1

1

Google+ Followers

quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

O ANO NOVO ESTA CHAGANDO. VIVA ELE! FELIZ ANO NOVO A TODOS...

O ANO NOVO ESTA CHAGANDO. VIVA ELE!

FELIZ ANO NOVO A TODOS...















EDUCAÇÃO S/A

FELIZ ANO NOVO A TODOS... (2016) Mensagem especial...


Mensagem especial


Feliz Ano Novo!


Que neste ano Deus nos ensine a Paz, e que estejamos todos prontos para ouvir. Que os nossos erros não sejam o nosso fardo, mas a experiência para decisões melhores.Que neste ano a religião não seja razão para o ódio, e que os inocentes sejam sagrados. Que as diferenças não justifiquem problemas, mas que mostrem soluções. Que neste ano toda criança possa brincar, e que elas tenham brinquedos verdadeiros. Que os seus pais não justifiquem discórdia hoje, mas que falem dos sonhos de um futuro feliz.


Que neste ano a força seja das boas palavras, e que as palavras sejam ouvidas.Que o poder não derrube paredes sobre as pessoas, mas que destrua barreiras entre elas. Que neste ano as nações sejam unidas, e que a união tenha significado e seja respeitada. Que os governantes não se esqueçam de que a história não eterniza a vida, frágil e passageira, mas apenas pensamentos e ações. Que neste ano a natureza seja mãe, e que, como filhos, tenhamos por ela o amor e o cuidado devidos. Que as ações pelo planeta não sejam assinadas apenas pelas nações que compreendem os problemas, mas também por aquelas que os causam.


O nosso caminho é feito pelos nossos próprios passos... Mas a beleza da caminhada depende dos que vão conosco!

Assim, neste NOVO ANO que se inicia, caminhemos mais juntos... Em busca de um mundo melhor, cheio de PAZ, SAÚDE, COMPREENSÃO e MUITO AMOR.

O ano se finda e tão logo o outro se inicia... E, neste ciclo do "ir" e "vir, o tempo passa... e como passa! Os anos se esvaem...E nem sempre estamos atentos ao que realmente importa.


Deixe a vida fluir... E perceba entre tantas exigências do cotidiano... O que é indispensável para você! Crie uma nova vida... um novo dia...Um novo ano que ora se inicia! E assim dê início a uma nova jornada! Que o levará a uma nova vida, a um novo lar. E aos novos progressos na vida!

Você logo verá esta realidade, e assim encontrará maior Felicidade e Recompensa... Que o ANO NOVO renove as nossas esperanças.E o fulgor dos nossos corações intensifique a manifestação de um ANO NOVO repleto de vitórias! E que o resplendor dessa chama seja como a tocha que ilumina os nossos caminhos para a construção de um futuro repleto de alegrias! Desejo que as novas experiências lhes sejam construtivas, saudáveis e harmoniosas. Muita Paz em seu contínuo despertar!


EDUCAÇÃO S/A

6 SINAIS DE QUE VOCÊ PODE TER UM ATAQUE DO CORAÇÃO. E 1 MÊS ANTES DELE ACONTECER.VEJA….

As principais causas de ataques do coração são:
– Pressão arterial alta
– Colesterol alto
– Fumo
Se você conseguir se afastar desses três problemas, já estará longe de ter complicações no coração.
No entanto, há outras coisas que devem ser evitadas, como:
– Diabetes
– Obesidade
– Má alimentação
– Sedentarismo
– Bebidas alcoólicas
Esses cinco fatores aumentam consideravelmente os riscos de ataque cardíaco.
assunto é muito sério.
E detectar o problema o mais rápido possível pode garantir a sobrevivência.
http://www.meumaiorpatrimonio.com/6-sinais-de-que-voce-pode-ter-um-ataque-do-coracao-e-1-mes-antes-dele-acontecer-veja/#

ADEUS ANO VELHO, FELIZ ANO NOVO ( 2016).


google +

Confira dicas para ter dias mais felizes no Ano Novo

Todo dia é uma oportunidade para criar algo novo. Não importa o que acontece ao seu redor, o fundamental é ter uma boa atitude e estar de bem com a vida.


É você quem tem o poder para alcançar sua própria felicidade. Tudo começa com um pensamento positivo que constantemente cresce até se tornar uma disposição natural. Basta optar por ele e ser feliz desde já.


Segredo da felicidade
Há inúmeras maneiras para estar de bem com a vida, mas será que existe um caminho mais rápido para a felicidade? E se houvesse certos “segredos” para garanti-la com mais frequência no seu dia a dia? A resposta pode ser encontrada em um estudo da Universidade de Harvard, Estados Unidos.


Conduzida ao longo de 75 anos, a pesquisa seguiu 268 homens e acompanhou uma série de fatores em suas vidas. Foram analisados aspectos como níveis de inteligência, ingestão de álcool, relacionamentos e renda.


Os resultados desse surpreendente levantamento foram publicados em 2012. E os especialistas chegaram à conclusão de que não é possível subestimar o poder do amor: ele é a chave para a felicidade.


