1

1

Google+ Followers

segunda-feira, 3 de novembro de 2014

Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 37 milhões na quarta-feira




Nenhum apostador acertou as dezenas da Mega-Sena deste sábado, cujo prêmio era de R$ 7 milhões. Como o concurso número 1.649 não teve nenhum ganhador, o valor acumulou e a estimativa de prêmio para a próxima quarta-feira é de R$ 37 milhões. O sorteio foi realizada nesta noite em Jundiaí (SP). As dezenas sorteadas foram: 24 - 33 - 38 - 42 - 44 - 54

Um total de 99 bilhetes acertaram a Quina e levam R$ 23.864,71 cada. Outros 7.522 bilhetes fizeram a Quadra e receberão, cada um, R$ 448,70.


Correio do Povo

Igreja do Salto Weissbach para de tocar sinos e tem de se adequar à Lei do Silêncio, em Blumenau

Paróquia luterana foi notificada pela Faema após denúncia de vizinho
Igreja evangélia luterana fará adequeções para que sinos possam voltar a tocar 

Foto: Rafaela Martins / Agencia RBS


Daniela Matthes

Há pouco mais de um mês Joselene de Oliveira perde a noção das horas. As badaladas do sino vizinho eram o despertar diário, às 6h. Mais tarde, todos da casa sabiam que a almoço estaria à mesa logo depois do toque. Às 18h o sol riscava o céu de laranja e o som vindo da igrejinha octogenária ditava o fim de mais um dia. No final de setembro os sinos emudeceram e Joselene agora sente falta da rotina cadenciada. A Igreja Evangélica Salto Weissbach foi notificada pela Fundação do Meio Ambiente (Faema) por violar a Lei do Silêncio. Para evitar multa, calou-se.

— Toda a vizinhança quer os sinos de volta. Faz parte da comunidade. Eles estavam aqui antes de a gente chegar, então a gente se acostuma. É um som muito bonito — conta Joselene, que mora há 15 anos quase em frente à igreja com jeito de interior. 

O silêncio é temporário, garante o pastor responsável pela igreja, Alexander Busch. A opção em interromper o badalar três vezes aos dia foi para evitar multa. Busch explica que o aparelho que faz os sinos tocarem automaticamente é antigo e não aceita reprogramação. Pela legislação, os sinos poderiam tocar apenas a partir das 7h. Uma empresa será contratada para instalar um novo equipamento para reagendar o horário dos badalos e fazer o isolamento acústico para reduzir os decibéis emitidos pelos sinos. Hoje chegam a 57, mas a lei prevê no máximo 50 nas áreas residenciais.

— Nossa postura é de reconciliar. A comunidade precisa compreender que é preciso manter a tradição, mas também temos de nos adequar às mudanças que o crescimento da cidade impõe — explica o pastor Busch. 

Indicar a hora é só uma das funções do badalar. O pastor lembra que o som dos sinos deve levar à reflexão e remeter à fé. Além disso, é um meio de comunicação. Eles avisam quando algum membro da comunidade morre, alertam para o início e o fim dos cultos. No Ano-Novo, sinalizam o início do novo ciclo. 

Durante 15 anos Werner Mette foi responsável junto com um vizinho por agitar os dois sinos da igreja. O compromisso era diário e inadiável, caso contrário, ouviam reclamação. Há 20 anos um dispositivo eletrônico é que faz os sinos dobrarem.
— A comunidade chegou a pedir que fizéssemos abaixo-assinado, mas vamos corrigir o que é preciso para que os sinos possam tocar dentro da lei — argumenta Mette, que hoje é vice-presidente da associação que representa a comunidade evangélica luterana local. 

O motivo da reclamação que gerou a denúncia é o badalar das 6h, explica Luciano Oscar Martins. Morador de um prédio vizinho, ele explica que pediu à Faema que fizesse a medição do nível de ruído dentro do seu quarto, que indicou o som acima do permitido pela lei e por isso a igreja foi notificada. 

Martins argumenta que não é contra o som ou mesmo a tradição. Quer apenas que a legislação seja respeitada. Com o indicativo de que os horários e nível de ruídos serão adequados, ele não pretende entrar na Justiça.

