1

1

Google+ Followers

domingo, 13 de julho de 2014

Dilma é alvo de vaias e ofensas ao entregar taça da Copa. A presidente Dilma Rousseff foi vaiada e ofendida com intensidade quando sua imagem surgiu nos telões do Maracanã, durante a entrega das premiações aos melhores da Copa do Mundo, neste domingo.

A presidente Dilma Rousseff foi vaiada e ofendida com intensidade quando sua imagem surgiu nos telões do Maracanã, durante a entrega das premiações aos melhores da Copa do Mundo, neste domingo. Durante e após a decisão do Mundial, ela foi hostilizada cinco vezes ao todo por parte do público que compareceu ao estádio. 

A manifestação se repetiu quando ela apareceu cumprimentando o técnico da Argentina, Alejandro Sabella e foi mais forte no momento em que Dilma entregou o troféu de campeão para o capitão do time alemão, Philipp Lahm. Nesse instante, as vaias se transformaram num cântico ofensivo à presidente. Ela ficou o troféu em mãos por apenas três segundos. 

Antes, quando os alemães recebiam apenas as medalhas pelo título, a euforia da torcida alemã abafou outras vaias à presidente. A música alta no estádio também ofuscou os apupos. Os telões evitaram mostrar a presidente sozinha em meio a outras autoridades, durante a cerimônia. 

Na abertura da Copa, no dia 12 de junho, Dilma ouviu vaias mais fortes e até xingamentos no Itaquerão, em São Paulo, antes e durante a partida da seleção brasileira contra a Croácia.

Fonte: ESTADÃO

Sábado e domingo com OITO MORTOS em acidentes nas rodovias de SC. Sábado de manhã na BR 116 em Itaiópolis quatro pessoas morreram em acidente. Domingo de madrugada acidentes com mortes em Cunha Porã e Blumenau.

Sábado de manhã na BR 116 em Itaiópolis quatro pessoas morreram em acidente. Domingo de madrugada acidentes com mortes em Cunha Porã e Blumenau.
Nas BRs 

Às 06h20min em Itaiópolis colisão envolveu veículo não identificado, Vectra de Papanduva e Peugeot de Rio Negrinho. Morreram Hilário Kohler, 42 anos, de Papanduva, Helio da Cruz, 62 anos, de Papanduva, Maria Inez Poma da Cruz, 60 anos, de Papanduva e Francisco Lucio Kotkoski, 33 anos, de Rio Negrinho. Três pessoas tiveram ferimentos graves.

Às 19h50min colisão transversal no km 122,9 da BR 470 em Ibirama. Envolvidos VW Jetta de Rio do Sul e Honda Fit de Rio do Sul de onde morreu Diogo Osvaldo Beber, 26 anos, de Rio do Sul. Edilson Hering, 37 anos, de Rio do Sul teve ferimentos leves.
Às 18h05min choque com objeto fixo ocorreu no km 354,6 da BR 282 em Campos Novos. Envolvido GM Sonic de Herval do Oeste dirigido por Marcio Brunetto, 26 anos, de Guaraciaba, óbito. Ele era gerente da empresa Auto Show em Campos Novos.
E saída de pista às 03h45min deste domingo, 13, ocorreu no km 597 da BR 282 em Cunha Porã.
Envolvido Honda Civic placas EIH 1098 de Pinhalzinho dirigido por Sérgio Prior de 32 anos, de Pinhalzinho, vítima fatal.

E nas SCs 

Por volta das 23h30min do dia 12 na SC 390 Km 386,300 no município de Bom Jardim da Serra ocorreu uma saída de pista seguida de capotamento envolvendo o veículo VW Gol de Araranguá, faleceu Valder Candido de 21 anos de idade, residente no município de Bom Jardim da Serra, ocupante do VW Gol.

E por volta das 05h30min do dia 13 na SC 108 Km 80,400 no município de Blumenau ocorreu um atropelamento da pedestre Avanilda Maria Travassos Santos. Envolvido um veículo ainda não identificado, que evadiu-se do local sem prestar socorro à vítima. 


PRF SC / PMRV SC / OSÉIAS INÁCIO 

Probst Press

Quanto a FIFA paga para cada seleção do Mundial ?

A Espanha e todas as demais seleções eliminadas na primeira fase ganham 17 milhões de reais cada.

