1

1

Google+ Followers

domingo, 8 de fevereiro de 2015

Popularidade de Dilma cai 19 pontos e atinge o mais baixo índice desde 2011. Para 44% dos entrevistados, o desempenho da presidente foi considerado ruim ou péssimo, segundo o Datafolha


Para 44% dos entrevistados, o desempenho da presidente foi considerado ruim ou péssimo, segundo o Datafolha
Para 44% dos entrevistados, o desempenho da presidente foi considerado ruim ou péssimo 


Foto: Tarsila Pereira / CP Memória

No momento que a presidente Dilma Rousseff assiste aos desdobramentos da Operação Lava Jato, que desmontou um esquema de corrupção da Petrobrás, atingirem o coração do PT, pesquisa do instituto Datafolha divulgada neste sábado revelou que sua popularidade atingiu a pior marca de um presidente da República desde Fernando Henrique Cardoso em 1999, quando o tucano recebeu 46% de citações como ruim ou péssimo.

Para 44% dos entrevistados, o desempenho da presidente foi considerado ruim ou péssimo, conforme divulgado pelo jornal Folha de São Paulo. Apenas 23% disseram que o governo Dilma é ótimo ou bom. Em dezembro, os números do mesmo instituto eram diametralmente opostos: 42% de ótimo/bom e 24% de ruim/péssimo. 

O nível de rejeição a Dilma superou os índices registrados em junho de 2013, quando manifestações populares tomaram as ruas do País em protestos que atingiram todos os níveis de governo. 

Segundo pesquisa divulgada no dia 28 de junho daquele ano pelo Datafolha, a gestão da presidente foi citada por 25% com ruim ou péssima. Já o índice de ótimo ou bom naquela ocasião foi de 30%, sete pontos acima do número divulgado neste sábado. 

Depois que as manifestações perderam força, a presidente foi recuperando gradualmente o prestígio. Em novembro de 2013, Dilma havia recuperado 11 pontos na categoria ótimo/bom, chegando a 41%. O índice dos que achavam o governo Dilma ruim ou péssimo, por sua vez, caiu para 17%. Depois de vencer o senador tucano Aécio Neves (MG) no 2º turno da eleição presidencial na mais acirrada disputa da história, a presidente retomou em dezembro um patamar confortável, com 42% de ótimo/bom e 24% de ruim/péssimo. 

Corrupção 

A pesquisa deixou claro que o esquema de corrupção na Petrobras desvendado pela Polícia Federal teve papel decisivo na implosão da popularidade presidencial. Para 77% dos entrevistados, Dilma sabia dos desvios na estatal e 52% afirmaram que ela não só estava
ciente, como deixou que os casos ocorressem. Outros 25% disseram que a petista sabia da corrupção, mas não poderia fazer nada para evitá-la.

Esses números foram revelados um dia após a presidente participar em Belo Horizonte da festa de aniversário do PT, evento no qual estava o tesoureiro da legenda, João Vaccari Neto. Ele é acusado de ter operado um esquema de desvio de dinheiro de contratos fechados pela Petrobras. O partido nega ter arrecadado ilegalmente. Não por acaso, a corrupção foi apontada como o segundo principal problema do Brasil, com 21% das citações. O primeiro foi a saúde, com 26%.

A pesquisa revelou que a população está preocupada com os rumos da Petrobras. Para 82% dos ouvidos pelo Datafolha, a corrupção prejudica a estatal. Apenas 8% disseram "não". Outro dado revelador da pesquisa foi o forte crescimento do pessimismo da população em relação à situação econômica do País. Oito em cada dez entrevistados esperam alta da inflação. 

Para 55% dos que responderam ao questionário, a situação econômica vai piorar nos próximos meses. Em dezembro, eram 28% dos entrevistados.




Correio do Povo

Saiba que produtos podem sofrer reajuste de preço nos próximos meses. Outros produtos devem ficar mais caros em razão de aumento de custos e alta do dólar

Outros produtos devem ficar mais caros em razão de aumento de custos e alta do dólar

Alta do dólar impacta diretamente custo de fabricação de itens da linha branca Foto: Jean Schwarz / Agencia RBS

Não é só a carne e a batata que pesam no bolso. Outros produtos devem ficar mais caros nos próximos meses como reflexo do aumento de custos e da alta do dólar.

Eletroeletrônicos

A alta do dólar impacta diretamente no preço dos produtos importados. Mesmo equipamentos fabricados no Brasil sentem os reflexos do câmbio, já que vários componentes vêm do Exterior. Equipamentos mais baratos sobem mais, proporcionalmente, pois o ganho do varejo é menor.

Itens de limpeza

Como boa parte dos insumos é trazida do Exterior, também podem ser afetados pela alta do dólar, embora de forma reduzida. O reajuste chega aos consumidores em cerca de dois meses quando se esgotarem os estoques dos supermercados e do comércio especializado.