É claro que fatores como estresse sempre serão parte de nosso cotidiano, mas se o objetivo é ser mais competitivo, equilibrado e bem-sucedido nos dias atuais, não há alternativa. É preciso praticar seu próprio caminho para a felicidade.


Como ficar de bem com a vida
De acordo com um estudo da Universidade da Califórnia, a felicidade é uma escolha e pode afetar todos os aspectos da sua vida. Pessoas felizes evitam parar quando surgem os problemas. Não bastasse isso, elas realizam mais atos de bondade e mergulham de cabeça no que gostam de fazer.


Deseja seguir esse caminho e tornar seus dias mais felizes? Confira algumas maneiras de como fazê-lo:


Dormir mais
A privação do sono tem consequências pesadas, como menor produtividade no trabalho e paciência dentro de casa. Além disso, variações de humor, lapsos de memória e sonolência são sinais de que você não está dormindo o suficiente.


Defina uma hora para dormir e crie um ritual de relaxamento para isso. Dormindo pelo menos oito horas já é possível sentir-se mais revigorado e pronto para o dia seguinte.


Cuide do seu corpo
O exercício é capaz de beneficiar corpo e mente. Quem se exercita regularmente costuma ter mais energia, ser menos propenso a doenças, lidar melhor com o estresse, ficar alerta e exibir atitude positiva.


Para se beneficiar não é preciso ir à academia sete vezes por semana – basta escolher uma atividade que se encaixe na sua rotina.


Mostre gratidão
Quando você acorda de manhã, tire um momento para refletir sobre as bênçãos em sua vida e seja grato a elas. Encontre alegria em momentos especiais e comemore até mesmo os pequenos sucessos da vida cotidiana.


Seja generoso
Concentre-se no que você pode fazer pelos outros. Tente proporcionar algo agradável para alguém todos os dias. Quando você se propõe a dar algo ao próximo, se abre para novas oportunidades. Acredite, gestos simples são capazes de melhorar o seu dia.


Elimine a inveja
Tente não se preocupar com o que os outros têm e você não. Caso fique constantemente se comparando aos demais, você irá se distrair dos seus objetivos a longo prazo e da felicidade.


Foque em extrair o melhor de si, já que assim você irá irradiar confiança e atingirá suas metas com mais facilidade.


Fonte: Doutíssima

- See more at: http://www.blogcariri.com.br/search?updated-max=2015-12-27T09:00:00-03:00&max-results=50#sthash.cqjYY7VU.dpuf

Ministério da Saúde desmente relação entre microcefalia e vacina contra rubéola

Há alguns dias está sendo disseminando nas redes sociais a história de que os casos de microcefalia no Nordeste não estão relacionados ao Zika vírus e sim a um lote vencido de vacinas para rubéola. O Ministério da Saúde, no entanto, divulgou que essa afirmação não passa de um boato sem fundamento.


Em seu pronunciamento oficial eles alegam que "todas as vacinas ofertadas pelo Programa Nacional de Imunização (PNI) são seguras e não há nenhuma evidência na literatura nacional e internacional de que possam causar microcefalia". O órgão também destaca que não há relatos da relação entre a doença que tem afetado os bebês durante a gravidez e a vacinação.


O aumento repentino do número de casos de microcefalia, uma condição neurológica rara identificada em geral na fase da gestação, vem alertando as autoridades médicas brasileiras. Segundo o Ministério da Saúde, enquanto que entre 2010 e 2014 foram registrados um total de 781 casos em todo país, durante o ano de 2015 já foram registrados 1.761 casos de microcefalia em 422 municípios do Brasil, segundo boletim epidemiológico divulgado no dia 08 de dezembro.


Microcefalia é uma condição neurológica rara em que a cabeça da pessoa é significativamente menor que a de outros da mesma idade ou sexo. Esta crescimento anormal do cérebro pode ocorrer no útero ou durante a infância. Saiba mais sobre a microcefalia e sua relação com o Zika vírus aqui.


É importante também ressaltar que a rubéola é uma doença perigosa na gestação, sendo uma das maiores causadoras de cegueira infantil. Além disso, o Ministério da Saúde já reconheceu oficialmente a relação entre os novos casos de microcefalia com o Zika vírus.


Veja a seguir o pronunciamento oficial do Ministério da Saúde sobre a relação entre os casos de microcefalia e a vacinação contra rubéola:


"O Ministério da Saúde esclarece que todas as vacinas ofertadas pelo Programa Nacional de Imunização (PNI) são seguras e não há nenhuma evidência na literatura nacional e internacional de que possam causar microcefalia. O PNI é responsável pelo repasse, aos estados, dos imunobiológicos que fazem parte dos calendários de vacinação. Uma das ferramentas essenciais para o sucesso dos programas de imunização é a avaliação da qualidade dos imunobiológicos. O controle de qualidade das vacinas é realizado pelo laboratório produtor obedecendo a critérios padronizados pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Após aprovação em testes de controle do laboratório produtor, cada lote de vacina é submetido à análise no Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde (INCQS) do Ministério da Saúde. Desde 1983, os lotes por amostragem de imunobiológicos adquiridos pelos programas oficiais de imunização vêm sendo analisados, garantindo sua segurança, potência e estabilidade, antes de serem utilizados na população.


