1

1

Google+ Followers

sábado, 28 de junho de 2014

NANISMO E GIGANTISMO.

Nanismo
O nanismo faz o corpo crescer menos que o normal. Isso porque ocorre um crescimento esquelético anormal, que geralmente resulta em um adulto de baixa estatura, muito inferior ao da média populacional. Existe dois tipos de nanismo.
Acondroplasia ou deficiência dos anões: Normalmente, essas pessoas têm menos de 1,50 metros de altura, o seu corpo é desproporcional, com braços e pernas curtos e a cabeça aparentemente maior me relação às outras partes. A acondroplasia tem causa genética, ou seja, é passada de pais para os filhos. Pais anões podem ter tanto filhos anões como normais. Não há tratamento para essa deficiência. O que podemos fazer é deixar o mundo, o quanto possível, adaptado para essas pessoas. Com medidas fáceis, como utilizar nas construções o conceito do desenho Universal, as coisas serão acessíveis para anões, crianças, cadeirantes e etc.
Nanismo pituitário: O nanismo pituitário gera baixa estatura, porém o corpo é proporcional. Adultos com esse tipo de nanismo chega a medir 1,50m, pode causar atraso no desenvolvimento sexual nos adolescentes, recebe esse nome por ser causado por um problema na glândula pituitária, também conhecida como hipófise responsável pela produção do hormônio do crescimento.

Gigantismo
O Gigantismo é a secreção excessiva do hormônio de crescimento durante a infância, antes do fechamento das placas de crescimento ósseo. O excesso desse hormônio provoca o crescimento exagerado dos ossos longos (braços, pernas e tronco) e estatura muito alta. Na maioria dos casos, o gigantismo é causado por um tumor benigno naglândula pituitária, mas também pode estar associado à outras causas. Quando o excesso de produção do hormônio do crescimento acontece depois que a fase normal de crescimento parou, a doença é conhecida como acromegalia.
O gigantismo é extremamente raro, mas os indivíduos que sofrem da doença chegam a medir de 2,40m a 2,70m. O crescimento vertical que marca o gigantismo também é acompanhado pelo crescimento dos músculos e órgãos, o que faz a criança ser extremamente larga para a idade. O distúrbio também pode atrasar a puberdade e debilitar as funções sexuais.

Fontes:
http://www.tuasaude.com/nanismo/
http://www.alunosonline.com.br/biologia/nanismo.html
http://saude.hsw.uol.com.br/gigantismo.htm
Ciranda das Diferenças
http://criancarteira.blogspot.com.br/search/label/Vamos%20pensar%20na%20inclus%C3%A3o%3F

TRANSTORNO DE DÉFICIT DE ATENÇÃO. Transtorno de Déficit da Atenção com Hiperatividade (TDAH).

Transtorno de Déficit da Atenção com Hiperatividade (TDAH).
O Transtorno e deficit da atenção com hiperatividae (TDAH) é um transtorno neurológico, de causas genéticas, que aparece na infânciae frequentemente acompanha o indivíduo por toda a sua vida. Ele se caracteriza por sintomas de desatenção, inquietude e impulsividade.
A prática tem mostrado que 3% a 5% das crianças em idade escolar poem ser incluídas nesse diagnóstico.
O TDAH se caracteriza por uma ombinação de dois tipos e sintomas:
Desatenção;
hiperativiade - impulsividade;
O TDAH na infancia, em geral, associa-se a dificuldades na escola e no relacionamento com as demais crianças, pais e professores. As crianças são tidas como "avoadas", "vivendo no mundo da lua" e geralmente, "estabanadas" e com "bicho carpinteiro" ou "ligados na tomada" (isto é, não param quietas por muito tempo). Os meninos tendem a ter mais sintomas de hiperatividae e impulsividade que as meninas, mas todos são desatentos. Crianças e adolescentes com TDAH podem apresentar mais problemas de comportamento, como dificuldades em obedecer regras e limites. Isso não quer dizer que todas as pessoas agitadas têm esse transtorno, o diagnóstico deve ser feito com muita cautela, por profissionais especializados.
Fontes: Ciranda das Diferenças 
http://criancarteira.blogspot.com.br/search/label/Vamos%20pensar%20na%20inclus%C3%A3o%3F

BAIXA VISÃO X CEGUEIRA.

Baixa visão e cegueira

A visão é a nossa principal experiência sensorial. O cérebro humano é muito mais usado para a visão do que para qualquer outro sentido. É por meio da visão que adquirimos masi da metade dos conhecimentos a respeito do mundo que nos cerca.
Estima-se que 2% das pessoas apresentam defíciência visual. Isso, representado na realidade escolar, demonstra que a chance de termos um aluno com deficiência visual é muito grande.
Dividiremos essa defici~encia em dois grupos devido as diferenças entre elas: Baixa visão e cegueira. a estimativa é de que entre 1,7 milhão e pessoas apresentam uma deficiencia visual, sendo 20% apresentam cegueira e 80% baixa visão.


Baixa Visão
A baixa visão é a alteração significativa da capacidade funcional da visão decorrente de fatores isolados ou associados, como baixa acuidade visual significativa, redução importante do campo visual, alteração para visão de cores (daltonismo) e sensibilidade aos contrastes que interferem ou limitam o desempenho visual.
Uma pessoa com baixa visão precisa e ajuda especializada para ter as mesmas oportunidades de todos. isso mitas vezes pode ser resolvido com óculos apropriados.


Cegueira
A cegueira trata-se da perda total da visão que pode ser causado por inúmeros fatores, tais como traumas oculares ou patologias oftalmológicas que se agravem por falta de tratamento adequado ou gravidade da doença ocular. A cegueira pode ser congênita ou adquirida ao longo da vida do indivíduo. O dano que impede a pessoa de enxergar pode ser causado no nascimento, ainda durante a gestação ou em algum momento ao longo da vida da pessoa cega. Esta é uma deficiência que pode influenciar diretamente no dia a dia do paciente que terá de se adaptar ao mundo que vive sem este importante sentido.


Fontes:
http://criancarteira.blogspot.com.br/search/label/Vamos%20pensar%20na%20inclus%C3%A3o%3F

DEFICIÊNCIA AUDITIVA, SURDEZ E LIBRAS.