— Não pedi para que os sinos parassem, só para respeitar a lei. Cada cidadão tem seus direitos. Não há necessidade dessa polêmica toda — pede Martins. 

Faema fiscaliza a partir de denúncias 

O presidente da Faema, Jean Carlos Naumann, explica que as ações relacionadas à fiscalização da Lei do Silêncio, de 2007, ocorrem quando há alguma denúncia. Foi o que aconteceu no caso da igreja do Salto Weissbach. A lei impões regras especificamente a locais que funcionaram com alvará. 

As igrejas têm prerrogativas, mas ainda assim precisam seguir regras, como horário e o nível de decibéis permitido para o zoneamento da região. Se é flagrada alguma irregularidade, o local é notificado. Se não corrigir o problema, poderá ser multado num valor que vai de R$ 150 a R$ 60 mil.

— Não costumamos ter esse tipo de reclamação contra igrejas. Mas é um direito do cidadão e a Faema tem de tomar as medidas cabíveis quando recebe a denúncia — explica Naumann. 


JORNAL DE SANTA CATARINA

11 benefícios da caminhada para o corpo e a mente

Ela controla a pressão, diabetes, protege contra demência e ainda emagrece

Você conhece algum exercício mais fácil de praticar do que a caminhada? Ela não exige habilidade, é barata, pode ser feito praticamente a qualquer hora do dia, não tem restrição de idade e ainda pode ser feita dentro de casa se a pessoa tiver uma esteira. "Para uma pessoa que não pratica nenhum tipo de esporte, uma caminhada de 10 minutos por dia já provoca efeitos perceptíveis ao corpo, depois de apenas uma semana, explica o fisiologista do esporte Paulo Correia, da Unifesp. Além da melhora do condicionamento físico, as vantagens de caminhar para a saúde do corpo e da mente são muitas, e comprovadas pela ciência. O Minha Vida reuniu 11 benefícios que esse hábito pode fazer para você. Confira aqui e movimente-se: 

1.Melhora a circulação

Um estudo feito pela USP, de Ribeirão Preto, provou que caminhar durante aproximadamente 40 minutos é capaz de reduzir a pressão arterial durante 24 horas após o término do exercício. Isso acontece porque durante a prática do exercício, o fluxo de sangue aumenta, levando os vasos sanguíneos a se expandirem, diminuindo a pressão. 


2.Deixa o pulmão mais eficiente


O pulmão também é bastante beneficiado quando caminhamos. De acordo com Paulo Correia, as trocas gasosas que ocorrem nesse órgão passam a ser mais poderosas quando caminhamos com frequência. Isso faz com que uma quantidade maior de impurezas saia do pulmão, deixando-o mais livre de catarros e poeiras. 
"A prática da caminhada, se aconselhada por um médico, pode ajudar também a dilatar os brônquios e prevenir algumas inflamações nas vias aéreas, como bronquite. Em alguns casos mais simples, ela tem o mesmo efeito de um xarope bronco dilatador", explica. 


3. Combate a osteoporose


O impacto dos pés com o chão tem efeito benéfico aos ossos. A compressão dos ossos da perna, e a movimentação de todo o esqueleto durante uma caminhada faz com que haja uma maior quantidade estímulos elétricos em nossos ossos, chamados de piezelétrico. Esse estímulo facilita a absorção de cálcio, deixando os ossos mais resistentes e menos propensos a sofrerem com a osteoporose
"Na fase inicial da perda de massa óssea, a caminhada é uma boa maneira de fortalecer os ossos. Mesmo assim, quando o quadro já é de osteoporose, andar frequentemente pode diminuir o avanço da doença", diz o fisiologista da Unifesp. 



4. Afasta a depressão


Durante a caminhada, nosso corpo libera uma quantidade maior de endorfina, hormônio produzido pela hipófise, responsável pela sensação de alegria e relaxamento. Quando uma pessoa começa a praticar exercícios, ela automaticamente produz endorfina. 
Depois de um tempo, é preciso praticar ainda mais exercícios para sentir o efeito benéfico do hormônio. "Começar a caminhar é o inicio de um círculo vicioso. Quando mais você caminha, mais endorfina seu organismo produz, o que te dá mais ânimo. Esse relaxamento também faz com que você esteja preparado para passar cada vez mais tempo caminhando", explica Paulo Correia. 