É importante lembrar que, independente de todas essas precauções, assim como os medicamentos, nenhuma vacina está livre totalmente de provocar eventos adversos, porém os riscos de complicações graves causadas pelas vacinas são muito menores do que os das doenças contra as quais elas protegem. No Brasil, eventos adversos associados à vacinação são acompanhados através do Sistema de Vigilância de Eventos Adversos Pós-Vacinação/SIAPV que tem como objetivo avaliar de forma continuada a relação de risco-benefício quanto ao uso dos imunobiológicos, bem como, permitir o acompanhamento da situação das notificações/investigações, em tempo real, nas três esferas de governo. Destaca-se que não há relatado nesse sistema de notificação sobre microcefalia relacionada à vacinação, bem como, não existe até o momento na literatura médica nacional e internacional evidências sobre a associação do uso de vacinas com a microcefalia."


Fonte: Minha Vida

10 coisas que pessoas gratas fazem diferente

Mais gratidão = vida melhor.


Ralph Waldo Emerson disse certa vez que, para alcançar a felicidade, é necessário “cultivar o hábito de ser grato por tudo de bom que acontece com você e de agradecer continuamente”.


No fim das contas, Emerson – que em seu trabalho explorou o significado de uma boa vida – estava muito próximo da verdade no que diz respeito à gratidão. As pesquisas mostram que expressar gratidão leva a uma vida mais feliz, mais saudável e menos estressante.


“A vida é uma série de problemas que têm de ser resolvidos – e muitas vezes esses problemas causam estresse”, disse ao The Huffington Post Robert Emmons, professor da Universidade da Califórnia em Davis e estudioso do tema da gratidão. “Dizer obrigado é uma forma de combater o estresse.”


As festas de fim de ano sempre envolvem a retórica do agradecimento – mas o que acontece depois que os restos da ceia estiverem na geladeira e a família for embora? Como podemos ser gratos por tudo o que contribui para nossas vidas, como aconselhou Emerson?


Veja a seguir 10 hábitos para cultivar a gratidão em sua vida.


1. Diário
Pesquisas indicam que há inúmeros benefícios em escrever num diário tudo pelo que você é grato.


Esse diário de gratidão pode reforçar pensamentos positivos – algo particularmente importante, pois o cérebro tende a naturalmente se concentrar no que deu errado.


A caneta e o papel também podem te ajudar a progredir em relação aos seus objetivos pessoais.


Para obter todos os benefícios de um diário, Emmons recomenda escrever durante 5 a 10 minutos, dia sim, dia não. “É preciso se comprometer. Se você começar a fazê-lo, logo fica automático”, diz Emmons.


“É como praticar exercícios – você não acorda um belo dia e sai para correr. É preciso ter um plano, seja escrever ao acordar ou antes de dormir – não existe uma fórmula que funcione para todo mundo.”


2. Não evite a negatividade
Expressar gratidão pode gerar mais otimismo, mas as pessoas gratas não evitam a negatividade.


Emmons diz que, apesar de pensarmos em gratidão em termos de focar no bom e evitar o ruim, a chave para uma vida de gratidão é aceitar os obstáculos como parte da jornada.


Emmons sugere lembrar de alguma época difícil da vida – é provável que você comece a se sentir grato pelos dias de hoje.


3. Fique próximo das pessoas queridas...
Quem é grato sabe que não chegou sozinho ao lugar em que está – e as pessoas gratas tentam passar o maior tempo possível com quem importa em sua vida.


“A gratidão nos ajuda a nos conectar com os outros”, diz Emmons. “Ela fortelece relacionamentos, e os relacionamentos são os elementos mais importantes quando se fala em felicidade e em lidar com o estresse.”


4. ... e declare seu amor por elas.
Expressar sua apreciação pelas pessoas queridas também permite que elas entendam como você as enxerga.


“Mais que qualquer outra emoção, a gratidão é a emoção da amizade”, disse ao The New York Times Michael E. McCullough, pesquisador da Universidade de Miami.


“É parte de um sistema psicológico que leva as pessoas a entender que os outros dão a elas.”


Vale a pena demonstrar o quanto você aprecia as pessoas queridas. Um estudo recente publicado na revista Personal Relationships indica que casais que expressam gratidão em seus relacionamentos têm casamentos mais felizes.


Altos índices de gratidão no relacionamento também parece reduzir a probabilidade de divórcios.


5. Seja consciente no uso das redes sociais
Em nossa cultura 100% plugada, é impossível fugir completamente das redes sociais. Mas, diz Emmons, as pessoas gratas tiram proveito dessas redes.


“Elas usam as deixas do dia a dia para disparar pensamentos de gratidão”, diz ele.


