1

1

Google+ Followers

terça-feira, 9 de setembro de 2014

Novo Volkswagen Jetta: vendas no Brasil começam em 2015.

A Volkswagen do Brasil apresentará no Salão do Automóvel de São Paulo o Jetta 2015 - carro que recebeu aperfeiçoamentos estéticos na parte externa e interna. 


Entretanto, as vendas do Novo Jetta 2015 no Brasil só serão iniciadas em 2015, já como modelo 2016




O Jetta, que é produzido no México, e já está à venda nos EUA tem novos faróis, grade dianteira e para-choques com novo formato.




Na traseira há novas lanternas, com formato mais retilíneo, adotando elementos em LED nos modelos topo de linha.




O interior também ficou melhor, passando a adotar o volante do Golf 7, inserções em black piano em diversos pontos do painel, além de novo grafismo e sistema de iluminação noturno.




No que respeita à mecânica não haverá alterações, de modo que a versão Comfortline permanecerá com o motor quatro cilindros 2.0 de 120 cavalos, associado com a transmissão automática de seis marchas, enquanto o TSI fica com o 2.0 turbo de 211 cavalos com câmbio DSG de seis marchas.




A reformulação pela qual passou o Jetta tem o intuito de mantê-lo competitivo no mercado por mais dois ou três anos, até a chegada da nova geração baseada na plataforma MQB do Golf, e que já foilançada na China (veja detalhes aqui), com o nome de Lamando (imagem acima).

Chevrolet Onix LS: preço R$ 36.200 já com ar-condicionado.

O Chevrolet Onix LS, carro que agora conta com ar-condicionado de série, tem preço sugerido de R$ 36.200 reais.


Dessa forma, o Onix LS passa a contar com uma lista de itens de série que contempla sistema de climatização, direção hidráulica, banco do motorista com ajuste de altura e painel com velocímetro digital. As versões intermediária (LT) e topo de linha (LTZ) do Onix já traziam de série o equipamento.




O Onix 2015 ganhou também alerta sonoro de não utilização do cinto pelo motorista e passageiro dianteiro, que consiste de sensores instalados nas travas do cinto e nos assentos posteriores, que são capazes de detectar a presença de ocupantes e a não utilização do equipamento de segurança com o veículo em movimento. O aviso sonoro é intermitente e só se desliga após o afivelamento do cinto. 




Powertrain

Em relação à parte mecânica, a linha 2015 mantém os motores Flex Fuel SPE/4 (Smart Performance Economy 4 cylinders). O modelo 1.0 litro rende 80 cavalos quando abastecido com etanol e 78 cavalos com gasolina, sempre a 6.400 rpm, enquanto o modelo 1.4 litro entrega 106 cavalos quando abastecido com etanol e 98 cavalos com gasolina, ambos a 6.000 rpm.




O carro também possui duas opções de transmissão: manual de cinco velocidades e automática de seis velocidades.




O Onix tem garantia de 3 anos, sem limite de quilometragem, e seis opções de cores: Branco Summit, Vermelho Pepper, Preto, Prata Switchblade, Cinza Mond e Azul Sky.

http://www.car.blog.br/2014/09/chevrolet-onix-ls-preco-de-r-36200-ja.html

Peugeot 508 2015: especificações de motores e dimensões.

A Peugeot divulga detalhes adicionais das versões e motorizações disponíveis para o Peugeot 508 linha 2015, com facelift - o que inclui o Peugeot 508 SW - este não oferecido no Brasil.


Em termos dimensionais, o Peugeot 508 sedã ostenta 4.830 milímetros de comprimento e 1.456 milímetros de altura, pesa entre 1.390 e 1.540 kg, e pode armazenar 515 litros no porta-malas. O 508 SW é um milímetro menor e 31 mm mais alto, pesa entre 1.410 e 1.560 kg e tem um volume de porta-malas de 550 litros.




Todas as versões compartilham a mesma distância entre eixos de 2.817 milímetros e a mesma largura de 2.068 mm de largura (incluindo espelhos retrovisores). 




A gama de motores inclui versões a gasolina, diesel e HYbrid4. Os motores a gasolina são um VTi de 120 cv, THP de 156 cv e o novo THP 165 S&S, este compatível com a norma Euro6. Todas 1.6L.




Acoplados a transmissão manual de seis velocidades ou ao novo EAT6 de seis velocidades automático. O novo motor THP 165 substitui o THP 156 na Europa, mas a apelido deste último "World" e o fato de que é compatível com a norma Euro 4, e estando associado exclusivamente a um câmbio AT6 de seis velocidades, é provável que seja oferecido em mercados menos exigentes relativamente a normas anti-poluição, como Brasil e China.