5. Aumenta a sensação de bem-estar

Uma breve caminhada em áreas verdes, como parques e jardins, pode melhorar significativamente a saúde mental, trazendo benefícios para o humor e a autoestima, de acordo com um estudo feito pela Universidade de Essex, no Reino Unido. 
Comparando dados de 1,2 mil pessoas de diferentes idades, gêneros e status de saúde mental, os pesquisadores descobriram que aqueles que se envolviam em caminhadas ao ar livre e também, ciclismo, jardinagem, pesca, canoagem, equitação e agricultura, apresentavam efeitos positivos em relação ao humor e à autoestima, mesmo que essas atividades fossem praticadas por apenas alguns minutos diários. 



6. Deixa o cérebro mais saudável

"Caminhar diariamente é um ótimo exercício para deixar o corpo em forma, melhorar a saúde e retardar o envelhecimento."

Caminhar diariamente é um ótimo exercício para deixar o corpo em forma, melhorar a saúde e retardar o envelhecimento. Entretanto, um novo estudo da Universidade de Illinois, nos Estados Unidos, mostra que esse efeito antienvelhecimento do exercício pode ser possível também em relação ao cérebro, ao aumentar seus circuitos e reduzir os riscos de problemas de memória e de atenção. "Os estímulos que recebemos quando caminhamos aumento a nossa coordenação e fazem com que nosso cérebro seja capaz de responder a cada vez mais estímulos, sejam eles visuais, táteis, sonoros e olfativos", comenta Paulo Correia. 



7. Diminui a sonolência


A caminhada durante o dia faz com que o nosso corpo tenha um pico na produção de substâncias estimulantes, como a adrenalina. Essa substância deixa o corpo mais disposto durante as horas subsequentes ao exercício. Somado a isso, a caminhada melhora a qualidade do sono de noite. 
"Como o corpo inteiro passa a gastar energia durante uma caminhada, o nosso organismo adormece mais rapidamente no final do dia. Por isso, poucas pessoas que caminham frequentemente têm insônia e, consequentemente, não tem sonolência no dia seguinte", completa o especialista da Unifesp. 



8. Mantém o peso em equilíbrio e emagrece


Esse talvez seja o benefício mais famoso da caminhada. "É claro que caminhar emagrece. Se você está acostumado a gastar uma determinada quantidade de energia e começa a caminhar, o seu corpo passa a ter uma maior demanda calórica que causa uma queima de gorduras localizadas", afirma Paulo Correia. 

E o papel da caminhada na perda de peso não para por aí. Pesquisadores da Universidade de Yale, nos Estados Unidos, mostrou que, mesmo horas depois do exercício, a pessoa continua a emagrecer devido à aceleração do metabolismo causada pelo aumento na circulação, respiração e atividade muscular.
A conclusão foi de que os músculos dos atletas convertem constantemente mais energia em calor do que os de indivíduos sedentários. Isso ocorre porque quem faz um treinamento intensivo de resistência, como é o caso da caminhada, tem um metabolismo mais acelerado. 



9. Controla a vontade de comer


Um estudo recente feito por pesquisadores da Universidade de Exeter, na Inglaterra, sugere que fazer caminhadas pode conter o vício pelo chocolate. Durante o estudo, foram avaliadas 25 pessoas que consumiam uma quantidade de pelo menos 100 gramas por dia de chocolate. Os chocólatras tiveram que renunciar ao consumo do doce e foram divididos em dois grupos, sendo que um deles faria uma caminhada diária. 

Os pesquisadores perceberam que não comer o chocolate, juntamente com o estresse provocado pelo dia a dia, aumentava a vontade de consumir o doce. Mas, uma caminhada de 15 minutos em uma esteira proporciona uma redução significativa da vontade pela guloseima. 
"Além de ocupar o tempo com outra coisa que não seja a comida, a caminhada libera hormônios, como a endorfina, que relaxam e combatem o estresse, efeito que muitas pessoas buscam compulsivamente na comida", afirma Paulo Correia. 



