1

1

Google+ Followers

segunda-feira, 21 de julho de 2014

Gol de James Rodríguez contra o Uruguai é eleito o mais bonito da Copa



James Rodríguez foi uma das maiores atrações da Copa do Mundo do Brasil. Além de terminar como artilheiro da competição — ele marcou seis vezes —, teve o seu gol contra o Uruguai, nas oitavas de final, eleito como o mais bonito do Mundial. 
O gol, o primeiro da partida, acabou superando o marcado por Van Persie diante da Holanda na goleada da sua seleção em cima da Espanha, 5 a 1, em partida válida pelo grupo B. 
No lance do gol do colombiano, James Rodríguez recebeu passe, dominou a bola no peito e, sem deixá-la cair, chutou de perna esquerda. A bola, que ainda tocou nos dedos de Muslera, bateu na trave e entrou. 
Essa é a terceira vez seguida que um sul-americano ganha o prêmio de gol mais bonito da Copa do Mundo. Em 2010 havia sido o uruguaio Forlán, e em 2006 o vencedor foi o argentino Maxi Rodríguez.
Fonte: ZHESPORTES

Após 10 anos de casado, homem descobre ser uma mulher.

Um homem de Yongkang, na China - identificado apenas como Chen para proteger sua identidade -, procurou um hospital sentindo fortes dores no estômago, além de estar eliminando sangue em sua urina e descobriu que a suposta hemorragia era, na verdade, uma menstruação. Chen é uma mulher e não um homem, como ele pensava. Foi solicitado exames de tomografia computadorizada, onde ficou claro a existência de um útero e dois ovários. 

— Ele tinha o cabelo curto, vestia roupas masculinas. Nós não sabíamos que ele era uma mulher quando chegou —, declarou oficialmente a equipe médica em entrevista ao jornal Global Times. Chen sofre da chamada Síndrome Adrenogenital. 


A condição impede a formação correta dos órgãos genitais e afeta outras características de gênero. Os médicos disseram que seu "problema" pode ser completamente tratável usando suplementos hormonais. Aparentemente, Chen não absorveu o impacto de saber que era mulher após ter 10 anos de casamento. Ele ainda declarou que nunca teve problemas para ter relações íntimas com sua esposa. 

Síndrome Adrenogenital (Fonte KRMG) 

O problema é causado, basicamente, pela deficiência, total ou parcial, de determinadas enzimas que são responsáveis pela síntese de substâncias da glândula suprarrenal. Estima-se que em torno de 90% dos pacientes com o problema, exista a falta da enzima 21-hidroxilase. 

Mulheres que sofrem da síndrome, apresentam genitália "masculinizada", com aspecto atípico, assemelhando-se com a de um homem. O clitóris sofre um considerável aumento, ganhando o formato de um pênis. Além disso, existe a formação de pelos faciais, nas axilas, no púbis, pode surgir acne e a massa muscular fica mais forte e tonificada. 

No caso de Chen, a síndrome pode ter se manifestado de forma muito acentuada, tornando seu clitóris um pênis "funcional", que o confundiu por toda a vida.

Fonte: HORA DE SANTA CATARINA

Nervoso, marido de paciente quebra equipamentos de posto de saúde. Um homem de 28 anos quebrou mesa, computador, impressora e outros equipamentos da sala de acolhimento do Pronto Atendimento de Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, na madrugada desta segunda-feira (21).


Um homem de 28 anos quebrou mesa, computador, impressora e outros equipamentos da sala de acolhimento do Pronto Atendimento de Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, na madrugada desta segunda-feira (21). Ele chegou à Unidade acompanhando a esposa, que estava com crise nervosa e pressão alta e quebrou os objetos, de acordo com a polícia, porque queria que a esposa fosse atendida imediatamente. 