Eliminados nas oitavas, 20 milhões, cada.

Eliminados nas quartas, 31 milhões, cada.

4° lugar ( Brasil ) 44 milhões de reais.

3° lugar ( Holanda ) 48 milhões.

2° lugar vai receber 55 milhões.

E o campeão, 77 milhões de reais.

YAHOO / ESPORTE INTERATIVO

Alemanha supera Argentina com golaço de Götze e é tetra

Com golaço do herói improvável Mario Gotze, que saiu do banco de reservas para se mostrar decisivo, a Alemanha conquistou o título da Copa do Mundo de 2014 neste domingo. Na prorrogação, depois de empate sem gols em jogo dividido entre o cansaço e a emoção, o jogador do Bayern de Munique marcou para definir a vitória por 1 a 0 sobre a Argentina no Maracanã, no Rio de Janeirio, e acabar um jejum de 24 anos para os alemães. De quebra, deu ainda alguma alegria aos brasileiros: em seu maior templo do futebol, viram o maior rival ser vice.
Assim, a Alemanha chega ao tetracampeonato, se igualando à Itália e ficando a uma conquista da Seleção Brasileira, única pentacampeã e maior vencedora. É a primeira vez que o time conquista o título desde a reunificação do país: os outros três foram ganhos como Alemanha Ocidental, em 1954, na Suíça; em 1974, na Alemanha; e em 1990, na Itália.
publicidade
A Argentina de Messi lutou até o final, mas essencialmente se defendeu no gramado do Maracanã, mostrando muito perigo nos contra-ataques. O camisa 10 teve momentos de brilho, mas passou longe de ser protagonista. A Alemanha, como de costume, sequer teve candidatos ao protagonismo: fez jogo coerente, equilibrado, seguro e praticamente eficiente. Com isso, se sagrou campeã mundial no Brasil.
TERRA 

Paixão argentina x frieza alemã: qual delas vencerá em campo?

Torcedores das duas seleções que moram em Santa Catarina defendem suas camisas
Foto: Divulgação / Adidas

Julimar Pivatto e Erich Casagrande

De um lado, um time regido por força, garra e uma paixão maior que a maestria de Messi. A Argentina joga com o sangue quente, como disse o torcedor Carlos Daniel. Um grupo unido na busca pelo tricampeonato. Do outro lado, uma equipe quase perfeita. Metódica e disciplinada, praticamente sem falhas, que tem buscado o tetra com uma obstinação avassaladora. A alma fria e precisa dos alemães é o que encanta o torcedor Jorge Müller. Estilos diferentes, que se enfrentarão neste domingo.
Carlos Daniel Casado não fica sentado por mais de meio minuto durante um jogo da Argentina. Ele levanta, caminha, toma um gole de cerveja, xinga, berra. E não se conforma com o silêncio dos demais.

DIÁRIO CATARINENSE

Sábado e domingo com OITO MORTOS em acidentes nas rodovias de SC. Sábado de manhã na BR 116 em Itaiópolis quatro pessoas morreram em acidente. Domingo de madrugada acidentes com mortes em Cunha Porã e Blumenau.

Sábado de manhã na BR 116 em Itaiópolis quatro pessoas morreram em acidente. Domingo de madrugada acidentes com mortes em Cunha Porã e Blumenau.
Nas BRs 
Às 06h20min em Itaiópolis colisão envolveu veículo não identificado, Vectra de Papanduva e Peugeot de Rio Negrinho. Morreram Hilário Kohler, 42 anos, de Papanduva, Helio da Cruz, 62 anos, de Papanduva, Maria Inez Poma da Cruz, 60 anos, de Papanduva e Francisco Lucio Kotkoski, 33 anos, de Rio Negrinho. Três pessoas tiveram ferimentos graves.

Às 19h50min colisão transversal no km 122,9 da BR 470 em Ibirama. Envolvidos VW Jetta de Rio do Sul e Honda Fit de Rio do Sul de onde morreu Diogo Osvaldo Beber, 26 anos, de Rio do Sul. Edilson Hering, 37 anos, de Rio do Sul teve ferimentos leves.

Às 18h05min choque com objeto fixo ocorreu no km 354,6 da BR 282 em Campos Novos. Envolvido GM Sonic de Herval do Oeste dirigido por Marcio Brunetto, 26 anos, de Guaraciaba, óbito.