10. Protege contra derrames e infartos

Quem anda mantém a saúde protegida das doenças cardiovasculares. Por ajudar a controlar a pressão sanguínea, caminhar é um fator de proteção contra derrames e infarto. "Os vasos ficam mais elásticos e mais propícios a se dilatarem quando há alguma obstrução. Isso impede que as artérias parem de transportar sangue ou entupam", diz Paulo. 
A caminhada também regula os níveis de colesterol no corpo. Ela age tanto na diminuição na produção de gorduras ruins ao organismo, que têm mais facilidade de se acumular nas paredes dos vasos sanguíneos e por isso causar derrames e infartos, como no aumento na produção de HDL, mais conhecido como colesterol bom. 



11. Diabetes

A insulina, substância que é responsável pela absorção de glicose pelas células do corpo, é produzida em maior quantidade durante a prática da caminhada, já que a atividade do pâncreas e do fígado são estimuladas durante a caminhada devido à maior circulação de sangue em todos os órgãos. 

Outro ponto importante é que o treinamento aeróbico intenso produzido pela caminhada é capaz de reverter a resistência à insulina, um fator importante para o desenvolvimento de diabetes. Assim fica comprovado que os exercícios têm ainda mais benefícios contra o mal do que se pensava anteriormente. 

"Quanto maior a quantidade de insulina no sangue, maior a capacidade das células absorverem a glicose. Quando esse açúcar está circulando livremente no sangue, pode causar diabetes", explica o fisiologista da Unifesp. 




YAHOO

Acidente entre dois carros deixa uma pessoa morta e duas gravemente feridas em Mafra

Colisão aconteceu após ultrapassagem proibida na BR-280

Condutor do veículo com placa de Florianópolis foi levado para o hospital em estado grave 

Foto: Lucimara Rodrigues / Divulgação


Uma colisão envolvendo dois carros tirou a vida de um homem e deixou mais duas pessoas gravemente feridas em Mafra.
O acidente aconteceu por volta das 17h30 deste domingo no km 165 da BR-280. Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal, o motorista de um veículo modelo J3 vermelho com placa de Florianópolis teria realizado uma ultrapassagem proibida e bateu de frente com um Gol com placa de Mafra.

O motorista do Gol, de 55 anos, morreu no local. Além dele, estavam no carro a esposa, que foi levada em estado grave para o hospital de Mafra, e a filha de 12 anos, que se feriu levemente.
O condutor do outro carro, de 44 anos, também foi encaminhado ao hospital da cidade em estado grave.


A NOTÍCIA

Horóscopo 3ª feira 04 de novembro de 2014


Cuide para que o ônus todo da coisa não recaia exclusivamente sobre si. Acontece que seus atos e atitudes projetam maior força e isso faz com que você fique numa posição exposta, recebendo pedrada de tudo quanto é lado.

É evidente que as pessoas mandarão você fazer isso ou aquilo, já que para elas seria fácil não estar na linha de frente quando tudo acontecer. Tenha isso em mente, pois tudo precisa ser bem formulado e dividido.

É possível avançar em alguns acordos que antes pareciam impossíveis, porém, não pense que todo mundo ficará feliz com isso. Os descontentes não serão poucos, mas francamente, não é hora de se importar com isso.

Que haja acordo e que as pessoas se entendam não é o mesmo que a partir de agora seja fácil colocar em prática o que foi combinado. Nessa hora surgirá a questão de quem iria assumir a linha de frente. Quem?

Nenhuma aventura poderá nunca acontecer se você passar a maior parte do tempo preservando e venerando tudo que já conquistou. É muito bom assegurar que tudo esteja indo bem, mas o que fazer com o espírito de aventura?

Talvez você ainda não seja completamente consciente do esforço material e emocional que está envolvido na realização de seus planos. Seria interessante tomar um tempo para meditar sobre isso e fazer ajustes nos planos.