De acordo com a enfermeira Viviane Chaves, ela pediu para que o homem aguardasse a mesma terminar o atendimento que realizava em outra pessoa, mas ele não quis esperar e começou a quebrar tudo. A Guarda Municipal foi chamada, e o homem preso. Ele pagou a fiança de R$ 3 mil e foi liberado. 

Para a polícia, o rapaz disse que ficou revoltado com a demora no atendimento da esposa. “Nós fizemos a autuação em flagrante, vamos encerrar esse inquérito policial e encaminhar para o judiciário que vai decidir o que será feito”, disse o delegado Rogério Luiz Sodré. Segundo o secretário de Segurança Pública, Cleomar Martins o homem deverá ser processado e terá que restituir o dano que causou ao patrimônio público. 

Já esposa foi atendida logo depois da confusão, medicada e liberada.

Fonte: G1

Obama amplia lei contra discriminação trabalhista a transexuais


O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, assinou nesta segunda-feira um decreto que fortalece a legislação de combate à discriminação trabalhista contra lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros (LGBT), na pendência de uma lei nacional. 

O decreto contempla os funcionários federais e milhões de trabalhadores de empresas subcontratadas pelo Estado. 

— O governo federal já proíbe a discriminação trabalhista com base na orientação sexual — disse Obama durante uma cerimônia na Casa Branca. 

— Uma vez assinado este decreto, o mesmo será válido para a identidade de gênero — acrescentou. 

Até agora, a cor da pele, origem, religião, sexo, deficiência, idade e orientação sexual eram categorias protegidas dentro das instituições federais. Este ato administrativo de Obama estende o direito aos funcionários transexuais. 

O novo texto também proíbe empresas contratadas pelo Estado de discriminar qualquer pessoa em base em sua orientação sexual ou identidade de gênero no momento da contratação. 

— Os contratos federais não devem favorecer a discriminação contra os americanos — declarou Obama. 

A proibição aplica-se a praticamente todas as empresas que assinaram contratos com o governo federal em áreas diversas, como a educação ou defesa. 

Devido à incapacidade do Congresso em aprovar uma lei de âmbito nacional, Obama decidiu agir administrativamente e assinar esse decreto, apesar de reconhecer o alcance limitado.

Fonte: AFP

Limite para importações terrestres cai para US$ 150

Desde o dia 17 de julho, o Ministério da Fazenda modificou as regras para quem entra no Brasil com produtos importados via terrestre, fluvial ou lacustre — isto é, por meio de rodovias, rios ou lagos. A partir de agora, o valor dos produtos trazidos não pode superar os US$ 150 sem isenção de impostos — metade da cota que estava em vigor desde o ano de 2005, que era de US$ 300. 

Isso significa que qualquer viajante que esteja voltando ao Brasil — não fazendo isso por via aérea ou marítima — com produtos que excedam os US$ 150, terá que pagar multa de 50% sobre o valor excedente. Ou seja, quem chegar ao Brasil com US$ 250 em compras terá que pagar 50% de multa sobre os US$ 100 que excedem a cota — resultando em US$ 50 a mais no valor total. Os mais afetados devem ser os brasileiros que fazem compras no Paraguai. 
Vale dizer que a referência neste caso é o dólar americano, mas as cotas são as mesmas para qualquer moeda — sendo necessário apenas fazer a conversão com base na moeda dos Estados Unidos. Você pode conferir o texto da portaria na íntegra por este link do Ministério da Fazenda. 

*Ainda não há qualquer informação sobre reduções nas cotas de isenção para importação por vias área ou marítima, que prossegue nos US$ 500.
Fonte: AU ONLINE

Droga feita com anestésico usado em cavalos é vendida em festas.

O alerta é da Polícia Civil, a ketamina ou special k, droga sintética de fabricação caseira a partir de um anestésico geralmente usado por veterinários em cavalos, vem se tornando cada vez mais comum em festas rave no Rio Grande do Sul. 

Na semana passada, a substância foi apreendida em duas operações, em São Leopoldo e Canoas, na Região Metropolitana de Porto Alegre. 