O 1.6 THP 165 S&S desenvolve 165 cv a 6.000 rpm e 24 Kgfm de torque a 1.400 rpm. Consumo de combustível fica em 17,24 Km/l, no ciclo combinado europeu.

http://www.car.blog.br/2014/09/peugeot-508-2015-especificacoes-de.html

Golf 7 brasileiro terá mesmas especificações do mexicano.

A Volkswagen do Brasil iniciará a produção do Golf de 7ª geração em sua planta de São José dos Pinhais, Estado do Paraná, no terceiro trimestre de 2015, ou seja, entre agosto e outubro do próximo ano.



O modelo brasileiro, porém, terá especificações similares às adotadas no Golf 7 produzido no México (veja especificações aqui) e que começou a ser importado para o Brasil no mês de agosto.




Sendo assim, o modelo nacional abandonará itens como freio de mão com acionamento eletro-hidráulico, com a função Auto Hold - item presente no modelo produzido na Alemanha, mas substituído, no México, por um freio de mão convencional.




Além disso, o modelo brasileiro perderá a funcionalidade DLA - Dynamic Light Assist - que faz o ajuste dinâmico do facho de iluminação dos faróis bi-xenônio presentes nas versões mais caras (Highline e GTI), para garantir a máxima iluminação sem ofuscar os motoristas dos carros que vêm em sentido contrário -, por um esquema mais simples, chamado FLA, que apenas faz a comutação automática entre o farol alto e baixo quando detectado um carro na pista inversa.




No que respeita aos motores e transmissão, o Golf 7 brasileiro contará com motores 1.4 TSI (Comfortline e Highline) e 2.0 TSI (GTI), associados com transmissão manual de seis marchas, ou automática DSG, de 7 velocidades no 1.4 e 6 marchas no 2.0. 




Haverá também uma versão abaixo do Comfortline, a Trendlind, com motor 1.6 16V de 120 cavalos, também com transmissão manual de seis marchas - mesmo conjunto mecânico do Fox Highline (veja aqui).

Novo Ford KA SE 1.5: fotos, vídeo e especificações.

A Ford do Brasil já está distribuindo à sua rede de lojas o Novo KA SE Hatch com motor 1.5.
Esta versão se diferencia da SE 1.0 apenas por contar com o motor quatro cilindros 1.5, no lugar do três cilindros 1.0 da versão de entrada.
Por conta do motor mais forte, o preço sobe para R$ 40.890 reais (preço sugerido) - R$ 5.000 reais mais elevado que o 1.0
Interior
O novo KA SE 1.5 já vem de série com ar-condicionado, com comando manual;
Sistema de som com rádio AM/FM e conectividade Bluetooth e com porta USB. Na parte superior há o sistema Ford MyDock, que permite alocar um smarphone Apple ou Android, mas a conexão com o sistema do carro é feita por meio do Bluetooth.
Além disso, esta versão SE 1.5 conta com vidros elétricos dianteiros.
Outro item incluso na lista de itens de série nessa versão de entrada são as travas elétricas.
O modelo vem também com alarme com chave canivete com tele comando.
O revestimento interno, dos bancos e das portas em nada difere dos adotados na versão SE 1.0.
O novo KA conta com uma série de porta-objetos em seu interior, um deles inclusive que fica na parte lateral do painel, que fica vedado quando a porta está fechada.
Um aspecto que chama a atenção no Novo KA é o espaço destinado aos passeiros do banco traseiro, com muito espaço para os joelhos.
O acionamento dos vidros traseiros, porém, é feito por meio de manivelas. A versão SE Plus, porém, já traz os acionadores elétricos.
O painel de instrumentos tem o tradicional desenho que vem sendo adotado nos modelos Ford compactos, como EcoSport e New Fiesta.
O modelo oferece porta-objetos nas laterais de portas com porta-copos.
Que estão presentes também no console central.
E abaixo do sistema de ar-condicionado, com uma plataforma emborrachada, que permite alocar o telefone celular, sem que o mesmo fique emitindo ruídos com as vibrações.
Os painéis de portas são totalmente revestidos em plástico.
Por fim, o cluster de instrumentos, contendo conta-giros, medidor de combustível e velocímetro.

http://www.car.blog.br/2014/09/novo-ford-ka-se-15-fotos-video-e.html

Agência de risco Moody´s muda nota do Brasil de 'estável' para 'negativa'


Baixo crescimento pode sinalizar piora da qualidade de crédito, diz Moody's. 

Apesar da redução da perspectiva, país não perdeu grau de investimento. 

A agência de classificação de risco Moody's alterou na manhã desta terça-feira (9) a perspectiva do rating (nota) dos títulos do governo brasileiro: de "estável" para "negativa". Em outubro de 2013, a Moody's já havia rebaixado a perspectiva da nota da dívida do Brasil de "positiva" para "estável". 