E saída de pista às 03h45min deste domingo, 13, ocorreu no km 597 da BR 282 em Cunha Porã.
Envolvido Honda Civic placas EIH 1098 de Pinhalzinho dirigido por Sérgio Prior de 32 anos, de Pinhalzinho, vítima fatal.

E nas SCs 

Por volta das 23h30min do dia 12 na SC 390 Km 386,300 no município de Bom Jardim da Serra ocorreu uma saída de pista seguida de capotamento envolvendo o veículo VW Gol de Araranguá, faleceu Valder Candido de 21 anos de idade, residente no município de Bom Jardim da Serra, ocupante do VW Gol.

E por volta das 05h30min do dia 13 na SC 108 Km 80,400 no município de Blumenau ocorreu um atropelamento de pedestre ainda não identificada. Envolvido um veículo ainda não identificado, que evadiu-se do local sem prestar socorro à vítima. 


PRF SC e PMRV SC
Probst Press

Saiba o nome real de 15 famosos dos programas de auditório da TV brasileira . Porque há pessoas que conhecemos pela televisão há muitos anos, mas nem mesmo sabemos seus nomes reais.

Saiba o nome real de 15 famosos dos programas de auditório da TV brasileira .
Porque há pessoas que conhecemos pela televisão há muitos anos, mas nem mesmo sabemos seus nomes reais.
Fonte da imagem: MegaCurioso
Sabe aquele amigo antigo que você nunca chama pelo nome? Ou aquele conhecido que você só conhece pelo apelido e não faz ideia de qual é seu nome de batismo? Pois então, às vezes é curioso que a gente passe por situações como essa, mas é ainda mais curioso quando pensamos que há várias personalidades da TV achamos saber quem são há anos, mas nem mesmo sabemos seus nomes reais. 

Preparamos um lista com várias dessas pessoas que entram em sua casa através da telinha há muito tempo, mas que você provavelmente nem desconfiava de como elas se chamam. Dá uma olhada. 
1. Faustão 
O ex-gordinho que toma conta da programação de fim de tarde da Globo se chama na verdade Fausto Corrêa da Silva. 

2. Liminha 
O animador de plateia e assistente de palco do Silvio Santos — e de vários outros programas clássicos do SBT, como o Domingo Legal, se chama Ailton Sampaio Lima. 

3. Mara Maravilha 
Antes de se tornar cantora gospel, Mara Maravilha foi apresentadora do Show Maravilha e seu nome de registro é Eliemary Silva da Silveira 

4. Caçulinha 
Conhecido por sua atuação atrás do teclado, fazendo jingles durante o Domingão do Faustão, o Caçulinha se chama Rubens Antônio da Silva. 

5. Roque 
O velho companheiro de palco do “Patrão” no SBT, na verdade, não tem exatamente um apelido, mas é conhecido por seu sobrenome. Roque se chama Gonçalo Roque. 

6. Lombardi 
A mesma coisa vale para a lendária voz por trás dos programas do Silvio Santos. O Lombardi, que já não está mais entre nós desde 2009, se chamava Luís Lombardi Neto. 

7. Marcelo Tas 
O querido Professor Tibúrcio do Rá-Tim-Bum, Telekid do Castelo Rá-Tim-Bum e apresentador do CQC se chama Marcelo Tristão Athayde de Souza 

8. Santos 
O humorista “narigudo” e sem noção do Programa do Ratinho se chama Iran Ferreira Thieme. 

9. Xuxa 
Há poucos que não sabem disso, mas o nome verdadeiro “Rainha dos Baixinhos” é Maria da Graça Meneghel 

10. Sombra 
Uma das personalidades mais misteriosas da TV, o Sombra sempre se manteve escondido, mostrando apenas sua silhueta durante o Programa do Ratinho. O seu nome, porém, não vai ficar mais em oculto: ele se chama Alvino Soares 

11. Ratinho 
Conhecido desde sempre assim, o apresentador Ratinho tem esse apelido desde que era criança. Seu nome verdadeiro é Carlos Roberto Massa. 

12. Chacrinha 
Apresentador de um dos programas mais populares da TV brasileira durante os anos 70 e 80, o Chacrinha se chamava José Abelardo Barbosa de Medeiros. 