Pesquisas indicam que pensamentos positivos compartilhados nas redes sociais se espalham mais rápido que os negativos – algo que torna o processo de gratidão muito mais fácil quando se pensa na internet.


Emmons sugere fazer um arquivo de posts no Instagram e no Facebook para os momentos em que você precisa se lembrar de ser grato.


Esse método ajuda a “invocar” lembranças felizes por meio de páginas que você visita diariamente. “A tecnologia e os aparelhos digitais são criticados porque você fica menos conectado, mas, se usados da maneira certa, acho que o acontece o contrário”, diz Emmons.


6. Saiba o valor das pequenas coisas...
Momentos pequenos e ordinários têm muita força, como conseguir entrar no metrô logo antes do fechamento das portas ou ver seu cachorro fazendo festa quando você chega em casa.


7. ...E ajude os outros a apreciá-las.
Pequenos atos de bondade fazem muita diferença quando se trata de cultivar a gratidão.


Pessoas gratas têm o hábito de reconhecer e retribuir qualquer pequena gentileza recebida, seja um elogio ou a ajuda do dia-a-dia.


Pesquisas mostram que isso aumenta a sua felicidade e a do outro, também.


8. Faça trabalho voluntário
Todo mundo precisa de ajuda de vez em quando – e as pessoas gratas sabem que a melhor maneira de reconhecer este fato é fazer algo a respeito.


Em seu livro Thanks! (obrigado, em tradução livre), Emmons observa que as pessoas que fazem trabalho voluntário se sentem gratas pela experiência de ajudar.


“Servir os outros as ajuda a encontrar a espiritualidade interna, e elas se sentem gratas pela oportunidade de servir”, escreve ele.


Uma pesquisa publicada an BMC Public Health aponta que o trabalho voluntário pode resultar em menos depressão e mais sentimentos de bem-estar.


Emmos sugere examinar seus talentos e usá-los para ajudar os outros, pois as pessoas sentem mais gratidão em dar do que em receber.


9. Mexa-se
Gratidão e forma física podem andar juntas. Segundo um estudo de 2003 realizado por Emmons, as pessoas mais gratas também praticam mais exercícios.


Os participantes do estudo também tinham menos restrições na dieta e tinham menos propensão a fumar ou abusar do álcool.


Já se provou que o exercício limpa a cabeça e reduz o estresse. Pessoas gratas que estão sempre em movimento têm cabeças e corpos mais saudáveis.


A gratidão, portanto, é um dos melhores remédios, diz Emmons.


10. Ame a si mesmo
As pessoas gratas sabem que a gratidão pode aumentar a autocompaixão.


Um estudo publicado na revista Personality and Individual Differences indica que níveis mais altos de gratidão são associados a uma melhor autoestima.


Não é à toa: quando seu bem-estar é a prioridade, não há como não se sentir bem.


Fonte: HuffPost Brasil

Há esperança contra o câncer? Veja avanços e o que esperar contra a doença

Câncer é um tema que nunca sai de evidência, mas este ano poucos assuntos geraram tanta celeuma quanto a "pílula da USP", a fosfoetanolamina, substância com suposta ação contra o câncer produzida no Instituto de Química da USP (Universidade de São Paulo), em São Carlos. Desenvolvida há anos por pesquisadores liderados pelo professor Gilberto Chierice, a pílula vinha sendo distribuída gratuitamente para pacientes interessados.


O problema é que a "fosfo", apelido que o princípio ativo de nome complicado ganhou na mídia, só foi submetida, até hoje, a alguns testes pré-clínicos. Com a repercussão repentina do caso, o Tribunal de Justiça de São Paulo vetou a distribuição da pílula, gerando protestos dos pacientes que queriam ter pelo menos a liberdade de testar o tratamento, mesmo sabendo dos possíveis riscos. Teorias da conspiração tomaram conta da internet, e muita gente acreditou que o Brasil tinha nas mãos a cura contra o câncer, mas não poderia viabilizá-la porque, por se tratar de uma substância barata, não traria lucro a grandes corporações.


O câncer é a segunda doença que mais mata no país, depois das enfermidades cardiovasculares (infarto e derrame), e em algumas décadas será a principal", comenta o médico Paulo Hoff, diretor geral do centro de oncologia do Hospital Sírio-Libanês. Seu tratamento é caro, doloroso e nem sempre bem-sucedido, por isso não dá para condenar quem recorre a terapias sem comprovação científica.


Estudos clínicos
"Ninguém é contra a 'fosfo'; o que se pede somente é que se faça a investigação de forma séria", explica Hoff, que participa de um grupo de trabalho que reúne diversas instituições, criado pelo governo federal para estudar a droga. "Oferecer um tratamento sem antes testar é o que se fazia antes, no século 19", complementa.