Deficiencia Auditiva, Surdez e LIBRAS

Segundo a Censo de 2000, existem no Brasil cerca de 5,7 milhões de deficientes auditivos, ou seja, 2%da população são pessoas com perdas auditivas.
É através da audição que conseguimos identificar e reconhecer sons do ambiente, além de podermos nos comunicar com nossos semelhantes.
Algumas pessoas com surdez se comunicam de forma diferente da maioria, usando a Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS), outros conseguem se comunicar de forma oral. Tudo vai depender de vários fatores, entre eles, grau a perda auditiva, o diagnóstico precoce, o apoio da família, o uso e bons aparelhos de amplificação sonora individual, a terapia fonoaudiológica, um bom resíduo de audição e muita, muita força de vontade.
A língua de sinais é uma língua universal e aqui no Brasil é usada a Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS). Ela é uma língua visiomotora (relação entre o comando dos olhos e a cooperação, no caso, as mãos) epossui regras gramaticais próprias, com todos os componentes pertinentes às línguas orais, como gramática, semantica, sintaxe e outros elementos que preenchem todos os requisitos científicos para ser considerada um instrumento linguístico.
Algumas crianças surdas têm a possibilidade de adquirir e desenvolver a linguagem oral, utilizando a fala para se comunicar. Outras, por características pessoais e também em decorrência do ambiente familiar em que cresceram, apresentam língua oral mínima e utilizam-se de outras de outras formas de comunicação, como os sinais. O mais importante de tudo isso é entendermosque cada caso deve ser estudado individualmente no que se refere à melhor forma de comunicação que a criança utilizará. Vários fatores devem ser levados em conta: a idade da criança na época do diagnóstico, bom uso do resíduo auditivo (o quanto a criança ouve), uso do aparelho, dados da família, características do seu comportamento entre outros.
É necessário entender que precisamos de uma língua que estrutura nosso pensamento e, quanto antes a criança tiver acesso a esta língua, melhor será seu desenvolvimento.

Fonte: Ciranda das Diferenças
DISPONÍVEL EM:http://criancarteira.blogspot.com.br/search/label/Vamos%20pensar%20na%20inclus%C3%A3o%3F

DEFICIÊNCIA FÍSICA POR LESÃO MEDULAR.

Deficiência Física por lesão medular
A lesão medular pode ocorrer em diversas partes da coluna, de diferentes formas e por diferentes causas. Conforme a parte afetada da medula e a gravidadea lesão, haverá mais ou menos comprometimento de movimentos, de sensibilidade, de controle de esfíncteres, de funcionamento dos órgãos, de circulação sanguinea e de controle de temperatura, pois além da lesão na medula, pode ocorrer também uma lesão no sistem nervoso.
A lesão ocorre devido à morte dos neurônios da medula ou à quebra de comunicação entre os axônios oriundos do cérebro e suas conexões com os neurônios da medula. Portanto, há uma interrupção da comunicação entre o cérebro e todas as partes do corpo que ficam abaixo da lesão.
De acordo com a Sociedade de Estudos da Lesão Medular, a cada ano ocorrem nove mil novos casos de lesão da medula espinhal no Brasil devido a traumas, acidentes, vírus, trombose, entre outros. O problema ocorre masi frequentemente na população masculina, numa proporção de 5 homens afetados para cada mulher.

Fonte: Ciranda das Diferenças
DISPONÍVEL EM: http://criancarteira.blogspot.com.br/search/label/Vamos%20pensar%20na%20inclus%C3%A3o%3F

Capivaras nadam em rua alagada do Centro de Rio do Sul, no Vale do Itajaí. Um bando de capivaras foi flagrado em uma rua alagada do Centro de Rio do Sul na tarde deste sábado (28). A chuva forte atinge principalmente o Oeste de Santa Catarina, onde 12 cidades decretaram situação de emergência até as 15h, conforme a Defesa Civil estadual.

Um bando de capivaras foi flagrado em uma rua alagada do Centro de Rio do Sul na tarde deste sábado (28). A chuva forte atinge principalmente o Oeste de Santa Catarina, onde 12 cidades decretaram situação de emergência até as 15h, conforme a Defesa Civil estadual. Porém, durante o dia, Rio do Sul e outras cidades do Vale do Itajaí começaram a registrar prejuízos. Em todo o estado, ao menos 1,6 mil pessoas permanecem desabrigadas ou desalojadas em 32 municípios afetados. 

O registro das capivaras foi feito na Rua Coelho Neto, próximo à Prefeitura do município. Conforme a assessoria de imprensa da cidade, o número de capivaras na região é elevado nas margens dos três rios. Porém, com as cheias, elas possivelmente buscam um local seguro e por isso foram vistas no Centro. 

Segundo o diretor de de Respostas a Desastres da Defesa Civil Santa Catarina, James Rides, a situação na cidade de Rio do Sul começa a preocupar. "O Rio Itajaí-Açu, que corta Rio do Sul, já está com mais de 9 metros de altura e invadiu diversos bairros. São feitas manobras nas barragens para controlar a vazão de água", afirmou. 

De acordo com a Prefeitura, na últimas 24 horas a chuva se intensificou chegando ao acumulado de 44 mm de precipitação. Famílias começaram a ser removidas com maior intensidade às 5h da madrugada deste sábado. Cerca de 258 pessoas foram levadas a sete abrigos públicos. Mais de 10 bairros da cidade foram afetados pelas águas e a Defesa Civil orienta a população que vive em áreas de até 10 metros de altitude a saírem de suas casas. 


Fonte: G1

Reciclar é transformar...



(clique na imagem para ampliar)
http://aprenderecia.blogspot.com.br/2008/09/reciclar-transformar_28.html

Agora é lei, quem trabalha com moto terá adicional de 30%.

A presidente Dilma Rousseff sancionou nesta quarta-feira (18), em cerimônia no Palácio do Planalto, lei que inclui a atividade de quem trabalha com motocicleta no rol de profissões consideradas perigosas pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Com a sanção, os motociclistas terão direito a adicional de 30% sobre o salário por periculosidade. Segundo a Secretaria Geral da Presidência, a lei vai abranger as profissões de mototaxista, motoboy, motofrete e serviço comunitário de rua. O texto a ser sancionado pela presidente Dilma deverá ser publicado na edição do "Diário Oficial da União" desta sexta (20) e vai especificar a partir de quando as regras passarão a valer. O projeto foi aprovado pelo Senado em 28 de maio e garante os direitos a quem trabalha com motocicleta. De acordo com o Ministério da Saúde, o número de mortes em acidentes de trânsito com motos no Brasil aumentou 263,5% entre 2001 e 2011. Segundo dados do Sistema de Informações de Mortalidade (SIM), foram 11.268 mortes no país em 2011 e 3.100 em 2001.
http://ocamacanzinhonoticias.blogspot.com.br/2014/06/agora-e-lei-quem-trabalha-com-moto-tera.html

Abono para quem ganha até 2 salários mínimos começa a ser pago em julho 2014.