Aquilo que você quer precisará ser colocado em prática a despeito de não haver clima de concórdia. Certamente tudo seria melhor com a força do grupo, mas quando ações são necessárias e não há acordo, você precisa agir só.

Palavras são promessas. Será por isso, verdadeiramente, que todas as pessoas ficam aquém do que prometem? É porque falam demais! Mantenha o comedimento, mas não deixe, por isso, de dizer aquilo que for necessário.

As maquinações são boas, prometem mundos e fundos, mas se na hora de colocá-las em prática tudo der errado você precisará ter em mente alternativas imediatas. Tudo, nos dias de hoje, precisa ser feito às claras.

Agir em nome de sua segurança e proteção é um direito sagrado que você deve desempenhar o tempo inteiro, independente da situação ou dos acontecimentos. Quando alguém quiser tirar esse direito, brigue.

Os movimentos mais importantes que estão prestes a acontecer precisam ser desenvolvidos sob o manto da absoluta discrição. Como há muito em jogo, você terá de lidar com a tentação de conversar e comentar tudo.

em tudo que parece muito bem formulado mentalmente seria passível de colocar em prática. Você sabe, na teoria as coisas são umas enquanto que na prática as coisas podem ser completamente diferentes. É assim.

Oscar Quiroga do ZERO HORA

Morre americana com câncer terminal que anunciou suicídio assistido. Brittany Maynard havia decidido que daria fim à sua vida em 1º novembro. Ela tinha 29 anos e foi diagnosticada em janeiro com um tumor no cérebro.

Brittany Maynard havia decidido que daria fim à sua vida em 1º novembro.
Ela tinha 29 anos e foi diagnosticada em janeiro com um tumor no cérebro.

Brittany Maynard, ao lado de seu marido, em visita
ao parque nacional Grand Canyon

(Foto: Reprodução/Facebook/Brittany Maynard)

Morreu neste sábado (1º) a americana Brittany Maynard, que tinha câncer em estado terminal e havia anunciado que daria fim à sua vida no dia 1º de novembro. A informação foi confirmada pelo grupo pró-eutanásia Compassion & Choices (Compaixão e Escolhas).
"Lamentamos anunciar a passagem de uma querida e maravilhosa mulher, Brittany Maynard. Ela morreu em paz, em sua cama, cercada por parentes próximos e pessoas amadas", disse a entidade em sua página em uma rede social, neste domingo (2).
Mesmo após o anúncio da decisão de sua morte, ela chegou a afirmar, na quinta-feira (30), que o suicídio assistido poderia ser adiado, porque ela estava se sentindo bem. “Eu ainda me sinto bem o suficiente, e ainda tenho bastante alegria. Eu ainda rio com os meus amigos e minha família, e não parece ser o momento certo agora”, disse. Neste sábado, porém, de acordo com a Associated Press, ela optou pelo suicídio assistido, em sua casa, em Oregon.
A história de Maynard chamou a atenção dos norte-americanos. Após ser diagnosticada com câncer em estágio terminal, a californiana decidiu se mudar de São Francisco para o Oregon, porque esse estado norte-americano permite o suicídio assistido para pacientes terminais. Desde então ela dedicou suas últimas semanas de vida a uma campanha para que outros que se veem diante de uma morte iminente possam usufruir do mesmo direito.

Maynard foi diagnosticada em janeiro com um glioblastoma, um tumor no cérebro, e mais tarde ouviu dos médicos que só teria seis meses de vida.

"Depois de meses de pesquisas, minha família e eu chegamos a uma conclusão dolorosa: não existe um tratamento que possa salvar minha vida, e os tratamentos que me foram recomendados destruiriam o tempo que me resta", ela disse em um artigo que escreveu para o site da emissora CNN.
“Irei morrer no andar de cima, no quarto que divido com meu marido, com ele e minha mãe ao meu lado, e falecer pacificamente com música que eu gosto no fundo”, declarou Maynard, no primeiro vídeo que divulgou sobre o assunto.

