:
“Viva o salvador do mundo”.
___________________________________________________________


Na humilde gruta
Na humilde gruta em Belém
nasceu, nasceu Jesus
para trazer-nos o bem
nasceu, nasceu Jesus.

As crianças de todo o mundo,
neste dia sem igual,
batem palmas, batem palmas
neste festivo Natal.
Batem palmas, batem palmas
neste festivo Natal .
_________________________________________________________

Dlim, dlim, dlim
Dlim, dlim, dlim,
Dlim, dlim, dlão
Lá, lá, lá, lá, lá.
Vão os três Reis Magos
A caminho de Belém
É noite de Natal
Nasceu Jesus! Amén!

Os astros do céu
Brilham com todo o fulgor
Porque nasceu Jesus
O nosso Criador.
Sobre a manjedoura
Desce um raio de luz
Iluminando os olhos
Meigos de Jesus.
____________________________________________________________



Foi na Noite de Natal
Foi na Noite de Natal
noite de santa alegria
caminhando vai José
caminhando vai Maria.
Ambos vão para Belém
mais de noite que de dia
e chegaram a Belém
já toda a gente dormia
Buscou lume S.José
pois a noite estava fria
e ficou ao desamparo
sozinha a Virgem Maria
Quando S.José voltou
já viu a Virgem Maria
com o Deus Menino nos braços
que toda a gente alumia.
_____________________________________________________________

Alegrem-se os céus e a terra
Alegrem-se os céu e a terra,
cantemos com alegria,
que já nasceu o menino,
filho da Virgem Maria.
Ó meu Menino Jesus,
ó meu Menino tão belo,
logo vieste nascer
na noite do caramelo.
Entrai, pastores, entrai
por este portal Sagrado.
Vinde adorar o menino
numas palhinhas deitado.
Pastorinhos do deserto
todos correm para o ver
trazem mil e um presentes
para o menino comer.
O meu Menino Jesus
convosco é que eu estou bem
nada deste mundo quero
nada me parece bem
Alegrem-se o céu e a terra
cantemos com alegria
já nasceu o Deus Menino
filho da Virgem Maria
Deus menino já nasceu
andai ver o rei dos reis
ele é quem governa o céu
quer que vós o adoreis
Ah meu menino Jesus
que lindo amor perfeito
se vem muito cansadinho
vem descansar em meu peito.
_________________________________________________________

Eu tive um sonho, sonhei a paz
Eu tive um sonho
Sonhei a Paz.
Era um sonho branco
Branco como a Paz
Era um sonho de ouro
De ouro como a luz
Era um sonho imenso
Que envolvia todos os espaços
Era um sonho vivo
feito de mãos dadas e de abraços.

http://www.mundinhodacrianca.net/2009/10/musicas-natalinas.html

A origem do Natal

A origem do Natal


O Natal surge como o aniversário do nascimento de Jesus Cristo, Filho de Deus, sendo atualmente uma das festas católicas mais importantes. Inicialmente, a Igreja Católica não comemorava o Natal. 

Foi em meados do século IV d.C. que se começou a festejar o nascimento do Menino Jesus, tendo o Papa Júlio I fixado a data no dia 25 de Dezembro, já que se desconhece a verdadeira data do seu nascimento. 

Uma das explicações para a escolha do dia 25 de Dezembro como sendo o dia de Natal prende-se como fato de esta data coincidir com a Saturnália dos romanos e com as festas germânicas e célticas do Solstício de Inverno, sendo todas estas festividades pagãs, a Igreja viu aqui uma oportunidade de cristianizar a data, colocando em segundo plano a sua conotação pagã. 

Algumas zonas optaram por festejar o acontecimento em 6 de Janeiro, contudo, gradualmente esta data foi sendo associada à chegada dos Reis Magos e não ao nascimento de Jesus Cristo.

O Natal é, assim, dedicado pelos cristãos a Cristo, que é o verdadeiro Sol de Justiça (Mateus 17,2; Apocalipse 1,16), e transformou-se numa das festividades centrais da Igreja, equiparada desde cedo à Páscoa. Apesar de ser uma festa cristã, o Natal, com o passar do tempo, converteu-se numa festa familiar com tradições pagãs, em parte germânicas e em parte romanas. 

Feliz Natal!!

Sob influência franciscana, espalhou-se, a partir de 1233, o costume de, em toda a cristandade, se construírem presépios, já que estes reconstituíam a cena do nascimento de Jesus. 

A árvore de Natal surge no século XVI, sendo enfeitada com luzes símbolo de Cristo, Luz do Mundo. Uma outra tradição de Natal é a troca de presentes, que são dados pelo Pai Natal ou pelo Menino Jesus, dependendo da tradição de cada país.

Apesar de todas estas tradições serem importantes (o Natal já nem pareceria Natal se não as cumpríssemos), a verdade é que não nos podemos esquecer que o verdadeiro significado de Natal prende-se com o nascimento de Cristo, que veio ao Mundo com um único propósito: o de justificar os nossos pecados através da sua própria morte.

Nesses tempos, sempre que alguém pecava e desejava obter o perdão divino, oferecia um cordeiro em forma de sacrifício. Então, Deus enviou Jesus Cristo que, como um cordeiro sem pecados, veio ao mundo para limpar os pecados de toda a Humanidade através da Sua morte, para que um dia possamos alcançar a vida eterna, por intermédio Dele, Cristo, Filho de Deus. 