13. Louro José 
Sabe o famoso papagaio que há vários anos acompanha a apresentadora Ana Maria Braga? Pois a pessoa que dá voz ao fiel escudeiro da loirinha se chama Tom Veiga. 

14. Silvio Santos 
O grande mestre dos programas de auditório, reconhecido em todo Brasil e motivo de divertimento até os dias de hoje, se chama Senor Abravanel. 

15. Vovó Mafalda 
Diferentemente do Bozo, que foi interpretado por mais de uma pessoa (sendo a mais conhecida Arlindo Barreto), a Vovó Mafalda dos anos 80 e 90, palhaça que foi dividiu palco com “O Maior Palhaço do Mundo” e apresentou a Sessão Desenho, foi encarnada por apenas um ator, Valentino Guzzo — pai da cantora Beth Guzzo e falecido em 1998. 

http://www.megacurioso.com.br/televisao/44859-saiba-o-nome-real-de-15-famosos-dos-programas-de-auditorio-da-tv-brasileira.htm?

Jogadores brasileiros saem atônitos após nova derrota.

Depois de mais uma derrota da seleção brasileira, desta vez para a Holanda, por 3 a 0, na decisão do terceiro lugar da Copa do Mundo, todos tentam encontrar explicações pelo vexame dado pelo Brasil em casa. Mas os próprios jogadores brasileiros não têm ideia do que aconteceu com a equipe, que levou 10 gols nos últimos 180 minutos de jogo no Mundial. 
“Agora não consigo nem responder. É triste em dois jogos decisivos, a gente tomar de 7 a 1, não tem explicação um resultado desse. Depois a gente queria ganhar para limpar um pouco a vergonha do último jogo e agora aconteceu isso. Temos de levantar a cabeça, pedir desculpa”, disse Hulk, na saída do campo. 
O volante Ramires, escalado como titular pelo técnico Luiz Felipe Scolari, também não sabe explicar o vexame brasileiro. “Sai meio perdido, né? Porque a gente teve outras oportunidade de terminar a Copa bem, melhorar. A gente não esperava os sete (gols). As coisas aconteceram. Agora está todo mundo triste. Não tem muito o que falar”, disse, atônito. 
O jogador do Chelsea também fez questão de se desculpar pelas derrotas. “Vai marcar a gente para o resto de nossas vidas. A gente tem que procurar levantar a cabeça, procurar forças nos nossos familiares. A gente pede desculpas para o povo brasileiro, que apoiou até hoje. A gente fica decepcionado por ter acabado dessa maneira.” 
Já o capitão Thiago Silva falou em frustração depois de uma nova derrota. “A gente sonhou com este momento, passei noites sem dormir e acabar dessa forma. A gente não merecia esse final da forma que foi. A gente tem que pedir desculpa. Vaiaram no final, mas também tem sentimento, né?”, comentou, citando a reação da torcida ao fim do jogo.
http://www.emresumo.com.br/tag/breaking

Câmara aprova projeto de Lei que exige ”ambulâncias” em locais de grande público.

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei 5088/13, do deputado Onofre Santo Agostini (PSD-SC), que torna obrigatória a permanência de ambulância e de profissional da área da saúde em lugares com grandes aglomerações – eventos, aeroportos, estádios e rodoviárias – para socorro imediato das vítimas. A proposta foi aprovada em caráter conclusivo e seguirá para análise do Senado, exceto se houver recursos para que seja examinada antes pelo Plenário da Câmara. Segundo o relator, deputado Felipe Bornier (PSD-RJ), a chance de a vítima se recuperar sem sequelas aumenta em 50% quando o atendimento ocorre na “hora de ouro” – termo usado por médicos e socorristas para se referir à primeira hora após o acidente. Nos casos em que o atendimento ocorre nas três horas após o acidente, a chance de recuperação cai para 14%. Para o deputado, o socorro feito na hora de ouro é eficaz para salvar vidas, “principalmente em eventos de grande público, como as comemorações na Copa e nas Olimpíadas de 2016”. Bornier lembra que, apesar de o direito à saúde estar previsto na Constituição, a presença de ambulâncias em grandes eventos atualmente não é obrigatória. O deputado argumenta que a proposta “modifica essa situação, porque organiza e direciona as ambulâncias para locais que são também focos de conflitos”. 
 
Blog Marcos Frahm