Os trabalhadores com carteira assinada que recebem até dois salários mínimos terão um dinheiro extra a partir de julho, com o pagamento do abono anual do Programa de Integração Social (PIS) e do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep). O valor é um salário mínimo (atualmente em R$ 724), pago uma vez ao ano. Têm direito ao benefício os trabalhadores cadastrados no PIS-Pasep há pelo menos cinco anos e que tenham recebido, em média, até dois salários mínimos nos meses trabalhados. 
O abono pode ser sacado nas agências da Caixa Econômica Federal. O trabalhador deve apresentar carteira de identidade, carteira de trabalho ou o cartão do PIS-Pasep. Quem tiver o Cartão Cidadão com senha cadastrada também pode fazer o saque em casas lotéricas, caixas de auto-atendimento e postos do Caixa Aqui. O dinheiro deve ser sacado, no máximo, até 30 de junho do ano que vem. Quem não retirar o pagamento perde o benefício. Para quem é cliente da Caixa, o valor será depositado diretamente na conta-corrente nas seguintes datas: 15 de julho (para os nascidos em julho, agosto e setembro), 14 de agosto (para nascidos em outubro, novembro e dezembro), 16 de setembro (nascidos em janeiro, fevereiro e março) e 14 de outubro (nascidos em abril, maio e junho). 

O calendário de pagamento do benefício foi publicado nesta segunda-feira (23) no Diário Oficial da União.
Confira o calendário de pagamento do abono salarial

Aniversário em julho Pagamento do benefício no dia 15 de julho 

Aniversário em agosto Pagamento do benefício no dia 22 de julho 

Aniversário em setembro Pagamento do benefício no dia 31 de julho 

Aniversário em outubro Pagamento do benefício no dia 14 de agosto 

Aniversário em novembro Pagamento do benefício no dia 21 de agosto 

Aniversário em dezembro Pagamento do benefício no dia 28 de agosto 

Aniversário em janeiro Pagamento do benefício no dia 16 de setembro 

Aniversário em fevereiro Pagamento do benefício no dia 23 de setembro 

Aniversário em março Pagamento do benefício no dia 30 de setembro 

Aniversário em abril Pagamento do benefício no dia 14 de outubro 

Aniversário em maio Pagamento do benefício no dia 21 de outubro 

Aniversário em junho Pagamento do benefício no dia 31 de outubro

Servidores públicos concursados recebem no Banco do Brasil Para os servidores públicos concursados, o benefício pode ser sacado nas agências do Banco do Brasil. O pagamento será feito nas seguintes datas: 15 de julho para os beneficiários com final de inscrição 0 e 1; 14 de agosto (finais 2 e 3); 16 de setembro (finais 4 e 5); e 14 de outubro (finais 6, 7, 8 e 9). Os clientes do banco terão o benefício depositado automaticamente.

http://ocamacanzinhonoticias.blogspot.com.br/2014/06/abono-para-quem-ganha-ate-2-salarios.html

Jovem que ja foi internado 70 vezes por uso de crack é esfaqueada nas ruas de Belo Horizonte.

Primeira dependente química a ser internada compulsoriamente para tratar o vício em Minas, Carolina Moreira Alves Pereira, 26, deve voltar para uma clínica de reabilitação. No último dia 10, a Justiça determinou que a jovem – que retornou ao crack algumas semanas após deixar o tratamento, em 2012 – seja internada mais uma vez. No entanto, até a noite de ontem, ela seguia sem tratamento e correndo riscos pelas ruas de Belo Horizonte. 
Em 7 de maio, Carolina foi atingida por oito facadas após fugir do Centro de Referência em Saúde Mental (Cersam) Leste, no bairro Santa Tereza, e se envolver em uma briga com moradores de rua. “Quando eu cheguei lá, achei que ela tinha morrido. Agora, ela está roubando coisas na rua, e eu tenho medo que prendam ou matem minha filha”, afirmou a mãe de Carolina, a empregada doméstica Sônia Cristina Moreira, ressaltando que a filha continua levando objetos de casa e passa dias em pontos de tráfico de drogas da capital. Esta será a 73ª internação de Carolina. 

O coordenador do Núcleo de Saúde da Defensoria Pública de Minas Gerais, Bruno Barcala, explicou que a decisão veio em segunda instância, após um primeiro pedido de internação ter sido negado em fevereiro. “Essas internações nunca são facilmente concedidas. Cerca de 30% a 40% das ações são deferidas pela Justiça. É uma minoria”, afirmou. Somente neste ano, 26 pedidos de internação compulsória foram levados à Justiça pela Defensoria Pública na capital. O órgão informou que em 2012 foram 117 atendimentos em busca de internação – não há dados de quantos viraram processos judiciais. Sem estrutura. 
A Subsecretaria de Estado de Políticas sobre Drogas informou que as 29 comunidades terapêuticas conveniadas em Minas não realizam esse tipo de internação. A pasta afirmou que a Secretaria de Estado de Saúde (SES) se encarregará do caso. 
O presidente da ONG Defesa Social, Robert William, ponderou que as vagas femininas são escassas em clínicas de Minas Gerais, mas afirmou que é possível enviar Carolina para São Paulo, local onde ela se internou pela primeira vez. “Para mim, existe falta de interesse em fazer isso”.
Texto/O Tempo

http://ocamacanzinhonoticias.blogspot.com.br/2014/06/jovem-que-ja-foi-internado-70-vezes-por.html

Sistemas de atendimento do INSS estarão fora do ar neste fim de semana.

Os sistemas de atendimento do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) estarão indisponíveis na internet e por meio do teleatendimento 135 neste fim de semana. 
No sábado (28) e domingo (29), o agendamento dos serviços previdenciários, extrato de pagamentos, a inscrição na Previdência Social, emissão da Guia da Previdência Social, entre outros serviços, não poderão ser efetuados. 
Os sistemas serão restabelecidos na segunda-feira (30). De acordo com a Previdência, a interrupção do serviço será feita para a modernização do centro de processamento da Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social. 
Outra interrupção, também para manutenção, foi feita no começo deste mês. Da última vez, no entanto, também ficaram indisponíveis serviços nos postos de atendimento do INSS.