Veja, a seguir, algumas novidades e descobertas consolidadas em 2015 que trouxeram esperança para os cientistas e, principalmente, para quem sofre de câncer, além de conclusões que podem ser úteis para prevenir a doença:


"Milagre" pouco provável 
A "pílula da USP" deu tanto o que falar, em 2015, que a história foi abordada em um editorial da Nature, uma das revistas científicas de maior prestígio no mundo. O texto ressalta que mesmo que as cápsulas de fosfoetanolamina sintética tenham algum benefício sobre pacientes que lutam contra o câncer, essa eficácia precisa ser comprovada com testes em humanos. Para que isso ocorra, ainda é preciso que a fase pré-clínica seja concluída --algo previsto para os próximos meses-- e só então a Anvisa poderá determinar (ou não) o início dos testes clínicos, ou seja, em humanos, um processo que costuma durar anos. Até lá, pacientes devem continuar tentando conseguir a pílula por intermédio da Justiça. Segundo a Nature, "a triste verdade é que é pouco provável que a droga seja um milagre".


Ataque ao bacon 
Em outubro, os pesquisadores da Iarc (Agência Internacional de Pesquisa em Câncer), ligada à OMS (Organização Mundial da Saúde), divulgaram os resultados de uma pesquisa na qual foram avaliados mais de 800 estudos epidemiológicos que investigaram a associação do câncer com o consumo excessivo de carnes vermelhas ou processadas (como bacon, linguiça, salsicha e presunto). A conclusão foi que existem evidências convincentes de que a carne processada pode causar câncer de cólon e reto --o segundo mais comum em mulheres e o terceiro em homens. Quanto à carne vermelha, existem evidências, mas ainda limitadas. Os resultados fizeram a Iarc colocar a carne processada na mesma categoria do tabaco, o que gerou alarde e uma interpretação equivocada: "O fato de terem sido categorizados no mesmo grupo não significa que consumir esses alimentos seja tão perigoso quanto fumar, mas sim que os dois fatores apresentam evidências convincentes de que podem levar à doença", esclarece Luciana Moreira, do Inca (Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva). Para os amantes dos embutidos, o conselho que fica é "consuma com moderação". Algo que não pode ser dito, em hipótese alguma, em relação ao cigarro.


O que é que o elefante tem? 
Um dos alvos que tem se consolidado como de grande interesse para os estudiosos do câncer, segundo o oncologista Paulo Hoff, do Hospital Sírio-Libanês, é o chamado gene p53: "Ele funciona como uma espécie de guardião do genoma humano", justifica o médico. Quando está normal, ele faz com que as células cancerosas entrem em apoptose, ou seja, em processo de autodestruição. Pesquisas mostram que indivíduos com mutação nesse gene têm muito mais chances de desenvolver tumores malignos. Um estudo científico publicado no Jama (Journal of the American Medical Association) concluiu que o p53 explica por que os elefantes não têm câncer, um enigma que há muito tempo vinha sendo investigado. Afinal, como é um bicho que possui tantas células não estaria vulnerável às mutações que levam à doença? Para cientistas da Universidade de Utah, o segredo desses mamíferos é que eles têm 38 cópias modificadas desse gene em cada célula, enquanto os seres humanos têm apenas duas.


Promessa da imunoterapia 
Apontada como principal avanço de 2013 pela revista Science, a imunoterapia foi um dos temas de maior destaque da Conferência da Asco (Sociedade Americana de Oncologia Clínica), em Chicago, este ano. A ideia é tratar o câncer por meio do estímulo do sistema imunológico do paciente, o que traria menos efeitos colaterais do que a quimioterapia, por exemplo, que também destrói muitas células saudáveis. "A imunoterapia já é aprovada para o tratamento do melanoma [câncer de pele mais agressivo], mas estudos mostram que ela pode ter indicação, também, para outros tipos de câncer, como de pulmão e rins", diz Hoff. As principais farmacêuticas têm investido em moléculas desse tipo, e o Brasil também faz parte de alguns estudos clínicos.


Aspirina contra o câncer? 
Diversos estudos realizados nos últimos anos têm apontado os benefícios do ácido acetilsalicílico para retardar ou evitar o retorno do câncer em pacientes que já tiveram a doença. Por causa disso, o serviço público de saúde do Reino Unido anunciou que vai iniciar a maior pesquisa já feita para confirmar a hipótese. Cerca de 11 mil pessoas que já tiveram câncer de intestino, mama, próstata, estômago e esôfago vão participar dos testes clínicos, que devem durar ao todo 12 anos. O consumo contínuo de aspirina pode provocar hemorragias e úlceras, por isso é preciso que os pacientes sejam monitorados com cuidado.


Questão de azar 
Há diversos fatores capazes de interferir no risco de um indivíduo ter câncer, como fumar, por exemplo. Mas, segundo um estudo publicado na revista Science, a maior parte dos tumores pode ser atribuída mais à falta de sorte do que a hábitos insalubres. Pesquisadores da Universidade Johns Hopkins e da Escola de Saúde Pública Bloomberg afirmam que dois terços de todos os tipos de câncer analisados têm origem em mutações genéticas que acontecem aleatoriamente. O ritmo de renovação celular varia em cada parte do corpo. Mas a lógica é que, quanto mais as células se dividem, maiores as chances de uma célula sofrer mutação e se tornar cancerígena. A conclusão dos pesquisadores não servem de justificativa para chutar o pau da barraca. Especialistas garantem que ter um estilo de vida saudável aumenta bastante as chances de não "dar azar".