"Ela está sendo cada vez mais utilizada e comercializada, estão agregando valor para essa droga. A ketamina está despontando junto com o ecstasy, deixando até o LSD para trás, principalmente nas festas eletrônicas", explica o delegado Mário Souza. 

Segundo o delegado Rafael Soares Pereira, o vício tem provocado transtornos em jovens. "Temos visto tantos casos de apreensão de ketamina, nas quais os usuários acabam se tornando vendedores pelo vício, de tão alto perfil de depressão e de transtornos psiquiátricos que esta droga gera”, diz. 

Um usuário que pediu para não ser identificado diz ter se viciado após ter usado ketamina durante uma festa. "Me senti bem com o uso dela e comecei a usar diariamente em casa", conta. 

O jovem lamenta as consequências do uso da substância. "Estragou minha família, tudo a minha volta. Não conseguia ficar sóbrio. Usando ela você fica abobado, anestesiado, enrola a língua. É muito perigoso", desabafa. 

Segundo ele, muitas pessoas têm ficado viciadas na ketamina. "Começou dois anos atrás, em festas rave. O pessoal usa para alucinógeno, para ficar anestesiado, como uma droga. Agora está viciando muito o pessoal", diz. 

A substância que dá origem à droga é a quetamina, vendida em farmácias e agropecuárias. 

Por ser de uso controlado só pode ser adquirida com receita. Apesar disso, muitos conseguem comprar o anestésico sem nenhuma dificuldade em algumas lojas veterinária em Guaíba. 

O professor de psiquiatria e biociências da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS) Diogo Lara diz que o uso prolongado da substância pode atrofiar o cérebro. "O uso pontual causa alterações de percepção e suas relações podem estar afetadas por isso. O uso prolongado pode afetar o cérebro, gerando uma atrofia cerebral. O cérebro acaba ficando menor, mais encolhido", explica. 

A multa para estabelecimentos que forem flagrados vendendo quetamina sem receita pode chegar a R$ 1,5 milhão.

Fonte: G1

Acidente mata mulher de 27 anos em Camboriú. Adriana Tesck Inácio foi a única vítima fatal do acidente e era a passageira do banco de trás. As outras duas companheiras chegaram a ser conduzidas pelo Samu ao Hospital Municipal Ruth Cardoso, em Balneário Camboriú, e passavam bem.

A polícia suspeita que os dois carros envolvidos na colisão voltavam de uma casa noturna.
Um acidente envolvendo um Renault Logan e um Honda Civic provocou a morte de uma mulher de 27 anos, na manhã deste domingo. O acidente ocorreu por volta das 07h50min na rua Mamoré, no bairro Rio Pequeno, em Camboriú. A Polícia Militar (PM) suspeita que os passageiros dos dois carros voltavam de uma casa noturna, devido ao traje que as vítimas usavam.
Segundo informações preliminares da PM de Balneário Camboriú, a condutora do Logan teria tentado fazer uma manobra de retorno no meio da estrada, pegando de surpresa o motorista do Honda, que vinha logo atrás. Três mulheres, com idades entre 20 e 30 anos, estavam no veículo que foi atingido na lateral. 
Adriana Tesck Inácio foi a única vítima fatal do acidente e era a passageira do banco de trás. As outras duas companheiras chegaram a ser conduzidas pelo Samu ao Hospital Municipal Ruth Cardoso, em Balneário Camboriú, e passavam bem. 
— Tivemos a informação de que a jovem chegou ao hospital consciente, conversando, mas morreu no hospital por volta das 11h — contou o capitão da PM Ricardo Sartori.
De acordo com o capitão, nenhum dos cinco passageiros do Honda Civic sofreu lesões. O motorista não tinha sinais de embriaguez, por isso não foi necessário passar pelo teste do bafômetro. A condutora do outro veículo não chegou a fazer o teste porque havia sido levada ao hospital.