Agência Brasil

Duas mortes em acidentes nas rodovias de SC

Na sexta-feira, 27, foram registrados dois acidentes com morte nas rodovias de SC

O primeiro foi por volta das 17h45min do dia 27 na SC 418 Km 0,900, no município de Joinville ocorreu um abalroamento transversal envolvendo o veículo Renault Scenic de Joinville e moto Honda CG de Blumenau conduzida por Cleomar Furtado da Silva de 18 anos que veio a falecer no local. 


E o segundo às 23 horas no km 8,8 da BR 101 em Garuva atropelamento de pedestre.
Envolvidos MB Classe A 160 de Joinville conduzioda por Nelson Dario Alves da Silva, 48 anos, de Itapema, ileso, o passageiro Igor Camerlingo, 7 anos, de Itapema, ferido leve, e a pedestre Alaide Astord, 42 anos, de Garuva, óbito.


PMRV SC e PRF SC 
Probst Press

Adolescente que fazia estágio na Caixa Econômica Federal é apreendido com cheque roubado em Blumenau. Rapaz confessou ter roubado o talão da Caixa Econômica Federal.

Um adolescente de 15 anos foi apreendido na tarde de quinta-feira, na rua XV de Novembro, por estelionato. O rapaz tentava fazer compras em uma loja do Centro com um cheque de R$ 6,8 mil quando o vendedor desconfiou da situação e fez contato com o proprietário do cheque. Outras 16 folhas, todas da mesma pessoa, mas preenchidos com outros valores, estavam com o menino que confessou ter furtado o talão da Caixa Econômica Federal durante um estágio feito na agência.
Acompanhado da mãe, o adolescente foi encaminhado para a Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, Mulher e Idoso (DPCAMI) para prestar esclarecimentos.
http://jornaldesantacatarina.clicrbs.com.br/sc/seguranca/noticia/2014/06/adolescente-que-fazia-estagio-na-caixa-economica-federal-e-apreendido-com-cheque-roubado-em-blumenau-4537610.html

Sulfabril não tem comprador, e novo leilão é marcado para setembro 2014.

Sulfabril fez sucesso nos anos 1970 e 1980; relembre9 fotos1 / 9
A malharia Sulfabril, criada em 1947 em Santa Catarina, vai a leilão em maio. A marca fez sucesso sobretudo nas décadas de 1970 e 1980, quando seus anúncios eram estrelados por atores da TV. Este anúncio traz os atores Marcos Paulo (1951-2012) e Sandra Bréa (1952-2000) Reprodução
O leilão da malharia Sulfabril, que deveria ter sido realizado nesta terça-feira (27), não teve compradores. Por causa da falta de interessados, o Tribunal de Justiça de Santa Catarina marcou a data em que será feita uma nova tentativa de venda: 16 de setembro.

A empresa brasileira de malhas e confecções foi sucesso nos anos 1970 e 1980 e teve a falência decretada há 15 anos. O objetivo do leilão é vender a marca e quatro fábricas (duas ainda estão em funcionamento).

Atualmente, a empresa está sob a administração de um síndico nomeado pela Justiça, o economista e professor Celso Mario Zipf. A marca Sulfabril é avaliada em R$ 40 milhões, e as fábricas, em cerca de R$ 120 milhões. 

A empresa tem uma dívida estimada em R$ 119 milhões. Segundo o Sindicato dos Trabalhadores Têxteis de Blumenau, Gaspar e Indaial, em Santa Catarina, desse total, R$ 60 milhões se referem a dívidas trabalhistas.
Novo edital deve ser publicado em 15 dias

Nesse primeiro leilão, seria dada prioridade a propostas de compra que englobassem tanto a marca quanto as fábricas. 
ASCURRA
ASCURRA - SC

"Tivemos procura pelas fábricas em atividade, mas as condições de venda não atenderam às expectativas do mercado. O próximo passo é adequá-las para que tenhamos um resultado satisfatório", disse a leiloeira Tatiane Duarte, nomeada pela Justiça para cuidar do caso.

A previsão é que o edital com os novos termos da venda seja publicado no prazo de 15 dias. 
Empresa chegou a ter 5.000 funcionários

A Sulfrabril nasceu em Blumenau (SC) em 1947 e chegou a empregar mais de 5.000 funcionários. Suas coleções eram anunciadas no horário nobre da televisão e nas principais revistas do país, com garotas-propaganda como as atrizes Regina Duarte e Sandra Bréa.

A crise da empresa teve início em meados da década de 1990, com a abertura do Brasil ao mercado internacional. A falência foi decretada em 1999.

A decisão sobre a realização do leilão foi proferida em 25 de fevereiro deste ano pela juíza Quitéria Tamanini Vieira Peres. Na sua análise, ela disse que o leilão, após a longa tramitação do processo de falência, é uma "providência há muito esperada por constituir medida necessária à efetivação do pagamento dos créditos".

Atualmente, a Sulfabril emprega 700 funcionários em duas unidades em atividade, em Blumenau e Ascurra (SC). O patrimônio da empresa inclui ainda duas unidades desativadas, em Gaspar e Rio do Sul, também em Santa Catarina.

economia.uol.com.br/.
http://karinabeatrice.blogspot.com.br/p/trabalhos-em-jornal.html

Periculosidade para motociclistas eleva taxa de tele-entrega em Blumenau. Empresas afirmam que terão de repassar ao consumidor os custos com o adicional de 30% para os entregadores.

Existem 3,5 mil motoboys na cidade, segundo dados do SindimotoFoto: Lucas Amorelli / Agencia RBS

A inclusão dos motociclistas na lista de profissionais que têm direito ao adicional de periculosidade, em vigor desde o dia 20, causará impacto no bolso de quem usa serviços de tele-entrega. Como a sanção da Lei nº 12.997 ocorreu no meio do feriado de Corpus Christi, membros do Sindicato Patronal de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Blumenau e Região (Sihorbs) foram surpreendidos com a decisão.



Em consulta a representantes estaduais em Florianópolis, foram informados de que não há mais volta e por isso uma coisa já é certa: os gastos com os 30% adicionais ao piso da categoria, hoje de R$ 835 em Santa Catarina, serão repassados ao consumidor.

O que pode mudar é a forma como isso será feito, dependendo de seu impacto em cada negócio. O presidente do Sihorbs, Richard Steinhausen, explica que empresas maiores têm condições de fazer o reajuste aos poucos, inclusive para fugir do risco de perder clientes por causa de um eventual preço maior.

— Todo mundo ficou assustado. Esse percentual é excessivo. O risco deste trabalhador não é dentro da empresa, mas depende de como ele conduz a moto. Não temos o controle de como a pessoa está guiando. Então por que temos de pagar isso? — reclama.