Antioxidantes ajudam ou atrapalham? 
Muita gente consome suplementos com antioxidantes porque essas substâncias ajudam a combater radicais livres, que em excesso aceleram o envelhecimento das células. Isso ajudaria a evitar o câncer, segundo alguns especialistas. Mas evidências científicas têm mostrado que essa teoria vale apenas para indivíduos saudáveis. Um estudo publicado na Nature mostrou que um antioxidante comum foi capaz de acelerar a evolução do melanoma em camundongos, estimulando metástases. A conclusão dos pesquisadores, do Instituto de Pesquisa sobre as Crianças de Dallas, nos Estados Unidos, é que esses compostos fazem bem às células, mas são mais bem aproveitados ainda pelas cancerosas. Além de servir de alerta para quem toma vitaminas por conta própria, os resultados podem abrir caminho para tratamentos pró-oxidantes que previnam metástases.


Fonte: UOL

Aguardado no Brasil em 2016, novo Toyota SW4 é lançado na Argentina.

Toyota SW4 2016
Aguardado no Brasil ainda no primeiro semestre de 2016 (veja reportagem), o novo Toyota SW4 já está sendo vendido na Argentina. Produzido no país vizinho ao lado da nova geração da Hilux, o utilitário estará disponível inicialmente apenas na versão de topo SRX com sete lugares.
Toyota SW4 2016
Bem equipado, o novo SW4 possui sete airbags, controles de estabilidade e tração, assistente de partida em rampas, rodas aro 18″, sistema multimídia com tela de 7″, bancos em couro, ar condicionado automático, controle de cruzeiro, acesso sem chave e ajuste elétrico do banco do motorista, entre outros.
Toyota SW4 2016
Mecanicamente, a opção disponível por enquanto é o GD 2.8 turbodiesel que estreou na Hilux, com potência de 177 cavalos e torque de 45,8 kgfm. O câmbio pode ser manual ou automático, ambos de seis marchas (no Brasil teremos apenas a caixa automática).
Toyota SW4 2016
Ainda sob o efeito do “impostos internos”, o utilitário tem preço salgado: custa 883.400 (R$ 267,3 mil) na versão SRX 4×4 Manual e 932.800 pesos (R$ 282,2 mil) na SW4 SRX 4×4 Automática. Todavia, o governo recém-empossado anunciou a intenção de revogar o referido tributo até o dia 31 de dezembro. 
http://carplace.uol.com.br/novo-toyota-sw4-e-lancada-na-argentina/

Honda revela detalhes da nova gama de motores; 1.0 turbo está quase pronto

Novo Honda Civic 2016
A Honda segue a todo vapor com o plano de renovação da gama de motores anunciada em 2013 no Salão de Tóquio. Serão cinco novos propulsores no mercado até 2020, sendo dois deles lançados já em 2016, mais três opções de câmbio automático CVT.
2015 Honda CR-V
Em entrevista ao site norte-americano WardsAuto, Keiji Ohtsu, executivo da área de pesquisa e desenvolvimento da Honda, falou um pouco da estratégia da marca japonesa para os próximos anos.
Motor turbo
Ohtsu fala em três motores completamente novos – 1.0, 1.5 e 2.0 litros – que podem ser adaptados as necessidades regionais da América do Norte, Europa e China, mercados onde as regras de emissões tem se tornado cada vez mais rígidas. No caso específico da China, há incentivos fiscais para motores de menor cilindrada, estimulando o downsizing.
Honda Accord
Além disso, o executivo diz que a marca está empenhada na redução de peso, substituindo motores V6 por 4 cilindros em linha e os de quatro cilindros por de três. Todavia, ele diz que os propulsores maiores não sairão de linha. Atualmente a marca produz cinco motores a gasolina naturalmente aspirados (incluindo o 2.4 litros), dois motores turbo e duas opções a diesel. O aguardado 1.0 turbo a gasolina (que deve estrear no Fit) segue em desenvolvimento e será lançado em breve.
Honda Accord Sport 2016
Dependendo do mercado ou região, particularmente na Ásia e outros países emergentes, o atual motor 2.4 litro aspirado continuará a ser oferecido devido ao menor custo em relação ao turbo.
Brasil
A primeira novidade da nova gama de motores chega ao Brasil em 2016. Principal atração da marca no Salão do Automóvel, a nova geração do Civic terá como principal novidade o inédito motor 1.5 turbo, inicialmente só movido a gasolina.
http://carplace.uol.com.br/honda-revela-detalhes-da-nova-gama-de-motores/