Maynard planejava tomar um medicamento obtido com receita médica para tirar a vida quando sua dor se tornasse insuportável, de acordo com o Compassion & Choices.
Em 1997, o Oregon se tornou o primeiro estado norte-americano a permitir o suicídio assistido para pacientes em estado terminal. Washington, Montana, Vermont e o Novo México seguiram o exemplo desde então e são os outros quatro dos cinco únicos Estados dos EUA que autorizam o procedimento.


G 1

Receita Federal argentina suspende a empresa P&G por fraude



A Receita Federal argentina (Afip, na sigla em espanhol) suspendeu a multinacional Procter & Gamble por fraude fiscal em um caso envolvendo operações de importação do Brasil de 138 milhões de dólares, informou o órgão neste domingo.



A Afip revelou que as mercadorias que entravam no país pelo Brasil eram faturadas por meio de uma filial radicada na Suíça. Com isso, a empresa evadiu divisas para o exterior. Segundo o órgão, que analisou mais de 2.500 operações, a manobra pode constituir contrabando agravado.

O diretor da Afip, Ricardo Etechegaray, enviou uma nota para a Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC, na sigla em inglês) detalhando as irregularidades da multinacional. Ele também pediu a Brasil e Suíça troca de informações sobre o assunto.

Com isso, a Receita argentina espera recuperar as divisas evadidas do país, assim como os impostos correspondentes que teriam sido sonegados.

A Procter & Gamble é uma multinacional de bens de consumo criada em 1837 e se encontra em mais de 180 países, onde produz e distribui cerca de 300 marcas de diferentes produtos.




TERRA

Vermes podem controlar doença celíaca


Apesar de inusitada, a pesquisa apresentou resultados positivos


Foto: Piotr Marcinski / Deposit Photos


Participantes de um estudo sobre doença celíaca concordaram em serem submetidos a um tratamento curioso na tentativa de controlar o problema. Os responsáveis pela experiência infestaram os pacientes com vermes parasitas.

Apesar de inusitada, a pesquisa apresentou resultados positivos — o que também podem ser uma boa notícia para quem sofre de outras condições inflamatórias, como a asma e a doença de Crohn. No estudo de mais de um ano, 12 participantes foram infectados com 20 larvas.

Em seguida, doses de glúten foram aumentadas gradualmente em suas dietas — começando com apenas um décimo de um grama por dia e com dose diária final de três gramas.

— Até o final do experimento com vermes, os membros da pesquisa comeram o equivalente a uma tigela de tamanho médio de espaguete, o que não teve efeitos nocivos. Antes do tratamento, essa refeição provocaria uma resposta inflamatória debilitante, deixando o paciente celíaco com sintomas como diarreia, cólicas e vômitos — disse Paul Giacomin, da James Cook University.

Segundo o pesquisador Alex Loukas, os oito participantes foram capazes de aumentar a sua tolerância ao glúten por um fator de 60, o que foi avaliado por ele como "uma grande mudança". Depois do estudo, os pacientes não quiseram tomar remédios que eliminassem os vermes de seus organismos.

— Todos escolheram manter seus vermes. E continuam relatando uma boa saúde. No entanto, eles foram instruídos a retornar a uma dieta sem glúten após o experimento — afirmou Loukas.

Este tipo de infestação pode ser devastadora em países tropicais mais pobres, onde os professores estão trabalhando na criação de uma vacina para ajudar 740 milhões de pessoas.

— Com a falta de saneamento, infecções repetidas resultam em uma perda de sangue que pode causar anemia grave. Para recém-nascidos, crianças, gestantes e desnutridos, pode resultar em doença ou morte — falou Loukas.

Por outro lado, condições inflamatórias, tais como doença celíaca, doença inflamatória do intestino, doença de Crohn e a asma são menos comuns nos países em desenvolvimento, mas abundantes nas nações mais ricas, afirmam os pesquisadores.

Participantes de um estudo sobre doença celíaca concordaram em serem submetidos a um tratamento curioso na tentativa de controlar o problema. Os responsáveis pela experiência infestaram os pacientes com vermes parasitas.