O Sindicato dos Motociclistas de Blumenau e Região (Sindimoto) também não fez as contas ainda. Mas o presidente Leomar Antonio Gottchefski reconhece que os consumidores deverão custear parte do novo acréscimo:

— A empresa vai ter de repassar para o consumidor. Não tem como não aumentar o preço final do serviço.

Ao todo, há 3,5 mil motoboys na cidade. A maioria é contratada direto pelas empresas, 400 são funcionários de moto-fretes que terceirizam o serviço e 120 são autônomos, de acordo com o Sindimoto. Conforme Gottchefski, desde 2001 a categoria vem cobrando o adicional, mas havia desistido da demanda, segundo ele, por falta de interesse dos governos. Ele atribui a aprovação do acréscimo no salário a uma manobra política.

— Quando chega perto da eleição, fazem esse tipo de coisa. Mas a lei veio para ajudar a categoria, que tem um salário baixo. Vai permitir investir em equipamentos de melhor qualidade, por exemplo — defende.

JORNAL DE SANTA CATARINA

Beto Barreiros: aprenda uma receita de cação com pimentões. Além disso, conheça um pouco mais sobre a carne de cação e tubarão.

A palavra cação veio para o Brasil trazida pelos portugueses.Sua carne é apreciada pela população, principalmente por ser muito barata.Foto: Arisco / Divulgação
Beto Barreiros


Qual a diferença entre cação e tubarão? Nenhuma! Tubarão e cação são exatamente o mesmo animal. Cação-anjo é o mesmo que tubarão-anjo e cação-martelo é o mesmo que tubarão-martelo, por exemplo. As pessoas costumam chamar de cação os tubarões pequenos, que são comercializados para o consumo de pescados e usam a palavra tubarão para designar os animais maiores.

— Biologicamente, não existe nenhuma diferença. A diferença é muito mais psicológica: cação é o que comemos e tubarão é o que come a gente —, afirma o biólogo Otto Bismarck Gadig, da Universidade Estadual Paulista (Unesp), especialista em tubarões.

A palavra cação veio para o Brasil trazida pelos portugueses e foi citada inclusive na famosa carta que o escrivão Pero Vaz de Caminha mandou ao rei de Portugal, contando as novidades das novas terras descobertas no ano de 1500. Sua carne é apreciada pela população, principalmente por ser muito barata. Quando é salgado e seco no sol, fica com a textura de bacalhau.

Cação com pimentões

Ingredientes

• 700g de cação em postas (troque por qualquer outro peixe que tenha carne firme)
• 1/2 pimentão vermelho cortado em rodelas médias
• 1/2 pimentão verde cortado em rodelas médias
• 1/2 pimentão amarelo cortado em rodelas médias
• 1/2 cebola cortada em rodelas médias
• Tempero: sugiro um bem prático da Arisco, o Tempera Mais sabor limão, salsa e cebolinha

Modo de preparo

1. Retire o saquinho plástico da parte superior da embalagem do tempero. Abra-o com cuidado e separe o lacre. Apoie o saquinho sobre uma assadeira e acomode as postas de cação, os pimentões e a cebola dentro dele. Adicione o tempero sabor limão, salsa e cebolinha.
2. Misture delicadamente o peixe e os legumes com o tempero. Feche o saquinho com o lacre.
3. Leve ao forno médio (180ºC) por 30 minutos. Retire do forno e corte o saquinho, tendo cuidado com o vapor. Passe para uma travessa e sirva em seguida.

Dica

Evite colocar o saquinho próximo às paredes do forno, pois ele pode romper. O saquinho é indicado para cozimento no forno a gás ou elétrico. Não utilize-o no micro-ondas.

Receita: Médio
Serve: 6 porções

Risoto inusitado

Provei o arroz Carnaroli Variedades Mundiais, lançamento da Josapar, de Pelotas, e achei ideal para preparar risotos com grãos grandes e largos. Essa versão absorve mais água, o sabor dos temperos e libera uma pequena porção de amido durante o cozimento.

O resultado é um arroz muito mais cremoso e com textura amanteigada, que combina com vinho branco e agrada a todos os paladares e gostos. Conheça uma receita diferente que leva o ingrediente.
Ingredientes

• 60g colheres (sopa) de manteiga
• 1 cebola média picada
• 200g de arroz Carnaroli
• 200ml de vinho branco
• 1,5 litro de caldo de frango
• 150g de uvas verdes, lavadas e cortadas ao meio
• 60g de queijo parmesão ralado
• Sal a gosto
• Pimenta-do-reino moída na hora
• 6 ramos de salsinha picados
• 180g de presunto cru fatiado

Modo de preparo

1. Em uma panela de fundo largo e bordas altas, aqueça metade da manteiga e, ainda com a chama alta, refogue a cebola até ficar transparente. 
2. Junte o arroz e refogue-o por mais 2 minutos. 
3. Acrescente o vinho branco e deixe reduzir à metade em fogo alto. 
4. Junte o caldo de frango, aos poucos, adicionando mais à medida que o líquido for secando. 
5. Mexa constantemente para que o risoto fique bem cremoso. 
6. Por fim adicione as uvas, o queijo e tempere com o sal e com pimenta. 
7. Apague o fogo, junte as 2 colheres (sopa) restantes de manteiga , a salsinha picada e por último as fatias rasgadas de presunto cru.

Receita: Médio
Serve: 6 porções


DIÁRIO CATARINENSE

Suspeito é morto após assalto que rendeu família no Bairro João Paulo, em Florianópolis. Morte teria ocorrido durante perseguição policial.

Morte de suspeito ocorreu no Bairro Saco GrandeFoto: Guto Kuerten / Agencia RBS
Ânderson Silva


Um suspeito foi morto na manhã desta sexta-feira após um assalto a residência no Bairro João Paulo, em Florianópolis. Outro suspeito foi detido no Bairro Trindade, com a caminhonete Tucson roubada. A Polícia Militar (PM) ainda faz buscas a pelo menos outro envolvido no roubo.

Os suspeitos, de acordo com a PM, renderam uma família e levaram os dois carros que estavam na casa. Além da Tucson, os bandidos roubaram um Honda Civic, que foi encontrado com o bandido morto na Rua Congonhas, no Bairro Saco Grande.

A morte teria ocorrido durante perseguição policial. O suspeito detido foi levado para a 5ª DP, na Agronômica.

DIÁRIO CATARINENSE

Pudim para todos os gostos. Gastrô ensina as receitas de doce de leite, mineiro e castanha brasileira.