Segundo a agência, a decisão "refletiu o risco crescente de que o contínuo baixo crescimento e a piora dos indicadores de dívida sinalizem uma redução na qualidade de crédito do Brasil e irão deflagrar uma migração em sentido declinante em seu rating de crédito". 

Apesar da queda da perspectiva, a agência manteve a nota dos títulos do governo brasileiro em seu nível atual Baa2, ou seja, o país não perdeu grau de investimento. 
Com o "investment grade", um mercado pode atrair grandes investidores de países desenvolvidos que, por regras dos seus estatutos, só podem investir em ativos considerados de baixo risco. 

Para isso, considerou a "contínua resiliência do país a choques financeiros externos, dado seu colchão de reservas internacionais; vulnerabilidade limitada do balanço patrimonial do governo a mudanças abruptas no apetite global por risco em relação aos seus pares; e os benefícios subjacentes derivados da economia extensa e diversificada do Brasil". 
No segundo trimestre deste ano, a economia brasileira encolheu 0,6%, na comparação com os três meses anteriores, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou no final de agosto. 

O dado do Produto Interno Bruto (PIB) do primeiro trimestre de 2014 – que, ao ser divulgado, em maio deste ano, indicava expansão de 0,2% – foi revisado para queda de 0,2%. Com a sequência de dois trimestres seguidos de resultado negativo, configura-se um quadro que os economistas chamam de recessão técnica. 
A última vez que o Brasil registrou uma recessão técnica foi no último trimestre de 2008 e primeiro de 2009, durante a crise econômica mundial. 

O que poderia mudar a nota do Brasil 
A Moody's afirma que provavelmente poderia rebaixar a nota do Brasil caso se confirme, por exemplo, a tendência de baixo crescimento do PIB, "evidenciando uma mudança mais enraizada em sentido declinante no crescimento". 

Ainda que uma elevação seja improvável nos próximos um a dois anos, segundo a Moody's, a agência consideraria mover a perspectiva do rating soberano do Brasil de volta para estável se houvesse uma recuperação do crescimento da economia, puxado pelo aumento dos investimentos, e se as metas de superávit primário - no intervalo de 2% a 3% do PIB - fossem cumpridas. 

Esforços do próximo governo 
Em junho deste ano, a agência alertou que a perspectiva do rating do Brasil dependia do sucesso ou fracasso dos esforços do próximo governo em reverter as tendências econômicas negativas e elevar o crescimento para próximo do potencial. 

"Provavelmente, os desafios que o país enfrenta vão se estender até 2015", disse a agência na ocasião. "Continuamos achando que as perspectivas para o rating do Brasil serão fortemente influenciada pela capacidade do próximo governo para reverter as tendências negativas e levantar taxas de crescimento econômico para patamares mais alinhados com o potential de crescimento do país." 
Na ocasião, a agência havia sugerido q 
ue a perspectiva poderia ser revisada para baixo se o país continuasse enfrentando "declínio dos gastos com investimento, desaceleração do consumo e deterioração da confiança do investidor". 

O que dizem as outras agências 
Em março deste ano, a agência de classificação de risco Standard & Poor's rebaixou a nota de crédito soberano do Brasil de "BBB" para "BBB-". A S&P também mudou a perspectiva do rating de negativa para estável. 

A classificação de "BBB-" ainda mantém o país com grau de investimento, que recomenda o país como destino de aplicações, mas é o último degrau para perder esse posto. O fato de ter mudado a perspectiva para estável indica que a S&P não deve fazer novos rebaixamentos no curto prazo. 

Em julho, a agência de classificação de risco Fitch Ratings decidiu manter a nota de risco da economia do Brasil em BBB – acima, portanto do grau de investimento. 

Segundo a agência, a nota refletia a diversidade econômica do país, as instituições relativamente desenvolvidas, uma alta capacidade de absorção de choques com uma robusta posição externa líquida e um sistema bancário adequadamente capitalizado. 

Fonte: G1

Preso por tráfico de drogas trabalhava como assessor da comissão de ética na Assembleia



Comissionado foi exonerado do cargo após prisão. 

O jovem preso na sexta-feira por tráfico de drogas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) foi exonerado do cargo de assessor parlamentar comissionado que ocupava na Comissão de Ética e Decoro Parlamentar da Assembleia Legislativa desde o dia 15 de maio de 2013. 

Leia mais: 
:: Dados de assessor da Comissão de Ética da Assembleia preso por tráfico sumiram do Portal da Transparência 

:: PRF apreende drogas com assessor parlamentar em Paulo Lopes 

Ulysses Inácio da Luz, 21 anos, está na Unidade Prisional Avançada de Imbituba. Ele foi preso no fim da tarde da última sexta-feira em uma abordagem da PRF na BR-101, em Paulo Lopes, com 11 frascos de lança-perfume, 20 comprimidos de ecstasy e maconha. 