De acordo com a pesquisa, os resultados também são uma boa notícia para quem sofre de outras condições inflamatórias, como a asma e a doença de Crohn. No estudo de mais de um ano, 12 participantes foram infectados com 20 larvas.

Em seguida, doses de glúten foram aumentadas gradualmente em suas dietas — começando com apenas um décimo de um grama por dia e com dose diária final de três gramas.

— Até o final do experimento com vermes, os membros da pesquisa comeram o equivalente a uma tigela de tamanho médio de espaguete, o que não teve efeitos nocivos. Antes do tratamento, essa refeição provocaria uma resposta inflamatória debilitante, deixando o paciente celíaco com sintomas como diarreia, cólicas e vômitos — disse Paul Giacomin, da James Cook University.

Segundo o pesquisador Alex Loukas, os oito participantes foram capazes de aumentar a sua tolerância ao glúten por um fator de 60, o que foi avaliado por ele como "uma grande mudança". Depois do estudo, os pacientes não quiseram tomar remédios que eliminassem os vermes de seus organismos.

— Todos escolheram manter seus vermes. E continuam relatando uma boa saúde. No entanto, eles foram instruídos a retornar a uma dieta sem glúten após o experimento — afirmou Loukas.

Este tipo de infestação pode ser devastadora em países tropicais mais pobres, onde os professores estão trabalhando na criação de uma vacina para ajudar 740 milhões de pessoas.

— Com a falta de saneamento, infecções repetidas resultam em uma perda de sangue que pode causar anemia grave. Para recém-nascidos, crianças, gestantes e desnutridos, pode resultar em doença ou morte — falou Loukas.

Por outro lado, condições inflamatórias, tais como doença celíaca, doença inflamatória do intestino, doença de Crohn e a asma são menos comuns nos países em desenvolvimento, mas abundantes nas nações mais ricas, afirmam os pesquisadores.




DIÁRIO CATARINENSE

Novembro Azul é mês dedicado à prevenção do câncer de próstata



Após anos de sucesso do movimento chamado Outubro Rosa, que visa a orientação e prevenção do câncer de mama, é chegada a hora de um movimento internacional chamado de Novembro Azul, voltado à saúde masculina e à prevenção do câncer de próstata.
Movimento quer conscientizar os homens sobre os perigos da doença. 
Foto: iStock, Getty Images

O movimento é uma parceria de diversas instituições ligadas à causa, cujo objetivo é orientar a população masculina sobre a importância do exame de toque retal e PSA para diagnóstico precoce da doença.

Novembro Azul surge para conscientizar a população

Uma das motivações do surgimento do Novembro Azul é a estimativa atual de que o câncer de próstata é mais incidente que o câncer de mama. Além disso, a doença tem um agravante: o preconceito com o exame de toque retal ainda é forte no Brasil.


Isso faz com que a estimativa dos institutos de pesquisa da área chegue ao número de que apenas 32% dos homens brasileiros declararam já ter feito o exame. O Novembro Azul é importante para acabar com esse preconceito, pois o diagnóstico precoce é fundamental para as chances de cura do câncer de próstata.

Atualmente, cerca de 30% dos pacientes do SUS são diagnosticados com câncer de próstata já avançado o que diminui as chances de cura da doença – que, se diagnosticada no início, tem uma taxa de 90% de possibilidade de cura.

A ideia é que o movimento consiga, com o passar do tempo, atingir uma dimensão tão grande quanto a atualmente tida no Outubro Rosa. Hoje, centros de referência da mulher recebem as pacientes encaminhadas pelo programa de saúde da família, o que agiliza seu atendimento.

Já o homem, se tiver suspeita de alguma doença, é encaminhado aos ambulatórios de especialidades e aguardará, talvez, meses para ter uma primeira consulta.

Novembro Azul tem apoio da Sociedade Brasileira de Urologia

Para isso, assim como é feito no outubro rosa, a Sociedade Brasileira de Urologia busca trazer à tona o Novembro Azul por meio da iluminação de pontos turísticos em diversas capitais brasileiras. As ações da campanha ainda englobam a distribuição de panfletos em estádios de futebol durante o Campeonato Brasileiro.