Foto: Bete Duarte / Agencia RBS

O pudim de leite condensado é uma das sobremesas prediletas dos brasileiros. Pode ser tradicional, sem a adição de qualquer outro sabor ou o chamado gourmet, com castanha, queijo, coco ou laranja. Apesar de ser fácil de preparar, o doce acaba sendo tema de uma pequena polêmica: o melhor pudim é com ou sem furinho? Há quem garanta que o sabor fica diferente, mas é uma questão de gosto. Algumas opções na hora do preparo podem resultar em uma sobremesa cremosa ou com os cobiçados/odiados buraquinhos.

Pudim de doce de leite
Porções: 8

Ingredientes:

1 lata de leite condensado cozido
3 ovos
1 lata de leite
1 colher (chá) de essência de baunilha

Caramelo
1 xícara de açúcar

Modo de preparo:

1. Leve ao fogo a forma de pudim com o açúcar para formar um caramelo. Reserve.

2. Cozinhe a lata de leite condensado na panela de pressão por 40min.

3. Deixe esfriar e leve ao liquidificador com o leite e os ovos e bata bem.

4. Junte a essência de baunilha e bata rapidamente.

5. Despeje o conteúdo na forma caramelada.

6. Leve ao forno, a 160 graus, em banho-maria, por cerca de 40min.

7. Deixe esfriar para desenformar.

8. Leve à geladeira.

Dica: A lata de leite condensado cozido pode ser substituída por 1 pote de doce de leite.

Não perca: amanhã ensinaremos a fazer pudim mineiro e de castanha brasileira!


GASTRÔ ZH

Medicamentos ficarão 2,5% mais baratos

Medicamentos ficarão 2,5% mais baratos
Foi publicado no Diário Oficial da União desta sexta-feira decreto que isenta da cobrança de PIS-Cofins sobre 173 substâncias usadas na fabricação de medicamentos. Com isso, remédios de tarja preta e vermelha ficarão 2,5% mais baratos nas farmácias, para o consumidor. Estão na lista antibióticos, vacinas contra a cólera e varicela e medicamentos contra a impotência sexual.Confira a lista dos medicamentos na tabela abaixo.


DIÁRIO DE SANTA MARIA

Governo já teria decidido manter IPI reduzido para veículos. Alíquotas voltariam aos valores normais na terça-feira. Decisão publicada hoje no DOU reduz impostos sobre medicamentos.

Vendas de carros novos teriam caído 7,2% em maio, em comparação com 2013Foto: Fernanda Ramos / especial
Juliana Gelatti

Diante da redução nas vendas de veículos novos, o que estaria causando demissões em montadoras e fábricas de autopeças no Sudeste, o governo já teria decidido manter o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) reduzido, conforme reportagem publicada hoje no jornal Valor Econômico. O retorno total das alíquotas estava marcado para a próxima terça-feira, 1º de julho.

Desde janeiro, parte do percentual de IPI que incide sobre os veículos zero km vendidos no país tinha aumentado. Outra alta estava prevista para esta terça-feira, retornando aos valores habituais:
No começo de junho, o ministro da Fazenda Guido Mantega afirmou que o governo decidiria sobre o fim da redução do IPI "na véspera", ou seja, o anúncio oficial da manutenção das alíquotas reduzidas seja feito na segunda-feira.

DIÁRIO DE SANTA MARIA

Menino de 11 anos é atingido por carro em Jaraguá do Sul. Acidente aconteceu quando a criança que estava de bicicleta tentou atravessar a rua.

Um menino de 11 anos foi atingido por um carro no fim da tarde desta sexta-feira rua José Narloch, no bairro Tifa Martins, em Jaraguá do Sul. Segundo os bombeiros, o menino, que estava de bicicleta, foi atingido por um carro ao tantar cruzar a pista. Ele sofreu fratura na perna e braço direitos e foi internado no Hospital Jaraguá.
FOTO ILUSTRATIVA

A NOTÍCIA

Lei da palmada, também chamada de Menino Bernardo, entra em vigor. Regra foi publicada nesta sexta-feira no publicação no Diário Oficial da União (DOU).

Xuxa Meneghel com o neto de Renan Calheiros no colo durante a sessão no SenadoFoto: Valter Campanato / Agência Brasil

Crianças e adolescentes passaram a ter nesta sexta-feira uma série de novos direitos, garantidos com a publicação no Diário Oficial da União (DOU) da chamada "Lei da Palmada", também intitulada lei "menino Bernardo", em homenagem ao garoto Bernardo Boldrini, assassinado no Estado. 

Por meio de alterações no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), a legislação busca coibir maus-tratos e violência contra menores ao determinar que pais não podem impor castigos que resultem em sofrimento ou lesões ais filhos.

Após mais de dois anos de tramitação no Congresso, a proposta foi aprovada no início do mês no Senado, sob forte articulação do governo. A ministra de Direitos Humanos, Ideli Salvatti, foi escalada pela presidente Dilma Rousseff para conter a rebelião que poderia impedir a votação no prazo considerado interessante para o governo — a tempo para as eleições deste ano.

Com o aval do Palácio do Planalto, Ideli e o líder do governo no Senado, Eduardo Braga (PMDB-AM) chegaram a prometer veto ao termo "sofrimento físico". A mudança ocorreu na redação da proposta, acatando sugestão da senadora Ana Amélia (PT-ES), que apresentou uma emenda colocando a redação em tópicos. Dessa forma, reduz-se a possibilidade da presidente vetar apenas o termo polêmico, sem alterar o teor, mantendo castigos físicos que resultem em lesão como crime.

Apesar dos acordos costurados no Congresso, a presidente não vetou o trecho que gerava insatisfação na bancada evangélica. Ela retirou da legislação, contudo, a parte que determina punição, com multa, de profissionais da saúde, educação ou assistência social que se omitirem de casos suspeitos ou confirmados de maus tratos, deixando de comunicá-los às autoridades. Em sua forma original, o texto determinava a aplicação de 3 a 20 salários-mínimos neste caso. O veto ainda pode ser derrubado pelo Congresso.

Tanto na votação no plenário do Senado, quanto na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, a apresentadora Xuxa Meneghel esteve presente, o que foi considerado determinante pela base governista. Evangélicos argumentaram temer que a legislação interferisse na educação que cada pai dá a seu filho.

Sofrimento ou lesão

A proposta define o castigo físico como a "ação de natureza disciplinar ou punitiva aplicada com o uso da força física sobre a criança ou o adolescente que resulte em sofrimento físico ou lesão". 