O SOL DIÁRIO

Fim de semana com SETE MORTES em acidentes nas rodovias de SC. Os acidentes registrados sábado e domingo foram em Mafra(2), Fpólis, Capão Alto, Blumenau, Cordilheira Alta e Pinhalzinho.


O primeiro foi sábado na BR 282 em Cordilheira Alta. Colisão de carreta de Crissiumal-RS e Kadett de Xanxerê matou Leomar Fávero Jaboinski de 24 anos.

O segundo foi na BR 116 em Capão Alto. Atropelamento de pedestre envolvendo veículo não identificado e o pedestre Hermes José Macedo de Farias de 58 anos que foi a vítima fatal.


O terceiro foi na BR 470 em Blumenau. Colisão lateral de Scènic de Joinville e carreta Mercedes Benz de Juquitiba-SP matou Ricardo José Correa de Carvalho de 32 anos de Joinville.

O quarto foi na BR 282 em Pinhalzinho. Saída de pista e capotamento de Mitsubishi Eclipse de Anchieta matou Dejanir Antônio Bender de 39 anos de Caibí.

O quinto foi na BR 116 em Mafra. Colisão de carreta de Cerro Largo-RS e Santana de Itaiópolis matou Ayrton Schelbauer de 81 anos e Geraldo Muller de 67 anos.


E hoje de madrugada na SC 401 em Fpólis atropelamento de pedestre envolveu Ford Courier da capital e pedestre não identificado até hoje de manhã.


PRF SC e PRMv SC
Probst Press

Osteoporose pode fazer os dentes caírem depois dos 40 anos




A osteoporose pode agravar uma doença periodontal, mas nunca ser a causadora direta da queda dos dentes 

Foto: hxdbzxy / Shutterstock

A osteoporose é uma doença que se caracteriza pela perda de massa óssea, que acaba por deixar os ossos extremamente frágeis, facilitando as fraturas. Essa doença atinge mais mulheres a partir dos 40 anos, quando há a queda do hormônio estrogênio por conta da menopausa. 

Ocorre que é comum que a osteoporose acabe prejudicando a saúde bucal. “A gengiva pode ser afetada, pois ela reveste o osso ao redor dos dentes que está se tornando cada vez mais frágil”, explicou o periodontista Mario Eduardo Lopes. 

Porém, o especialista explica que o caminho pode ser inverso. Quando o paciente tem uma doença periodontal (inflamação na gengiva) há um processo inflamatório instalado no organismo. Essa inflamação, por sua vez, libera substâncias que causam a osteopenia, que se caracteriza, entre outras coisas, pela diminuição da massa óssea ao redor do dente. Para entender melhor, a osteopenia é um alerta indicando a diminuição desta massa óssea que pode levar ao desenvolvimento de osteoporose.

“Quando um paciente chega ao meu consultório dizendo que está com os dentes moles e culpa a osteoporose por isso, logo explico que ele pode estar errado. Após algumas analises, constatamos que os dentes moles estão sendo causados, na maioria das vezes, por uma periodontite avançada”, diz Lopes. 


Ou seja, “a osteoporose pode agravar uma doença periodontal, mas nunca ser a causadora direta da queda dos dentes”, afirma o especialista que ressalta, ainda, a importância de o paciente informar ao dentista que tem osteoporose. 

Uma forma de prevenir a doença é optar por uma vida saudável com alimentação balanceada (rica em cálcio), controle de peso, exposição ao sol e a prática de exercícios físicos. Já para prevenir a periodontite é fundamental que se tenha uma higiene bucal impecável com o uso de fio dental e limpadores de língua. 

TERRA

Médicos baixam índice de glicose aceitável para evitar doenças em pré-diabéticos. Em 15 anos o índice do pré-diabetes caiu de 140 para 99; ao entrar nessa faixa, rim e olhos já podem sofrer lesões.