Eletrodomésticos

A maioria dos produtos é fabricada no Brasil, mas como parte da cadeia de fornecimento está no Exterior, também são impactados pela alta do dólar. No entanto, como as lojas têm estoque, o aumento dos preços pode demorar entre 30 e 60 dias para chegar ao bolso do consumidor. 

Roupas

Produtos de inverno estão livres da alta do dólar porque as compras dos varejistas são normalmente feitas com antecipação de seis meses. Se o cenário de dólar alto permanecer, as coleções de primavera-verão podem sofrer impacto nos preços.

ZERO HORA

Morre mãe de deputado federal Pedro Uczai


A assessoria do deputado federal Pedro Uczai (PT-SC) informou por meio de sua rede social o falecimento de Francisca Uczai, a Dona Chica, mãe do deputado.

Pedro Uczai e familiares acompanham o velório na cidade de Descanso, Extremo-Oeste Catarinense.

O sepultamento será nesta segunda-feira (9), às 08h00min.

Amigos e seguidores de sua rede social lamentam o falecimento.


TUDO SOBRE CHAPECÓ

Rival do WhatsApp passa concorrer também com o YouTube


Line
(Foto: Divulgação)

Um dos principais concorrentes do WhatsApp, o Line continua a saga para transbordar seus negócios além do mercado de mensagens instantâneas. Prova disso é que agora a empresa concorre diretamente com YouTube e Netflix.

Foi lançado na Tailândia um produto chamado Line TV, que dá acesso a programas televisivos, novelas e clipes musicais. Ele funciona em Android, iOS ou pelo navegador.

O aplicativo de mensagens está integrado à novidade, segundo o TechCrunch, associando as contas oficiais das personalidades que aparecem nos vídeos e fornecendo informações sobre elas.

Não há banners publicitários, mas o serviço arrecada dinheiro com propagandas que aparecem antes dos vídeos (assim como o YouTube). O conteúdo vem de três formas: parcerias com provedores, compartilhamento de receitas em troca de vídeos antigos e pela produção própria, já que o Line também investe em conteúdo.




OLHAR DIGITAL

TV mostra drama de Maguila contra doença e gera comoção


Reportagem teve legenda, porque nem todas frases de Maguila foram inteligíveis 
Foto: Reprodução


Desde que foi diagnosticado com Mal de Alzheimer e demência pugilística, o ex-boxeador Maguila fez poucas aparições públicas. Mas neste domingo, a Rede Record apresentou uma reportagem mostrando o preocupante estado de saúde dele. Apesar da dificuldade para se movimentar, Maguila conseguiu dar entrevista, cantou um samba e gerou muita comoção nas redes sociais, chegando ao "Trending Topics" mundial.
Maguila está internado na Santa Casa de São Paulo há nove meses e não há qualquer expectativa de melhora. De acordo com a mulher, Irani Pinheiro, ele tem piorado cada vez mais. Mesmo assim ainda mostra o perfil de atleta: "a luta só para quando a gente morre. Eu estou lutando para estar vivo. Quero viver muito. A luta é até o último dia e não pode parar de lutar. Não desisto, não". Ele inclusive mostrou esperança: "estou calmo, tranquilo, uma hora eu saio daqui".

A maioria das frases de Maguila vinham com longos intervalos, já que ele mostrou dificuldade até para respirar. Mas surpreendeu ao cantar um samba de Bezerra da Silva, "Quem usa antena é televisão".

Maguila também mostrou orgulho ao falar da carreira. O campeão brasileiro, sul-americano e mundial (pela WBF) ressaltou a importância dos títulos nas décadas de 80 e 90: "ali nasceu o boxe, começou tudo de novo comigo", afirmou ele, lembrando que, de fato, foi ele que resgatou a popularidade do esporte no Brasil.

Esse orgulho também foi mostrado por fãs no Twitter. Muitas pessoas lembraram com saudades e outras disseram que não conheciam a carreira de Maguila, algo que também foi resgatado com detalhes na reportagem. Veja comentários e as publicações com a "hashtag" #somostodosmaguila:


Terra

Livrinho do texto "Quem é Ela?"



TEXTO APROPRIADO PARA O DIA DA ÁRVORE,PENA QUE NÃO CONSEGUI IDENTIFICAR O AUTOR...









http://mgssgracinha.blogspot.com.br/2013/08/livrinho-do-texto-quem-e-ela.html

Leilão de Jardim-Livrinho e atividades - apropriado para produção de sequência didática.



apropriado para produção de sequência didática.



livrinho para montar e completar o texto












http://mgssgracinha.blogspot.com.br/2013/08/leilao-de-jardim-livrinho-e-atividades.html

Sequência Didática-Livro "Os 10 Sacizinhos"





















































http://mgssgracinha.blogspot.com.br/2013/08/sequencia-didatica-livro-os-10.html