O tratamento cruel e degradante é colocado como "a conduta ou forma cruel de tratamento em relação à criança ou ao adolescente que humilhe, ameace gravemente ou ridicularize". 

O projeto estabelece a quem se utilizar de castigo físico ou tratamento cruel ou degradante a participação em ações definidas pelo Conselho Tutelar, sem prejuízo de punições cabíveis em cada caso.

AGÊNCIA BRASIL

Jovem morre e irmão fica gravemente ferido em acidente em Joinville. Colisão lateral ocorreupor volta das 17h45 desta sexta-feira na SC-418, em Pirabeiraba. Na Honda CG estavam o condutor Cleumar Furtado da Silva, 19 anos, que morreu na hora.

Acidente ocorreu no distrito de Pirabeiraba, em JoinvilleFoto: Germano Rorato / Agencia RBS
Hassan Farias
Um homem morreu e outro ficou gravemente ferido em um acidenteenvolvendo um carro e motocicleta no fim da tarde desta sexta-feira, no km 1 da SC-418, em Pirabeiraba, zona Norte de Joinville.

O acidente foi entre uma Honda CG 150, com placas de Blumenau, e um Renault Scenic, de Joinville. Por volta das 17h45, a moto bateu na lateral do carro, deixando a suspensão da motocicleta presa na parte traseira do veículo.

Na Honda CG estavam o condutor Cleumar Furtado da Silva, 19 anos, que morreu na hora, e o irmão, Cleberson Furtado da Silva, 21 anos. Ele foi levado pelos Bombeiros Voluntários em estado grave para oHospital Municipal São José, em Joinville. Conforme o hospital, Cleberson está internado na emergência da unidade.

No carro havia dois homens, que ainda não tiveram os nomes divulgados. Eles estavam com ferimentos leves e também foram levados para o hospital.

A Polícia Militar Rodoviária (PMRv) trabalha com duas possibilidades para explicar o que poderia ter ocorrido no acidente. A primeira é de que o Scenic estivesse parado às margens da rodovia e tivesse fazendo uma conversão no momento do acidente, o que teria obstruído a pista e feito a moto bater na lateral do carro. Essa seria a hipótese mais provável, de acordo com a polícia.

A segunda possibilidade seria de que o Scenic trafegava no sentidoCampo Alegre/Joinville e, por algum motivo, a moto teria invadido a pista contrária e batido na lateral do carro. 

O Instituto Geral de Perícias (IGP) já está no local para analisar a cena do acidente, assim como o Instituto Médico Legal (IML), que faz o recolhimento do corpo. 
Na foto, a vítima, Cleumar Furtado da Silva.

A NOTÍCIA

Fonte renovável: Eletrosul inaugura usina de energia solar inédita na América Latina. Com investimentos de R$ 9,5 milhões, projeto será o primeiro completamente integrado a um prédio na região.

Com 4.144 painéis fotovoltaicos instalados, a usina será capaz de gerar energia para 540 residênciasFoto: Daniel Conzi / Agencia RBS
Karine Wenzel

Quem passa em frente à sede da Eletrosul, em Florianópolis, pode reparar em um mar de placas pretas instaladas na cobertura do estacionamento e do edifício principal da empresa. Coloridas pelo reflexo do céu, as peças formam um sistema inovador: no dia 27 de junho, a empresa irá inaugurar a maior usina de energia solar integrada a um edifício da América Latina. São 4.144 painéis fotovoltaicos instalados na empresa — uma área de 8,3 mil metros quadrados com capacidade de gerar energia para cerca de 540 residências. 

O coordenador do Projeto Megawatt Solar, Rafael Takasaki, ressalta que a energia elétrica gerada a partir dos painéis fotovoltaicos irá para a rede elétrica local e será vendida a consumidores livres — como grandes empresas e shoppings. A previsão é de que o primeiro leilão ocorra em agosto e que sejam vendidos 800 MWh/ano com entrega prevista para janeiro de 2015. 


Takasaki explica que a potência instalada da usina será de 1 megawatt-pico (MWp) e terá capacidade para produzir aproximadamente 1,2 gigawatt-hora (GWh) por ano. 

O Projeto Megawatt Solar teve uma parceria com o governo da Alemanha, país que detém um terço do mercado mundial de energia solar. O banco de fomento alemão KfW financiou o empreendimento – o investimento total foi de R$ 9,5 milhões. A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e o Instituto para o Desenvolvimento de Energias Alternativas na América Latina (Ideal) também contribuíram com apoio técnico.
O diretor de Engenharia e Operação da Eletrosul, Ronaldo dos Santos Custódio, ressalta que levantar crédito e realizar a licitação foram as principais dificuldades do projeto, devido ao ineditismo. Os trabalhos começaram em 2007. 

— Tivemos dificuldade até na instalação de painéis e inversores, pois as pessoas não tinham experiência neste trabalho. Foi um aprendizado — diz Custódio.

Agora a Eletrosul quer compartilhar a experiência com outros interessados. Para isso, a usina terá passarelas no telhado para visitação. 

Um dos grandes obstáculos para a popularização da energia solar ainda é o custo elevado. O silício, por exemplo, usado na fabricação das células fotovoltaicas é importado.

— O Brasil não domina a tecnologia de purificação do silício com foco nas aplicações fotovoltaicas e precisa importar o material — afirma Takasaki, coordenador do projeto.

Investimento para purificação do silício

Para consolidar a cadeia de energia solar e baratear os custos, a Eletrosul investiu mais de R$ 20 milhões em pesquisas para purificação do silício. O estudo conta com a parceria da Fundação Educacional de Criciúma (Fucri) – instituição mantenedora da Universidade do Extremo Sul Catarinense (Unesc) — e com o Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (Ipen). As pesquisas, que começaram em 2012, devem ser concluídas em 2015. 

Além disso, a Eletrosul conta com uma parceria com a Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS) para a fabricação de painéis fotovoltaicos.

Maior usina de energia solar integrada a um edifício começa a funcionar em Florianópolis. Eletrosul planeja instalar microusinas solares nas coberturas das sedes regionais.

Usina conta com mais de 4,1 mil painéis e gera energia para cerca de 540 residênciasFoto: Daniel Conzi / Agencia RBS
Karine Wenzel

Cerca de 540 residências de Florianópolis já estão recebendo a energia elétrica que é gerada através da usina fotovoltaica instalada na sede da Eletrosul, na Capital. Inaugurada nesta sexta-feira, a Usina Megawatt Solar, conta com mais de 4,1 mil painéis e constitui a maior usina de energia solar integrada a um edifício da América Latina, com potência instalada de 1 megawatt-pico (MWp).