Rival do HR-V, novo SUV da Toyota estreia em Detroit disfarçado de Scion

Scion C-HR Concept
O Salão de Detroit é o primeiro grande evento automotivo do ano e já terá grandes novidades mundiais. Uma delas deve ser a versão de produção do Toyota C-HR, o novo utilitário esportivo compacto que rivalizará com Honda HR-V, Jeep Renegade, Ford EcoSport e cia.
No entanto, a primeira aparição do modelo com as especificações finais será com o emblema da Scion, marca pertencente à Toyota e que tem foco no público mais jovem nos Estados Unidos.
Scion C-HR Concept
O novo C-HR, que pode ser batizado como Auris Cross pela Toyota, será construído sobre a nova plataforma global da marca, a TNGA. Segundo o chefe de engenharia da Toyota, ela oferece “direção mais precisa e suspensão macia”. A proposta do SUV também será muito mais no estilo distinto, do que a praticidade em si.
Scion C-HR Concept
Outra grande aposta do modelo será uma versão híbrida, a qual emprestará o conjunto do Prius 2016 com a combinação de um motor de 1.8 litros a combustão com um propulsor elétrico. A potência total do C-HR híbrido é de 122 cv que será distribuída por meio do câmbio automático do tipo CVT. Outra opção prevista é o compacto motor de 1.2 litros turbo a gasolina, proveniente do Toyota Auris vendido no Japão, que entrega 114 cv e 18,7 kgfm de torque.
Para o Brasil, questionada, a Toyota sinaliza que o modelo deve chegar em algum momento entre o segundo semestre de 2016 e início de 2017. No entanto, a dificuldade está na grande variação cambial que elevou em muito o valor do dólar, e por isso, a decisão de sua chegada ainda não foi definida.

Fotos: Toyota C-HR Concept (Auris Cross)

Toyota C-HR Concept
http://carplace.uol.com.br/rival-do-hr-v-novo-suv-da-toyota-estreia-em-detroit-disfarcado-de-scion/

Malibu foi o carro mais buscado no Google nos EUA em 2015 – veja ranking

Chevrolet Malibu 2016
Com a divulgação do relatório anual “Year in Search”, o Google mostrou quais foram os tópicos mais “quentes” em 2015 nos Estados Unidos. No que se refere a carros, os resultados foram bem diferentes dos divulgados no ano passado.
2016 Chevrolet Silverado 1500
Isto porque o automóvel mais buscado de 2015 na terra do tio Sam, de acordo com o gigante de tecnologia, foi o Chevrolet Malibu 2016. Se você achou que o preferido seria um superesportivo de alguns milhares de dólares, se enganou. O mais procurado foi um carro que custa a partir de US$ 22,5 mil, uma faixa de preço até popular para os padrões norte-americanos.
Toyota Tacoma 2015
O segundo lugar também ficou com a marca da gravata, desta vez com a Silverado. Isso também pode ser explicado pela grande exposição que a GM fez da picape, passando pela apresentação do facelift 2016 e as versões customizadas mostradas no SEMA.
Chevrolet Camaro Conversível
Veja o ranking abaixo:
1 – Chevrolet Malibu
2 – Chevrolet Silverado
3 – Toyota Tacoma
4 – Chevrolet Camaro
5 – Honda HR-V
6 – Fiat 500X
7 – Jeep Renegade
8 – Chevrolet Colorado
9 – Lexus NX
10 – Hyundai Tucson
http://carplace.uol.com.br/malibu-foi-o-carro-mais-buscado-no-google-nos-eua-em-2015-veja-ranking/

Precisava? Novo Kia Sportage ganha versão inspirada no filme X-Men

Kia Sportage X-Men
Tudo bem que alguns filmes causam certo alvoroço e mobilizam fãs por todo o mundo. No entanto, algumas situações são mais complicadas de serem entendidas. Este é o caso do novo Kia Sportage X-Men, uma personalização especial da nova geração do SUV coreano criada para a promoção do novo longa-metragem.
Kia Sportage X-Men
A partir do próximo mês, a Kia exibirá  a versão personalizada do novo Sportage inspirada no filme “X-Men: Apocalypse” no Aberto da Austrália, tradicional torneio de tênis patrocinado pela marca coreana.
Kia Sportage X-Men
O projeto do “Sportage X-Car” é inspirado no Mystique, personagem do supervilão que pode imitar a aparência e a voz de qualquer pessoa com precisão. Sua aparência natural inclui a pele azul, e por isso carroceria do carro é coberto em uma pintura azul especial.
Kia Sportage X-Men
O crossover também tem um teto de dois tons e um emblema “X” na grade e na tampa do porta-malas. A partir de 04 de janeiro, o Sportage X-Car aparecerá em filme ao lado de Rafael Nadal onde o campeão de tênis estará lutando contra o vilão Apocalipse ajudado pelo carro especial Kia.
2017 Sportage EX
O novo filme chega aos cinemas em maio. Já a nova geração do Kia Sportage chega ao mercado brasileiro em 2016, mais precisamente no mês de março, mas com a roupa original. Confira aqui os próximos lançamentos da Kia no Brasil.
http://carplace.uol.com.br/kia-faz-balanco-projeta-ano-dificil-e-divulga-lancamentos-para-2016-no-brasil/