Getty Images 
Mudança de hábitos pode dificultar a progressão da doença ou até mesmo revertê-laParece exagero o valor de referência do pré-diabetes cair, dentro de 15 anos, de 140 para 99. Mas não é. Estudos mostraram que o organismo já começa a ser lesado quando a glicose em jejum passa de 99 e o resultado da hemoglobina glicada, hoje considerado o teste mais fidedigno do diabetes, vai além de 5,7%. O sofrimento dos tecidos é silencioso, mas os rins já começam a ter alterações e elevam-se os riscos de problemas nos microvasos da retina, o que pode levar à perda de visão total.

Como forma de prevenção e não por "terrorismo médico", os valores de referência baixaram. O endocrinologista do Hospital Villa-Lobos Vinicius Eduardo D’Andrea explica que esses valores servem para nortear um tratamento e estipular o ponto de corte para começar os cuidados. Segundo ele, o estudo UPKDS, feito na Grã-Bretanha durante 20 anos, mostrou o surgimento de doenças em quem apresentava glicose a partir de 99 - o que na época não era considerado pré-diabetes - e norteou a decisão de baixar esses valores de referência. 

Muita calma nessa hora

Apesar do perigo, quem recebe a notícia de que está com pré-diabetes não precisa se desesperar. Nessa fase, felizmente, não é preciso usar medicamentos, apenas mudar os hábitos de vida. O recomendável é trocar carboidratos simples por integrais (eles retardam a absorção de açúcar no organismo), fazer exercícios físicos e, em casos de sobrepeso ou obesidade, emagrecer.

No Brasil, mais da metade da população está em sobrepeso (IMC de 25 a 30) ou obesa (IMC superior a 30), o que leva a um aumento da doença, explica Airton Goldbert, endocrinologista membro da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia. Por isso, mesmo que o diabetes esteja sendo diagnosticado precocemente, os casos não param de crescer.


Exame da hemoglobina glicada


É possível que alguém já tenha tentado abrir o próprio exame de diagnóstico de diabetes e tenha ficado confuso. Pode acontecer de a glicemia em jejum estar dentro dos padrões, mas a hemoglobina glicada não, configurando o pré-diabetes ou diabetes. Mas como isso acontece?
O exame de sangue que indica os valores da hemoglobina glicada é o padrão-ouro em diagnóstico. “A glicemia em jejum é uma ‘fotografia do momento’, a hemoglobina glicada é como um vídeo, que mostra o comportamento ao longo de três meses”, explica o endocrinologista Fadlo Fraige Filho. Dessa forma, aquela clássica dieta que muitos fazem uma semana antes do exame não vai alterar em nada no diagnóstico do diabetes, já que a avaliação da hemoglobina glicada tem o histórico dos últimos 3 meses. 
Devido à importância do assunto, Fraige Filho prefere chamar a pré-diabetes como "início da doença." "Essa terminologia 'pré' se entende como situação prévia. Se sou pré, eu não sou. É uma terminologia inadequada. Prefiro chamar isso de início da doença porque já podem aparecer sintomas." 


I G

Depilação pode aumentar risco de DSTs, apontam estudos

Para milhares de mulheres ao redor do planeta, a depilação nas partes íntimas faz parte da rotina de beleza. Mas especialistas afirmam que o procedimento pode trazer riscos à saúde. As informações são do Daily Mail.

Uma recente revisão de estudos, publicada no jornal JAMA Dermatology, mostrou que a prática pode estar relacionada a um maior risco de contrair Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs). As evidências mostram que o ato de remover os pelos pubianos pode causar déficits na barreira mucocutânea, uma membrana da pele, o que facilita a entrada de vírus ou bactérias no corpo. Além disso, a prática pode causar microtraumas na região, aumentando os riscos de desenvolver foliculite, infecções e até queimaduras.