Eletrosul inaugura usina de energia solar inédita na América Latina Daniel Conzi/Agencia RBS
O presidente da Eletrosul, Eurides Mescolotto, ressalta que já está em estudo a instalação de microusinas solares na cobertura das sedes regionais da Eletrosul e uma delas seria em Campos Novos, no Planalto Sul de SC. Mescolotto acrescenta que o primeiro leilão de venda da energia gerada na usina fotovoltaica irá acontecer em agosto. Em relação ao leilão de reserva que acontece em outubro, o presidente afirmou que ainda estão estudando se irão cadastrar projetos solares.

O custo mais alto ainda é um dos principais obstáculos para a disseminação das usinas solares, mas conforme o presidente da Eletrosul, a expectativa é que daqui alguns anos ela se torne mais viável financeiramente, assim como ocorreu com a eólica. Para o coordenador do Projeto Megawatt Solar, Rafael Takasaki, é necessário, além de produzir equipamentos no país, melhorar a eficiência dos módulos para tornar essa energia mais barata.

Alemanha negocia mais 160 milhões de euros com a Eletrosul

O Projeto Megawatt Solar teve uma parceria com o governo da Alemanha, país que detém um terço do mercado mundial de energia solar. O banco de fomento alemão KfW financiou o empreendimento — o investimento total foi de R$ 9,5 milhões. E não para por aí. Eles estão negociando mais 160 milhões de euros, cerca de R$ 480 milhões, para novos projetos de geração eólica, fotovoltaica e hidrelétrica com a Eletrosul. Além disso, está em estudo a utilização de biogás.

— Queremos replicar experiências como a Usina Megawatt Solar. O Brasil tem muito potencial para a energia eólica — defende o gerente de projetos do KfW para América Latina, Karim ould Chih.

O executivo acrescenta que os principais obstáculos para geração de energia limpa no país são regulação, financiamento a longo prazo e conhecimento para implantação de grandes projetos. Conforme Chih, o banco já destinou cerca de 1 bilhão de euros (R$ 3 bilhões) para projetos de geração de energia em solo brasileiro.

Para Kordula Mehhart, conselheira da Cooperação alemã para o Desenvolvimento Sustentável, o Brasil tem enorme vantagem em relação às condições climáticas alemãs para geração de energia solar, mas tem o impasse econômico.

— Na Alemanha tem muita subvenção para geração de energia solar, no Brasil ainda é muito focado no que é economicamente mais viável — avalia.
DIÁRIO CATARINENSE

Rio Itajaí-Açu não deve passar de seis metros e enchente está descartada em Blumenau.

Índices foram divulgados após uma reunião entre Ceops, Defesa Civil e Alertablu, realizada na Furb nesta sexta-feira
A tendência é que nível do rio estabilize-se no próximo turno em BlumenauFoto: Gilmar de Souza / Agencia RBS
Larissa Neumann e Osiris Reis



A possibilidade de enchente está descartada em Blumenau. No entanto, o nível de outros rios assusta os moradores do Alto Vale, principalmente nos municípios de Rio do Sul e Taió. Somente em Taió, 40 famílias estão desabrigadas e a Defesa Civil trabalha na remoção das pessoas que tiveram as residências atingidas pela cheia do rio Itajaí do Oeste. Em Blumenau, a medição do Rio Itajaí-Açu às 21h apontou 5,79 metros e a previsão é que começe a reduzir durante o próximo turno. Às 18h o Rio Itajaí-Açu estava com 5,61 metros.

Em pouco mais de duas semanas, essa é a segunda vez que a cidade vive o risco de enchente. No dia nove de junho, o pico máximo do rio Itajaí-Açu foi de 10,18 metros às 6h. Ao menos 80 ruas foram atingidas pela enchente na cidade. Dessa vez, choveu menos do que o aguardado pelos meteorologistas e o nível do rio também subiu menos do que o esperado. Às 14h desta sexta-feira o nível o Itajaí-Açu estava em 4,69 metros.

Veja também

A grande preocupação do secretário de Defesa do Cidadão, Telmo Duarte, continua sendo o risco de deslizamentos. Duarte alerta que como o solo está encharcado, os moradores devem ficar atentos a qualquer alteração. A reunião que também contou com a presença da meteorologista do Sistema de Monitoramento e Alerta de Eventos Extremos de Blumenau (Alertablu) e de técnicos do Centro de Operações do Sistema de Alerta da Bacia do Itajaí da Furb (Ceops) acabou por volta das 14h30min.

— A previsão do tempo não é estática. É dinâmica, por isso precisa ser refeita constantemente. Nossa preocupação agora é com o solo encharcado e a possibilidade de escorregamento — alertou Duarte.

Até o inicio da tarde desta sexta-feira já choveu 40 mm em Blumenau e, de acordo com a a meteorologista chefe do Alertablu, Francine Sacco, a previsão é para chover mais 40 mm.Inicialmente, era esperado 90 mm para sexta-feira.

A meteorologista Francine Sacco explica que dois sistemas de baixa pressão ainda atuam na região do Vale do Itajaí. A expectativa é que se forme em breve um ciclone extratropical e desloque-se para o mar no sábado. A partir daí, a tendência é que a instabilidade rume para o Sul do Estado.

Defesa Civil de Taió emite alerta de inundação
A Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil de Taió emitiu na tarde desta sexta-feira um novo alerta de inundação para as próximas horas na cidade. A orientação é de que a população que reside nas áreas mais baixas, atingidas pela cota de 9m, retire os pertences e deixe as residências. A comunidade que necessitar de caminhões para a retirada de mudanças deve entrar em contato com a Defesa Civil, através do telefone (47) 3562-2402. O abrigo provisório do Salão da Igreja Matriz foi ativado e poderá receber mudanças, se necessário.

Confira os níveis de chuva aguardados entre sexta-feira e domingo:

Médio Vale
- Blumenau - 162 mm
- Brusque - 169 mm
- Gaspar - 157 mm
- Timbó - 154 mm
- Indaial - 149 mm
- Pomerode - 145 mm
- Rio dos Cedros - 142 mm

Alto Vale
- Rio do Sul - 152 mm
- Ibirama - 157 mm
- Ituporanga - 150 mm
- Taió - 154 mm
- José Boiteux - 142 mm

Fonte: Estação Meteorológica do Grupo RBS