Assim, não podemos esquecer que o Natal não se resume a bonitas decorações e a presentes, pois a sua essência é o festejo do nascimento daquele que deu a sua vida por nós, Jesus Cristo.

Veja a seguir os significados de alguns símbolos natalinos:


Canções de Natal
 

A Igreja católica sempre deu muita importância para o valor da música. As primeiras canções natalinas datam do século IV e são cantadas até hoje na véspera de Natal. Bolas de Natal Simbolizam os frutos da "árvore vida" ou seja, Jesus Cristo.

Árvore de Natal
Um símbolo da vida, a árvore de natal é uma tradição muito mais antiga do que o Cristianismo e não é um costume exclusivo de nenhuma religião em particular. Muito antes da tradição de comemorar o Natal, os egípcios já levavam galhos de palmeiras para dentro de suas casas no dia mais curto do ano, em Dezembro, simbolizando A triunfo da vida sobre a morte.
Os romanos já enfeitavam suas casas com pinheiros durante a Saturnália, um festival de inverno em homenagem a Saturno, o Deus da agricultura. Nesta época, religiosos também enfeitavam árvores de carvalho com maçãs douradas para as festividades do Solstício de Inverno. A primeira referência à árvore de natal como a conhecemos hoje data do século XVI. Em Strasbourg, Alemanha (hoje território francês), tanto famílias pobres quanto ricas decoravam pinheirinhos de natal com papéis coloridos, frutas e doces. A tradição espalhou-se, então, por toda a Europa e chegou aos Estados Unidos no início de 1800. De lá pra cá, a popularidade da árvore de natal só cresceu. A lenda conta que o pinheiro foi escolhido como símbolo do natal por causa da sua forma triangular, que de acordo com a tradição cristã, representa a Santíssima Trindade: o Pai, o Filho e o Espírito Santo.

O Presépio

Ao lado do pinheirinho e dos presentes, o presépio é talvez uma das mais antigas formas de caracterização do Natal. A palavra presépio significa “um lugar onde se recolhe o gado; curral, estábulo”. Porém, esta também é a designação dada à representação artística do nascimento do Menino Jesus num estábulo. Os cristãos já celebravam a memória do nascimento de Jesus desde finais do séc. III, mas a tradição do presépio, na sua forma atual, tem as suas origens no século XVI. Antes dessa época, o nascimento e a adoração ao Menino Jesus eram representadas de outras maneiras. As primeiras imagens do que hoje conhecemos como presépio de natal foram criadas em mosaicos no interior de igrejas e templos no século VI e, no século seguinte, a primeira réplica da gruta no Ocidente foi construída em Roma.

http://www.mundinhodacrianca.net/

Presépio de Natal - Origem e Significado

Presépio de Natal - Origem e Significado

presépio natal, natal presépio, símbolo do natal
Presépio de Natal - Origem e Significado
Significado do Presépio de Natal

O presépio é uma montagem com peças, que faz referência ao momento do nascimento de Jesus Cristo. Com o menino Jesus na manjedoura ao centro, o presépio apresenta o local e os personagens bíblicos que estavam presentes neste importante momento cristão.

Origem do presépio de Natal

De acordo com fontes históricas, o primeiro presépio foi montado por São Francisco de Assis no Natal de 1223. O frade católico, montou o presépio em argila na floresta de Greccio (comuna italiana da região do Lácio). Sua ideia era montar o presépio para explicar as pessoas mais simples o significado e como foi o nascimento de Jesus Cristo.

No século XVIII, a tradição de montar o presépio, dentro das casas das famílias, se popularizou pela Europa e, logo em seguida, por outras regiões do mundo.

Tradição da montagem do presépio

É tradição em várias regiões do mundo a montagem do presépio na época de Natal. Os presépios podem varias em tamanho e materiais usados. Existem presépios minúsculos e outros em tamanho real. As peças podem ser feitas de madeira, argila, metal ou outros materiais. O mais comum, atualmente, é a montagem dentro das casas das famílias cristãs. Porém, encontramos também presépios em lojas, empresas, praças, escolas e outros locais públicos.

Peças do presépio (personagens representados)

- Menino Jesus (filho de Deus e o Salvador)

- Virgem Maria (mãe de Jesus Cristo)

- José (pai de Jesus Cristo)

- Manjedoura com palhas em um curral (local onde nasceu Jesus)

- Burro e Boi ou ovelhas (animais do curral, representam a simplicidade do local onde Jesus nasceu)

- Anjos (responsáveis por anunciar a chegada de Jesus)

- Estrela de Belém (orientou os reis Magos quando Jesus nasceu)

- Pastores (representam a simplicidade das pessoas do local em que Jesus nasceu)

- Reis Magos (Melquior, Baltazar e Gaspar)

http://www.mundinhodacrianca.net/2011/11/presepio-de-natal-origem-e-significado.html

Cartões de Natal - Etiquetas


Cartões de Natal - Etiquetas

Cartões de Natal, Etiquetas, Cartas

http://mundinhodacrianca.blogspot.com/2011/11/cartoes-de-natal-etiquetas.html

LIVRO: O sol e a lua



http://indiarahellen.blogspot.com.br/2012/12/o-sol-e-lua.html

Atividades para Natal - educação Infantil


http://indiarahellen.blogspot.com.br/2012/12/atividades-para-natal-educacao-infantil.html