Segundo o delegado da Polícia Civil, Raphael Jordani, que o autuou em flagrante, o jovem é primário, se resguardou o direito de não se manifestar à polícia e o fará apenas em juízo. 

De acordo com a PRF, as drogas haviam sido compradas em Balneário Camboriú e seriam levadas para uma festa de aniversário em Criciúma. 

O DC procurou o deputado presidente da Comissão de Ética e Decoro Parlamentar, Dóia Guglielmi (PSDB), que está licenciado do cargo. Segundo o deputado, Luz não trabalhava em seu gabinete nem era seu assessor e trabalhava como funcionário da comissão de ética. 

— A imprensa está fazendo sensacionalismo em cima disso. Ele é de boa índole e nunca causou problemas — disse o deputado, informando que pediu a exoneração do rapaz que recebia salário de R$ 5.789,32. 

O DC não teve acesso ao preso e não conseguiu contato com o advogado dele, cujo nome do defensor não foi informado pela polícia nem na Assembleia Legislativa.

Fonte: DIÁRIO CATARINENSE

Escândalo da Petrobrás: Pizzolatti se reúne com advogados

Ele afirma que é vítima e vai entrar com ação contra revista que publicou informação de seu envolvimento. 

O deputado federal João Pizzolatti (PP), que teve o nome apontado pelo ex-diretor da Petrobrás Paulo Roberto Costa como beneficiário de propinas e envolvimento em lavagem de dinheiro, esteve reunido com seus advogados em Balneário Camboriú e Blumenau. 

Viaja amanhã a Brasília para decidir com o advogado Michel Saliba sobre conteúdo da ação contra a revista Veja, autora da publicação sobre a delação premiada. Pizzolatti vem tendo seu nome citado por Veja há anos como integrante dos esquemas de corrupção do PT. Contestou sempre com veemência. Na última afirmou que processaria a revista. Desistiu, segundo esclareceu agora, porque foi aconselhado pelos advogados. 

Já na época do mensalão, Roberto Jefferson disse na CPI que parte do dinheiro era distribuído aos mensaleiros no gabinete de Pizzolatti, na época, presidente da Comissão de Minas e Energia da Câmara. O deputado refutou toda as denúncias várias vezes. 

A situação agora é mais delicada. A investigação prossegue em segredo de Justiça. Enquanto não surgirem as provas dos listados por Costa, pouco restará aos listados. No caso de Pizzolatti, contudo, há um complicador político: ele é o presidente interino do PP catarinense. Já existe movimento para sugerir seu afastamento temporário até que as coisas se esclareçam. Ele garante, entretanto, que não vê motivos para se licenciar. 

– Não há provas e nem ação judicial. Sou vítima. Estou sendo caluniado – disse o deputado.

Fonte: RÁDIO RURAL

Dois homens de 20 anos são presos por tráfico de drogas em Indaial. Dois jovens de 20 anos foram presos na tarde desta segunda-feira na BR-470 em Indaial. Dentro do carro em que trafegavam a Polícia Militar (PM) encontrou 4 tijolos de maconha e uma pequena porção de cocaína.



Dois jovens de 20 anos foram presos na tarde desta segunda-feira na BR-470 em Indaial. Dentro do carro em que trafegavam a Polícia Militar (PM) encontrou 4 tijolos de maconha e uma pequena porção de cocaína. A soma total da maconha apreendida chegou a aproximadamente 2 Kg.

A ocorrência aconteceu por volta das 15h nas proximidades do Km 74. Os homens que viajavam em um Gol com placas de Ibirama receberam voz de prisão e foram encaminhados à Delegacia de Polícia de Indaial. O veículo e toda droga apreendida também foram encaminhados à Civil. A ação foi uma abordagem de rotina da PM de Indaial.
http://www.radioflashbackindaial.com/noticias/indaial--sc/70778

Acidente deixa três pessoas feridas na BR 470. Um acidente envolveu dois veículos na tarde desta terça-feira, na BR 470 entre Trombudo Central e Pouso Redondo.

Um acidente envolveu dois veículos na tarde desta terça-feira, na BR 470 entre Trombudo Central e Pouso Redondo.

Os veículos envolvidos foram um Ford Focus com placa de Pouso Redondo e uma Chevrolet Montana com placa de Rio do Oeste.

Segundo informações preliminares, três pessoas ficaram feridas, sendo uma encaminhada em estado grave ao Hospital Regional em Rio do Sul.

Corpo de Bombeiros de Trombudo Central, Pouso Redondo e SAMU atendem a ocorrência.A Polícia Rodoviária Federal foi acionada até o local.










http://www.radioflashbackindaial.com/noticias/santa-catarina/70945