Novo Civic já vende mais que Corolla nos EUA – veja ranking

VW Passat 2016 - EUA
O mercado automotivo norte-americano continua mostrando um vigor impressionante. Com 1.318.210 veículos novos comercializados no mês passado, as vendas avançaram 1,2% sobre o já impressionante desempenho do ano passado, que havia sido o melhor volume mensal desde 2001.
Com o desempenho do mês passado, as vendas acumuladas atingiram a marca de 15.826.634 unidades, uma alta de 5,4% sobre 2014, número que já torna possível superar ao final de dezembro o recorde histórico do mercado, registrado no ano 2000 (17,4 milhões).
Ford-F150-2[2]
Líder com 65.193 unidades, a Ford F-Series registrou seu quinto mês consecutivo de crescimento (+10%), seguida por outras duas picapes no pódio – Chevrolet Silverado (45.001) e RAM Pick-up (36.407).
Toyota Camry
Atrás do Toyota Camry (30.945), líder entre os automóveis, o Toyota RAV4 ultrapassou os 30% de crescimento pelo segundo mês seguido e, com 27.368 unidades, saltou da sétima posição de outubro para o quinto lugar.
Toyota RAV4 Hybrid
O bom desempenho do RAV4 entre os SUVs/crossovers foi referendado pelas 25.931 unidades do Honda CR-V, ambos à frente do Honda Civic (25.050) e do Toyota Corolla (24.194) – à frente dos sedãs menores, apenas o Honda Accord (25.566). Vale ressaltar, aqui, o Civic em nova geração já deixando o Corolla para trás.
Honda Civic 2016
Novamente líder de crescimento no top 10 (+50%), o Rogue (22.565) manteve o posto de Nissan preferido dos norte-americanos, embora o Altima (20.564), já em versão reestilizada, tenha reagido e subido para o 12º lugar.
nissan_rogue_5
Entre as montadoras, nova liderança da Ford (178.971), com Chevrolet (156.907) e Toyota (154.994) repetindo o pódio dos meses anteriores. Em alta de 20% na comparação com o ano passado, a Jeep (68.903), sexta, foi o destaque positivo.
Jeep Grand Cherokee
O destaque negativo ficou por conta da Volkswagen. Ainda atormentada pelo “dieselgate”, a marca alemã emplacou apenas 23.882 veículos em novembro, 25% a menos do que em 2014, caindo para a 17ª posição e sendo ultrapassada pelas compatriotas Mercedes (32.813) e BMW (32.003).
Marcas
1. Ford 178.971
2. Chevrolet 156.907
3. Toyota 154.994
4. Honda 103.197
5. Nissan 95.389
6. Jeep 68.903
7. Hyundai 60.007
8. Subaru 46.070
9. Kia 45.553
10. GMC 43.039
11. Ram 41.107
12. Dodge 38.938
13. Mercedes-Benz 32.813
14. BMW 32.003
15. Lexus 29.340
16. Chrysler 23.953
17. Volkswagen 23.882
18. Mazda 22.732
19. Audi 16.700
20. Buick 15.960

Modelos
1. Ford F-Series 65.193
2. Chevrolet Silverado 45.001
3. Ram Pick-up 36.407
4. Toyota Camry 30.945
5. Toyota RAV4 27.368
6. Honda CR-V 25.931
7. Honda Accord 25.566
8. Honda Civic 25.050
9. Toyota Corolla 24.194
10. Nissan Rogue 22.565
11. Ford Escape 20.807
12. Nissan Altima 20.564
13. Chevrolet Equinox 19.634
14. Ford Fusion 19.451
15. Hyundai Elantra 17.634
16. Jeep Cherokee 17.426
17. Jeep Grand Cherokee 17.051
18. Hyundai Sonata 16.732
19. Ford Explorer 16.690
20. GMC Sierra 16.527
21. Chevrolet Cruze 16.073
22. Nissan Sentra 14.505
23. Jeep Wrangler 13.847
24. Subaru Forester 13.655
25. Toyota Tacoma 13.465
26. Subaru Outback 13.079
27. Kia Optima 13.048
28. Toyota Highlander 12.741
29. Ford Focus 11.186
30. VW Jetta 11.022
31. Honda Pilot 10.975
32. Chevrolet Malibu 10.813
33. Lexus RX 10.771
34. Chevrolet Impala 10.494
35. Chrysler 200 10.332
36. Toyota Sienna 10.062
37. Kia Soul 10.045
38. Nissan Versa 9.783
39. Chrysler Town & Country 9.689
40. Ford Transit 9.584
41. Hyundai Santa Fe 9.156
42. Kia Sorento 9.023
43. GMC Terrain 8.999
44. Mazda CX-5 8.756
45. Chevrolet Traverse 8.684
46. Toyota Tundra 8.590
47. BMW Série 3 8.433
48. Honda Odissey 8.356
49. Jeep Patriot 8.348
50. Toyota Prius 8.331

Fonte: Best Selling Cars