Os estudos também revelam que a depilação da região íntima é cada vez mais comum entre as mulheres. Nos Estados Unidos, por exemplo, a maioria recorre ao procedimento por motivos sexuais, mas abandona o método quando está sem um parceiro fixo. Especialistas afirmam que, devido à popularida da depilação, os adeptos da prática deveriam se informar sobre as potenciais complicações dermatológicas. “Indivíduos que depilam seus pelos pubianos deveriam ser informados sobre os possíveis riscos e talvez serem advertidos para se absterem de atividade sexual por um certo período de tempo após a depilação”, dizem as conclusões.

No entanto, estudos anteriores já demonstraram que o procedimento pode, ao invés de aumentar o risco de DSTs, prevenir algumas infecções e, inclusive, erradicar os piolhos púbicos. Cientistas australianos notaram que as principais clínicas de saúde sexual de Sydney não registra casos de piolho púbico em mulheres desde 2008, e os casos em homens caíram de 80% para 100% há uma década. “Sem dúvidas, é melhor higienizar a área”, finaliza Basil Donovan, da University of New South Wales's Kirby Institute. 


TERRA

Mulheres admitem que ficam chatas durante dieta, diz estudo

Uma em cada duas mulheres admite se tornar "a chata da comida” enquanto faz dieta, mostra um estudo divulgado pelo site do jornal britânico Daily Mail.
Os pesquisadores descobriram que mais da metade das mulheres assume ficar atenta às calorias, quantidade de açúcar e riscos à saúde de certos alimentos. Além disso, uma em cada quatro admite que faz uma verdadeira “pregação” para as amigas sobre as consequências e benefícios de alguns itens. Surpreendentemente, 41% das mulheres afirmaram que pararam de comer algo depois que "a chata da comida” a alertou para mudar a dieta.

Um porta-voz da The Simply Great Drinks Company, que encomendou a pesquisa, afirma que “nos tornamos uma nação obcecada por dieta e por falar sobre isso”. “Claro que todos queremos parecer bonitos e nos sentir bem, mas podemos alcançar isso sem adotar regimes insustentáveis, que nos transformam na ‘chata da comida’”, afirma a porta-voz, que complementa que comer tudo com moderação é a chave para uma vida saudável. 

O doutor Christian Jessen, que está por trás da campanha “Be Simply Great”, reitera que de um modo geral as dietas exigem muitos sacrifícios e uma mudança muito radical de vida. “Então é natural que isso se torne um grande assunto nas conversas”, pontua. “No entanto, optar por uma mudança sustentável no lugar das dietas é melhor a longo prazo”, completa. O estudo, feito com 2 mil mulheres, mostrou que oito em cada 10 gastam mais tempo do que o usual conversando sobre comida enquanto estão de dieta. Além disso, 56% afirmam se tornar completas “chatas da comida”.


Seis em cada 10 dizem que a dieta toma conta da vida e quase três quartos afirmam que concentram todos seus esforços em comida, a fim de manter o regime. Mais de uma em cinco também já foi acusada por amigas de ter se tornado obcecada por dieta. O que elas têm cozinhado recentemente é o tópico mais popular nas conversações de mulheres em dieta, seguida pelo que elas têm comido e bebido e pela contagem de calorias.

Os alimentos e bebidas certos e o consumo de álcool, açúcar e gordura também dominam as conversas entre mulheres em dieta. Mas os constantes diálogos sobre comida podem ter um grande efeito nas amizades, com 35% delas afirmando evitar amigas que estão de regime porque sabem que elas vão fazê-las se sentir culpadas pelo que comem. Outros 45% não comem alimentos específicos na frente de quem está de dieta porque sabem o efeito que isso pode causar. 

Confira o 10 assuntos mais comuns entre mulheres em dieta

1. O que têm cozinhado recentemente
2. O que devem comer ou beber durante o dia
3. Calorias
4. Os alimentos certos e errados para consumir
5. Quantidade de álcool
6. Quantidade de gordura
7. Quantidade de açúcar
8. Riscos à saúde associados a diferentes alimentos e bebidas
9. Como deveriam estar fazendo uma dieta similar
10. Aditivos 

TERRA