Se você é homem, faça sua parte se submetendo ao exame de toque, que é comprovadamente mais eficaz que o exame de sangue. Se você é mulher, dê o seu apoio à causa: mostre aos homens ao seu redor que a vergonha não deve ser em fazer o exame, mas sim em perder para essa doença silenciosa.

O câncer de próstata é a neoplasia maligna mais comum entre os homens e a sua detecção precoce é fundamental para seu tratamento. Em sua fase inicial não há sintomas, por isso a ida anual ao urologista é essencial para o acompanhamento da glândula.

A recomendação, com base nos trabalhos científicos publicados nos últimos anos, é que o exame de toque retal deve ser feito a partir dos 50 anos para homens sem casos na família, e aos 45 anos para homens com casos na família e negros.

TERRA

Morre o Papai Noel da Coca Cola. O ator faleceu aos 86 anos. As causas da morte não são conhecidas. John Moore inspirou o Papai Noel da marca de bebidas Coca Cola




O ator faleceu aos 86 anos. As causas da morte não são conhecidas.
Reprodução
John Moore inspirou o Papai Noel da marca de bebidas Coca Cola

O ator John Moore, que deu vida ao Papai Noel da Coca-Cola, faleceu aos 86 anos, na Inglaterra.
Em nota, a empresa lamentou o falecimento do ator que dava vida ao “verdadeiro espírito do Natal”. As causas da morte não são conhecidas.
Segundo o site “The Independent”, o funeral foi realizado em Burgess Hill, Sussex, onde ele era visto vestido à paisana fora do período natalino em eventos de caridade.
Antes de trabalhar como Noel, Moore foi motorista de táxi e também barman.

“Estamos tristes com a notícia da morte de John e os nossos pensamentos estão com sua família”, declarou um porta-voz da Coca-Cola.
Em 2011, Moore revelou ao jornal "Financial Times" um de seus segredos para ser o Papai Noel perfeito: é preciso criar um vínculo de magia com as crianças.
Amigos e familiares prestaram homenagens nas redes sociais. Sua sobrinha, Frankie Moore, escreveu: "Foi muito divertido crescer com ele, dizendo a todos os meus amigos que o melhor Papai Noel era o meu tio. Descanse em paz, tio John, eu nunca vou esquecer você."




I G

Brasil e Uruguai terão comércio em moedas locais a partir de dezembro




Acordo substituirá negociações em dólar em importações e exportações entre os dois países sul-americanos



Os governos do Uruguai e do Brasil assinaram um acordo que permitirá o comércio bilateral em moedas locais e substituirá as negociações em dólar entre os dois países a partir de 1º de dezembro, informou o banco central de Montevidéu.
O convênio foi assinado pelo presidente do Banco Central do Uruguai (BCU), Alberto Graña, e seu colega brasileiro, Alexandre Tombini, durante reunião dos chefes das autoridades monetárias da América do Sul realizada em Lima.
"Tanto importador como exportador pagam e cobram em suas respectivas moedas. Os bancos centrais não assumem risco de crédito significativo com sua contraparte (exceto pela margem de contingência e semanal), nem risco de crédito com as entidades financeiras", explicou o BCU em comunicado.
Para os exportadores uruguaios, o mecanismo é positivo, apesar de considerarem que levará algum tempo para que tanto os empresários locais como os importadores brasileiros se adaptem.
Se atualmente um exportador vende diretamente em reais, a brecha entre compra e venda dessa moeda no mercado local é muito ampla e ele perde dinheiro, portanto, é necessário encontrar um mecanismo para melhorar essa situação, disse à Reuters o presidente da União de Exportadores do Uruguai, Álvaro Queijo.
"Quando alguém fala de compra e venda de dólares, as pontas estão muito mais próximas, não mais de 5 por cento, mas no caso da moeda brasileira essa brecha é de mais de 10 por cento e esperamos que isso seja solucionado rapidamente", completou Queijo.
O sistema fechado por Uruguai e Brasil permitirá realizar, além das transações comerciais, o pagamento de aposentadorias e o envio de remessas.




REUTERS / I G